Pesquisa indica otimismo para o Natal

ACIT realiza pesquisa sobre expectativa dos comerciantes para o período do natal

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) realizou uma pesquisa para saber expectativa dos empresários sobre as vendas no período do natal.

Grande parte da pesquisa foi respondida por gerentes dos estabelecimentos, ou seja, as pessoas que estão à frente da equipe e da administração do comércio.

Os lojistas estão otimistas quanto às vendas e 57,4% dos entrevistados acredita que será “Melhor” que o ano de 2018, enquanto 6,2% acreditam que será “Muito melhor”. Dos que acreditam que será “Pior”, foram registrados apenas 7,4%. É pertinente observar que 5,4% não souberam responder.

Quando perguntados sobre as compras e o estoque de produtos para o período, ou seja, o volume de mercadoria encomendada para o Natal de 2019 em relação ao ano passado, a maioria dos empresários (58,5%) respondeu que deve ser “Maior”, 24,4% “Igual”, 7,0% “Menor” e 4,7% “Muito maior”. Observa-se que nenhum empresário respondeu que será “Muito menor”. A soma das proporções de “Muito maior” com “Maior” (63,2%) é bem mais alta que a soma das proporções de “Menor” com “Muito menor” (7,0%), um outro ponto que aponta o otimismo para as vendas esse ano.

Quanto ao valor do ticket médio dos presentes, não foi observada uma grande mudança. Os lojistas acreditam que o consumidor continua se mostrando cauteloso e conservador quanto aos gastos. Isso porque a maioria (36,4%) disse esperar que o consumidor gaste um valor médio entre “R$ 50,01 a R$ 100,00”, 21,3% entre “R$ 100,01 a R$ 150,00” e apenas 6,2% acredita que o gasto em presentes será entre “R$ 300,01 a R$ 400,00”.

Os empresários ainda foram questionados sobre a possibilidade de contratações temporárias, uma das grandes expectativas por parte da população que busca uma oportunidade de recolocação nesse período. Entre os pesquisados, 51,9% responderam “Sim”, 46,1% disseram “Não” e 1,9% “Não souberam responder”.

Entre os que responderam “Sim”, a maior parte (36,8%) respondeu que pretende contratar “Dois” empregados temporários, 26,5% “Três”, 16,2% “Apenas um”, 9,6% “Quatro”, e 8,1% disseram “Cinco” temporários. O restante não soube responder (2,2%) ou não responderam (0,7%).

Ao final, todos os dados da pesquisa apontam para um comportamento mais otimista por parte dos comerciantes da cidade de Taubaté, que esperam que o Natal, que é considerado o melhor período de vendas do ano, seja ainda melhor nesse em 2019.

O estudo foi realizado pela Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação da Universidade de Taubaté (FAPETI) a pedido da ACIT. Aconteceu entre os dias 11 e 19 de novembro de 2019, ou seja, no período pré natalino. Foram visitados 258 estabelecimentos comerciais que realizam vendas de possíveis presentes na região central da cidade, sendo a maior parte composta por lojas de roupas, calçados e acessórios. A pesquisa aponta uma margem de erro de 5 pontos percentuais para mais ou para menos e um nível de confiança de 95%.

Fonte: Assessoria de Imprensa ACIT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *