Novo conselheiro no Desenvolve Vale

Dono da Century Brasil e do Vale Sul Shopping, Wagner Louis de Souza passa a integrar conselho do Desenvolve Vale

Coordenado por Kiko Sawaya, grupo de empresários tem como objetivo estimular negócios e o desenvolvimento sustentável da RMVale; entre os conselheiros, estão Adalberto Morales, Oscar Constantino e Cassiano Terra Simão

Um dos principais exemplos de empreendedorismo da região e do Brasil, Wagner Louis de Souza é o mais recente conselheiro do Desenvolve Vale. Diretor e proprietário da Century Brasil e dono do Vale Sul Shopping, ele passou a integrar o time em agosto e já participa ativamente das atividades e debates propostos pelo grupo.

Coordenado pelo empresário Kiko Sawaya, o Desenvolve Vale reúne algumas das principais lideranças empresariais dos setores produtivo, industrial e de serviços da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, a RMVale, de diferentes áreas: construção civil, logística, mercado imobiliário, educação, varejo, contabilidade, direito e mídia, entre outras.

Além de se colocar como uma plataforma para promover relações empresariais e valorizar o empreendedorismo, o grupo também pauta uma série de discussões voltadas ao desenvolvimento econômico e sustentável das cidades da região.

Entre as ações, estão reuniões com alguns dos principais gestores públicos do país, especialistas, prefeitos, governadores, deputados estaduais e federais, além de secretários e ministros. Também integram o rol de iniciativas campanhas institucionais, como o encontro realizado para atrair executivos da capital à RMVale, e cartas abertas às autoridades eleitas, a fim de colocar em evidência demandas da sociedade valeparaibana.

A chegada de Wagner Louis de Souza ao conselho, aponta Kiko, traz ainda mais saber técnico ao Desenvolve Vale e indica a maturidade do grupo. “É um privilégio ver o encontro dessas cabeças no Desenvolve Vale. São pessoas com visão de futuro e com um histórico de geração de renda, emprego e conhecimento sem igual. Termos o Wagner ao nosso lado é um novo passo para enriquecermos ainda mais o debate em torno da construção de uma região melhor. O Wagner é um exemplo de homem, empresário e sabe tudo sobre o Vale”, afirma o coordenador do Desenvolve Vale.

Para mais informações sobre o conselheiro Wagner Louis de Souza, o blog do Desenvolve Vale fez um pequeno perfil sobre o empresário. É possível ler aqui.

Sobre o Desenvolve Vale

O Desenvolve Vale é uma plataforma de negócios voltada ao desenvolvimento sustentável da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte. Tem como conselheiros algumas das principais lideranças empresariais com atuação na região, dos mais variados setores, que colaboram na organização e execução de uma agenda voltada aos interesses econômicos da comunidade valeparaibana. O Desenvolve Vale tem como missão promover relações empresariais e valorizar a importância dos setores produtivo, industrial e de serviços no desenvolvimento sustentável das cidades, sempre defendendo a ética, os princípios democráticos e a eficiência na gestão pública e privada. O Desenvolve Vale é coordenado por Kiko Sawaya.

Fonte: CABANA – João Pedro Teles

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Confira o levantamento realizado pela Rakuten Advertising

Black Friday 2020: Metade dos brasileiros é influenciada por cupons e cashback

Levantamento realizado pela Rakuten Advertising mostra que ações promocionais de marca na web visando as principais datas do varejo do último trimestre deste ano serão fundamentais na decisão de compra dos consumidores

Com a pandemia da Covid-19, os hábitos dos consumidores pelo mundo mudaram consideravelmente. No Brasil, não foi diferente com as plataformas online se transformando na primeira opção de compra de muitos brasileiros, com muitos deles experimentando o e-commerce pela primeira vez. Essa mudança de comportamento deve impactar as estratégias das marcas na web, especialmente no último trimestre do ano, período que contempla duas das principais datas do varejo: a Black Friday e o Natal. Entre as apostas com grandes chances de retorno está o investimento em ações de marketing e publicidade digital, com destaque para sites de cupons e programas de cashback. Isto é o que aponta a pesquisa global O Caminho para a Retomada: os Picos de Venda para 2020 Repensados, realizada pela Rakuten Advertising e que ouviu 8 mil pessoas ao redor do globo, sendo mil no Brasil, entre os meses de junho e julho deste ano.

O estudo buscou entender quais foram os primeiros impactos no comportamento de compra das pessoas diante da pandemia e quais as expectativas para outubro, novembro e dezembro. De acordo com o levantamento, 50% dos brasileiros são influenciados por cupons e cashback. Outra descoberta relevante é que a maioria é sugestionável quando o assunto é a publicidade neste tipo de data promocional: 56% estão abertos, a depender do tipo, 38% estão abertos, independente da forma e 6% não estão abertos. É importante ressaltar que 86% dos consumidores disseram que pretendem continuar comprando online na Black Friday e no Natal, sendo que 31% planejam fazer isso usando um dispositivo móvel.

Portanto, investimentos em publicidade e marketing digital nunca foram tão fundamentais para as empresas. Nesse contexto, o marketing de afiliados virou uma das principais ferramentas para o enfrentamento da crise diante da pandemia, assim como uma tática bastante relevante para ganhar escala na Black Friday e Natal. “Com as pessoas navegando mais tempo pela internet nesta pandemia, o marketing de afiliação é extremamente atrativo para as empresas enfrentarem este período de alta do varejo. Sabemos que a Black Friday deste ano será muito maior que todos os outros anos devido a esta grande migração das pessoas que passaram a optar pelas compras online via celular ou PC. Os cupons e cashback são algo que realmente influenciam os brasileiros no momento da compra. Por isso, as marcas devem olhar para estratégias deste tipo ”, explica Luiz Tanisho, VP Global e country manager da Rakuten Advertising no Brasil.

Cupons e cashback e os benefícios para as marcas
É preciso ressaltar que o levantamento apontou para um significativo aumento das vendas online no Brasil desde o início da pandemia e que mesmo o país vivendo um momento incerto com relação aos próximos passos da economia, 69% dos brasileiros não diminuiriam o cenário de gastos planejado nestas datas promocionais, mesmo se voltassem a um isolamento mais rígido.

Mas isso não significa que o consumidor brasileiro saia comprando sem antes fazer uma avaliação. Na verdade, ele é mais motivado e influenciado quando deparado com algum tipo de benefício, seja um desconto, uma parte do dinheiro de volta, frete grátis, etc. isso porque é um momento de bastante atenção aos gastos e toda economia é válida.

Thanks to rupixen.com for sharing their work on Unsplash

Segundo a pesquisa, 43% dos consumidores são motivados pelo frete grátis para realizarem sua compra no e-commerce. Também já citamos que 50% dos respondentes disseram que são influenciados por cupons e cashback, mas o mais interessante é que somente 20% responderam que sofrem influência quando tem extrema necessidade para comprar algo e 14% acabam realizando uma compra quando recebem o salário. Ou seja, sites de cupons e cashback são muito mais eficazes quando o assunto é influenciar uma decisão de compra.

Um exemplo de site especializado em descontos com cupons e cashback que faz parte da rede da Rakuten Advertising no Brasil e que tem tido um desempenho muito acima da média diante deste novo cenário de alta das compras na web é o Cuponomia, que apresentou um crescimento considerável de vendas em diversos segmentos desde o início da pandemia.

A categoria de celular e smartphone, por exemplo, cresceu mais que três vezes desde março, com aumento de 359%, outra categoria que também registrou aumento foi a de cursos e aulas, com 224% de aumento nas vendas. Outros setores que dobraram o número de vendas no período foram informática (126%), farmácias (118%), utilidades domésticas (118%), animais e pet (89%) e alimentos e bebidas (78%).

“Acredito que as vendas offline têm migrado para o online por conta do isolamento. Isto deve modificar a forma como os consumidores estão acostumados a comprar. Esse período também reforça a necessidade de economia. As ofertas com cupons e cashback surgem como opções para comprar de forma consciente e poupar dinheiro”, afirmou o diretor de marketing do Cuponomia, Ivan Zeredo.

Para ter acesso ao relatório completo acesse aqui.

Metodologia da pesquisa
A Rakuten Advertising conduziu um questionário online em junho e julho de 2020, por meio da plataforma Qualtrix. Foram contabilizados 8.673 respondentes adultos (+18) , divididos em 12 regiões: (Reino Unido (1015), França (1025), Alemanha (1011), Brasil (1016), Austrália (511), Canadá (516), China (508), Hong Kong (532) Nova Zelândia (509), Singapura (508), Coreia do Sul (507) e Estados Unidos (1015).

Fonte: VIANEWS Hotwire – Thalita Arifa

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Na atividade

Ampla conquista a conta do Orfeu Cafés Especiais

Agência cuidará da comunicação e campanhas on o off-line de todos os produtos

A Ampla Comunicação, agência com sede no Recife e escritórios em Vitória (ES), Aracaju (SE) e Maceió (AL), acaba de conquistar a conta do Orfeu Cafés Especiais, o café brasileiro categoria especial mais premiado do mundo. A agência terá como missão cuidar de toda a comunicação e campanhas on e off-line dos cafés e azeites da marca em âmbito nacional tanto dos produtos já de catálogo como de futuros lançamentos, além do institucional da empresa.

O Orfeu surgiu no mercado de cafés especiais em 2005, cultivando grãos de qualidade selecionada nas altas montanhas do sul de Minas Gerais, na Fazenda Sertãozinho, local com tradição de mais de 67 anos em lavouras de café. É o produto brasileiro categoria especial mais premiado do mundo, carregando importantes títulos como Cup of Excellence, Coffee of the Year na Feira Internacional de Café e Late Harvest Competition, na Suíça.

“Temos muita experiência em atendimento ao mercado de produtos em diversos segmentos, respondendo por Baterias Moura, Pitú, Tintas Iquine, M. Dias Branco (Biscoito Treloso e Pilar), Netuno Pescados, entre outros. Nosso objetivo é fazer com que o consumidor expanda sua percepção de uma marca de cafés especiais e consumam Orfeu”, explica Anselmo Albuquerque, diretor de Planejamento da Ampla.

O mercado de cafés especiais ou premium tem crescido muito no Brasil. Dados da consultoria Euromonitor de 2019 apontam um consumo anual de 70 mil toneladas, ou 5% a 10% do consumo de todo o setor. Esse tipo de produto cresce 15% ao ano, contra uma alta de 3,5% do café tradicional.

Fonte: LF Comunicação Corporativa – Marco Barone

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Amazon lidera vendas mundiais

Amazon é a empresa líder de vendas mundiais durante a pandemia

Uma pesquisa realizada pelo sistema Statista e divulgada pela plataforma de descontos Cuponation, integrante da alemã Global Savings Group, revelou o ranking mundial das empresas líderes de serviços online e internet no mercado em todo o mundo em 2020 durante os tempos de pandemia.

De acordo com o estudo e com base no índice GP Bullhound Consumer Internet, a empresa norte-americana Amazon é a companhia que ocupa o primeiro lugar da lista, com maior lucro e valor de comércio ao consumidor de abril deste ano até o momento. A plataforma estima que a capitalização de mercado atual da marca seja de 970,7 bilhões de dólares.

O dado aponta que mesmo tendo indícios de que a empresa vem enfrentando uma crise interna e problemas com a segurança de seus funcionários em relação a meios protetivos à COVID-19, isso não a prejudicou ao ponto de perder vendas, pelo contrário: fez com que ela crescesse durante a pandemia por conta da segurança de comprar sem sair de casa.

Dentre as 20 empresas apresentadas, a chinesa Alibaba é a organização que aparece ocupando o segundo lugar do ranking, com a capitalização de mercado projetada em 521,8 bilhões de dólares. Confira o ranking completo no infográfico interativo do Cuponation.

Das companhias mundiais populares presentes no estudo, podemos citar as mais reconhecidas pelos brasileiros, sendo elas: a Uber, o Mercado Livre, a Booking, o Pinterest e até a Rakuten.

