Apps favoritos em suas categorias

Uber, iFood e Netflix se destacam na preferência do consumidor em suas categorias de aplicativo

Estudo da Bridge Research analisou três tipos de apps: transporte
particular de passageiros, delivery de comida e serviços de streaming de vídeos

Em um mercado volátil, que se transforma e evolui rapidamente, o que faz um aplicativo ser mais usado que outro? Como conquistar diferenciação e preferência do consumidor quando pode ser facilmente copiado pelo concorrente? Essas foram algumas das perguntas que o estudo Customer Choice procurou responder.

A pesquisa desenvolvida pela Bridge Research, empresa pertencente à holding HSR Specialist Researchers, analisou três categorias de aplicativos extremamente competitivas: transporte particular de passageiros, delivery de comida e serviços de streaming de vídeos.

“Praticamente todas as marcas presentes no estudo promoveram disrupção em seus setores. Nas três categorias, as barreiras de adoção são baixas. Os consumidores utilizam múltiplos apps e todos recebem índices de recomendação semelhantes. Nesse cenário, ter indicadores de satisfação do cliente mais altos não representa garantia de nada. A liderança gera preferência nessas três análises”, explica Felipe Menezes, diretor de Research e Consumer Insights da Bridge Research.

A pesquisa Customer Choice, realizada entre 24 de abril e 2 de maio, realizou 379 entrevistas on-line. Envolveu mulheres e homens, em todo o Brasil, com idade entre 16 e 60 anos, das classes A, B e C. Os aplicativos de transporte particular de passageiros foram apontados como os mais usados pelos consumidores. Dos entrevistados, 91% já utilizaram esse tipo de serviço. Os serviços de streaming de vídeo já atenderam a 82% das pessoas ouvidas e 76% recorreram aos de delivery de comida.

Transporte – O app preferido por 75% dos entrevistados é o UBER, seguido do 99 com 20% de preferência. O Uber consegue atrair a preferência de mais heavy users e também mostra força na questão relacionada à disponibilidade de carros. Por outro lado, o 99 se destaca no item “Descontos” e “Aceitação de Corridas pelos Motoristas”. Os resultados indicam que, nessa área, todos os apps têm como principais pontos a melhorar o “Atendimento” e “Segurança”. Além disso, o usuário prefere o app que dá mais sensação de controle (31% da geração de preferência vêm do fator “Acompanhamento em Tempo Real da Localização do Motorista assim que o Carro é Solicitado”).

Alimentação – Os apps de Delivery de Comida preferidos do consumidor foram, na ordem, iFood (78%), Uber Eats (10%), Rappi (3%) e Pedidos Já (0,2%). A pesquisa identificou traços atitudinais mais fortes entre usuários, como o interesse em testar produtos inovadores, ter mais tempo livre, disposição em gastar mais em experiências novas e também para ter mais conveniência. O IFood foi APP mais bem avaliado em opções de pagamento, variedades de restaurantes e tipos de comida e abrangência de entrega. Além disso, quem prefere Uber Eats também usa iFood com freqüência. No caso da geração de preferência, o quesito “Variedade” é o mais decisivo.

Vídeo – Quando analisados os serviços de streaming de vídeo, oito apareceram como os mais usados, sendo que cinco foram apontados como preferidos pelo consumidor: Netflix (86% de preferência), Amazon Prime Video (4%), Now (2%), HBO Go (1%) e Globo Play (1%). Alguns pontos se destacaram como, por exemplo, o fato de a Amazon Prime Video atingir lembrança espontânea maior que Globo Play, Telecine Play, HBO Go, Now e Google Play. Além disso, usuários da Netflix usam, em média, 2,6 apps de streaming de vídeo pagos, contra média de cinco aplicativos entre usuários do Amazon Prime Video. Já a relação custo-benefício se mostrou importante gerador de satisfação e ter conteúdo original é o quesito de maior diferenciação, com 32% de peso na geração de preferência. Por outro lado, “Filmes Novos/Lançamentos” tem peso zero e “Variedade de Séries” corresponde a 20% da geração de preferência.

Sobre a Bridge Research

A Bridge Research oferece serviços de inteligência que contribuem efetivamente para a definição da estratégia de negócios de seus clientes. Formada por um time de profissionais experientes e com habilidade para utilização de ferramentas avançadas, atua em três pilares: expertise no setor, tecnologia avançada e atendimento próximo e acessível. Com foco nos setores de Tecnologia e Telecomunicações, Serviços Públicos, bem como nos mercados Financeiro, Imobiliário e de Utilities, para identificar suas crescentes e complexas demandas. Entre os principais produtos da Bridge Research estão pesquisa de satisfação, conjoint analysis e trade-off analysis, além de pesquisa on-line.

Fonte: LF Comunicação Corporativa – Marco Barone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *