Vaga de estágio em propaganda/design

Liberta abre vaga

A Liberta, agência sediada em Guaratinguetá, está com vaga aberta para quem estuda publicidade e propaganda ou design gráfico.

A vaga de estágio é em direção de arte. Envie seu currículo e sua pasta (portfólio) para o e-mail junior@agencialiberta.com

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Dicas para um evento virtual de sucesso

Sete dicas para fazer eventos virtuais de sucesso

Com o isolamento social, um dos setores que mais teve impacto direto foi o de eventos. Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc Brasil), 98% das empresas foram impactadas com a crise, tendo uma média de 12 eventos cancelados e sete remarcados.

Neste cenário, alternativas foram encontradas para que alguns acontecimentos tivessem continuidade, como lives no Youtube feitas por cantores no mundo inteiro. Isso mostrou que os shows podem ser feitos diretamente de suas casas, alcançando e arrecadando milhões em doações. O universo acadêmico se adequou para promover aulas on-line, gravadas e ao vivo, permitindo aos alunos o andamento de seu semestre letivo e a continuidade dos estudos. Os eventos corporativos e acadêmicos passam a se reinventar neste ambiente on-line, por meio de lives, videochamadas e conteúdos gravados e escritos.

Segundo Flávia Roberta Fernandes, professora tutora do curso de Assessoria Executiva Digital do Centro Universitário Internacional Uninter, para que estes eventos mantenham qualidade e atratividade ao público, fatores como a qualidade da transmissão e etiqueta virtual devem ser levados em consideração.

1 – Selecione uma plataforma que permita a transmissão ao vivo e a interação dos participantes via chat, já que isso gera proximidade. Lembre-se de, ao longo da transmissão, incentivar os participantes para que interajam.

2 – A conexão com a internet, tanto dos palestrantes quanto do público deve ser estável, para que não haja cortes e interrupções (se possível, opte por uma conexão via cabo e não wifi).

3 – O microfone e a webcam devem estar configurados para a recuperação do som e imagem. Cuidado com os ruídos e tente um bom ângulo.

4 – A iluminação do ambiente deve ser equilibrada, nem clara ou escura demais, porque reflete diretamente nesta recuperação da imagem. Cuidado redobrado com as transmissões que começam no fim da tarde, pois a alteração de luz pode atrapalhar. Adapte sua iluminação ao horário escolhido do dia.

No que diz respeito à etiqueta virtual, Rafaela Aparecida de Almeida, professora tutora do curso de Secretariado da Uninter, ressalta outros cuidados:

5 – Caso não tenha um escritório em casa, reserve um espaço para realizar a transmissão. Evite locais onde poderá ser interrompido, que tenha interferências sonoras externas, quarto de dormir ou dos filhos. Lembre-se de evitar a exposição de sua vida pessoal. Embora as lives sejam informais, é preciso ter cautela.

6 – Cuidado com a aparência. Não é porque estamos em home office, que devemos descuidar da imagem. Para homens, cabelo penteado, barba feita e uma roupa adequada. Para mulheres, cabelo penteado, roupas discretas, maquiagem compatível.

7 – Postura diante da câmera. Escolha um local confortável, evitando movimentos bruscos, risadas altas ou comentários inoportunos e escolha o melhor enquadramento, se possível mais fechado mostrando mais o participante que o ambiente ao seu redor.

Para as professoras e especialistas da Uninter, o momento exige uma adaptação no modo de se trabalhar a organização de um evento, seja ele empresarial, acadêmico ou artístico. “Mas o que parece ser uma solução pontual e momentânea para reuniões de todos os tipos e a troca de ideias entre estes grupos, pode ser também uma prática que permaneça nos próximos anos e modifique muitos de nossos encontros”.

Fonte: Página 1 Comunicação – Lola Dias

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Plataforma promove live em apoio a empreendedores

Helpis promove live para ajudar empreendedores na crise

A Helpis, plataforma de comunicação online sediada em Taubaté, organiza nesta quinta (21) o primeiro episódio da série “Help On Live”, criada para dar aquela mãozinha aos empreendedores nesse período de crise.

A live será transmitida pelo Instagram da plataforma, @helpisbr, e contará com a presença de Suélen Corrêa, diretora comercial da Aprimore Assessoria Empresarial, empresa do Vale do Paraíba focada em auxiliar outras organizações a crescerem de forma saudável.

A transmissão será feita a partir das 20h e será apresentada por Patrik Melero, diretor de criação da Helpis. O tema do debate será a produtividade das empresas mesmo em época de pandemia. “Acreditamos que esse é o momento ideal em que a Helpis pode fazer sua missão principal, de ajudar as pessoas e empresas a se comunicarem melhor, chegar ainda mais longe”, comenta Melero.

Serviço

Help on live com Suélen Corrêa

Quinta-feira, dia 21, a partir das 20h

Transmissão no Instagram @helpisbr e @aprimore.assessoria

Fonte: Isadora Scama – Helpis Comunicação

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Na atividade

Novo player no mercado

Renata Cundari é o nome por trás da novíssima Tagarella Comunicação.

Segundo Renata, a Tagarella estava sendo maturada há quase um ano e tem como missão principal conectar pessoas e propósitos e em seu cardápio de serviços destacam-se Gestão de Mídias Sociais, Mentoria Online e Marketing Estratégico Digital.

Você pode saber mais acessando o site da Tagarella.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Coluna “Discutindo a relação…”

Uma estratégia para um propósito ou um propósito para uma estratégia?

Sim, eu sei.. num primeiro momento isso lembra aquele famosíssimo slogan: “A Tostines vende mais porque tá sempre fresquinha ou tá sempre fresquinha porque vende mais?”.  Além de bom, esse slogan sempre me soou muito engraçado…

O papo aqui, entretanto, é sério. Muito sério!

Muita gente tem dado entrevista, falado em podcasts e em lives que as marcas que tiverem um propósito firme e verdadeiro se darão bem neste momento de crise. E eu concordo 100%. Super! Mas o que ninguém consegue dizer com clareza é que devemos buscar uma estratégia que gere um propósito ou se devemos ter um propósito que gere uma estratégia de marketing e comunicação?

Eu digo que fico com a segunda hipótese. E não estou apenas chutando ou dando palpite (o que também está muito em alta nos dias atuais). O que eu penso e verbalizo está apoiado (e muito bem apoiado) nas ideias de Cynthia A. Montgomery, professora da Harvard Business School e autora do ótimo livro “O Estrategista – Seja o líder de que sua empresa precisa”.

A “roda da estratégia”

Neste livro a Cynthia (desculpa a intimidade) defende que o propósito deva ser o ponto central de toda empresa de destaque em seu segmento de atuação. Ela propõe o que chama de “roda da estratégia”, um sistema de criação de valor pensado em torno do propósito e que direciona toda a estratégia da empresa. Incluindo marketing e comunicação.

Ela traz exemplos bastante práticos de empresas como Ikea, Nike, Gucci e outras, que
estabeleceram estratégias de mercado e comunicação a partir de uma forte compreensão de seu propósito.

O interessante da proposta da autora é que ela não fecha um modelo único da “roda da estratégia”. Ao contrário. Ela propõe que cada empresa e cada propósito demandem um sistema diferente de apoio e consecução da estratégia.

Então, acredito que devemos ter o propósito para depois ter uma estratégia de comunicação do mesmo. Ache seu propósito e crie sua estratégia em torno dele.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Ebook trata das mudanças nos negócios pós pandemia

Ebook reúne opiniões sobre impacto das mudanças de comportamento nos negócios em um cenário pós pandemia

Material produzido pela Scup e disponibilizado para download gratuito apresenta possíveis cenários para ajudar o profissional a planejar ações relevantes no mercado e na sociedade pós coronavírus

Muito se debate sobre como será o mundo pós-coronavírus, mas o que se sabe até agora é que a pandemia está acelerando tendências e promovendo transformações em diversos segmentos. Com isso, será preciso rever os modelos de negócios existentes para adequação ao que estão chamando de novo normal. Para contribuir com a reflexão sobre o que esperar das mudanças, sobretudo para a sobrevivência de marcas e instituições, a Scup, plataforma de gerenciamento de canais digitais, acaba de lançar o e-book “Olhando adiante: Tendências pós coronavírus”.

Com download gratuito, o material reúne quatro artigos exclusivos de especialistas em diferentes áreas para debater as realidades que temos diante de nós. A consultora Alessandra Miyazaki analisa as tendências pós pandemia na saúde e debate a revolução digital da área núcleo na crise atual: “A revolução digital da saúde será acelerada. A telemedicina, liberada no Brasil para o período da crise do COVID-19, deverá ser regulamentada e fará parte de nosso dia-a-dia, e o número de startups dedicadas ao setor de saúde (health techs) deverá voltar a crescer no período pós confinamento”, afirma.

No campo das marcas, a especialista em posicionamento Karina Francis discute o comportamento de compras após a pandemia e aponta o papel do digital daqui em diante: “Nunca ficou tão claro que se posicionar é uma questão de sobrevivência e isso não é novidade, mas ficou evidente para muitas marcas que encarar o digital com seriedade é mais do que necessário”, avalia. Já Soraia Lima, consultora de transformação digital e futurismo, aponta quatro cenários futuros envolvendo dados, segurança e privacidade. Segundo ela, pensamos no futuro como se ele pudesse ser previsível, visto por meio de uma bola de cristal: “Planejamentos são elaborados com base em um dado presente, considerando um futuro próximo e caminhos a serem traçados. Até que surge uma pandemia, uma crise sem precedentes no século XXI. Inicia-se, assim, um momento necessário para retomar um olhar para um futuro. Mas, qual seria este futuro?”.

Para finalizar, Marina dos Anjos, Gerente de Marketing da Scup, fala sobre o crescimento estrondoso na demanda por videochamadas, tanto para fins corporativos quanto pessoais, e sua possível relação com o aumento da migração urbana: “Com a normalização do trabalho remoto, por que as pessoas continuariam a morar nos grandes centros? Prevejo êxodo urbanos nas grandes capitais mundiais e brasileiras nos próximos anos, seja por falta de trabalho ou busca por qualidade de vida”.

O e-book pode ser acessado gratuitamente aqui.

Fonte: Motim – Bruno Lino/Assessor de Imprensa

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Tok&Stok lança campanha de incentivo a pequenos artesãos

Projeto tem o objetivo de oferecer mais visibilidade e apoio aos parceiros da marca diante do atual cenário mundial

Sempre buscando incentivar a produção do artesanato local e da cultura brasileira, a Tok&Stok, diante de um cenário de incertezas, consequentes da pandemia de Covid-19, lança o projeto Origem Artesanal, uma campanha digital que contará, no Instagram da marca, a história de cinco pequenos artesãos parceiros de longa data da rede de móveis e acessórios, destacando suas trajetórias inspiradoras de vida e superação.

O movimento de valorização tem o objetivo de firmar e renovar o compromisso da Tok&Stok junto a estes produtores, além de buscar novos caminhos que possam ajudar a manter as atividades diárias desses empreendedores, para que consigam garantir a sobrevivência de seus negócios como um todo. “Neste momento, não poderíamos deixar nossos pequenos parceiros de lado e, por isso, priorizamos o recebimento e compra de suas mercadorias, entendendo o contexto do cenário atual”, conta Maurício Ferro, Head de Marketing e Comunicação da Tok&Stok.

Este estímulo ao artesanato local já existe na marca desde sua inauguração, em 1978, quando sua própria fundadora, Ghislaine Dubrule, grande apreciadora da produção manual nacional, iniciou a venda de artesanatos selecionados na loja. Hoje, o portfólio da rede conta com 187 itens de 23 pequenos artesãos de diferentes localidades do país. “A Tok&Stok sempre teve muito orgulho de ser uma empresa que, além de nascer no Brasil, valoriza nossa cultura e a produção artesanal. Ao nos aproximarmos de pequenos produtores, surgem novas oportunidades para ambos. Para nós, a de oferecer produtos autênticos, carregados de valores cultural e humano. Para o produtor, a chance de crescer, se profissionalizar e ter seu produto comercializado em alcance nacional”, completa Ferro.

A campanha Origem Artesanal pode ser acompanhada no Instagram da marca (@tokstok). A cada semana, uma nova história será publicada. Para quem quiser conhecer o trabalho de todos os artesãos parceiros da Tok&Stok, seus produtos estão disponíveis no e-commerce www.tokstok.com.br.

Fonte: Insideout PR – Natália Brandão

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Tem vaga para atuar em mídias sociais

Analista de Mídias Sociais 

A vaga é para São José dos Campos

Image by Gerd Altmann from Pixabay

Principais responsabilidades:

  • Criar conteúdo para campanhas online – e-mail marketing, banners e anúncios nos principais buscadores;
  • Identificar o público alvo da companhia para melhorar a assertividade das publicações;
  • Mapear o comportamento do consumidor para otimizar os resultados esperados;
  • Analisar a performance dos conteúdos publicados – alcance, engajamento e taxa de respostas;
  • Desenvolver conteúdo para campanhas contínuas e sazonais junto ao time de designers gráficos;
  • Atender e orientar clientes que busquem contato ou informações por meio das redes sociais;
  • Desenvolver pautas e criar conteúdo para redes sociais – LinkedIn, Facebook e Instagram – garantindo a qualidade do conteúdo, adequando ao cenário pertinente e
  • Revisar sistematicamente os textos e conteúdos publicados.

Requisitos
Ensino superior completo em áreas de Marketing, Publicidade e Propaganda, Comunicação Social e afins;
Desejável Pós Graduação e/ou especialização na área;
Conhecimentos intermediários no Pacote Office, RD Station, marketing digital, Google Analitics, Adwords e administração de plataformas de mídias digitais e
Vivência prévia com ações digitais no contexto varejista será considerado diferencial.

Interessados devem enviar o currículo para o email selecao@farmaconde.com.br

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Os fatores de comunicação e marketing que mais se destacam

Intensivão de VUCA

por Josué Brazil

Tenho ouvido, assistido e lido muita coisa sobre comunicação e marketing neste período difícil de isolamento social e luta contra a pandemia de Covid 19.

É muito conteúdo bom. Lives, podcasts, webinares, artigos e textos. Separei algumas coisas que estão aparecendo com constância e com as quais concordo.

1 – Posicionamento e/ou propósito – empresas e marcas que já tinham um propósito claro e bem definido e que o praticavam, estão em posição de vantagem. Quem adaptou ou reposicionou seu posicionamento/propósito mantendo-o verdadeiro e válido para o cenário de crise também saiu na frente e colhe e colherá frutos.

2 – Digitalização – quem já estava com os dois pés fincados no mundo digital enfrentou um pouco menos de dificuldades. Quem estava em processo de transformação digital e conseguiu acelerar de modo minimamente organizado também;

3 – Empatia – esse parece ser o item fundamental e definitivo desta crise. Praticar empatia pra valer, de verdade. Entender que na outra ponta há pessoas. Entender suas necessidades e aflições. Apoiar. Explicar. Colaborar.

4 – Customização – de tudo: serviços, produtos, distribuição, embalagem, atendimento, marketing e comunicação. Entender para atender. Dados aqui são importantes. Muito importantes. O consumidor seguirá sendo exigente depois da crise. Ele vai entender que as marcas podem e devem fazer mais.

5 – Verdade, transparência, ética – precisa mesmo explicar? Discurso falso ou atitudes contraditórias levam e levarão à rejeição.

Muitas outras coisas importantes e interessantes têm sido colocadas e discutidas. Essas, na minha modesta opinião são aquelas que se destacam. O fato é que o momento é de um repensar constante apoiado numa contínua análise de como as coisas estão se desenrolando. É um intensivão de compreensão do cenário VUCA (Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade) no qual o mundo já estava inserido.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Na atividade

Americanas lança campanha “#EstarJunto é muuuito mais que estar perto” em homenagem ao Dia das Mães

Em comemoração à data, a marca vai oferecer condições especiais de pagamento, entrega rápida e até 10% de cashback

A Americanas sabe que, este ano, a comemoração do Dia das Mães vai ser um pouco diferente. Pensando nisso, a marca lançou a campanha “#EstarJunto é muuuito mais que estar perto”, que reúne diversos itens e condições especiais de pagamento para presentear quem você ama nessa data sem sair de casa.

São produtos de diversos departamentos, de informática, eletrônicos, telefonia, eletroportáteis a beleza, perfumaria e chocolates, com condições de parcelamento em até 12x sem juros no cartão de crédito, em compras feitas pelo site ou app. Além disso, quem pagar com o app Ame Digital poderá receber até 10% de cashback (parte do dinheiro de volta).

Para proporcionar uma compra segura, a marca conta com o “Entrega Rápida”. O serviço pode ser encontrado na opção “Compre e Receba Hoje”, disponível no site ou no app, em que o cliente pode inserir o CEP e escolher a loja Americanas mais próxima. Com a loja selecionada, basta escolher os produtos desejados, fechar o pedido e aguardar a entrega. É possível também comprar e agendar a entrega para o CEP da casa da mãe do cliente. Antes de ir às compras, a marca recomenda a verificação das regras do serviço disponíveis na aba “Receba Hoje” do site.

Para facilitar ainda mais o acesso aos produtos, a Americanas disponibiliza também o hotsite nasuacasa.lojasamericanas.com.br. Nele, o cliente consulta a disponibilidade do serviço de entrega para o CEP informado e é direcionado para o WhastApp da loja mais próxima para realizar o seu pedido.

E para surpreender as mães, os clientes poderão criar, mesmo de longe, um vídeo temático em comemoração à data. Basta selecionar algumas fotos e disponibilizar via Messenger, no Facebook da Americanas. Em instantes, o vídeo estará pronto para download e envio para as mães.

Fonte: In Press/Porter Novelli

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0