Sindicato dos Jornalistas de São Paulo oxigena sua área de formações e oferece cursos de extensão à categoria

A temática dos conteúdos oferecidos é voltada a atualização e mercado editorial

Com o intuito de oferecer novas oportunidades de especialização aos profissionais, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), em parceria com o programa De Olho na Rede oferecem cursos de especialização em cinco áreas diferentes: Jornalismo Sindical; Jornalismo para a Diversidade; Jornalismo Esportivo; Jornalismo Científico; e Jornalismo de Dados.

Os cursos são online, em tempo real e já começam em maio. As aulas serão ministradas por profissionais que atuam nessas áreas e são desenhados na perspectiva do meio digital. “Estamos em um momento propício para o oferecimento de cursos, tendo em vista o rápido desenvolvimento tecnológico e a necessidade para os jornalistas de ampliarem o seu conhecimento e capacidade de atuação profissional”, considera o presidente do Sindicato, Paulo Zocchi.

Veja quais são os cursos oferecidos:

1 – JORNALISMO SINDICAL

Neste curso, os participantes terão o conceito e a contextualização do jornalismo sindical, assim como o entendimento de como se deve atuar na prática do dia a dia. É uma oportunidade interessante de descobrir um outro campo de atuação, na qual poderão exercitar o jornalismo nos seus variados canais, como TV, rádio, impresso e internet.

Os objetivos são:

– Discutir o jornalismo no âmbito da história do movimento sindical no Brasil

– Contextualizar a força do jornalismo impresso na área sindical

– Trabalhar a integração e a conexão das variadas mídias de forma que possam beneficiar o trabalho dos jornalistas e gerar valor para os trabalhadores

– Analisar a presença da internet e das mídias sociais digitais como parceiras do jornalismo sindical

– Adaptar assessoria de imprensa e RP nas funções do jornalista sindical.

2 – JORNALISMO PARA A DIVERSIDADE

Este curso traz a adequação do tema para a comunicação digital, com vistas a atender a diferentes públicos.

Os objetivos são:

– Discutir a prática do jornalismo com foco na diversidade

– Entender o contexto de diversidade no momento atual

– Compreender o alcance e particularidades das plataformas digitais na disseminação de informação e engajamento

3 – JORNALISMO ESPORTIVO

O curso visa apresentar o trabalho do jornalista no setor esportivo, com a experiência e vivência diária de profissionais que atuam há muito tempo nesse campo.

Objetivos:

– Apresentar o contexto do jornalismo esportivo no Brasil e no Mundo.

– Discutir as áreas, canais e recursos utilizados pelos profissionais.

– Contextualizar os conteúdos para cada um deles.

– Destacar a força da internet, sobretudo no apoio ao rádio e à TV.

– Avaliar como são feitas as transmissões e as análises esportivas

4 – JORNALISMO CIENTÍFICO

É uma especialização que se dedica a decodificar ao público fatos relativos a pesquisas, estudos e investigações sobre as mais diversas áreas da ciência, como tecnologia, biologia, medicina, arqueologia, astronomia, economia, direito, entre tantas outras.

Este curso destina-se aos profissionais que buscam diversificar sua atuação no jornalismo, por meio do jornalismo especializado, aproveitando-se de um vasto campo de atuação. Além da introdução ao jornalismo científico, esta formação trabalhará a pauta; a cultura científica versus narrativas jornalísticas, tradução e pesquisa online, plataformas para divulgação científica, além de promover discussões e reflexões com exercícios práticos.

5 – JORNALISMO DE DADOS

O curso orienta sobre como desenvolver conteúdo a partir de dados, analisando-os na perspectiva da informação ao grande público. Auxilia na apuração e investigação de matérias jornalísticas. Voltado a jornalistas que querem se aprimorar e entender o a lógica da informação em bancos de dados relevantes para o seu dia a dia. Dentre os quais destacamos não apenas Google, Facebook e outras ferramentas digitais, mas inclusive arquivos de veículos como Folha de S.Paulo, Estadão, Globo, entre outros.

O curso discutirá os temas: o novo processo de produção de informações; recursos e vantagens do Big Data; os riscos do jornalismo mecânico; visão crítica desse novo formato do jornalismo; o apoio dos dados nos segmentos jornalísticos.

Para mais informações e inscrições, acesse aqui

SOBRE O DE OLHO NA REDE

Ivone Rocha e Naia Veneranda

O DE OLHO NA REDE é um programa de cursos criado pelas gestoras Ivone Rocha e Naia Veneranda para dividir seus conhecimentos de mais de 20 anos e trocar experiências sobre comunicação, branding, marketing e negócios digitais.

Ivone Rocha é jornalista, especialista em mídia digital e em tecnologia da informação, mestre em políticas públicas e professora do ensino superior em comunicação integrada e digital.

Naia Veneranda é jornalista, tradutora, professora e palestrante, formada também em História e especialista em Letras e Comunicação Digital e mestre em Estudos da Tradução. Desenvolve produção técnica em EAD para curso de Letras.

Fonte: KAMPLIE COMUNICAÇÃO – Paula Farias

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

IAB Brasil lança campanha “Mulheres do digital”

IAB Brasil lança campanha “Mulheres do digital”, com conteúdos assinados por lideranças femininas

Ação acontece em alusão ao mês de março, quando se celebra o Dia Internacional da Mulher. A cada semana, a Associação vai compartilhar artigos, vídeos, entrevistas e até podcasts com executivas e profissionais de destaque que colaboram para o desenvolvimento da publicidade digital no Brasil

O IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau), associação que representa o mercado de publicidade digital no Brasil, promove durante todo o mês de março — período marcado pelo Dia Internacional da Mulher,— a campanha “Mulheres do digital”, com a divulgação semanal de diversos conteúdos assinados por lideranças femininas do setor.

Até o fim do mês, mais de 15 profissionais – que representam veículos, anunciantes, agências e empresas de tecnologia – dividirão com o público os obstáculos e os caminhos para mais equidade de gênero em todo o ecossistema publicitário.

A cada semana, será possível acompanhar no site do IAB Brasil e nas suas redes sociais um assunto pré-definido, sobre o qual serão destacados, por exemplo, o papel do RH na busca por mais representatividade feminina em posições de liderança, os reflexos da falta de representatividade feminina na Criação e nas campanhas, tecnologia, dados, além de estreitar um diálogo propositivo sobre líderes que inspiram e colaboram para o desenvolvimento da indústria.

Serão artigos, vídeos, bate-papos e até podcasts que podem ser consumidos gratuitamente e servir de alento para insights futuros.

“O IAB Brasil já busca enaltecer a importância da representatividade feminina definindo, por exemplo, a equidade de gênero nas lideranças dos nossos comitês. Além disso, temos um comitê voltado exclusivamente para a construção de uma publicidade mais heterogênea, igual e inclusiva. A campanha neste mês também é bastante relevante por destacar exemplos bem-sucedidos que são inspiração para novas mulheres de sucesso” , comenta Cris Camargo, CEO do IAB Brasil.

Para conferir os materiais, acesse o site e as redes sociais do IAB Brasil.

Fonte: XCOM

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

ACIT agora no Youtube

ACIT lança novo canal no Youtube e traz vídeos com dicas de profissionais de diversas áreas

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté traz mais uma novidade para os empresários da cidade e lança, nessa semana, seu novo canal na rede Youtube.

Nesse canal, a ACIT irá oferecer uma série de vídeos com dicas de profissionais de diversas áreas com a intenção de ampliar as informações e abranger mais empresas e, assim, continuar a auxiliar empresários e colaboradores no desenvolvimento econômico da cidade.

Inicialmente, as áreas abordadas serão: Marketing Digital, focado nas ferramentas do Instagram; Marketing Digital para o ramo de Gastronomia; e Dicas Jurídicas; sempre com instruções relevantes e que podem ser aplicadas em diferentes tipos de negócios.

O material será disponibilizado no Youtube, mas também poderá ser acessado no IGTV do Instagram. As redes da ACIT podem ser encontradas como “acitaubate” (Site, Youtube, Instagram, Facebook e Linkedin). Todas elas são abertas e estão disponíveis para quem estiver interessado em acessar livremente os conteúdos disponibilizados.

O primeiro vídeo é uma apresentação do projeto e será lançado nessa quarta-feira,15 de julho. Nessa primeira semana, excepcionalmente, será disponibilizado outro vídeo inédito na sexta-feira, dia 17 de julho, que irá trazer as dicas de marketing para o setor de gastronomia. A partir da próxima semana as publicações serão semanais e sempre às quartas-feiras.

Como todas as empresas, a Associação também vem se ajustando e se adaptando para esse período atual. A ACIT também tem estudado e feito diversas avaliações sobre a melhor maneira de continuar ofertando seus produtos aos associados e, com isso, tem apostado nas plataformas digitais como meio para chegar aos empresários, mantendo sua missão de capacitar e desenvolver as empresas de Taubaté.

Fonte: Bruna Abifadel – Assessoria de Imprensa

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Vaga para atuar na área de marketing

Oportunidade de estágio em Marketing

É necessário Ensino Superior

Salário: a combinar

Carga Horaria: 30 horas semanais

De Segunda a Sexta: 12:00 as 18:00

Requisitos:

Habilidades em: Photoshop e Corel Draw.

Funções – Criar e Administrar conteúdos.

O estagiário terá contrato firmado entre : Empresa – Faculdade – Central Estágio.

Interessados enviar curriculum para: doradorallice@outlook.com

Local que irá trabalhar: Loja de Roupas, próximo ao Taubaté Shopping

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Coluna {De dentro pra fora}

O fim do corporativês na Comunicação Corporativa

Vitor 2016

Vai ter post de linguagem de novo. De linguagem, de formato, de brand persona.

Nos últimos meses, vários clientes quiseram trocar ideias sobre formato de veículos/canais e a abordagem que usam em seus conteúdos.

A gente tende a ter uma visão bem quadradinha de comunicação corporativa. Você já pode descontrui-la totalmente, pois tudo tem mudado rápido e consideravelmente.

Nessa discussão, acho importante considerarmos dois pontos: os canais e a linguagem.

• Os canais estão se aproximando do comportamento cotidiano do nosso público interno. Redes corporativas, grupos fechados no Facebook, Instagram, grupos no WhatsApp (com muitas ressalvas e atenção, ok? Polêmicos!) e até as queridinhas publicações estão ganhando formatos digitais, como revistas eletrônicas (cheias de interatividade) e aplicativos. Yes!

• A linguagem está cada dia mais leve. Os textos pesados e com estruturas “certinhas” estão perdendo espaço para os textos informais. Muito mais próximos e convidativos.
O conteúdo ganhou uma abordagem mais humanizada, ou seja, fala-se de estratégia, mas com foco nas pessoas, considera a opinião do leitor, busca pautas que sejam interessantes para o empregado e se estabelece um diálogo.

Antes a gente escrevia textos jornalísticos tradicionais. Hoje, a gente escreve memes!

Esses dois pontos me lembram uma técnica que eu gosto muito de aplicar em CI: Brand Persona. Uma Brand Persona corporativa não pode mais ser chatinha. A gente ainda tem segmentos bem tradicionais, mas em geral a Comunicação Corporativa acompanhou as necessidades de relacionamento de todos nós. Então, ao definir a personalidade de sua marca, os comportamentos dela, o modo de falar com os públicos, os atributos, características e interesses, lembre-se de que o mundo passa por discussões importantes sobre preconceito, empoderamento, democracia e muitos outros.

Não existe espaço para mais uma marquinha. É preciso ser uma grande marca. E grandes marcas ficam longe do café com leite.

Ficou interessado na história do Whats? Cadastre-se neste estudo: http://www.comunicacaocomempregados.com.br/#!whatsapp/cdec

Share and Enjoy !

0Shares
0 0