Falta um pedaço…

Acabei de conversar com alguns alunos via Twitter e facebook. Eles estão às voltas com um trabalho de Planejamento Estratégico de Comunicação e buscavam dados sobre o mercado valeparaibano. E tive de responder que, infelizmente, não temos estes dados consolidados em lugar algum.

Tenho convicção de que este é um dos pedaços que falta preenchermos para que possamos construir um mercado maior e melhor para a comunicação mercadológica em nossa região.

Não sabemos ao certo quantas agências somos. Temos as registradas no CENP, temos as que estão no site do CCVP, mas não temos uma informação definitiva. Não sabemos o total do investimento em propaganda em nossa região. Portanto, não sabemos o tamanho de nosso mercado. Isso é grave! Não sabemos o faturamento dos meios, não de cada um deles, mas do meio rádio, do meio TV, do meio jornal etc.

Sabemos quantas empresas, microempresas e pequenas e grandes empresas temos em nossa região? Sabemos quantas delas destinam verbas para comunicação? Quantas delas têm um departamento de marketing ou de comunicação?

Precisamos de um esforço conjunto de todos os setores atuantes no mercado de comunicação mercadológia – clientes/anunciantes; agências de propaganda/comunicação; veículos – para sanar essa falha. Os veículos poderiam fornecer seus dados de faturamento de forma sigilosa para uma organização que levantasse o total dos investimetos em propaganda/comunicação (nos moldes do Projeto Intermeios do grupo Meio&Mensagem). Poderíamos fazer um levantamento junto aos clientes (pesquisa) para detectar quanto eles investem em comunicação e se eles possuem departamento específico para tanto. E as agências poderiam tentar descobrir quantas são.

As faculdades de publicidade e propaganda, jornalismo, administração e marketing, assim como as universidades que disponibilizam tais cursos, poderiam contribuir – e muito – para o encaminhamento desta questão.

Somados a dados do crescimento e desempenho econômico do Vale do Paraíba teríamos um panorama bastante claro do mercado em que atuamos. É um dos importantes vazios que temos que preencher, um importante pedaço do quebra-cabeças de nosso mercado. Quem sabe agora, com a atuação do capítulo Vale do Paraíba da APP, podemos equacionar e solucionar essa falha.

Eu aceito participar da solução, além de apenas apontar o problema.

2 pensou em “Falta um pedaço…

  1. Ola Josué, belo post, concordo com você em numéro, gereno e grau. Acredito que é viável nós profissionais termos um panorâma do mercado aqui na região do Vale do Paraíba. Deixo com uma sugestão, sugerir para a APP vale que começasse um trabalho de pesquisa para possamos ter esse panorâma. É um orgão que representa a classe publicitária na região.
    Sei que todos tem que se envolver, e que também que se cada um fizer sua parte, faremos do mercado Valeparaibano umas das melhores regiões no setor.

    Parabéns pelo post!

  2. Obrigado pelo comentário, Luis Carlos.
    Temos todos que tentar sempre algo a mais para tornar o mercado de comunicação melhor igualmente para todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *