Vaga para social media/designer jr

XCOMDesign abre vaga

Agência situada em SJCampos abre vaga para contratação de um social media com habilidades de design.

O profissional precisa ser graduado em comunicação e ter experiência na área.

Principais funções:

-Criação de conceitos criativos e cronograma de campanhas
-Redação e design de posts
-Postagens, agendamento e gerenciamento de anúncios

Pré-requisitos básicos:

-Plataforma Apple
-Domínio do Pacote Adobe
-Criatividade

Diferenciais:

-webdesign/ wordpress

Mande um e-mail com cv e portfólio para contato@xcomdesign.com.br

Agência digital busca diretor de arte

Resultage abre vaga para diretor de arte

Buscando expandir seu time de criação, a Resultage, agência focada em digital, busca diretor de arte digital.

Requisitos:
– Ser ágil e criativo(a);
– Experiência significativa comprovada em agência digital;
– Domínio dos softwares Adobe: Photoshop, Illustrator e InDesign;
– Conhecimento em formatos de mídia online e redes sociais (Posts, Facebook Ads, Instagram Stories, Google Remarketing, etc.);
– Criação de e-mail marketing (RDStation, MailChimp, e-Goi, Exact Target, etc);
– Bom relacionamento interpessoal;
– Facilidade de comunicação.

Diferenciais:
– Conhecimento em Sketch
– Conhecimento em Motion (After Effects);
– Conhecimento em WordPress.

Envie seu currículo com portfolio para negocios@resultage.com
* Currículos sem portfólio não serão analisados

Vagas para estágio em PP

Agência abre duas vagas de estágio

A Lhemos Marketing e Entretenimento abre duas vagas para estudantes de publicidade e propaganda.

Envie seu CV por e-mail (veja arte abaixo)

Coluna “Discutindo a relação…”

Os dados não vão nos impedir de errar… Que bom!

“Errar é só parte do processo de criar.”

Essa frase, dita por Ed Catmull, co fundador da Pixar e presidente da Disney e da Pixar, está na primeira página da Meio&Mensagem desta semana.

Ela é relevante, apesar de simples. Há muito entusiasmo com os dados nos dias atuais. E é justificável. Nunca pudemos reunir e tratar um volume tão grandioso de dados e informações. As tecnologias estão, sem dúvida nenhuma, ajudando muito (ia escrever ajudando pacas, mas essas expressões denunciam a antiguidade do escrevente).

É preciso que fique claro que toda essa maravilha aí presente não vai eliminar o erro. Mesmo com dados e tantos insights vindos da análise dos mesmos, o erro está logo ali, escondido atrás da próxima pilastra e pronto para nos dar um susto.

E é bom que sempre nos lembremos de que o erro deve continuar fazendo parte do processo criativo. Não se deve em hipótese alguma pensar em acabar com ele. Sou taxativo em relação a isso: todo processo criativo, de inovação, deve envolver erro(s).

Podemos e vamos ficar ficar mais assertivos em comunicação e marketing, mas errar faz parte do jogo. Os anunciantes terão que entender isso. Alguns já entenderam.

Uma excelente análise de uma grande quantidade de dados pode nos levar a bons insights. Sem dúvida. Daí pra frente nada pode garantir que teremos uma sucessão de acertos. Por uma ideia em pé, fazê-la realidade, é bem diferente. O processo criativo é tortuoso e até certo ponto deliciosamente caótico.

Essa semana fotografei e postei no perfil deste blog no Instagram a seguinte frase (também publicada no Meio&Mensagem, desta vez na semana passada, e parte de um artigo escrito por Alessandro Cauduro – sócio-fundador da W3haus:

“Enquanto as máquinas são infinitamente melhores que a gente em varrer grandes quantidades de dados e identificar padrões, nós temos a consciência e a capacidade de abstrair conceitos que ainda estão longe de se reproduzir no mundo binário.”

Bingo! É isso! Nossa capacidade de abstrair, de fabular, de conectar coisas absolutamente sem relação em um primeiro momento é, ainda, imbatível. E como não somos máquinas podemos e vamos errar. Aliás, leia o artigo, pois lá o Alessandro mostra que até as máquinas erram.

Temos que entender que para quem trabalha com processos criativos e inovação – não só em propaganda, comunicação e marketing – o uso de dados não pode virar um selo de garantia de “não erro”. Mais do que isso: devemos continuar ensinando que errar é fundamental!

E os dados? E o big data, e a Inteligência Artificial, e o machine learning e o deep learning? Serão sempre muito bem vindos, obrigado!

Estágio em design

Vaga para estágio em design em Guaratinguetá

A 4f Studio Publicidade/Marketing abre vaga de estágio para designer gráfico.

Meio período. Salário e benefícios a combinar.

Envie seu currículo e seu portfólio para nosso e-mail criacao@4fstudio.com.br

 

Vagas de estágio em agência

Tem vaga na SB Marketing

A SB busca um estagiário em designer gráfico e outro em criação e conteúdo para integrar seu time

ESTÁGIO – DESIGN GRÁFICO
– Cursando Ensino Superior em Publicidade e Propaganda ou Design Gráfico
– Domínio de Photoshop e Illustrator / Corel Draw
– Conhecimentos em edição de vídeos
– Residir em Caçapava

ESTÁGIO – CRIAÇÃO DE CONTEÚDO
– Cursando Ensino Superior em Jornalismo
– Domínio de Redes Sociais
– Excelente nível ortográfico
– Perfil dinâmico e comunicativo
– Residir em Caçapava

Envie seu currículo e portfólio (muito importante) para contato@santosebrancatti.com.br
Até o dia 15/11

Vaga na Supera para criativo

Vaga para Diretor de Arte

Agência especializada em Comunicação Estratégica com Empregados abre duas vagas para a equipe de Criação.

Pré-requisitos:
• Formação em Comunicação Social ou Design
• Experiência em agência
• Conhecimento dos softwares: Photoshop, Illustrator e Indesign
• Apresentação de portfólio
• Contratação imediata

Diferenciais:
• Ter experiência em Comunicação Interna e Corporativa

Interessados deverão enviar CV, portfólio e pretensão salarial para selecao@superacomunicacao.com.br, até 26/10/2018. No assunto, coloque “Vaga DA – SJC”.

Ouvimos o Roberto Rezende

Roberto e sua BR012

Desta vez o Publicitando foi ouvir o que o Roberto Rezende tem para dizer. Profissional de propaganda ainda jovem mas com bastante experiência acumulada, Roberto trocou algumas ideias com a gente.

Acompanhe o que ele tem pra dizer:

1 – Fale um pouco de sua trajetória profissional até abrir a BR012.

Comecei minha correria profissional na agência júnior da UNITAU, na época ainda era conhecida como ACI (Agência de Comunicação Integrada). Tive ótimas referências e professores que abriam as portas para mim. Me deram uma base muito boa. No ano seguinte, iniciei um estágio na Publicarte e antes de ir para São Paulo, também passei pela Tríadaz.

Como já tinha colocado em mente que gostaria de trabalhar nas maiores agências de São Paulo, comecei a buscar formas de conquistar esse objetivo. Foi então que o Henrique Barros, hoje sócio da Esgrima, me indicou o curso que estava fazendo: Direção de arte na Miami ad School/ESPM. Foi um divisor de águas para mim. Sempre tive que correr atrás desde o início, pois não conhecia ninguém da área, o que deixava a tarefa de chegar nos primeiros contatos ainda mais difícil. E foi a Miami que me deu a oportunidade de entrar no mercado publicitário de São Paulo já que, após o primeiro trimestre no curso de Direção de Arte com o meu portfólio todo refeito, consegui entrar na SUN/MRM do grupo Mccann. Adorava a agência, mas ainda tinha o sonho de trabalhar em uma grande agência e com advertising. E de lá fui para Salles Chemistri, da Publicis. Após esse período trabalhando com GM, fui para a Matos Grey quando ela estava em processo de se tornar apenas Grey Brasil.

Após um ano trabalhando na equipe do Guy Costa, fui para Almap BBDO, a disney para qualquer amante da direção de arte. Fiquei deslumbrado com a oportunidade de trabalhar em uma agência que tinha uma infraestrutura perfeita para exercer a profissão. E, uma vez inserido no mercado, você percebe que a propaganda em São Paulo é uma grande panela, onde indicações começam a aparecer de todos os lados, principalmente quando havia uma troca no comando criativo. Foi então que fui parar na JWT Brasil. No primeiro ano trabalhei com diversos clientes e, no meu último ano na agência, a Blue Hive assumiu o comando da Ford no Brasil e trabalhei exclusivamente para eles.

Posteriormente ainda trabalhei no Grupo Eugênio, participei de um projeto para Fiat pela Sunset até chegar na Ogilvy Brasil. Antes de me mudar para Blumenau, ainda fiz mais um projeto para o Santander, pela E/OU MRM. Como já estava com planos de voltar para Taubaté, durante o tempo que fiquei em Blumenau, trabalhei em uma agência local e pude conhecer melhor o processo de uma agência com poucos funcionários, o que me ajudou a direcionar melhor a forma de trabalhar na BR012.

2 – Por que voltar a Taubaté? Qual a proposta da BR012?

Primeiro porque após 10 anos em São Paulo a gente começou a buscar mais qualidade de vida além de conseguir ficar mais perto da família. Morar em São Paulo é muito bom, mas te consome bastante.

E depois, eu acho que sempre senti que havia muitas oportunidades se abrindo no mercado publicitário do Vale do Paraíba, só era necessário pensar em uma estrutura e um modelo mais enxuto, já pensando nos valores que são bem abaixo do mercado paulistano. Não dá pra pensar propaganda regional imitando os processos de lá. Tinha que pensar em como aproveitar as coisas boas de cada agência que passei, mas dentro da realidade local. Não adianta. É outro mundo!

E dessa forma foi idealizada a BR012. Uma agência enxuta, onde a equipe é moldada de acordo com as necessidades dos clientes, sem nunca permitir um inchaço na estrutura. Tanto é que nossa base operacional tem apenas 40m2, dividida em 3 ambientes seguindo o conceito de espaço aberto. Assim conseguimos conversar sem barreiras ou hierarquias.

Além disso, sempre gosto de estimular os criativos a não ficarem restritos ao local de trabalho. Sou contra Agência de segurança-máxima. Quero que as pessoas andem pelas ruas e adquiram conhecimento de vida, pois só assim poderão trazer insights verdadeiros e, por consequência, chegar a conceitos realmente impactantes, fazendo a diferença não só para o anunciante em questão mas para todas as pessoas impactadas pela mensagem.

Dessa forma, conseguimos nos manter pensando grande mesmo sendo pequenos. E mantendo o controle de tudo que entra e sai da agência sem deixar cair a qualidade, mesmo quando um freela é incorporado para algum projeto.

3 – Como analisa este início de atuação aqui no Vale do Paraíba?

Promissor. Hoje, estamos chegando a 2 anos de BR012. Temos ótimos clientes como Shibata Supermercados, Shibata Casa, Cooper, IOV, Taubaté Veículos, Autopinda e Natufibras, onde a maior parte deles está conosco desde o primeiro dia.

Mas também, por outro lado, posso definir que foi um aprendizado. Tive que rever meus conceitos e pensar como manter a qualidade do trabalho criativo com prazos menores, equipe enxuta e orçamentos bem apertados.

Agora não tenho mais assistentes, produtores gráficos, rtvs, finalizadores, retocadores, etc. Nossa equipe precisa ser multidisciplinar e aguerrida para saber cobrar o escanteio e correr na área pra cabecear. E tem que fazer o gol!

E isso é muito legal, porque mesmo com toda a experiência que adquiri todos esses anos em São Paulo, a publicidade no Vale do Paraíba está me ajudando a crescer em outros aspectos profissionais e renovando o meu gás. Espero retribuir ajudando a elevar cada vez mais o nível da publicidade de todo o nosso mercado.

Empresa abre vaga para criativo

Empresa busca profissionais para atuar como Assistente de Criação em São José dos Campos/SP

Dentre as atividades estão a criação de material interno e externo (folders, catálogos, posts e comunicados.), envio de e-mail marketing, criação e atualização dos materiais institucionais, assim como peças impressas e digitais. Condução de cronograma e monitoramento das mídias sociais.

Imagem: Pixabay

Escolaridade: Ensino superior cursando ou completo em Marketing, Publicidade e Propaganda, Design Gráfico.

Conhecimentos específicos: Indispensável ter experiência com softwares do pacote Adobe, principalmente Illustrator, Photoshop e InDesign.

Local: Zona Oeste de São José dos Campos

Horário: Segunda a sexta, das 8h às 18h.

Salário: Informe pretensão salarial

Benefícios: Convênio médico e odontológico (100% participativos), refeição no local, vale transporte, desconto em instituição de ensino parceira e desconto em rede de drogaria.

Encaminhe seu CV e portfólio para fernanda.costa@plenoself.com.br