Fonte: Grupo Comuniquese – Giovanna Rebelatto

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Marcas Mais Valiosas do Brasil de 2020 crescem 4% e totalizam US$ 55,7 bilhões

Itaú assume a primeira colocação no ranking BrandZ Brasil 2020 e se mantém estável no valor de marca, mesmo com cenário adverso

São Paulo, 3 de setembro de 2020 – A Kantar e a WPP lançam hoje o novo ranking Brandz Brasil com as 25 Marcas Mais Valiosas de 2020, em parceria com o jornal Meio & Mensagem. Neste ano, mesmo diante de um cenário adverso gerado pela crise da Covid-19, as marcas brasileiras tiveram um incremento de 4%, somando US$ 55,7 bilhões de dólares no valor total das marcas.

Esse cenário adverso está representado nas Top 3 marcas do ranking:

O Itaú, com um valor de US$ 8.268 bilhões, assumiu a liderança e se manteve estável no valor de marca, declinando apenas 1% se comparado a 2019.

Skol, segundo lugar no ranking, com US$ 6.797 bilhões, e Bradesco, terceiro lugar, somando US$ 6.137 bilhões, também apresentaram queda em seus valores de marca quando comparados a 2019.

Confira o Top 10:

Ranking

Marca

Categoria

Valor de Marca    2020

(bi $)

Valor de Marca    2019

(bi $)

Variação do valor de marca

1

Itaú Instituição Financeira

8.268

8.368

-1%

2

Skol Cerveja

6.797

7.253

-6%

3

Bradesco Instituição Financeira

6.137

9.468

-35%

4

Magazine Luiza Varejo

5.111

2.287

124%

5

Brahma Cerveja

3.720

3.781

-2%

6

Globo Canais de TV

3.295

3.624

-9%

7

Antarctica Cerveja

2.558

2.672

-4%

8

Renner Varejo

2.273

1.903

19%

9

Amil Cuidados da saúde

2.050

1.840

11%

10

Sadia Bens de Consumo

1.637

1.339

22%

A batalha dos bancos para se manter no topo

Apesar de tomarem dois dos três primeiros lugares do ranking, as instituições financeiras enfrentaram uma batalha para se manter no topo. O contexto do negócio já estava sendo afetado antes mesmo da pandemia da Covid-19, com o governo diminuindo drasticamente a taxa de juros, e o avanço das fintechs – que cada vez mais estão ganhando espaço de forma bastante disruptiva.

“Nesse processo, muitas marcas investiram para mitigar esses danos, ao mesmo tempo que criaram campanhas e posicionamentos para se manterem como a escolha dos brasileiros”, diz Silvia Quintanilha, vice-presidente de atendimento da Kantar Brasil. Especificamente no caso dos bancos, apesar do contexto, o Itaú mantém o valor de seus ativos intangíveis, possibilitando sua chegada ao primeiro lugar pela primeira vez nos 14 anos do ranking.

Varejo e Bens de Consumo ganham destaque em 2020

Os destaques do ano foram os setores de Varejo e Bens de Consumo com crescimentos expressivos em relação a 2019 de 72% e 14%, respectivamente. “Marcas que saíram na frente com a experiência digital, inovação e relacionamento mais próximo com o consumidor conseguiram ter uma performance melhor, criando conexão com seu público”, afirma Silvia. “Neste período de pandemia, é importante que as marcas não se distanciem de seus consumidores. Quando a crise passar, quem estará na mente deles serão as marcas que se mantiveram presentes”.

Entre as marcas de Varejo, a Magazine Luiza aparece em quarto lugar esse ano, com US$ 5.111 bilhões em valor (+124%) e a Renner, na oitava posição, com crescimento de 19%, somando US$ 2.273 bilhões em valor de marca. A Magalu investiu em tecnologia dentro de casa – um grande diferencial competitivo – redes sociais e logística, melhorando a experiência do cliente e atraindo mais vendedores para o seu marketplace. Ela também possibilitou que pequenas e médias empresas pudessem ter acesso ao canal de distribuição da Magalu. A Magazine Luiza se reinventou saindo de um modelo de vendas de eletrodomésticos para um modelo de marketplace – concorrendo com Amazon. Hoje é o maior case de transformação digital e ominichannel no país.

Já no segmento de Bens de Consumo, a Sadia se destaca em décimo lugar com alta de 22%, totalizando US$ 1.637 bilhões em valor de marca, e a Seara, que teve um salto de 35%, se comparado a 2019, somando hoje US$ 827 bilhões em 18º lugar. Seara focou em sortimento de produtos de maior valor agregado e crescimento de volume. Ao longo de 2019, foram lançados mais de 80 SKUs (Stock Keeping Unit, ou Unidade de Manutenção de Estoque). Já a Sadia continua sendo a marca mais valiosa de alimentos, expandindo seu portfolio e linhas de produtos.

Metodologia do ranking Brandz Brasil:

O Brandz, ranking da Marcas Mais Valiosas do Brasil leva em consideração o valor financeiro (dados da bolsa e da Bloomberg) e o valor de contribuição da marca, que é a proporção do valor financeiro de uma marca gerado por sua capacidade de aumentar o volume de compra e carregar um premium price (metodologia Kantar).

Fonte: Tamer Comunicação – Karina Rodrigues

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Marcas investem 20% mais em influenciadores, apesar de polêmicas

Pesquisa mostra que no primeiro semestre 90% das empresas ampliaram recursos destinados ao marketing digital

A postura dos influenciadores digitais na pandemia rendeu várias polêmicas e resultou no cancelamento de contratos milionários. Mas também serviu para abrir debate sobre o papel desse profissional, deixando claro que a ascensão desse formato de marketing digital continuará a crescer juntamente com as redes sociais. A tendência, contudo, é que se refine e se consolide. É o que revela pesquisa recentemente da Adaction e da Inflr, companhias especializadas em mídias digitais.

Image by Markus Winkler from Pixabay

De acordo com o estudo “Tendências para o Marketing”, na contramão do mercado, houve aumento de 90% nos recursos destinados para a internet. E as marcas investiram 20% mais em campanhas com influenciadores digitais. Um sinal desse movimento foi o incremento de receita da Inflr, que atingiu R$9,1 milhões durante a quarentena.

A startup, que nasceu justamente da necessidade de oferecer serviços especializados em ações com influenciadores digitais, desenvolveu a primeira plataforma que conecta anunciantes à influenciadores dentro de um marketplace.

Nela, os anunciantes promovem seus produtos e serviços utilizando a influência dos ‘famosos’ junto a seus seguidores nas redes sociais. A plataforma gera relatórios em tempo real com os dados de cada campanha, para que as marcas e agências não dependam de relatórios manuais, enviados pelos próprios influenciadores.

Já a Adaction atua como veículo de comunicação de mídia digital e também tem crescido pela grande procura pelo marketing de performance – estratégia do meio online focada na conquista de melhores resultados por meio do uso de dados.

“No primeiro levantamento que fizemos, em março, vimos uma retração forte dos investimentos como um todo, mas em seguida, houve a realocação de verba, com a adequação das campanhas para a nova realidade trazida pelo isolamento”, explica Thiago Cavalcante, sócio da Adaction e diretor de novos negócios da Inflr.

Após a queda de 60% dos investimentos em marketing ocorrida em março, houve uma retomada em abril (+14%), maio (+17%) e junho (+14%), sendo que, praticamente o total deste incremento está relacionado a campanhas via internet. “Os influenciadores têm mostrado papel fundamental no acesso dos consumidores a novos canais enquanto estão distantes das lojas físicas durante a quarentena”, diz Cavalcante.

Image by Paul Henri Degrande from Pixabay

Esse acolhimento fez a diferença, inclusive, quando o assunto é faturamento. De acordo com a pesquisa, quem não lançou mão de nenhuma ação via web, sentiu uma queda 20% maior das vendas no período mais crítico do isolamento.

Cavalcante lembra que esta é uma tendência que veio para ficar. “As pessoas estão cada vez mais conectadas. O marketing digital já supera 50% dos investimentos em campanhas por ser mais assertivo. As empresas estão agora descobrindo o poder do marketing de influência que deve se refinar e se consolidar”, complementa.

Segundo o especialista, é preciso, entretanto, que haja certa cautela nas campanhas com influenciadores para evitar que estas sejam vistas como invasivas pelo consumidor. “Uma boa campanha agrega soluções de inteligência artificial a influenciadores digitais. Nelas a tecnologia evita a superexposição e a sensação de que alguém está querendo tirar vantagem de um momento tão difícil para o país”, diz.

E destaca que, para isso, a inserção do influenciador deve ocorrer apenas no momento certo e com a mensagem corretamente adaptada a cada situação. “É um meio legítimo de publicidade que vai amadurecer”, avalia.

Até 2023, mais de 60% dos orçamentos em publicidade devem ser alocados para o ambiente online. Enquanto mercados mais maduros já estão consolidados, o Brasil ainda tem um espaço considerável para crescer tanto em acesso como nas mídias. O País já é o sétimo mercado do mundo em marketing digital e deve fechar o ano movimentando algo perto de US$ 18 bilhões nessas plataformas.

Fonte: Compliance Comunicação – Rachel Cardoso

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

ACIT lança campanha para o Dia das Crianças

ACIT lança Campanha promocional em homenagem ao Mês das Crianças

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté inicia na próxima quarta-feira, 02 de setembro, a nova promoção junto ao comércio da cidade, em homenagem ao dia das crianças, dentro da campanha Taubateamo.

A promoção foi toda pensada para beneficiar o comércio local em dois momentos, na realização da compra e na hora da troca dos cartões, com os vales de diversos valores. Esses cartões podem ser trocados, exclusivamente, nas empresas que participam do fundo promocional, favorecendo e incentivando quem adere à campanha.

Nessa etapa serão sorteados dois cupons que irão presentear o consumidor com um cartão presente no valor de R$ 1 mil.

Nas campanhas da ACIT os vendedores registrados nos cupons sorteados também ganham e serão contemplados com cartões presente no valor de R$ 200. Essa é uma forma de fazer com que todos sejam envolvidos e participem, divulgando as promoções e os prêmios, ampliando as chances de venda.

Um detalhe importante é que todos os cupons participantes das promoções ao longo do ano ganham uma segunda chance e participam automaticamente, da promoção de Natal, que esse ano irá sortear, além dos cartões, um vale viagem. A novidade para 2020 é que o vendedor também será contemplado com o vale viagem no último sorteio do ano.

Para participar e concorrer aos prêmios, os consumidores devem realizar suas compras nas lojas participantes e a cada R$ 50 recebem um cupom, que deve ser completamente preenchido e depositado nas urnas da promoção. Os estabelecimentos serão identificados com material promocional e o selo da campanha.

O sorteio acontece dia 02 de novembro, segunda-feira, na sede da ACIT e é aberto a todos que quiserem acompanhar. As empresas participantes do fundo promocional podem ser consultadas no site www.taubateamo.com.br. Os associados que ainda não estão participando da campanha Taubateamo mas tem interesse, podem entrar em contato diretamente na ACIT. Maiores informações podem ser obtidas no Departamento Comercial, pelo telefone (12) 2125-8221.

Promoção “Valorize o Comércio de Taubaté”

Devido ao estado de pandemia, alguns ajustes foram realizados e a campanha em homenagem do Dia das Mães (maio), dos Namorados (junho), e dos Pais (agosto) foram substituídas por uma campanha única, denominada “Valorize o Comércio de Taubaté”.

Na próxima terça-feira, dia 01 de setembro acontece o sorteio e os consumidores participantes serão contemplados com 10 cartões presente no valor de R$ 500 cada e 06 de R$ 1.000 cada. Nessa etapa, os vendedores registrados nos cupons recebem 10 cartões presente de R$ 100 cada e 06 de R$ 200 cada.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Bruna Abifadel

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Mitsubishi Motors lança primeira campanha criada pela Tech and Soul

Ação apresenta Outlander Sport 2021 e seu novo posicionamento: “O novo diamante da Mitsubishi”

Está no ar a primeira campanha criada pela Tech and Soul para seu novo cliente, a Mitsubishi Motors. O filme da ação divulga o Outlander Sport 2021, SUV capaz de responder às necessidades dos dias de hoje sem perder o estilo.

A campanha traz uma mensagem sobre a importância de estar dentro de um 4×4 de verdade em meio aos desafios que se multiplicam no lado de fora. E apresenta o novo posicionamento do modelo: “o novo diamante da Mitsubishi”, que remete à tradição dos legítimos 4×4 da marca.

“O processo criativo partiu da ideia de um novo posicionamento que mostrasse que os diamantes, embora só apareçam sob pressão extrema, brilham quando recebem a luz e são observados. A partir disso, fizemos uma criação que ressaltasse todo o estilo do Outlander Sport 2021”, explica Flavio Waiteman, sócio e CCO da Tech and Soul.

Um dos destaques do filme são as imagens que mostram o ultiverso em que vivemos e a capacidade do Outlander Sport de atravessar todos eles. Outra novidade é o uso de uma trilha especialmente composta para a campanha, que fala sobre a importância de aguentar a pressão e seguir em frente. A letra foi composta pelo próprio Waiteman e por Otavio de Moraes, da BloodAudio. Já a voz é da cantora americana Tansu, que gravou diretamente de Nova York.

Ficha técnica:

Campanha: “Multiverso”

Anunciante: HPE/Outlander Sport 2021

Agência: Tech and Soul

Direção de Criação: Flavio Waiteman e Fabiano Feijó

Criação: Eduardo Martins, Guga Dias da Costa, Paulo Ottaviani, Willem Carpio, Giulio Pinotti e Jose Scorzelli

Consultoria Estratégica: Marcia Neri

Planejamento: Ana Oki

Data Strategy: Raquel Stein

RTVC: Daniela Andrade

Atendimento: Fernando Amino e Juliana Souza

Mídia: Thyago Correa, Mel Morales, Diego Oliveira, Gabriel Vieira Beloti, Lucas Lucatto Pizetta, Vitor Baldin, Tamino Martens e Rafael Fachinetti

Aprovação/Cliente: Fernando Julianelli, Letícia Mesquita, Marcelo Benaci e Giovanna Mello

Produtora: Bóson Post

Diretor: Eduardo Martins e Eduardo Brandão

3D: Eduardo Martins e Rodrigo de Angelis

Produção/Filme: Ezany Brandão

Coordenador de Pós: Carlos Fernandes

Motion: João Paulo Oliveira

Trilha: BloodAudio

Produtor de som: Otávio de Moraes

Cantora: Tabsu Akerman

Atendimento som: Carol Belem

Fonte: T&S – Comunicação

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Mensagens excessivas prejudicam experiência do consumidor, aponta estudo da Adobe

Para 25% dos clientes, aplicativos nunca deveriam enviar notificações

A personalização ainda não é totalmente efetiva na entrega de experiências digitais assertivas. Essa é uma das conclusões do “Adobe Personalization Survey”. Esse estudo conclui também que, embora os consumidores tenham vontade de receber comunicações das marcas por e-mail, mensagem de texto e notificação em apps, eles as consideram excessivas. Dos consultados, aliás, 25% acreditam que a os aplicativos jamais deveriam enviar notificações. Esse excesso de comunicação acaba afetando a qualidade da experiência com as marcas.

Os consumidores também expressaram irritação a respeito de certas experiências intrusivas, especialmente anúncios pop-up, alertas, cookies, spams e páginas que demoram para carregar. Ainda que mais da metade dos entrevistados opte por receber notificações por e-mail ou mensagem de texto, 62% afirmam que utilizam bloqueadores de anúncios em pelo menos um de seus dispositivos conectados à internet.

Quase metade dos entrevistados afirma que experiências personalizadas nos sites que visitam são importantes, mas menos de um terço acredita que elas tiveram efeito positivo na percepção de marca – para 51%, essas experiências não fizeram nenhuma diferença. Além disso, os consumidores não sentem que se veem refletidos nas marcas que visitam no ambiente on-line, o que indica que as companhias ainda não têm visão completa de seus clientes.

“Para garantir que estão oferecendo conteúdos relevantes, as empresas devem ter visão única e em tempo real de seus consumidores. A personalização auxilia na criação de melhores experiências digitais, mas de nada adianta se as mensagens são insistentes e intrusivas. É preciso cultivar uma mentalidade de qualidade, em vez de quantidade”, afirma Ellen Pilia, Head para Enterprise Marketing da Adobe no Brasil.

O estudo também revela que os consumidores são cautelosos na hora de compartilhar informações pessoais – metade preenche somente os campos necessários dos formulários de perfis. Em relação a serviços de localização, apenas 25% dos entrevistados os mantêm ativados para todos os seus apps. Apesar disso, 61% estariam dispostos a compartilhar onde estão para ser informados de eventos ou promoções nas proximidades.

Adobe Personalization Survey – Metodologia

A pesquisa foi realizada pela Advanis a pedido da Adobe. Foram entrevistados 1 mil consumidores dos Estados Unidos e do Reino Unido sobre sua percepção e awareness da personalização, bem como seu relacionamento com marcas em uma variedade de dispositivos. As entrevistas ocorreram entre os dias 19 e 21 de fevereiro. A pesquisa completa pode ser acessada aqui por meio deste link.

Fonte: Adobe Systems Incorporated | RPMA Comunicação 

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Tik Tok se consolida como opção de entretenimento

TikTok se consolida como opção de entretenimento para brasileiro durante a pandemia

Levantamento da Ipsos mostra que aplicativo é conhecido por 95% dos consumidores; facilidade na interação e edição de vídeos são atrativos da ferramenta

O TikTok está entre os aplicativos mais comentados dos últimos tempos. No Brasil, de acordo com levantamento on-line realizado pela Ipsos, 95% dos espectadores já ouviram falar da plataforma de vídeos. A pesquisa da Ipsos aponta, ainda, um fato curioso: três em cada quatro no TikTok são usuários passivos. Ou seja, entre os que baixaram o aplicativo, 77% estão lá como consumidores de conteúdo. Os outros 23%, além de assistir, já produzem seus próprios vídeos.

“É o aplicativo que mais rapidamente ganhou espaço entre os nossos espectadores, e esse crescimento foi potencializado pelo momento da pandemia, quando houve também uma declaração de aumento no uso de outras plataformas de entretenimento, como a TV aberta e fechada e os meios digitais”, opina Cintia Lin, head de Creative Excellence na Ipsos. Em um estudo específico sobre hábitos de consumo de mídia na pandemia, feito pela Ipsos com 300 pessoas, 56% declararam ter baixado novos apps durante o período da quarentena.

Na opinião da equipe de Creative Excellence, há algumas razões pelas quais o TikTok tem atraído a atenção dos consumidores. Uma delas é a sua facilidade de uso, com recursos simples, que possibilitam a edição e a interação nos vídeos. Além disso, a possibilidade de criar desafios permite o diálogo com um público mais jovem. Segundo o Interactive Advertising Bureau (IAB), 41% dos usuários que produzem conteúdo no aplicativo têm entre 16 e 24 anos.

Image by Kon Karampelas from Pixabay

Por fim, não é preciso ser um “tiktoker” – nome dado aos influenciadores do TikTok – para que o vídeo viralize. O grande trunfo da plataforma para quem quer fazer parte da comunidade é justamente o uso das hashtags em desafios. Fazendo uso dela, o vídeo aparece no grupo que colocou o mesmo desafio e assim, a “viralização” ocorre também pela força da criatividade na produção do conteúdo.

A pesquisa “TikTok Na Estratégia de Comunicação” foi realizada através do painel on-line Ipsos, que conta com mais de meio milhão de consumidores brasileiros (16+, Nacional, ABCD), entre os dias 09 de 12 de julho de 2020. A margem de erro é de 4%, a um intervalo de 95% de confiança.

Fonte: Giusti Comunicação – Jéssica Díez Corrêa

Share and Enjoy !

0Shares
0 0