Pesquisa aponta a intenção de compra no Dia dos Namorados

Pesquisa ACI/Unitau revela intenção de compra no Dia dos Namorados

Roupas, joias, calçados e perfumes estão em alta neste Dia dos Namorados, quando o comércio de São José dos Campos espera um aumento de 5% nas vendas em relação ao ano passado.

Photo by Renata Fraga on Unsplash

Isso é o que mostra pesquisa exclusiva sobre o comportamento do consumidor em relação ao Dia dos Namorados, feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, feita em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação). O levantamento foi feito entre os dias 27 e 30 de maio, entrevistando 423 pessoas em áreas de concentração do comércio da cidade: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e os shoppings CenterVale, Colinas e Vale Sul. A margem de erro é de 4,76 pontos percentuais para mais ou para menos.

Pelos números, este será o Dia dos Namorados da elegância

Roupas e acessórios aparecem disparados no ranking dos presentes em vista, com 52,5% das citações. Em seguida aparecem joias ou bijuterias (9%), calçados (8,5%) e perfumes e cosméticos (6,2%). Almoços ou jantares românticos, bombons e bolos registraram 4% das citações.

Photo by Alysa Bajenaru on Unsplash

“Este Dia dos Namorados deve confirmar a tendência de aquecimento nas vendas do comércio de São José dos Campos, registrada deste o Natal do ano passado e reforçada pelo último Dia das Mães. Depois de termos registrado o melhor Natal dos últimos cinco anos e um Dia das Mães muito aquecido, para este Dia dos Namorados devemos ter um aumento de 5% nas vendas em relação ao ano passado. Trata-se de uma retomada lenta, mas constante, o que mostra a volta da confiança do consumidor”– disse o presidente da ACI, Humberto Dutra.

No valor dos presentes, uma boa notícia: o tíquete médio deve ficar na casa dos R$ 101 aos R$ 200 (43%), com 22,4% dos entrevistados apostando em presentes acima de R$ 201.

Outro dado significado: a maioria dos consumidores deve optar por pagar as compras à vista (53,3%). Sobre a forma de pagamento, 26,8% disseram que vão pagar em dinheiro, 25,1% vão optar por pagar de forma parcelada no cartão de crédito, 24,6% vão usar cartão de débito, 13,1% afirmaram que vão pagar à vista no cartão de crédito e 8% vão optar pelo crediário da loja. Não houve citação sobre pagamento em cheque.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathália Barcelos

Pesquisa mostra satisfação do comércio com o Dia das Mães

Vendas do Dia das Mães animam comércio de São José dos Campos

Pesquisa exclusiva da ACI mostra que satisfação do comércio com movimento do Dia das Mães bateu a casa dos 80%; contratação de temporários cresceu

O índice de satisfação do comércio de São José dos Campos com as vendas do Dia das Mães atingiu o maior patamar dos últimos anos, ultrapassando os 80%.

Isso é o que revela pesquisa exclusiva feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação). O levantamento foi feito entre os dias 20 e 24 de maio, no chamado pós-venda do Dia das Mães, e ouviu 203 empresários nos principais eixos de comércio de São José dos Campos: Calçadão da Rua 7 e rua 15 de Novembro, além dos shoppings CenterVale, Colinas e Vale Sul. A margem de erro da pesquisa é de 5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A grande maioria dos lojistas ficou satisfeita com as vendas

O resultado foi considerado bom por 69,8% dos entrevistados, muito bom por 4,5% e ótimo por 5,9%. Somados, os índices positivos alcançam 80,2%, contra uma média inferior a 70% nos últimos anos.

“Esse foi o melhor Dia das Mães dos últimos anos”, disse o presidente da ACI de São José dos Campos, Humberto Dutra. “É uma mostra de que a economia, embora de modo lento, está reagindo em 2019, dando mais confiança ao consumidor.”

Além da satisfação dos empresários do comércio, três outros índices atestam a onda positiva do último Dia das Mães. O tíquete médio para a data passou para a faixa de R$ 101 a R$ 200 (39% das vendas); 47,8% dos consumidores compraram dois presentes para a data (em 2018, a maioria comprou apenas um); e, muito importante, cresceu, embora de modo tímido, o índice de contratação de trabalhadores temporários pós-dia das Mães: o patamar de contratações passou de 6,9% em 2018 para 9,4% em 2019.

Outros índices

A pesquisa ACI/Unitau revelou ainda que os consumidores optaram por pagar suas compras com cartão de crédito (62,2% contra 34,8% em dinheiro). E que as roupas e acessórios foram as campeãs de vendas, alcançando 42,9%, bem a frente de calçados (12,8%), cosméticos e perfumes (10,2%), joias e bijuterias (8,7%) e bolsas de acessórios (7,7%).

Fonte: Matéria Consultoria&Mídia – Nathália Barcelos

Consumidor está otimista para o Dia das Mães

Pesquisa ACI/Unitau revela que mais de 77% dos consumidores vão às compras para esta data especial do calendário

Uma boa notícia para o comércio: o consumidor de São José dos Campos está otimista para o Dia das Mães deste ano.

Isso é o que mostra pesquisa exclusiva feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, por meio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação), divulgada hoje (07 de maio). O levantamento ouviu 382 pessoas entre os dias 23 e 26 de abril, em locais de grande circulação da cidade: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e os shoppings CenterVale, Vale Sul e Colinas. A margem de erro da pesquisa é de 5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O levantamento revela que 77,5% dos consumidores da cidade pretendem comprar presentes neste Dia das Mães, contra 66% em 2018. O índice de consumidores que declararam que não comprarão presentes é de 9,9%, quase metade do patamar do ano passado (17,3%).

“Os números dessa nova rodada de pesquisas da parceria entre ACI e Unitau revelam uma reação da economia neste início de ano e um otimismo do consumidor” disse o presidente da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, Humberto Dutra.

A pesquisa aponta que o tíquete médio deste Dia das Mães deve girar até R$ 200, segundo revelaram 79,8% dos entrevistados, com 34,5% deles esperando gastar de R$ 100,01 a R$ 200. Esses índices repetem a tendência de 2018.

Na lista de presentes, segundo o levantamento ACI/Unitau, a preferência é por roupas e acessórios (40,5%), seguida por calçados (11,8%), perfumes e cosméticos (9,5%), bolsas e acessórios (8,8%) e joias e perfumes (7,8%). Outras opções, somadas, como dinheiro, viagens, jantares e flores, por exemplo, somaram 14% das citações dos consumidores entrevistados.

Formas de pagamento
Na forma de pagamento, a maioria dos consumidores disse que pretende pagar à visa (63,3%, contra 59,9% registrado em 2018), usando dinheiro (47,3%) ou cartão de débito (15,7%). O cartão de crédito é preferido de 29,7%. O crediário, de 9,7%

Fonte: Matéria & Mídia – Nathália Barcelos

Comércio tem saldo positivo nas vendas de Natal

As vendas de Natal em 2018 superam a expectativa doo empresários do comércio de São José dos Campos

Isso é o que aponta a nova pesquisa da Associação Comercial e Industrial em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Informação). O levantamento foi feito entre 9 a 11 de janeiro e ouviu 249 empresários, em locais estratégicos: Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e shoppings Center Vale, Vale Sul e Colinas.

Segundo o levantamento, 50,8% dos empresários acredita que as vendas de 2018 superaram o patamar de 2017. E para 73,6% dos entrevistados, o patamar de vendas foi classificado como bom ou excelente. A pesquisa corrobora levantamento parcial realizado pela ACI logo após o Natal, que apontava um aumento de 7% nas vendas de dezembro com relação ao mesmo período de 2017. Esse é o segundo ano consecutivo de alta nas vendas de Natal no comércio de São José dos Campos. Em 2017, o aumento nas vendas foi de 5%.

A nova pesquisa ACI/Unitau mostra ainda que 53% dos consumidores optaram por comprar dois presentes de Natal e 23,2%, três presentes. Pelo levantamento, o valor do tíquete médio foi de até R$ 150 pata 48% dos entrevistados.

Para o presidente da ACI, Humberto Dutra, os dados mostram a movimentação da economia pós-mudança de cenário político do Brasil. “A população está mais confiante, acredita que o panorama da nossa economia vai mudar ao longo de 2019”, afirmou Dutra.

Cartão

Com relação a forma de pagamento registrada pelos empresários, a maioria dos consumidores optou por cartão de crédito (78,5%), contra 21,1% pagando em dinheiro ou cartão de débito. Não foi registrado pagamento em cheque.

Fonte: Matéria Consultoria e Mídia – Nathália Barcelos

Natal Iluminado volta com mudanças em 2018

Bancado pela iniciativa privada, projeto foi protocolado pela ACI junto à Prefeitura de São José dos Campos

A Associação Comercial e Industrial protocolou junto à Prefeitura de São José dos Campos o projeto do “Natal Iluminado 2018”. Pelo projeto, as festividades do Natal Iluminado começam no dia 30 de novembro, com a chegada oficial do Papai Noel à cidade, e terminam no dia 23 de dezembro.

Idealizado pela ACI e bancado pela iniciativa privada, com apoio da prefeitura, o projeto foi dividido em três frentes e terá algumas novidades para este ano.

A primeira frente do “Natal Iluminado” é a Casa do Papai Noel, que, este ano, será montada na praça Afonso Pena, a principal praça do centro da cidade. A partir do dia 30 de novembro, a Casa estará aberta a visitação interna e terá sempre a presença do Papai Noel.

Esse espaço terá ainda a Árvore de Natal oficial de São José dos Campos e máquinas de neve, para alegria da criançada. Completa o cenário um palco para apresentações musicais, a cargo da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

— Pela dimensão da praça, a Casa do Papai Noel vai ganhar destaque este ano, com iluminação especial das árvores – disse o presidente da ACI, Humberto Dutra, lembrando que, em 2017, a Casa foi montada na Praça do Sapo, um espaço menor.

A segunda frente do “Natal Iluminado” será na igreja de São Benedito e no largo existente ao seu lado. De 14 de dezembro a 23 de dezembro, a fachada e a lateral da igreja serão usadas para a projeção de imagens em 3D, o chamado vídeo mapping. Trata-se de uma projeção de vídeo em objetos ou superfícies irregulares, tais como estruturas de grandes dimensões, fachadas de edifícios e estátuas, criando efeitos surpreendentes. Segundo o projeto da ACI, serão cinco shows por noite, cada um deles durando de 7 a 8 minutos.

No dia 14, estreia do mapping, o show de luzes será encerrado com a participação especial do Coro Jovem da Fundação Cultural Cassiano Ricardo. É o uso da tecnologia e da criatividade para tornar o Natal da cidade mais bonito, mais atrativo e interativo.

Por fim, o “Natal Iluminado” retoma este ano as Caravanas de Natal, que vão percorrer boa parte da cidade, e o Cinema nos Bairros, um dos sucessos da primeira edição do projeto em 2017, em sua primeira edição. Em parceria com a prefeitura, 10 espaços públicos e poliesportivos da cidade vão receber o Cinema dos Bairros, com filmes natalinos, pipoca e algodão doce para a criançada. A lista de espaço a serem visitados ainda está sendo definida.

O que é

O projeto “Natal Iluminado” é bancado pela iniciativa privada, por iniciativa da ACI e apoio da Prefeitura de São José dos Campos. Em 2017, ele marcou a retomada das festividades de Natal em áreas públicas da cidade. Este ano estão previstas ainda a decoração natalina dos prédios do Museu Municipal (Câmara Velha) e Mercado Municipal, além da circulação de ônibus urbanos enfeitados especialmente com luzes coloridas para o Natal. Com motoristas e cobradores vestidos de Papai Noel, essa frota natalina foi uma das atrações do projeto em 2017.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathalia Barcelos

Pesquisa traz números positivos para o dia das crianças

Consumidor pretende pagar o presente de Dia das Crianças à vista

A nova pesquisa da ACI-Unitau traz números positivos para os lojistas durante as vendas de Dia das Crianças. 38% dos joseenses procura gastar um ticket médio de R$100,01 a R$200,00 reais com presentes para a data.

O levantamento da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, feita em parceria com a Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Informação), da Universidade de Taubaté, mediu a intenção de compras para o Dia das Crianças, festejado em 12 de outubro. A pesquisa ouviu 301 consumidores entre os dias 21 e 26 de setembro em pontos estratégicos da cidade: Rua Sete de Setembro (Calçadão), AV. Quinze de Novembro, Shopping CenterVale e Vale Sul Shopping da Rua 7. A margem de erro é de 5,56 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Para a alegria da criançada, brinquedos continuam sendo a primeira opção de compra para a data, com 50,3%, seguido de roupas (20,1%), eletrônicos (12,1%), calçados (10,1%), livros (2,7%), dinheiro (2,0%), outros (2,8%).

Já considerando os valores a serem gastos, 38,3% dos entrevistados pretendem investir entre R$ 100,01 a R$200,00, seguido dos valores entre R$ 50,01 a R$ 100,00 (28,09%) e em terceiro lugar (18,1%) entre R$ 200,01 a R$ 300,00.

A pesquisa apontou que os consumidores também tem intenção de fazer esse pagamento à vista (68,7%) e em dinheiro (47%). Na sequencia, 31,1% irá parcelar no cartão de crédito, 15,9% no cartão de débito, 4,6% no cartão de crédito à vista e apenas 1,3% no crediário da loja.

Entre os destinos mais requisitados para as compras, o Calçadão aparece em primeiro lugar com 46,9% das intenções, seguidos dos shoppings Vale Sul (23,8%) e CenterVale (22,4%).

Para o presidente da Associação, Humberto Dutra, a data, importante para a economia, é uma previsão de aumento de vendas nesta época. “O movimento do comércio na data deve registrar resultado positivo pelo segundo ano consecutivo, após as quedas observadas em anos anteriores”.

Fonte: Matéria & Mídia – Nathália Barcelos

Pesquisa aponta eleitorado indeciso

Levantamento ACI-Unitau diz que 33% dos eleitores de São José dos Campos ainda não escolheram seus candidatos nestas eleições

O eleitor joseense já escolheu seus candidatos? O que influencia essa escolha? Quais os temas mais importantes em discussão nas eleições deste ano, segundo a ótica de quem vota? O eleitor está atento às eleições de 7 de outubro.

Essas e outras questões foram alvo de pesquisa exclusiva feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação), mostrando a expectativa do eleitor joseense frente às eleições do próximo domingo. O levantamento foi feito entre 21 e 26 de setembro, ouvindo 303 eleitores em pontos estratégicos do comércio da cidade – Calçadão da Rua 5, Rua 15 de Novembro e os shoppings CenterVale e Vale Sul. A margem de erro é de 5,65 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O que mostra a pesquisa? Basicamente, a conclusão é a seguinte:

– 33% dos eleitores não escolheram ainda seus candidatos;

– para definir seu voto, os eleitores se informam pela TV e pela internet, ambas citadas com 42,6%. Rádio tem 6,1%, jornais e revistas têm 5,1% e conversa com amigos, 3,6%;

– para definir seu voto, o eleitor diz levar em conta, maciçamente, o caráter do candidato (78,1%), seguido de experiência (35,9%), idoneidade (20,3%) e filiação político-partidária (13,6%);

– as áreas prioritárias para o eleitor são Saúde (35,6%), Emprego (24,8%), Educação (24,2%) e Segurança Pública (13%);

– a maioria dos eleitores (53,6%) é contra o financiamento público das campanhas, por meio do uso do fundo partidário;

– a maioria dos eleitores (74,3%) admite acompanhar a campanha eleitoral à distância, até com certo desinteresse;

A nova pesquisa da ACI faz parte do calendário político da entidade com vistas às eleições de outubro. A ACI lançou a campanha “O Vale vota no Vale”, que defende o voto regional em candidatos a deputado, realizou sabatinas com os principais candidatos ao governo do Estado (João Doria, Paulo Skaf, Márcio França e Luiz Marinho) e lançou a carta aberta “Jogando Limpo”, contra a disseminação de fake News nas eleições deste ano.

Para o presidente da ACI, Humberto Dutra, com esse calendário a instituição cumpre seu papel de estimular o debate e o desenvolvimento de São José dos Campos.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathália Barcelos

Dia dos Pais promete aquecer comércio de São José

Pesquisa ACI-Unitau revela que 63% dos consumidores da cidade vão comprar presentes neste Dia dos Pais

Uma boa notícia para o comércio de São José dos Campos: 63% dos consumidores da cidade Campos vão comprar presentes neste Dia dos Pais.

Este é o índice apontado em pesquisa realizada pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação), com a intenção de identificar o comportamento dos consumidores da cidade em relação à compra dos presentes do dia dos pais. O levantamento foi feito entre os dias 1 e 3 de agosto, entrevistando 355 pessoas em pontos estratégicos do comércio –Calçadão da Rua 7, Rua 15 e nos shoppings CenterVale e Vale Sul.

Pelos números, roupas são os presentes favoritos para a grande maioria, 50,7%, seguidos de calçados (13,6%) e perfumes e cosméticos (11,8%). Mais: 14,6% dos consumidores não definiram ainda que tipo de presente vão dar a seus pais.

“A pesquisa ACI-Unitau é um bom indicador do ânimo dos consumidores da cidade. E, pelos números, teremos um comércio movimentado neste início de agosto, ajudando a manter a economia aquecida em São José dos Campos” – disse o presidente da ACI, Humberto Dutra.

O levantamento ACI-Unitau mostra também que o tíquete-médio de compras neste período deve ficar entre R$ 101 e R$ 200. Esse é o patamar visado por 35,8% dos consumidores, contra 33% que planejam gastar de R$ 51 a R$ 100. Pelos números, a grande maioria dos consumidores planeja pagar suas compras à vista (74,1%), com a maioria optando por dinheiro (56,1%), cartão de crédito (23,1%) ou cartão de débito (17,5%).

Os números revelam também que está arraigado entre os consumidores o hábito salutar de pesquisar preços antes de fazer suas compras. Essa será a estratégia de comprar para 77,4% dos entrevistados.

Fonte: Matéria Consultoria&Mídia – Nathália Barcelos

Maioria dos consumidores vai às compras no Dia das Crianças

Pesquisa ACI-Unitau mostra otimismo dos consumidores de São José dos Campos com a data; brinquedos são os presentes favoritos

Boa notícia para a criançada: quase 60% dos consumidores de São José dos Campos pretendem comprar presentes neste Dia das Crianças. E a grande maioria pretende comprar brinquedos.

Isso é o que aponta a mais nova pesquisa da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, feita em parceria com a Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Informação), da Universidade de Taubaté, para medir a intenção de compras para o Dia das Crianças, festejado em 12 de outubro. O levantamento ouviu 394 consumidores entre os dias 18 e 21 de setembro em quatro pontos da cidade: Rua 15 de Novembro, Calçadão da Rua 7 e nos shoppings CenterVale e Vale Sul. A margem de erro é de 5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

— Os números da pesquisa sobre o Dia das Crianças são uma boa notícia para o comércio de São José dos Campos e mostram que a reação da economia, iniciada no primeiro bimestre de 2017, se manteve e é para valer — disse Humberto Dutra, presidente da ACI.

A pesquisa ACI-Unitau mostra que 59,1% dos consumidores vão comprar presentes neste Dia das Crianças e que os brinquedos são os preferidos pelos consumidores (52,2%), seguidos de roupas (30,8%) e calçados (9,4%). Eletro-eletrônicos são opção para 3,9% dos consumidores. O valor do tíquete médio de compras varia de R$ 50,01 a R$ 100 (32%) a R$ 100,01 a R$ 200 (27,3%). Ainda segundo a pesquisa, a maioria dos consumidores (67,1%) planeja fazer suas compras à vista, pagando em dinheiro ou cartão de débito (54,7%).

O levantamento apontou onde os consumidores vão fazer compras: 53,6% disseram preferir as lojas do centro, 27,5% vão optar pelos shoppings. A pesquisa revelou ainda que a grande maioria dos consumidores (88,4%) ainda prefere comprar em lojas físicas. As lojas virtuais são as preferidas por 11,6%.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathália Barcelos

ACI de São José faz 82 anos

Associação Comercial e Industrial amplia parcerias para aumentar oferta de serviços para empresariado da cidade

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos comemora nesta quarta-feira, 23 de agosto, 82 anos de fundação.

A data será marcada por uma reunião da diretoria, para um balanço dos trabalhos realizados desde a posse do atual presidente, Humberto Dutra, em abril.

Neste período, a ACI passou por uma reestruturação interna, voltando suas atividades mais para o mercado e para parcerias com instituições. Como exemplo de ações para o mercado, a ACI lançou novos produtos para seus associados, entre eles o AC Celular, um sistema de controle de telefonia que pode proporcionar uma economia de até 30% na conta final. Após intenso treinamento, equipes de vendas da ACI irão às ruas esta semana para oferecer este e outros serviços – como SCPC e Certificação Digital– e ao mercado.

Mas as parcerias são a aposta maior da ACI, uma política que rende frutos. Três grandes parcerias foram firmadas até agora: uma com o Sebrae, com a criação do projeto “ACI Educa”, com cursos e treinamentos para o comércio; outra com a Unitau, para a criação de um calendário de pesquisas sobre tendências e mercados (dados das pesquisas ACI-Unitau são usados pela Prefeitura de São José dos Campos para definição de políticas públicas); e uma terceira com a Caixa Econômica Federal, com o adoção do “Quita Fácil”, que ofereceu desconto de até 90% no valor das dívidas para associados da ACI.

“Essa é uma política que se mostrou acertada”, disse Humberto Dutra, presidente da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos.

Agora, a ACI trabalha em outra parceria ao lado da prefeitura, grandes empresas e comércio da área central da cidade: o “Natal Iluminado”, com a volta da decoração de Natal para São José dos Campos. A meta é lançar um projeto-piloto em 2017 no quadrilátero do comércio no centro da cidade, ampliando sua área de ação para os bairros em 2018.

A ACI representa hoje um universo de 30 mil empresas ligadas aos setores da indústria, comércio e serviços, responsáveis pela geração de mais de 180 mil empregos.

Fonte: Materia Consultoria&Mídia – Nathália Barcelos