Dicas para ser um bom designer gráfico

10 dicas valiosas para todos os designers

Hoje, 27 de abril, é comemorado o Dia Mundial do Designer Gráfico. E, para marcar a data, Pâmela Rosa, sócia da Batuca – agência gaúcha de publicidade com sete anos de expertise no mercado nacional – e especialista na área, dá 10 dicas valiosas sobre a profissão.

01. Você vai aprender mil coisas, mas ainda terá mil para aprender

O mundo está em constante modificação e não tem profissional que não fique sedento por atualização. Atualmente, a formação em design é capaz de nos dar a base, mas a vivência e a curiosidade são a chave para sermos bons profissionais. Seja sempre curioso. Escutou uma palavra nova ou observou uma técnica diferente: pare, reflita e pesquise. Curiosidade é a chave da criatividade.

02. Tenha um passatempo para desligar o cérebro, mas fique de olhos abertos

Filmes, viagens, fotos, livros, jogar conversa fora com seus amigos, tudo isso é importantíssimo para relaxar e permitir que o nosso cérebro tenha espaço para sermos criativos. Mas, tudo que vivenciamos pode ser referência e constrói nosso repertório, por isso, seja presente e quando conseguir, faça análises e conexões com o que está vendo. Uma situação inusitada pode trazer muita inspiração.

03. Use as redes sociais para se inspirar

Não é novidade para ninguém que as redes sociais cada vez mais ganham espaço nas nossas vidas e consomem mais tempo do nosso dia. Mas, você também pode utilizar elas como fonte de inspiração, faça uma limpa no que não te faz bem e não te agrega e traga mais conteúdo sobre o que te inspira. Tenha o costume de salvar e compartilhar com seus amigos projetos que podem servir de referência em projetos futuros.

04. Design é prática, não tem espaço para (muita) preguiça

No dia a dia, tarefas de design precisam de exercício. Algumas ideias ou pensamentos só conseguem se materializar testando. Exercite fazer os mais distintos projetos e aprenda fazendo. Use projetos paralelos para exercitar, destreza se ganha com prática e não tem outro caminho. Tudo isso ajudará você a ter soluções rápidas quando um desafio chegar.

05. Saber trabalhar junto é um dos maiores segredos para crescer mais rápido

Sempre que possível trabalhe em equipe. Construa grupos com profissionais de diferentes bagagens e vá aprendendo um pouco com cada um deles. Seja um bom ouvinte e se interesse pelas vivências, por mais diversas que elas sejam. Claro que é possível, sim, aprender muita coisa sozinho, mas é muito mais rápido aprender com a experiência e os conhecimentos do outro.

06. Aceite também as tarefas que você não quer fazer

Todos têm suas preferências e seus pontos fortes, e precisamos sempre conhecê-los e potencializá-los. Mas, por atrás de um projeto incrível, há muitas tarefas que não são tão incríveis. Precisamos estar dispostos a fazer algumas daquelas tarefas chatas para chegar ao resultado desejado. Faz parte do processo e, podemos sim, nos divertir com elas.

07. Aceite desafios e não se apegue ao que você sabe ou não sabe

Vontade de aprender e esforço para fazer são muito mais importantes que um longo repertório e vivências. Todo profissional passará por momentos em que será preciso confiar na capacidade de aprendizagem e de execução de novos desafios. Seja sempre transparente, mas se coloque em novos projetos. Só assim haverá crescimento.

08. Ache o seu espaço. Faça seu espaço

Muitas pessoas buscam achar a vaga dos seus sonhos. Vagas que nem sempre estão disponíveis em fartura no mercado. Nesse momento é importante considerarmos que trabalhamos em um mercado que, normalmente, nos dá liberdade profissional. É possível começarmos desempenhando determinada tarefa e, aos poucos, ir criando oportunidades para mostrar mais sobre as suas principais preferências e habilidades.

09. Não existe mercado perfeito, tempo e orçamento fazem parte do problema

Em nossa profissão sempre existirá baixos orçamentos e prazos curtos. O que precisamos encarar é que somos resolvedores de problemas e, às vezes, essas restrições precisam também ser os nossos balizadores. Como solucionar uma embalagem de maneira barata e criativa para o cliente? Como consigo criar algo que tenha um tempo de produção e adaptação necessários para esse projeto? Essas são perguntas que também fazem parte do problema e não podemos deixar que isso limite a nossa criatividade.

10. Trabalhe com amor e se divirta

A base do design é a paixão. Produzimos muito melhor de bom humor, nos agrega vontade e nos tira da pressão criativa. Não se cobre se o dia não está produtivo da maneira que você gostaria. Dê uma pausa, respire e, principalmente, se inspire com coisas que te fazem bem. Quando se sentir melhor, volte a trabalhar com carinho e amor. O design pode e deve ser divertido, e o resultado é ainda melhor!

(*) Pâmela Rosa é sócia da agência Batuca, mestre em design pelo PGDesign-UFRGS (2018) e possui graduação em Design pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) (2016). Tem também formação de nível técnico em Programação Visual pelo Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia Sul-Rio-Grandense (2010).

Fonte: WGO Comunicação – Stéphanie Borin

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *