Mais do Festup Tendências

O Publicitando contou com um enviado especial no Festup Tendências 2018. Convidei a ainda estudante de jornalismo Fernanda Paiva para acompanhar o evento e traçar seu ponto de vista. Confira o que ela viu e ouviu por lá!

Fest’up muda para provocar mudanças

De maneira inovadora, as instalações da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), em São Paulo, receberam no dia 29 de setembro de 2018 a 30ª edição do Fest’up, evento produzido pela APP (Associação dos Profissionais de Propaganda). O cronograma de atrações contou com 24 palestras de 50 minutos cada.

Fernanda Paiva

A edição deste ano recebeu o título de “Tendências”. De acordo com o diretor da APP e organizador do evento, André Porto Alegre, a nomeação do Fest’up vem diferente em 2018 para cumprir com a tentativa de trazer novos ares ao evento. “Essa é também uma das razões pela qual nós trouxemos o Fest’up para a ESPM”, explica André. Nas edições anteriores a FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado), em São Paulo, era sede do evento, que ocorria em dois dias.

De modo simultâneo, três auditórios divididos em cores contavam com convidados ministrando palestras durante todo o sábado. Com base no cronograma de palestrantes disponibilizado pela organização do evento, o público pôde escolher o local de interesse para acompanhar às apresentações. Após comunicar os organizadores sobre a escolha, os visitantes recebiam um crachá com a cor do respectivo auditório que fora escolhido, possibilitando o acesso.

Os principais temas expostos referiam-se às inovações do mercado de trabalho para o publicitário bem como as transformações digitais nas agências de propaganda, palestras com temáticas para compreender a relação das tendências com o comportamento dos consumidores também fizeram parte da abordagem do evento. Porém, a organização não se restringiu às apresentações de conteúdos de cunho apenas publicitário, profissionais de diferentes áreas da comunicação ministraram palestras.

Patricia Santos da Empregueafro

Além da presença de debates técnicos e tecnológicos, convidados, como Patricia Santos da Empregueafro e Neiva Justa #ondeestãoasmulheres, conscientizaram o público quanto a importância da presença de profissionais negros e de mulheres nos grandes cargos das empresas. Palestrantes como elas agregaram um ar social ao evento, abordando a necessidade de mudança no ponto de vista empregador e empregado. Mudanças as quais o Fest’up já se habituou e colocou em prática nessa edição de 2018. Como estudante de jornalismo, acredito que o evento tenha muito a agregar às diversas áreas de atuação no campo da comunicação. Mal posso esperar para visitar o Fest’up Tendências 2019.

Fernanda Paiva
Estudante de Jornalismo – UNITAU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *