Vaga para profissional de mídia

A Molotov abriu vaga para Profissional de Mídia On e Off

Atribuições:
– Atuar na elaboração de planos de mídia e gerenciamento em campanhas de mídia de performance (Google AdWords, Facebook Ads, Instagram Ads e outras mídias digitais);
– Gerenciar campanhas de social media (Facebook, Instagram e Linkedin);
– Analisar e monitorar as campanhas ativas;
– Construir relacionamento com veículos;
– Atuar com elaboração e análise de relatórios de resultados;
– Conhecimento avançado em compra de mídia programática;
– Capacidade de monitorar ações, mensurar resultados e transformar em insights e oportunidades de comunicação;
– Suporte ao desenvolvimento de propostas e planejamentos dentro da área de Mídias Digitais;
– Elaboração de cronogramas e relatórios;
– Reporte de resultados e cumprimento de tarefas e deadlines.

Pré-requisitos:
– Conhecimento avançado em Google Analytics;
– Formação Superior preferencial em Publicidade e Marketing;
– Perfil de liderança e focada em resultados;
– Experiência comprovada na área digital de acordo com as atribuições do cargo;
– Capacidade de gerenciar equipe e estabelecer prioridades;
– Proatividade, comprometimento, dinamismo e criatividade;
– Excelente domínio da Língua Portuguesa.

Mais informações sobre a vaga:
Horário: Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h
Local: Centro – Taubaté
Regime de contratação: CLT
Quer se candidatar?
Envie seu perfil no Linkedin + pretensão salarial + seu currículo/portfólio para: atendimento@molotovpropaganda.com.br com o assunto “Vaga – Mídia”.

Shopping fecha balanço de 2017

Taubaté Shopping fecha balanço do último semestre registrando números positivos e novas oportunidades de emprego

O segundo semestre de 2017 também foi marcado pela chegada de novas operações ao centro de compras

O ano de 2017 foi finalizado com saldo positivo no Taubaté Shopping e a expectativa do empreendimento é manter o ritmo de crescimento para 2018. Entre inaugurações e reinaugurações no segundo semestre do ano passado são mais de 15 novas lojas contabilizadas no centro de compras, o que gerou cerca de 570 oportunidades de empregos diretos e indiretos.

As inaugurações variam entre os segmentos de roupas, joias, alimentação e cuidados com o corpo, como são os casos da esmalteria Unhas Cariocas e do espaço de depilação Diolaser, que oferecem um completo pacote de serviços especializados em estética corporal. Essa é a primeira unidade da Diolaser, em Taubaté, assim como a Puket, a loja de brinquedos Do Ré Mi, a loja de produtos naturais Nutricentral e a Youcom – com roupas voltadas às tendências do mundo jovem. Outra novidade no centro de compras é a Vivara, reconhecida no ramo de joias.

O Gerente de Marketing do Taubaté Shopping, Mauro Fontes, comemora o saldo positivo de 2017. Apenas no segundo semestre do ano passado o mall teve um aumento de 29% no fluxo de clientes e de 13% no volume de vendas, comparado ao mesmo período no ano retrasado. “O nosso foco é expandir cada vez mais as opções de compras dos clientes e proporcionar a melhor experiência de lazer no Taubaté Shopping”, afirma.

Fonte: Communicare – Camila Dezze

Vaga de estágio em propaganda

Do Ha abre vaga de estágio

Vaga aberta para estágio para quem está cursando design,publicidade e propaganda ou marketing.

Vaga para Social Media

Vaga na Árvore Propaganda

A agência localizada em SJCampos busca alguém que tenha ao menos 01 ano de experiência.

Requisitos

– Conhecimento das ferramentas: Google Analytics, Adwords e Facebook Ads, WordPress ou compatíveis

– Ótima redação.

Rotina de trabalho

– Planejar a comunicação dos clientes e da agência para cada canal (Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn e etc);

– Desenvolver calendário e editorias de mídias sociais.

– Agendar todos os posts e conteúdos via sistema.

– Propor novos formatos e ideias de conteúdos.

– Criar e publicar conteúdos, seguindo o calendário editorial mensal (conteúdo em texto, vídeo e imagem);

– Monitorar e interagir nos perfis de redes sociais dos nossos clientes;

– Analisar e otimizar resultados de cada ação;

– Desenvolver relatórios com o objetivo de acompanhar os indicadores e métricas de performance dos projetos executados;

– Acompanhamento de conferências telefônicas e contato direto com clientes.

Enviar o CV para barbara@arvorepropaganda.com.br.

Vaga em marketing

Oportunidades de ESTÁGIO na Prolind em SJCampos

Área Comercial e Marketing

Descrição das atividades: acompanhar atividades de marketing, apoiar na organização de feiras, atualizar atas e apresentações, apoiar nas atividades de comunicação interna.

Competências e habilidades requeridas:

– Cursando Administração ou Marketing,
– Inglês avançado, Excel e Corel Draw, boa comunicação escrita e verbal, criatividade, organização e dinamismo.

Residir em São José dos Campos ou Caçapava
Horário de estágio: 7:30 às 14:20, de segunda a sexta-feira
Empresa oferece bolsa de estágio, transporte fretado, cesta básica, refeição no local e seguro de vida.

Interessados enviar CV para rh@prolind.com.br informando o título da vaga no campo assunto e previsão da data de conclusão do curso

Artigo mostra importância do digital commerce

Por que o digital commerce é 5x maior que o e-commerce?

*Por Maurício Trezub

Vivemos a Era da Transformação Digital. Muito se lê e se fala sobre esse movimento e isso faz com que as companhias busquem reformular totalmente a sua estratégia de negócios e posicionamento, se quiserem se manter competitivas no mercado. O problema é que os varejistas estão errando na formulação da estratégia de transformação digital ou estagnados sem saberem em que investir. Não sei dizer qual dos dois é mais perigoso!

Digital First Retail é o termo que temos usado para definir a tendência crescente da jornada de compra do consumidor ser influenciada por canais digitais, não importando onde a transação final acontece. É muito importante que este movimento seja entendido pelos varejistas e que a experiência de compra desta nova jornada seja repensada.

Um estudo recente da Deloitte mapeou que 56% das vendas em lojas físicas envolvem um dispositivo digital, ou seja, o consumidor pode ter pesquisado o produto no Google no trabalho, ter comparado preços num app no celular ou ainda ter visitado o e-commerce de várias marcas antes de ter decido ir à loja física. Nos Estados Unidas, a Forrester estimou que o volume de vendas influenciadas pelo digital é 5x maior que as vendas online. Ou seja, entender a jornada digital é hoje 5x mais importante que ter um e-commerce competente.

Desta forma, podemos afirmar que a maioria das vendas de uma loja hoje começa no online, pois o primeiro instinto do consumidor quando está interessado em um produto é pesquisar informações e comparar os preços na internet. E muitas dessas buscas geram, de fato, vendas nas lojas físicas. Então, como melhorar a minha estratégica e conquistar um consumidor que conhece o produto na internet e depois vem comprar na minha loja?

A resposta está no conceito de micro moments, que, segundo o Google, são minúsculos momentos de intenção de tomada de decisão e formação de preferências que ocorrem durante a jornada do consumidor. Sua empresa precisa estar presente nesses momentos e é aí que entra o investimento na digitalização do negócio. O comportamento de consumo da geração atual mudou, e para sempre. Com o mundo baseado em buscas, as lojas físicas precisam perceber que devem ser encontradas facilmente com apenas um clique. Neste contexto, ter informações como localização das lojas, catálogo, estoque, preços, horas de abertura e fechamento facilmente encontráveis nos canais digitais durante os micro moments é fundamental.

Outra estratégia para atender às demandas e aumentar a satisfação desse público é permitir que a compra seja feita online e o pagamento na loja física, quando houver a retirada do produto – processo conhecido como Click and Collect. Desta forma, o varejista consegue aproveitar a vinda do cliente à loja para oferecer produtos que possam complementar o primeiro pedido dele. Se o cliente comprou um tênis novo, posso oferecer meias para usar com ele, por exemplo.

Muitos varejistas acreditaram que montar uma operação de e-commerce apartada das lojas físicas fosse uma estratégia de sucesso para o futuro. Pode até ter funcionado por um período, mas agora é a hora de repensar drasticamente essa posição. O relacionamento com uma marca não está isolado em um canal e para conseguir fornecer uma experiência de comprar fluida, e sem atritos, os varejistas vão ter que integrar canais digitais e físicos em todos os pontos de contato que fizerem sentido para entregar uma jornada que começa – prioritariamente – no digital.

Comprovadamente, o digital commerce é muito mais relevante que o e-commerce ou qualquer outro canal de vendas isolado. Isso significa que para oferecer produtos e serviços para o consumidor nesta nova era não há mais saída: é preciso aderir ao digital commerce!

*Maurício Trezub é diretor de e-commerce da TOTVS

Fonte: RMA Comunicação – Marina Escarminio

Vaga aberta para estágio

Vaga de estágio para atuar como assistente de arte

A Roberta Rezende – Design & Web tem vaga aberta para estudante de publicidade e propaganda ou design gráfico. Confira:

 

Agência abre diferentes vagas

Taió busca gente nova para seu time

A agência abriu diferentes vagas para completar sua equipe. A primeira é de estágio em publicidade e propaganda. Confira:

Outra vaga aberta pela agência é para programador web. Dá uma olhada:

A última vaga é para redator publicitário:

Robôs não vão substituir pessoas, vão deixá-las melhor

Não se preocupe, os Bots vão deixar as pessoas ainda mais importantes!

*Por Ricardo Pena

É muito comum, quando se fala em atendimento através de Bots, as pessoas questionarem se isso vai acabar com os empregos ou não. O foco, no entanto, deveria ser outro: como o fator humano vai ser ainda mais valorizado depois do uso dos Bots.

Dois fatores contribuem para essa outra perspectiva em torno da utilização dessa tecnologia emergente:

1. Quem vai pilotar o Bot?

É importante ter em mente que para implantar uma solução automatizada alguns trabalhos humanos são essenciais para o sucesso. Neste sentido, três exemplos de profissionais são extremamente bem-vindos. O primeiro deles tem como principal atribuição definir a estratégia de utilização da ferramenta, bem como qual script será adotado. Se a ferramenta não for bem implementada e não estiver aderente às respostas da empresa, o cliente vai usar uma única vez e evitará ao máximo uma nova utilização. Se necessário, provavelmente tentará descobrir algum atalho para ser atendido por um agente. O segundo profissional é justamente o agente. Se a resposta do Bot não for a que o cliente necessita, uma pessoa vai precisar ajudá-lo e – dependendo do estado emocional do consumidor – a habilidade de atendimento do agente vai fazer toda a diferença – e em sinergia e parceria com o canal tecnológico. Dessa forma, o atendimento torna-se um diferencial ainda maior do que já é. Por último, o profissional envolvido com o suporte. Por se tratar de tecnologia, é muito importante que a equipe técnica esteja bem treinada para resolver rapidamente qualquer problema que apareça e para a manutenção constante da solução para usar os seus recursos ao máximo.

2. Melhoria contínua

O Bot é apenas um pedaço do atendimento. Hoje em dia já existem diversas opções para atender o cliente e a tendência, com essa rápida evolução, é que cada vez mais canais de atendimento apareçam. É aí que a criatividade humana começa a fazer a diferença e onde podemos surpreender o cliente – indo muito além da execução de atividades rotineiras – para pensar em caminhos novos. Isso é o que fará com que ele continue se relacionando com a empresa e, consequentemente, optando por seus produtos e serviços.

Além disso é sempre importante ter em mente que consumidores são pessoas – e como tais, são diferentes. Por exemplo, há aqueles que quando vão numa loja gostam de fazer tudo sozinhas, fogem dos vendedores, enquanto existem outros que adoram perguntar e ter alguém para ajudar em seu processo de decisão. Essa variação de postura também é estendida para as formas de relacionamento com as marcas – sobretudo num contexto de acelerada evolução tecnológica, que empodera cada vez mais e mais o consumidor.

Por isso, é importante que a estratégia de atendimento seja focada sempre no cliente e não apenas nos objetivos de redução de custos ou automatização de processos e tarefas repetitivas. Muitas vezes é necessário descobrir o que é mais conveniente e o que é mais efetivo e para isso não existe uma receita de bolo. Cada empresa terá que descobrir por meio da entrega de diferentes experiências.

Como é o caso dos Bots, cada vez mais presentes tornando nossa vida melhor e mais fácil. A tecnologia é um bem inexorável – e graças a ela aprenderemos a valorizar ainda mais o fator humano.

*Ricardo Pena é diretor de Pré-Vendas e Consultoria da Avaya para o Brasil

Fonte: Comuniquese – Rafael Bueno

Estágio em criação

Sincovat abre vaga

O Sincovat está com uma vaga aberta para a área de criação.
O requisito principal é ter conhecimento do Pacote Adobe e Mídias Sociais.

Os currículos devem ser enviados para o e-mail jornalismo.alex@gmail.com.