Dança das cadeiras

Tentando dar conta…

O mercado anda agitadinho…rs

E o Publicitando tenta dar conta de todo o vai e vem dos estudantes e profissionais. Confira mais algumas movimentações recentes do mercado de comunicação e marketing do Vale do Paraíba.

Sarah Soares Galvão, estudante de publicidade e  propaganda, acabou de assumir como estagiária de marketing no Auto Posto Sogal, em Taubaté.

O também publicitário Francisco Castro passa a trabalhar dentro da equipe de Inbound Marketing B2B na Quero Educação.

E, por último, Kenzo Hatagami, aluno de publicidade e propaganda, é o mais novo estagiário de conteúdo/redes sociais na SB Marketing, agência localizada em Caçapava.

 

Dança das cadeiras

Mais movimentação

E mais uma vez trazemos parte da movimentação dos profissionais de marketing e comunicação de nossa região.

O jornalista Igor Imediato assumiu hoje o cargo de Analista de Informática e Comunicação do SESI Taubaté.

Já Jason Ming Hong é o novo UI/UX Designer da Embraer.

Allan Fernandes acaba de assumir a posição de Coordenador de Marketing e Branding na MVituzzo Construtora e Incorporadora.

E Renan Cardoso agorá e Analista de marketing digital na Evolute Cursos Profissionalizantes e Idiomas.

Aniversário do canal “Bruna Herrera e você?”

Personalidades da região se reúnem em evento gratuito no Taubaté Shopping

O aniversário do canal “Bruna Herrera e você?” acontece na quarta-feira (3) e está recheado de atrações especiais

Com a ascensão das redes sociais, como Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e diversos outros canais, os influenciadores digitais ganham cada vez mais destaque, como uma das influencers da região, Bruna Herrera, que administra a fanpage intitulada “Bruna Herrera e você?”. E para comemorar o grande sucesso, que completa dois anos, Bruna fará um programa especial no Taubaté Shopping.

O evento contará com interprete de libras, da empresa Handy Libras, e, assim como no programa, terá a presença de diversas personalidades do Vale do Paraíba, como: Tapa Olho Experimental, Yasmin Giacomini, Chef André Aquino, Renan Ambrogi, Alvarenga e Ferreirinha, Confraria Musical, Débora e Sara Braz, Outside e até o Batman. O show começa com atrações especiais para a criançada, com Yasmin Giacomini, personagens animados e distribuição de algodão-doce. Na sequência, começam as apresentações de humor com Tapa Olho Experimental, seguidas de shows musicais com Confraria Musical e Renan Ambrogi e muito mais.

A festa, que contará também com sorteio de brindes, acontece na quarta-feira (3), às 19h, no hall da Moviecom Cinemas. Após o término do programa haverá um coquetel aberto ao público. Todas as atrações são gratuitas.

Fonte: Communicare – Camila Dezze

Dança das cadeiras

Pra começar bem a semana! E o mês!

Segunda, primeiro de abril… Nova semana e novo mês começando. E tudo que você vai ler aqui sobre a movimentação de profissionais no nosso mercado de comunicação é a mais pura verdade.

A jornalista Amanda Liberato acaba de assumir o cargo de Gerente de Marketing na Imobiliária Jeremias Rodrigues.

Maria Vitória Gonçales é a mais nova estagiária de Relações Públicas na Central de Comunicação da Universidade de Taubaté (ACOM-Unitau).

A também jornalista Barbara Monteiro acaba de iniciar como Produtora na TV APARECIDA.

E pelos lados da Mestra Comunicação, Rafael Carvalho chega para ser o Analista de comunicação da equipe.

Dança das cadeiras

A movimentação continua

O mercado de comunicação segue agitado em março. Profissionais e estagiários seguem buscando novas posições.

É o caso da ainda estudante de jornalismo Isabela Araújo que acaba de ocupar posição de estagiária na Embraer.

Já o jornalista Vitor Garcez que até pouco tempo atuava na Molotov ingressou na faculdade FAEL em São José dos Campos.

E a também jornalista Vana Allas iniciou recentemente no Meon (Metrópole OnLine), assumindo editorias de Turismo, Cultura, Coluna Social e Juventude.

A jovem publicitária Carol Benatton passa a integrar o time da agência BKW como designer. Ela tinha passagens anteriores por Solar Digital e ACOM (Unitau).

Em breve traremos mais notícias sobre os movimentos do nosso mercado de comunicação.

Coluna Propaganda&Arte

Resiliência: a palavra da moda tem muito a dizer sobre você

Esta capacidade de se moldar a qualquer situação é louvável. Primeiro, porque demanda treinamento e musculatura exemplares. Depois, porque vai muito além do aspecto físico, estou falando da resiliência emotiva, mental, energética e, quiçá, espiritual.

Resiliência foi a palavra mais pesquisada no Google (Brasil e Portugal) em 2015, o que
demonstra que apesar de muitos já nascerem resilientes, só fomos aprender seu significado poucos anos atrás. (Valeu, Google!)

Qual a importância de ter consciência daquilo que se é?

Se você é resiliente, ótimo. Seus costumes e sua postura no trabalho, em casa, numa
situação adversa, vão continuar assim. Agora, se você toma consciência que possui esse atributo, pode intensificá-lo. E isso serve para qualquer conceito, qualidade ou defeito seu (daí você não intensifica, mas suaviza).

Ao identificar algo, você traz para uma área consciente do cérebro, pode melhorar ou
tirar o foco daquilo que não interessa. Afinal, quanto mais nos conhecemos, e isso faz parte do autoconhecimento, você poderá organizar e administrar suas ações e reações melhor.

Será que você precisa trabalhar a paciência ou a resiliência?

Não se cobre mais do que irá aguentar, vá com calma. Ser resiliente pode ser algo nato
ou aprendido, então veja só.

Bruce Lee, em uma de suas belas passagens, fala que gostaria de ser como a água, que se molda a situações com perfeição. Num copo de água, por exemplo, ela está na forma do copo, e logo se ajusta para sair de lá para qualquer outro local, em um movimento perfeito, adaptando-se e até ferindo o seu oponente, se ela for direcionada com a intensidade e potência necessárias, vide os cortadores industriais que conseguem, através de jatos de água, cortar perfeitamente chapas de metal.

A comparação com a natureza é fundamental, pois desde quando começamos a andar
sob duas pernas, nós gostamos de nos comparar com aquilo que mais se parece com a gente.

Os animais e as outras formas de vida sempre foram inspirações, afinal estamos todos
juntos nessa. Somos diferentes tipos de combinações celulares, moleculares, atômicas, mas somos todos tipos específicos de seres vivendo e convivendo numa mesma frequência espectral, vibracional e energética que nos permite existir e interagir, para o bem ou para o mau, mas nos modificando para evoluir sempre.

Resiliência talvez seja a peça fundamental da evolução.

Os mais resilientes conseguiram fugir dos ursos e animais ferozes que os atacaram,
dando a volta por cima e atacando-os.

Os mais resilientes decidiram se arriscar em uma situação diferente, ao encontrar uma
fogueira ou uma árvore pegando fogo após um raio acertá-la.

As reações mais comuns seriam as mais cômodas: fugir, evitar, não prestar atenção, menosprezar, desviar, despistar ou deitar e dormir em sua caverna escura e segura. Essa não era uma postura resiliente, não mesmo. E não estamos falando apenas de coragem, pois aqueles que se atiravam na boca do tigre também não sobreviviam para contar a história, nem representavam um ser evoluído, pois não deixava prole.

Os resilientes, todavia, cientes de suas capacidades, agiam na hora certa, usavam a pressão do momento para ter a atitude certa, mudavam até seus próprios conceitos e compreensões: aprendendo algo novo com humildade, sentindo a pancada, mas se levantando com ânimo, como se não fosse o fim da linha.

Você tem vontade de se transformar e evoluir todo dia?

Esse tipo de atitude precisa ser parte da conduta dessa pessoa que se diz “resiliente” no currículo. Caso contrário, será apenas mais uma palavra da moda, que todos querem ter e pendurar em suas vitrines de habilidades, mas que poucos realmente são.

Resiliência é uma mistura de resistir com paciência, claro, numa interpretação minha e não etimológica. Uma versão muito mais poética do que qualquer coisa. Até porque sua origem etimológica tem muito mais a ver com a minha história aqui citada: resiliens, do latim, saltar para trás, voltar… tá aí! Pronto, se um tigre, leão ou urso aparecer na sua frente, seja no trabalho, em casa ou no seu dia a dia, já sabe o que fazer. Salte para trás, mas não fuja, saiba que para sobreviver, cedo ou tarde, você vai precisar abater esse problema. Começando pelos seus próprios medos.

As marcas de hoje são resilientes?

Agora, deixando de lado essa parte de autoajuda (que eu acho muito importante, sem ser clichê), podemos voltar o tema para as marcas e empresas que enfrentam suas próprias provas, crises e desafios.

Algumas são resilientes sim, aprendem e evoluem. Outras preferem evitar o confronto e perdem uma grande oportunidade de crescer. No futuro, só marcas resilientes, que se adaptam às mudanças, poderão sobreviver e, acredite, pessoas resilientes farão parte da equipe.

Se você chegou até o fim deste texto, saiba que você foi resiliente. Poucos resistem a uma leitura mais longa e logo que veem um texto maior, fogem. Parabéns! Agora talvez seja a hora de pensar: na sua vida, você tem sido resiliente também? Você está preparado para “saltar para trás”, mas sem fugir e sim para enfrentar com mais preparo e foco os desafios?

Prevejo muitos leões para matar nos próximos anos. Grandes amigos da tribo, preparem-se para a luta.

Fashion Vale Outlet cria um canal exclusivo de desconto

Através do site, o empreendimento criou mais uma forma do cliente estar por dentro dos descontos

O Fashion Vale Outlet, localizado às margens da Via Dutra, em Taubaté, é conhecido por seus grandes descontos e sua variedade de lojas multimarcas. E agora, além do preço baixo oferecido nas próprias lojas, o estabelecimento criou mais um canal de ofertas para o cliente aproveitar.

Foto: divulgação

A vitrine Vale Look pode ser conferida através do site do Outlet e por lá é possível encontrar diversos produtos, de todas as lojas, com preço mais baixo. É uma grande oportunidade de ficar por dentro de super ofertas para sua casa, o seu pet e para o seu guarda roupa.

Fonte: Pilares Jornalismo&Relações Públicas – Mariana Guedes

Dança das cadeiras

O vai e vem do nosso mercado

Mais uma edição do Dança das cadeiras para atualizar nossos leitores sobre a movimentação do mercado de trabalho em comunicação e marketing do Vale do Paraíba e até de alguns profissionais daqui que estão voando pelo Brasil afora.

Gustavo Ferreira pelo assumiu há poucos dias vaga como estagiário de comunicação na Embraer.

Já Nathan Cortez é o novo jornalista contratado pela Radio Ótima FM.

Aline Duarte de Oliveira, publicitária, chega ao cargo de Coordenadora de Marketing na Tenco Shopping Centers, assumindo a coordenação de marketing do Via Vale Garden Shopping.

E para fechar essa edição do Dança, soubemos que o publicitário de origem no Vale do Paraíba, Carlos Antunes, assumiu posto na Coordenação-Geral de Comunicação Social do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações em Brasília.

Agências homenageiam mulheres

Agências do Vale do Paraíba criam para marcar a data

A presença das mulheres é cada vez maior e mais necessária nas empresas de comunicação. Não há mais dúvidas quanto a isso. E as agências da região aproveitaram a data de hoje para lançar posts em seus perfis de redes sociais para marcar a data e homenagear todas as mulheres.

A Triadaz usou o Facebook para destacar a parte feminina de sua equipe:

E lançou como texto de apoio: “Por aqui, elas são inspiradoras, criativas, competentes e especialistas em Comunicação! 💪 A elas, todo o nosso respeito, admiração e reconhecimento. Hoje, e em todos os outros dias!”

A Arriba também não deixou a data passar em branco e fez o post abaixo em seu perfil do Facebook:

A imagem recebeu o apoio do seguinte texto, com falas de personalidades e da CEO da agência:

“Ninguém pode fazer você se sentir inferior sem o seu consentimento – Eleanor Roosevelt (ex-primeira-dama dos EUA).
Sozinhos, pouco podemos fazer. Juntos, podemos fazer muito – Helen Keller (escritora e ativista).
Eu finalmente descobri que ser agradecida por meu corpo é a chave para dar mais amor a mim mesma – Oprah Winfrey (apresentadora).

Sigo meu propósito de vida, que é ajudar as empresas por meio de um trabalho bem-feito. Ajudar o mundo a ser um lugar de sucesso para todos. – Laís Santos (CEO da Arriba!).

Com o passar das gerações, as mulheres expuseram cada vez mais o seu poder, e hoje é o dia em que lembramos da luta por nossa voz.
Aqui na Arriba!, contamos com uma equipe repleta de mulheres e todas ganharam um mimo como agradecimento pela parceria, por trabalharem feito mulheres. ❤️

Parabéns pelo seu dia, Arribetes, e parabéns para todas as mulheres!”

Pelos lados da Molotov a imagem também destacou o time feminino da agência:

E recebeu este texto de apoio:

“Mulheres são criativas. Mulheres são inteligentes. Mulheres são dedicadas.
Vale a pena investir na diversidade do seu time. Nós somos mais uma prova disso!
Nosso parabéns para todas as mulheres!”

Já a Árvore Propaganda & Marketing fez um post com abordagem diferente e forte! O texto de apoio foi:

“Não é preciso falar muito quando a mensagem é clara. Toda mulher precisa ser vista, mas do jeito certo.”

E para finalizar esse nosso rápido apanhado temos a publicação da Rua Zero, que apoiou seu post com o seguinte texto: “Nós da Rua Zero desejamos que todas as mulheres tenham liberdade para ser o que quiserem, afinal, liberdade combina muito com criatividade.”

Claro que outras agências e empresas ligadas ao mundo da comunicação devem ter criado e publicado suas homenagens. Isso é o que ficou ao alcance do radar do Publicitando.

Um grande Dia Internacional da Mulher às leitoras do Publicitando!

Aprimorando a experiência do consumidor

Avanço da tecnologia aprimora experiência do consumidor e contribui para melhores margens nos supermercados

*Por Christian Rempel, consultor de varejo da Logicalis

O supermercado é um dos segmentos mais relevantes para o setor de varejo. De acordo com a Pesquisa Natal 2018, lançada em outubro pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o crescimento acumulado de vendas de janeiro a setembro deste ano foi de 1,92% e o setor projeta um aumento de 10,27% no fim de ano, ambos em comparação com os mesmos períodos de 2017. Porém, mesmo com os sinais de avanço, a pesquisa apontou que muitos empresários ainda estão cautelosos e apenas 18% acreditam em uma ampliação dos negócios se comparado com ano passado.

A eficiência na gestão das lojas é fundamental para apoiar o desenvolvimento deste setor, mas continua sendo um dos maiores desafios enfrentados pelos estabelecimentos. Isso vale tanto para custos com funcionários, quanto para o gerenciamento do fluxo de produtos e clientes. Há sempre contas a serem feitas, como quantos clientes é possível atender por caixa, o número de colaboradores necessários para manter as gôndolas abastecidas para que não haja ruptura, entre outros detalhes.

E, mesmo que o e-commerce esteja cada vez mais presente no dia a dia do consumidor, a eficiência das lojas físicas ainda é muito importante para o crescimento do setor. Portanto, para aumentar o lucro, é necessária uma combinação de ações dentro da loja, logística e nos centros de distribuição, e até mesmo no e-commerce.

O avanço da tecnologia vem possibilitando aos supermercados aprimorar a experiência do cliente e, com isso, aumentar o faturamento. As possibilidades são inúmeras, como por exemplo a implementação de totens interativos no autoatendimento. A digitalização do atendimento, aliás, é uma das tendências que mais deve crescer nos próximos anos.

O autoatendimento pode funcionar como uma complementação da compra e e estar disponível em totens a serem instalados na loja, ou estar em aplicativos para os dispositivos moveis do cliente. Assim, produtos em falta na loja física poderiam ser adquiridos através deles e entregues na casa do consumidor.

Outra tendência para aprimorar o autoatendimento são os carrinhos com scanners e balanças. Em vez de enfrentar a fila do caixa, o consumidor colocaria os produtos no carrinho, que pesaria e leria o código de barras do produto automaticamente, eliminando o tempo de espera em longas filas.

O setor supermercadista brasileiro vem investindo em tecnologia há algum tempo e algumas soluções já são realidade em várias redes. Elas vão desde a oferta de Wi-Fi aberto, propiciando que o cliente permaneça mais tempo na loja e, consequentemente, consuma mais; passando por etiquetas eletrônicas que facilitam a troca de preços automaticamente em promoções relâmpago, por exemplo, reduzindo erros no momento do caixa e melhorando a relação com o cliente; e, até mesmo, o self checkout, que passa por um momento de alto investimento e amadurecimento no País.

As possibilidades são inúmeras, mas a grande discussão que precisa ser feita ao decidir implementar uma tecnologia é definir qual faz mais sentido para empresa. Quando os supermercados investem em tecnologias que entregam uma melhor experiência ao consumidor, há retorno em diversas frentes, tanto com relação à redução de custos, quanto ao aumento de vendas. As companhias têm mudando suas missões e a digitalização está no centro desta mudança. Escolhendo o parceiro correto, o varejo só tem a ganhar com esta evolução.

Fonte: Rafaela Mello – Comuniquese