Curso sobre guerrilha

Guerrilha Advertising INFORMAÇÕES
Só os guerrilheiros vão sobreviver na era do engajamento.
Sobre o curso
Há mais de uma década, o Google atingiu a marca de um bilhão de páginas indexadas na WEB, dando voz a toda a cauda longa. Nesse momento, o reinado do awareness começou a ser ameaçado pela crescente importância do engajamento. O objetivo deixou de ser apenas a conquista do “top of mind” e tornou-se fundamental garantir relevância entre a galera ou, se preferirem, na “long tail”.
Esse ano, Dan Wieden, da W+K, contou em Cannes que, quando a Nike procurou sua agência, fez questão de deixar claro que não acreditava em advertising. A marca não queria passar o mesmo comercial mais de uma vez. “Você não envia uma mesma carta, para o mesmo amigo, mais de uma vez, certo?” completou ele.
Esse é o desafio atual dos criativos. Acostumados durante anos a criar para a confortável dinâmica do broadcast, é importante aprender como desenvolver mensagens que geram conversas. A moleza acabou. Agora não tem mais um ou dois concorrentes disputando espaço no horário nobre da TV. A briga é pela atenção do seu interlocutor e nela estão todos os que produzem conteúdo – da multinacional ao moleque com um canal no Youtube.
A única forma de atingir o mercado superfragmentado é seduzir as pessoas com um assunto tão interessante que elas mesmas vão se encarregar de espalhá-lo. E aqui entra a inteligência de guerrilha e as ferramentas que permitem criar campanhas sobre as quais as pessoas vão falam.
Objetivos
– Ajudar profissionais a planejarem e criarem para transformar marcas em assunto.
– Provocar uma troca de prioridades: em vez de pensar em consumidores, o executivo passa a focar na sua marca e em seus fãs.
– Ajudar profissionais, que nasceram e foram educados na era do awareness, a pensar e produzir na era do engajamento.
Público-alvo
Este curso foi desenhado para profissionais de todas as áreas da propaganda que nasceram e foram educados com comunicação de massa na era do awareness e que agora precisam desenvolver marcas relevantes com comunicação socializada na era do engajamento.
Professor:
Gustavo Fortes é co-fundador e Diretor da agência Espalhe, com 9 anos de mercado, tem como principais clientes Guaraná Antarctica, Trident, Halls, Chiclets, Jeep, Chrysler, Fiat, Activia, Bonafont entre outros.
# A Espalhe foi listada este ano pela revista Advertising Age entre as 50 empresas mais criativas do mundo, sendo que apenas oito agências estão na lista e nenhuma outra empresa brasileira.
# Das 10 páginas de empresas que mais cresceram no Facebook no mundo, as duas primeiras e a quarta colocada são clientes da Espalhe.
# Em novembro de 2010, quando a Espalhe assumiu a conta digital de Guaraná Antarctica, a marca não tinha presença social.  Ao final de 2011, já era a marca mais social do Brasil em audiência e engajamento.

Guerrilha Advertising – Só os guerrilheiros vão sobreviver na era do engajamento.

Sobre o curso

Há mais de uma década, o Google atingiu a marca de um bilhão de páginas indexadas na WEB, dando voz a toda a cauda longa. Nesse momento, o reinado do awareness começou a ser ameaçado pela crescente importância do engajamento. O objetivo deixou de ser apenas a conquista do “top of mind” e tornou-se fundamental garantir relevância entre a galera ou, se preferirem, na “long tail”.

Esse ano, Dan Wieden, da W+K, contou em Cannes que, quando a Nike procurou sua agência, fez questão de deixar claro que não acreditava em advertising. A marca não queria passar o mesmo comercial mais de uma vez. “Você não envia uma mesma carta, para o mesmo amigo, mais de uma vez, certo?” completou ele.

Esse é o desafio atual dos criativos. Acostumados durante anos a criar para a confortável dinâmica do broadcast, é importante aprender como desenvolver mensagens que geram conversas. A moleza acabou. Agora não tem mais um ou dois concorrentes disputando espaço no horário nobre da TV. A briga é pela atenção do seu interlocutor e nela estão todos os que produzem conteúdo – da multinacional ao moleque com um canal no Youtube.

A única forma de atingir o mercado superfragmentado é seduzir as pessoas com um assunto tão interessante que elas mesmas vão se encarregar de espalhá-lo. E aqui entra a inteligência de guerrilha e as ferramentas que permitem criar campanhas sobre as quais as pessoas vão falam.

Objetivos

– Ajudar profissionais a planejarem e criarem para transformar marcas em assunto.

– Provocar uma troca de prioridades: em vez de pensar em consumidores, o executivo passa a focar na sua marca e em seus fãs.

– Ajudar profissionais, que nasceram e foram educados na era do awareness, a pensar e produzir na era do engajamento.

Público-alvo

Este curso foi desenhado para profissionais de todas as áreas da propaganda que nasceram e foram educados com comunicação de massa na era do awareness e que agora precisam desenvolver marcas relevantes com comunicação socializada na era do engajamento.

Professor:

Gustavo Fortes é co-fundador e Diretor da agência Espalhe, com 9 anos de mercado, tem como principais clientes Guaraná Antarctica, Trident, Halls, Chiclets, Jeep, Chrysler, Fiat, Activia, Bonafont entre outros.

# A Espalhe foi listada este ano pela revista Advertising Age entre as 50 empresas mais criativas do mundo, sendo que apenas oito agências estão na lista e nenhuma outra empresa brasileira.

# Das 10 páginas de empresas que mais cresceram no Facebook no mundo, as duas primeiras e a quarta colocada são clientes da Espalhe.

# Em novembro de 2010, quando a Espalhe assumiu a conta digital de Guaraná Antarctica, a marca não tinha presença social.  Ao final de 2011, já era a marca mais social do Brasil em audiência e engajamento.

Informações

Data: 23 e 24 de novembro de 2012

Aulas: sexta-feira das 19h30 das 22h30 e sábado das 9h às 16h

Inscrições até: 16 de novembro de 2012.

Valor: R$890,00 a vista ou em 2 vezes no cartão

Mais informações: (11) 5085-4600 ou centralinfo@espm.br

CANCELAMENTO

Pela ESPM por falta de quorum, será devolvido 100% do valor pago. O aviso poderá ser feito em até 48h antes do início do curso.

MUITA ATENÇÃO: Se você é de fora da cidade de São Paulo, certifique-se que o curso atingiu quórum mínimo antes de comprar sua passagem e reservar sua estada! A escola se isenta de qualquer responsabilidade sobre passagem e hospedagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *