“Casa do Papai Noel” e “Árvore de natal” no centro de Taubaté

ACIT traz espírito natalino para centro de Taubaté em homenagem aos 372 anos da cidade

Em homenagem ao aniversário de Taubaté e em comemoração à data festiva do Natal, a Associação Comercial e Industrial de Taubaté, com a intenção de incentivar o comércio local, trouxe para a Praça Dom Epaminondas a “Casa do Papai Noel” e a “Árvore de natal”.

A Casa irá funcionar no antigo prédio de controle da segurança municipal, próximo à banca de jornais e revistas, e estará aberta até o dia 23 de dezembro, das 13h às 22h. No local, as pessoas podem visitar e tirar fotos com o Papai Noel. A realização é da ACIT, com apoio da Prefeitura Municipal de Taubaté. Para que fosse possível realizar essa atração, a Associação teve como patrocinador master o banco SICREDI, e ainda contou com a parceria e patrocínio da Lojas Teddy, Fashion Vale Outlet, Meyre Kajita Arquiteta&Interiores, Depósito Casa Nova e Baltazar Bananas.

Já a Árvore de Natal está bem próxima da Igreja Catedral de São Francisco das Chagas, e estará em exposição até o dia 24 de dezembro. Para a montagem, a ACIT contou também com apoio da Prefeitura e patrocínio do Colégio Idesa, Only Entretenimentos, Ana Luisa Patrick Arquitetura, Taubafer Ferro e Aço e Ambienttá – Móveis e Decoração.

E para completar as atrações, a ACIT ainda oferece passeios de trenzinho pelas ruas da cidade. Para ter direito ao passeio, os consumidores devem trocar os cupons promocionais, que ganham ao realizar compras nas lojas participantes da promoção, pelo ticket de acesso na Casa do Papai Noel, onde é realizado o embarque e desembarque. O trem percorre o seguinte trajeto: início na Praça Dom Epaminondas, seguindo pela Rua Dr. Pedro Costa, Praça Santa Terezinha, Rua 4 de Março, Av. 9 de Julho, Rua Conselheiro Moreira de Barros, Rua XV de Novembro, Rua Jacques Felix, Rua Juca Esteves, Av. Desembargador Paulo de Oliveira Costa, Rua São José, Rua Sacramento, encerrando na Praça Dom Epaminondas.

O horário de funcionamento do trem será até o dia 19 de dezembro, de segunda à sexta-feira das 13h às 21h, a aos sábados e domingos das 09h às 13h.

Todos os horários podem sofrer mudanças de acordo com horário de funcionamento do comércio a região central da cidade.

Todas essas ações somam-se à promoção “Super Compras – Natal”, dentro da campanha TAubateAMO, em que serão sorteados 17 cartões presentes em três datas diferentes, sendo:
– Dia 08 de dezembro (sexta-feira): 10 cartões no valor de R$ 1.000,00 cada e 10 vendedores contemplados com cartão de R$ 300,00 cada.
– Dia 15 de dezembro (sexta-feira): 5 cartões no valor de R$ 2.000,00 cada e 5 vendedores contemplados com cartão de R$ 500,00 cada
– Dia 20 de dezembro (quarta-feira): 2 cartões no valor de R$ 5.000,00 cada e 2 vendedores contemplados com cartão de R$ 1.000,00 cada.

Para participar, o consumidor que realizar suas compras no valor mínimo de R$ 50 nas lojas participantes do fundo promocional, ganha um cupom que deve ser preenchido completamente e depositado em uma das dezenas de urnas que podem ser encontradas nas empresas participantes da campanha ou na Casa do Papai Noel ACIT. Importante ressaltar que os consumidores que ao longo do ano participaram das promoções anteriores (dia das mães, namorados, pais e crianças) também participam da grande campanha do natal e tem uma segunda chance de concorrer.

Fonte:Acontece Comunicação e Eventos

Parada do Papai Noel é atração em São José

A partir de domingo, Paradas Natalinas vão percorrer o centro da cidade; Caravanas de Natal vão chegar aos bairros

Papai Noel vai desfilar com toda a sua trupe pelo centro de São José dos Campos a partir deste domingo.

É que neste dia começa o calendário das Paradas Natalinas, parte do projeto “Natal Iluminado”, realizado pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, com recursos da iniciativa privada e apoio institucional da Prefeitura e da Câmara Municipal. Serão sete dias de paradas, seis deles com desfiles ao longo da rua 15 de Novembro, no centro da cidade, a partir das 20h. Diversão garantida para toda a família.

Os desfiles vão durar 40 minutos, com Papai Noel e uma trupe de 40 personagens dançando e cantando na Rua 15, ao som de músicas natalinas. Com início na esquina das ruas 15 e Francisco Paes, a parada terá 300 metros, terminando na praça Cônego Lima. De lá, encerrado o desfile oficial, os personagens irão pelo Calçadão da Rua 7 à pé até a Praça do Sapo, onde está montada a Casa do Papai Noel, para fotos e interação com o público.

Mas as atrações não param por aí.

Os desfiles do dia 10 e do dia 16 terão a participação da Banda da Fundhas, que acompanhará os personagens ao longo do trajeto, tocando músicas de Natal e clássicos da MPB. No dia 12, a Banda da PM fará uma apresentação especial na Praça do Sapo, antes do início da parada.

No dia 11, a Parada Natalina começa mais cedo e muda de endereço: Papai Noel e seus amigos vão fazer um desfile especial nos corredores do Colinas Shopping, a partir das 19h.

Caravana

As Paradas Natalinas também servirão de ponto de partida para outra atração do Natal Iluminado: as Caravanas de Natal.

As caravanas vão percorrer sete roteiros diferentes, um a cada dia, levando o espírito do Natal Iluminado a todas as regiões da cidade. Formada pelo carro do Papai Noel, pela Carreta Iluminada e pelos três ônibus iluminados, cada caravana vai cumprir um percurso diário de uma hora e meia a duas horas, elaborado pela Secretaria de Mobilidade Urbana.

Fonte: Matéria Consultoria e Mídia – Nathália Barcelos

Horário estendido no Natal

Comércio amplia horários para o Natal em São José

Calendário ampliado começa na próxima sexta-feira, com a chegada do Papai Noel e com a inauguração da decoração de Natal no centro da cidade

O comércio de São José dos Campos vai funcionar em horário estendido a partir do final do mês de novembro em razão do calendário de Natal.

Esse calendário foi definido de comum acordo pelo Sindicato dos Empregos do Comércio, Sindicato do Comércio Varejista e Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos. Os horários são uma sugestão, que pode ou não ser adotada pelos empresários do setor.

A sugestão das entidades é que as lojas da região central adequem seus horários de funcionamento ao calendário do projeto “Natal Iluminado”, que prevê shows diários na Praça do Sapo, paradas de Natal ao logo da rua 15 de Novembro e um espetáculo de luzes e sons no dia 23 de dezembro, na Orla do Banhado.

O calendário estendido começa a partir da próxima sexta-feira, dia 24, quando será inaugurado o “Natal Iluminado”, evento que marca a volta da decoração de Natal às ruas e praças do centro de São José dos Campos, Neste dia haverá a chegada oficial do Papai Noel à cidade. Nesta data também estará acontecendo a Black Friday, tradicional data de ofertas no comércio. Para esta sexta-feira, a sugestão é que as lojas da região central abram até as 22h, para aproveitar a concentração de pessoas no eixo comercial da cidade.

Os horários ampliados sugeridos são:

24/11 – Sexta-Feira (Chegada do Papai Noel)

Horário: Das 9h às 22h

25/11 – Sábado

Horário: Das 9h às 18h

27 à 30/11 – Segunda à quinta-feira

Horário: Das 9h às 20h

01/12 – Sexta-Feira

Horário: Das 9h às 22h

02/12 – Sábado

Horário: Das 9h às 18h

04 à 07/12 – Segunda à quinta-feira

Horário: Das 9h às 20h

08/12 – Sexta-Feira

Horário: Das 9h às 22h

09/12 – Sábado

Horário: Das 9h às 18h

10/12 – Domingo (Parada Natalina)

Horário: Das 9h às 14h

11 à 15/12 – Segunda à sexta-feira (Paradas Natalinas)

Horário: Das 9h às 22h

16/12 – Sábado (Parada Natalina – Final)

Horário: Das 9h às 20h

17/12 – Domingo

Horário: Das 9h às 14h

18 à 22/12 – Segunda à sexta-feira

Horário: Das 9h às 22h

23/12 – Sábado (Show Piromusical)

Horário: Das 9h às 22h

24/12 – Domingo

Horário: Das 9h às 12h

Fonte: Matéria Consultoria e Mídia – Nathália Barcellos

São José terá um Natal Iluminado

Ruas e praças da cidade voltam a ter decoração de Natal este ano por meio de uma parceria entre iniciativa privada, entidades de classe e poder público

Em uma parceria entre poder público, iniciativa privada e entidades de classe,
a cidade de São José dos Campos volta a ter decoração especial de Natal nas ruas e praças a partir deste ano. É o projeto “Natal Iluminado”, que vai trazer luzes, shows, música, paradas natalinas e muita alegria ao centro de São José dos Campos entre os dias 24 de novembro e 25 de dezembro.

Imagem: Freepik

A previsão é atrair 1 milhão de pessoas ao centro e criar um evento de Natal para ser incluído no calendário oficial de turismo da cidade.

A festa começa dia 24 de novembro, com a chegada oficial do Papai Noel a São José, no Parque da Cidade. Depois de percorrer o centro da cidade em carretada, Papai Noel vai inaugurar oficialmente a Casa Natalina, erguida na praça João Mendes, e a iluminação de Natal, instalada em mais de 15 ruas e praças, compreendidas no quadrilátero formado pelas ruas Francisco Paes, Francisco Rafael, Siqueira Campos e avenida São José.

Mas isso é apenas o começo.

O projeto “Natal Iluminado” promete muito mais: shows de luzes e música na Casa Natalina todas as noites, de meia em meia-hora, a partir das 20h; paradas de Natal na rua 15 de Novembro durante uma semana, a partir do dia 10 de dezembro; e um show de encerramento, no dia 23, na Orla do Banhado, com música e fogos de artifício (veja calendário anexo).

“Natal Iluminado” é um projeto idealizado por 13 entidades de classe de São José dos Campos. São elas: ACI (Associação Comercial e Industrial) de São José dos Campos, Aconvap (Associação das Construtoras do Vale do Paraíba), AEA (Associação dos Engenheiros e Arquitetos) de São José dos Campos, APCD (Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas) – Regional de São José dos Campos, APM (Associação Paulista de Medicina) – Regional de São José dos Campos, Assecon (Associação dos Contabilistas) de São José dos Campos, Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) – Regional de São José dos Campos, CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) – Regional de São José dos Campos, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) – Subseção de São José dos Campos, Sincomerciários (Sindicato dos Comerciários de São José dos Campos), Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista) de São José dos Campos, Sinduscon (Sindicato da Construção Civil) e Sinhores (Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares) de São José dos Campos.

O projeto é bancado pela iniciativa privada, por meio de cotas de adesão, sem envolvimento de recursos públicos. Até esta terça-feira, são patrocinadoras do “Natal Iluminado” as seguintes empresas: shopping Vale Sul, Oscar Calçados, Policlin, Embraer, General Motors, Capricho Veículos, ACI e Assecon. O prazo de adesão ao projeto termina na próxima sexta-feira.

FOnte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathália Barcelos

Como será investido o 13° salário

Pesquisa recebida pela ACIT aponta expetativas de gastos com a primeira parcela 13º salário

Uma pesquisa recebida pela Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) realizada pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), aponta que o percentual de brasileiros que pretende gastar a primeira parcela do 13º salário com presentes de fim de ano subiu de 5% para 8,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já a quantidade de consumidores que planejam viajar com o dinheiro extra saltou de 2,5% para 8,6%.

O comércio vem demonstrando um comportamento mais otimista com as vendas para esse período de natal, baseado nas vendas ao longo de datas comemorativas de 2017. A expectativa é de que os consumidores adquiriam uma quantidade maior de presentes e com valores um pouco mais elevados para esse natal. No entanto, mesmo com esse possível aumento, as vendas não devem atingir o patamar de compras realizadas em 2014, último ano considerado excelente para o comercio varejista.

“Estamos esperando uma venda superior ao ano anterior, o que já dá uma ânimo bem maior aos lojistas e comerciantes, que esperam que o natal seja mais aquecido em 2017. Todos estamos acreditando que a economia está retomando seu rumo, mesmo que lentamente.” ressalta José Saud, presidente da ACIT.

Mesmo com o otimismo sobre as vendas, os comerciantes estão cautelosos e devem oferecer boas oportunidades aos consumidores, como facilidade no pagamento e descontos nas negociações.

Apesar do aumento na vontade de consumir, a pesquisa aponta que dois terços dos brasileiros ainda vão usar o dinheiro do 13º para pagar dívidas ou poupar (42,9% e 22,9%, respectivamente), praticamente os mesmos níveis do ano passado. O levantamento ainda indica que os indecisos caíram de 22,5% para 17,1%, o que reforça a tendência de maior consumo nos próximos meses.

A pesquisa foi realizada pelo Instituto Ipsos com 1.200 pessoas em todas as regiões do Brasil entre os dias 1º e 15 de outubro.

“Apesar da pesquisa da ACSP mostrar um panorama nacional, podemos usar esses indicadores para nossa região e nossa cidade, pois os comportamentos são bem parecidos e tem pouca perspectiva de mudanças. Diante dos dados, aliado às nossas promoções e capacitações, estamos confiantes que teremos um período de vendas com saldo positivo” afirma Saud.

Fonte: Acontece Comunicação e Eventos

Perspectiva de um bom Natal

73% dos brasileiros devem ir às compras no Natal; data vai movimentar R$ 51,2 bi na economia, projetam SPC Brasil e CNDL

Neste ano, brasileiro vai desembolsar, em média, R$104 por presente. Lojas online ultrapassam shopping center como principal local de compras e 52% dos consumidores vão fazer pagamento à vista. Roupas encabeçam ranking de presentes

Os sinais mais recentes de uma lenta e gradual recuperação econômica já se refletem nas perspectivas para a data mais importante em faturamento e volume de vendas no varejo: o Natal. Uma pesquisa realizada em todas as capitais pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) aponta que 110,8 milhões de consumidores brasileiros devem presentear alguém no Natal de 2017. Se as expectativas forem confirmadas, o Natal deste ano será um pouco melhor que o do ano passado, quando a projeção havia sido de 107,6 milhões de consumidores nas lojas. Em termos percentuais, 73% dos brasileiros pretendem comprar presentes para terceiros no Natal deste ano, número que se mantém elevado em todas as faixas etárias e classes sociais. Apenas 8% disseram que não vão presentear, ao passo que 18% ainda não se decidiram.

Considerando somente a aquisição de presentes natalinos, a movimentação de dinheiro na economia deverá ser de R$ 51,2 bilhões no comércio, cifra que representa um leve crescimento nominal na comparação com 2016, ano em que a projeção girou em torno de R$ 50 bilhões.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a injeção desse volume de recursos na economia mostra porque o Natal é o período mais aguardado do ano para consumidores e comerciantes e dá indícios de que a disposição dos brasileiros para consumir está retornando. “De um lado, milhões de consumidores investem tempo e recursos financeiros na compra de presentes e na preparação das celebrações; do outro, muitos empresários se preparam para contratar mão de obra e aumentar a produção, na esperança de que as vendas compensem o resultado tímido ao longo do ano”, afirma Pellizzaro Junior.

Brasileiro vai comprar entre quatro e cinco presentes; gasto médio será de R$ 103,83 por item adquirido

Em média, os consumidores ouvidos na pesquisa pretendem comprar entre quatro e cinco presentes – no ano passado, esse número era de quatro aquisições. O valor médio com cada item será de R$ 103,83, mas considerando a compra de todos os presentes, o brasileiro deve desembolsar, em média, R$ 461,91, cifra muito próximo a observada em 2016, que era de R$ 465,59. Nas classes A e B, o valor desembolsado no total de presentes sobe para R$ 630,96 e cai para R$ 414,25 entre as pessoas da classe C. Há, contudo, uma parcela considerável de 43% de consumidores que ainda não se decidiu quanto ao valor a ser desembolsado.

Outro dado que sugere uma disposição maior de consumo para o Natal deste ano, é que a maioria dos consumidores irá gastar individualmente a mesma quantia (33%) ou um valor superior ao desembolsado em 2016 (19%). Os que pretendem gastar menos representam 26% da amostra.

Considerando os que vão gastar mais no Natal de 2017 que no de 2016, um quarto (25%) garante que irá adquirir um presente melhor, enquanto 17% reclamam do aumento dos preços. Há ainda, 14% de pessoas que economizaram ao longo do ano para poder gastar mais com os presentes natalinos. Em contrapartida, quase um terço (32%) dos consumidores que planeja diminuir os gastos dá como justificativa a situação financeira ruim e o orçamento mais apertado. Outros 23% querem economizar, enquanto 13% possuem outras prioridades de compra, como a casa própria ou um automóvel.

64% estão animados com Natal; falta de hábito, pouco dinheiro e desemprego estão entre as razões para não presentear

Ter o hábito de presentear (64%) e considerar o gesto importante (31%) são as razões mais comuns entre aqueles que decidiram comprar presentes neste Natal. Entre aqueles que não irão presentear terceiros no Natal de 2017, 20% não o fazem por falta de hábito ou porque não gostam. As demais razões estão mais ligadas à crise, como a falta de dinheiro (17%) e o desemprego (15%). Os que não vão comprar presentes porque estão endividadas e precisam pagar contas somam 10% desses consumidores.

De acordo com a pesquisa, 64% dos consumidores se declaram empolgados com o Natal, contra 27% de consumidores que estão desanimados ou menos empolgados que na mesma data do ano passado. “Tradicionalmente, há muita expectativa em torno do Natal. Embora os brasileiros estejam enfrentando tempos difíceis, com altos patamares de desemprego e uma grave crise política e social, o simbolismo e a atmosfera emocional dessa época do ano parecem predominar e despertar sentimentos positivos na maioria das pessoas”, observa a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

83% vão pesquisar preços, principalmente pela internet

Em tempos de recessão, mesmo com a inflação controlada, é comum que o consumidor tenha a sensação de que o orçamento está mais apertado e que a renda não acompanha o ajuste de preço dos produtos. Tanto é que entre a maioria dos consumidores ouvidos, predomina a impressão de que os presentes de Natal estão mais caros em 2017 do que no ano passado (58%). Para 22%, os produtos estão na mesma de preço, enquanto apenas 7% falam em preços menores.

Investir tempo para fazer pesquisa de preço será novamente um hábito frequente entre os compradores: 83% garantem que vão adotar a prática e a internet (76%) será a principal aliada para fazer esse tipo de comparação. Outros 50% vão pesquisar em lojas de shopping e 48% vão comparar preços indo de porta em porta nas lojas de rua.

Compras online ultrapassam shopping center; preços, promoções e descontos são levados em conta para escolha do local de compra

Neste ano, pela primeira vez as lojas online ultrapassaram os shopping centers como o local de maior concentração das compras de Natal. Em cada dez compradores, quatro (40%) concentrarão as compras na internet, o que representa um crescimento de oito pontos percentuais em relação a 2016. Na sequência estão os shopping centers (37%), lojas de departamento (37%) e lojas de rua (26%). Os endereços online preferidos são os sites das grandes redes varejistas (68%), sites de classificados de compra e venda (42%) e lojas especializadas em vestuário e acessórios (34%).

Para quem vai comprar online, o educador financeiro do portal ‘Meu Bolso Feliz’ faz um alerta: “É preciso ter cuidado para realizar compras pela internet. O ideal é fazer os pedidos com certa antecedência para que os presentes cheguem a tempo das festas. O atraso na entrega de encomendas é um problema que os consumidores costumam enfrentar nesta época do ano, mas que podem ser evitados se houver planejamento”, alerta Vignoli.

Na opinião dos entrevistados, os fatores que mais pesam na escolha do ponto de venda são o preço (58%), ofertas e promoções (50%), diversidade dos produtos (27%) e a qualidade do atendimento (20%).

Roupas serão os produtos mais procurados no Natal e os filhos os mais agradados com presentes

De acordo com o estudo, por mais um ano as roupas permanecem na primeira posição do ranking de produtos que os consumidores pretendem comprar para presentear no Natal (56%). Os brinquedos (43%), perfumes e cosméticos (32%), calçados (31%) e acessórios, como bolsas, cintos e bijuterias (24%), completam a lista de produtos mais procurados para a data. Presentes de maior valor agregado como celulares (12%), jogos e videogames (10%), eletrônicos (8%) e joias (8%) ficaram menos bem posicionados neste ano.

No ranking daqueles que serão agradados com presentes neste Natal, os filhos aparecem em primeiro lugar (63%). Em seguida, os mais mencionados são os maridos ou esposas (49%), mães (47%), irmãos (27%) e pais (21%).

Na hora de escolher os presentes, o fator que os consumidores mais levam em conta é o perfil do presenteado (28%), seguido do desejo de quem vai receber o presente (20%), da qualidade do item (16%) e das promoções ou descontos (13%).

52% vão pagar presentes à vista; para quem parcela, dívidas vão durar, em média, até o próximo Dia das Mães

Neste ano, o pagamento à vista será o meio mais utilizado pela maioria dos entrevistados ouvidos (52%), seja em dinheiro (34%) ou no cartão de débito (19%). Os que vão se utilizar de alguma modalidade de crédito somam 43% dos compradores, sendo que o cartão de crédito parcelado lidera, com 31% de menções, seguido do cartão de crédito em parcela única (9%) e do crediário (2%).

Na média, as compras parceladas serão divididas em cinco vezes. Isso significa que esses consumidores vão comprometer parte de sua renda com prestações natalinas que só deverão ser totalmente quitadas na Páscoa ou no mês do Dia das Mães. “O brasileiro chega ao fim deste ano com a impressão de que o pior momento da recessão ficou para trás, mas deve ter cuidado em não dividir compras com prestações a perder de vista. Se a inflação controlada e a queda dos juros servem de alento, os altos níveis de desemprego ainda são um problema. É hora de controlar gastos, organizar prioridades e conduzir o orçamento de modo responsável, sem se levar pelo emocional ou assumir compromissos acima da capacidade”, orienta a economista Marcela Kawauti.

Metodologia

Inicialmente foram ouvidos 730 consumidores nas 27 capitais para identificar o percentual de quem pretendia ir às compras no Natal e, depois, a partir de 611 entrevistas, investigou-se em detalhes o comportamento de consumo no Natal. A margem de erro é de no máximo 3,6 e 4,0 p.p, respectivamente. A uma margem de confiança de 95%.

Baixe a íntegra da pesquisa em https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas
Informações à Imprensa

Fonte: SPC Brasil – Vinicius Bruno

Havan inaugura no Via Vale Garden Shopping

Nova megaloja já está pronta e terá aproximadamente quatro mil metros quadrados, além de oferecer mais de mil itens nacionais e importados

Os clientes do Via Vale Garden Shopping já podem comemorar, pois a nova loja da Havan já está aberta e funcionando. Desde sábado, 04/12, a megaloja, que tem aproximadamente quatro mil metros quadrados, está com as suas portas em Taubaté.

Com mais de 30 anos de história e 102 unidades em 15 estados do Brasil, a loja ficará localizada no primeiro piso do mall e oferecerá aos clientes um mix de mais de 100 mil itens de produtos nacionais e importados, nos setores de cama, mesa e banho, bazar, brinquedos, moda (masculina, feminina, infantil e praia), camping e eletro/eletrônicos.

“A chegada da Havan reforça a nossa dedicação em trazer o melhor mix de lojas para Taubaté e região, nos preocupando sempre em oferecer excelentes marcas de todos os seguimentos e, com essa megaloja, vamos intensificar a experiência do que é um shopping ainda mais completo”, afirma Renato Gonçalves, superintendente do Garden.

A loja também chegou ao mall trazendo uma grande geração de emprego. Cerca de 150 pessoas foram contratadas para compor o novo time no município.

Havan e Grupo Tenco
A parceria Havan e Grupo Tenco é um sucesso, a loja está presente em quatro dos 15 shoppings centers da rede, como no Itaquá Garden Shopping, Via Café Garden Shopping, Jaraguá do Sul Park Shopping, além do Bragança Garden Shopping.

Sobre a Havan
Considerada a maior rede de lojas de departamentos do Brasil, a Havan nasceu em Brusque (SC), como uma pequena loja de tecidos de 45 metros quadrados, na Avenida Primeiro de Maio. Além da loja em Taubaté, as próximas inaugurações de 2017 serão: Cacaol (RO) em julho, Rio Branco (AC) em agosto e Varginha (MG), em setembro, Indaial (SC), Cascavel (PR) em outubro, Porto Belo (SC) em novembro, e, possivelmente, Joaçaba (SC) em dezembro.

Serviço:
Nova Operação – Havan no Via Vale Garden Shopping
Data: a partir de 04/11/2017
Horário: no horário de funcionamento do shopping
Local: piso 1, próximo ao Riachuelo.

Os premiados no Dia dos Pais

ACIT realiza sorteio da promoção “Mês dos Pais”

Dando continuidade à campanha TaubateAMO, realizada pela Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) ao longo do ano, sempre nas principais datas comemorativas para o comércio, foi realizado na sede da instituição, na última quinta-feira, 31 de agosto, o sorteio da promoção “Mês dos Pais”.

Durante todo o mês de agosto, os clientes que realizaram compras com valor mínimo de R$ 50,00 nas lojas participantes receberam os cupons para preencher e colocar nas urnas.

Nessa etapa da campanha, foram contemplados 3 cupons e os vencedores são: Silvia Alessandra Alvarenga, que comprou na Farma Vale, Roberto Augusto Correia, loja Agaesse, e Wanderleidson Rodrigues, que realizou suas compras na Papelaria Tanby. Cada um deles irá ganhar um cartão presente no valor de R$ 1 mil, que poderá ser trocado em diversas lojas, sempre respeitando o valor mínimo.

Nas campanhas da ACIT os vendedores registrados nos cupons também ganham, e serão contemplados com cartão de R$ 200,00 cada. São eles: Fabiana Gonçalves (Farma Vale), Mauricio (Agaesse), Nelson (Tanby).

Importante ressaltar que o valor do cartão poderá ser dividido em várias compras nas empresas participantes do fundo promocional, como por exemplo uma parte em lojas de roupas e calçados, outra em salão de beleza, loja de utensílio, manutenção veicular, e assim por diante. O valor total não precisa ser todo usado em apenas um estabelecimento, e sim, poderá ser usado em vários locais para diferentes aquisições.

Em breve a Associação Comercial e Industrial de Taubaté lança a promoção “Mês das Crianças”, com três premiação para três contemplados.

Fonte: Acontece Comunicação e Eventos

ACI de São José faz 82 anos

Associação Comercial e Industrial amplia parcerias para aumentar oferta de serviços para empresariado da cidade

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos comemora nesta quarta-feira, 23 de agosto, 82 anos de fundação.

A data será marcada por uma reunião da diretoria, para um balanço dos trabalhos realizados desde a posse do atual presidente, Humberto Dutra, em abril.

Neste período, a ACI passou por uma reestruturação interna, voltando suas atividades mais para o mercado e para parcerias com instituições. Como exemplo de ações para o mercado, a ACI lançou novos produtos para seus associados, entre eles o AC Celular, um sistema de controle de telefonia que pode proporcionar uma economia de até 30% na conta final. Após intenso treinamento, equipes de vendas da ACI irão às ruas esta semana para oferecer este e outros serviços – como SCPC e Certificação Digital– e ao mercado.

Mas as parcerias são a aposta maior da ACI, uma política que rende frutos. Três grandes parcerias foram firmadas até agora: uma com o Sebrae, com a criação do projeto “ACI Educa”, com cursos e treinamentos para o comércio; outra com a Unitau, para a criação de um calendário de pesquisas sobre tendências e mercados (dados das pesquisas ACI-Unitau são usados pela Prefeitura de São José dos Campos para definição de políticas públicas); e uma terceira com a Caixa Econômica Federal, com o adoção do “Quita Fácil”, que ofereceu desconto de até 90% no valor das dívidas para associados da ACI.

“Essa é uma política que se mostrou acertada”, disse Humberto Dutra, presidente da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos.

Agora, a ACI trabalha em outra parceria ao lado da prefeitura, grandes empresas e comércio da área central da cidade: o “Natal Iluminado”, com a volta da decoração de Natal para São José dos Campos. A meta é lançar um projeto-piloto em 2017 no quadrilátero do comércio no centro da cidade, ampliando sua área de ação para os bairros em 2018.

A ACI representa hoje um universo de 30 mil empresas ligadas aos setores da indústria, comércio e serviços, responsáveis pela geração de mais de 180 mil empregos.

Fonte: Materia Consultoria&Mídia – Nathália Barcelos

Megaloja em shopping do V.Paraíba

Havan chega ao Via Vale Garden Shopping
Nova megaloja terá aproximadamente quatro mil metros quadrados e oferecerá mais de mil itens nacionais e importados

Os clientes do Via Vale Garden Shopping já podem comemorar. A Havan é a nova loja que complementará o time do Garden! Com mais de 30 anos de história e 100 unidades em 14 estados do Brasil, a loja tem previsão para ser inaugurada no mês de novembro.

A Havan, que será localizada no primeiro piso do mall, terá aproximadamente quatro mil metros quatros e oferecerá aos clientes um mix de mais de 100 mil itens de produtos nacionais e importados, nos setores de cama/mesa/banho, bazar, brinquedos, moda (masculina, feminina, infantil e praia), camping, eletro e eletrônicos.

“A chegada da Havan reforça a nossa dedicação em trazer o melhor mix de lojas para Taubaté e região, nos preocupando sempre em oferecer excelentes marcas de todos os seguimentos e, com essa megaloja, vamos intensificar a experiência do que é um shopping ainda mais completo”, afirma o superintender Renato Gonçalves.

Havan e Grupo Tenco

A parceria Havan e Grupo Tenco é um sucesso, a loja está presente em quatro dos 15 shoppings centers da rede, como no Itaquá Garden Shopping, Via Café Garden Shopping, Jaraguá do Sul Park Shopping, além do Bragança Garden Shopping.