Amanhã é dia de comemorar…

… e de homenagear também: dia do publicitário

Amanhã, dia 01 de fevereiro é Dia do Publicitário. Para prestar uma justa homenagem aos profissionais da nossa região (e do Brasil e do mundo) convidamos alguns publicitários para nos contar “O que é ser publicitário”.

Maure Negrão, proprietária da Propaganda&Cia – SJCampos

Maure

Ser publicitário é amar o “produto” de outra pessoa, cuidar dele como se fosse seu filho, fazer dele um grande prazer para os outros e se satisfazer com suas conquistas!

Nessa busca diária por esse sucesso….. o publicitário tem que ser apaixonado pelo que faz, a vibração dessas vitórias é a energia que nos move!
Parabéns publicitários!!!!

Vitor Morais, Coordenador de Redação na Supera Comunicação – SJCampos

Vitor

É difícil. Acho que vou começar assim. É saber um pouco de tudo e não ter preconceito com nada. É prestar atenção na conversa alheia no ônibus e gastar horas ouvindo sua tia avó. É observar os pais brincando com os filhos e também os casais brigando. Ser publicitário é muito mais que dominar as técnicas. É saber transformar esses momentos em histórias. Em boas histórias que emocionam, argumentam e comunicam.

Henrique Barros, Sócio-Diretor de Criação na Esgrima Propaganda – São Paulo

Henrique

Sempre defino dessa forma: ser publicitário é ter a oportunidade de mudar a história de uma marca. É muito mais do que ter ideias, é transformar o rumo de um negócio. Publicitário moderno, gosta sim de ver números e resultados, desde que sejam afetados de forma criativa. Viver tudo isso na pele, é entender a essência dessa carreira.

Gustavo Gobbato, sócio-proprietário da Avalanche – SJCampos

Gustavo Gobbato

Sendo filosófico e poético, porque isso também é ser publicitário, acredito que é ter o poder de transformar negócios e pessoas. Você passa a ser um vetor da prosperidade. Quando algo que você fez funciona, muita gente tem a vida mudada para melhor. Um midas descolado que toca as coisas e as torna ouro. Tenho orgulho de ser publicitário que faz business ter alma, ter sentido e gera riqueza e felicidade. Amo o que faço e por isso faço todo dia.

Arison Sonagere, sócio-proprietário na Atributo Comunicação Estratégica – Taubaté

Arison

Ser publicitário é como acender lâmpadas. Todos acham incrível ter luz e se ofendem quando ela falta. Mas poucos entendem que por de trás disso há conhecimento na montagem do sistema elétrico, investimento para construí-lo e disciplina para operá-lo com economia. Não é assim, simplesmente, apertar um botão.

Isadora Fialho, redatora da Arriba! – SJCampos

Isadora

Unicórnios não existem. E muito menos cantam Over The Rainbow.
Quando contei à minha mãe que seria publicitária, ela disse: “Que gracinha, não? Agora dá para usar o seu ‘mundinho’ para uma coisa útil para você”.

Eu, que sou de criação, mais precisamente de redação, acho que minha mãe arranjou à sua maneira uma boa definição para minha profissão. Esse mundinho é estranho. É viciante e ao mesmo tempo detestável. A gente se divide o tempo todo entre a utopia de aprovar um job de primeira, o incrível “novo conceito” do cliente e os pitacos do atendimento. Juntando tudo, muitas vezes o job fica tão sem pé nem cabeça que uma batata vestida de Tim Maia em pleno deserto do Saara faria mais sentido.
Mas o que pega mesmo na veia é a dúvida diária: “O que é que estou fazendo aqui?”, “Para que serve minha profissão?” (e você ainda acha que estudar filosofia e psicologia não serve pra nada. RÁ!).

Acima de tudo, ser publicitário é não ir dormir com esse peso na consciência. Ok, às vezes é necessário um paracetamol e até um tarja preta. Mas não pense que seu trabalho é menor. Movimentar a economia e gerar empregos, mesmo que indiretamente, não são bons motivos para você acreditar que sua profissão vale muito? Saiba: ilusão todo mundo tem. Pode ser por um amor, pode ser por um produto de armazém.

Eduardo Spinelli, sócio e diretor de criação da Molotov Propaganda – Taubaté

Edu Spinelli

Ser publicitário é acordar pensando em propaganda, almoçar pensando em propaganda, ir ao cinema pensando em propaganda, dormir pensando em propaganda. É ralar dia e noite, noite e dia. E, mesmo assim, você ainda vai dizer para todo mundo que tem o melhor e mais divertido emprego do mundo.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *