Vamos em frente

O ritmo caiu. A vontade não!

Este blog vem fazendo um esforço para continuar trazendo informação e reflexão sobre as coisas que giram em torno de nossa linha editorial: propaganda, marketing, comunicação, inovação e negócios.

Fica óbvio para todos, entretanto, que o atual momento de reclusão impôs uma séria restrição das atividades de nosso setor, assim como o fez em praticamente todos os setores da atividade industrial.

A comunicação mercadológica vem dando belos exemplos aqui e ali. Várias empresas têm tido um posicionamento exemplar no enfrentamento da pandemia do Covi 19. E várias peças e ações muito bacanas estão surgindo.

Seguimos na luta para trazer novidades e conhecimento. Naturalmente também estamos experimentando uma queda no ritmo de postagens, já que não tem acontecido muita coisa. Mas estamos atentos e fortes.

Cuidem-se!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Coluna Propaganda&Arte

Este não pode ser um título click-bait e eu explico os motivos

A redação publicitária para internet ou copywriting está passando por mais uma grande mudança. As estratégias manjadas de títulos impactantes, que criavam suspense sobre o produto ou simplesmente geravam uma necessidade de clique por pura curiosidade estão com os dias contados e eu explico nesse texto os motivos disso.

Você já deve ter escutado sobre como a propaganda pode enganar as pessoas. Na internet, as coisas não andam muito diferentes. São artigos jornalísticos transvestidos de publicidade escondida, manchetes incríveis para chamar a sua atenção a todo custo (mesmo que não seja tão verdade aquele fato) e outras atrocidades que vemos nos anúncios digitais que fazem de tudo para ganhar seu clique.

Os chamados click-baits (conteúdo atrativo que induz o usuário ao clique) que antes eram alvo de estudo e eram referência de um bom texto publicitário para internet, pois geravam mais resultado (CPC, dentre outras métricas), agora estão sendo postos em cheque pelos grandes meios de comunicação, como o Facebook que percebeu esse tipo de estratégia e não gostou nada destes números “forçados”.

Imagem de S. Hermann & F. Richter por Pixabay

As novas políticas dos anúncios estão pegando pesado em textos que criem interações falsas, sem autenticidade. Se você não mostra o produto desde o começo, pode ser barrado. Sua publicidade não será mostrada para mais pessoas como poderia. Ao filtrar e limitar sua divulgação, o Facebook está dizendo que quer mais publicidade focada no produto, mais direta, para gerar conexões mais coerentes com seus clientes. Uma ótima iniciativa, mas que coloca em prova todas as estratégias que até agora as empresas focadas em copy estavam usando. Títulos incríveis para gerar mais interações, mais cliques, mais conversões. Você sabe do que eu estou falando.

A Lei Geral de Proteção de Dados está mudando tudo!

Com essa nova preocupação das grandes empresas de redes sociais, que tem tudo a ver com as mudanças de transparência e uso dos dados pessoais (leia sobre a nova LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados), as empresas de comunicação e as agências focadas em performance estão precisando rever suas estratégias. Como criar conexões mais reais, mais autênticas? Como chamar a atenção das pessoas, não pela curiosidade, mas pelos fatos? Como ser sincero numa publicidade como nunca se foi antes?

Eu tenho meus palpites. Como redator, eu gosto de escrever aquilo que acredito. Isso dá mais veracidade ao meu conteúdo. Publicidade que não me convence, dificilmente vai convencer outras pessoas. Então, ao analisar o produto, serviço ou a empresa que estou trabalhando eu tento encontrar fatos indiscutíveis e trago a tona no meu texto publicitário. Ninguém pode discutir sobre isso, são fatos, são verdades. A partir daí, podemos evoluir e as estratégias para conseguir conexões reais com o público vão variar conforme o nível de interesse do público, do momento de compra ou do funil de venda que ele se encontra.

Você deve estar duvidando de mim:
“Ah, Ricardo, até parece que você como publicitário acredita em tudo que escreve. Acredita em cada propaganda que faz.”

Olha, eu sou bem chato quanto a isso e quem trabalha comigo sabe: eu só escrevo o que realmente acredito. Eu tento sempre ser sincero e trazer ao público verdades da marca. Não acredito que a publicidade tradicional, das marcas perfeitas, tenha futuro, então acredito em valores. E as pessoas também têm valores. Então é nisso que me baseio. E tem dado certo!

Não posso dizer que outros redatores façam como eu, acreditam no que escrevem, mas as mudanças do mercado, como as políticas do Facebook, estão forçando uma nova realidade onde a verdade estará cada vez mais a tona e somente irá sobreviver marcas que estão realmente preocupadas em ser elas mesmas. Marcas “sinceronas”.

Sabe como é, ninguém gosta de conversar com um amigo que seja falso. Isso se aplica às marcas hoje em dia. Os tempos são outros, os títulos são outros e os objetivos também.

Como você tem se preparado para tudo isso? Você clica em qualquer anúncio ou pensa antes de clicar em um título atrativo? Esse é o momento de pensar. Seu clique vale muito!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Vagas para atuar em criação

Vagas para o departamento de criação

Leia a descrição abaixo e envie seu Currículo + Portfólio para curriculo@alphalumen.org.br / dani@alphalumen.org.br , colocando no assunto do e-mail: “Vaga – Direção de Arte”.

Data limite: 27/03
Local: São José dos Campos – SP
www.alphalumen.org.br

TRAINEE – Meio Período (2 vagas)
Pré-requisitos:
Conhecimento dos softwares: Photoshop e illustrator
Estar apto a criar e gostar de aprender
Responsabilidades:
Criar, alterar e adaptar peças de comunicação impressas e digitais
Trabalhar em equipe

JÚNIOR – Período integral (1 vaga)
Pré-requisitos:
Formado/Cursando Publicidade e Propaganda ou Design Gráfico
Conhecimento dos softwares: Photoshop, illustrator e inDesign
Conhecimento de princípios do design e habilidade com criação de layouts
Responsabilidades:
Criar e adaptar peças de comunicação impressas e digitais
Criar identidades visuais, projetos editoriais e campanhas
Trabalhar em equipe em um ambiente de produção

DIFERENCIAIS
Compreender conceitos de editoração gráfica
Ser proativo e dialogar com vários departamentos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Na atividade

Qualicom para Basf

A Qualicom Diálogos Estratégicos planejou e elaborou o troféu para o prêmio EPS Awards, promovido por seu cliente BASF. Essa premiação reconhece empresas prestadoras de serviços quanto a suas iniciativas para melhorar a gestão de segurança da empresa e de seus colaboradores.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Agência abre vagas na criação

A SB Marketing está buscando criativos

Agência sediada em Caçapava está selecionando novos talentos para seu time criativo e busca:

DESIGNER GRÁFICO
– Desenvolvimento criativo
– Domínio do pacote Adobe
– Domínio de edição de vídeos e diagramação
– Residir em Caçapava
– Possuir experiência no ramo publicitário

ARTE FINALISTA
– Domínio de Adobe Photoshop e Adobe Illustrator
– Conhecimentos em edição de vídeos
– Residir em Caçapava

Envie seu Currículo e Portfólio para contato@santosebrancatti.com.br e coloque no assunto do e-mail a Vaga que deseja. Boa sorte!!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Itubaína ganha rebranding em projeto da CBA B+G

Modernização destaca essência divertida e autêntica da marca, lançada em 1954

Uma das mais icônicas marcas de bebidas do mercado brasileiro, lançada em 1954, a Itubaína apresenta sua nova identidade visual. O projeto de rebranding, que envolve todas as embalagens, produtos e materiais de comunicação da linha, foi desenvolvido pela CBA B+G.

O trabalho teve como principal objetivo rejuvenescer a marca, mantendo sua essência autêntica e divertida. Destacando sua tradição, mas fugindo do convencional, o facelift trouxe traços mais modernos, sem deixar de lado os principais códigos de reconhecimento.

“Essa evolução reforça o posicionamento de diversão espontânea para que Itubaína seja reconhecida tanto pelos consumidores já acostumados com a marca quanto por aqueles que estão inserindo o produto no seu dia a dia”, afirma Luis Bartolomei, CEO e head de criação da CBA B+G.

Na identidade principal, foram mantidas as cores bordô e bege, em uma combinação mais vibrante. Já as letras passam a trazer maior fluidez, sem serifas e interagindo com o visual. O conceito passa também a ser desdobrado para todo o portfólio da marca, guiados por um brand book desenvolvido pela CBA B+G que abrange outras versões de produtos e todos os pontos de contato.

Fonte: Tulom Comunicação – Gislaine Oliveira

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Dança das cadeiras

O mercado em ritmo forte no início do ano

O mercado de comunicação e marketing do Vale do Paraíba está aquecido e várias novas posições foram assumidas recentemente por estagiários e profissionais.

Yasmim Mattos acaba de assumir o cargo de Analista de comunicação na Tecnored Desenvolvimento Tecnológico S.A. Ela estava atuando como Analista de Comunicação Interna Pleno na Spani.

O ainda estudante de publicidade e propaganda Jefferson Oliveira é o novo Redator na Rua Zero.

A estudante de relações públicas Lorrane Figueiredo é a nova estagiária de Marketing Digital na Conecta Marketing Digital, de São José dos Campos.

A publicitária Mariana Mazzi acaba de assumir posição na Comunicação Interna na AmstedMaxion. Ela já foi redatora na Fundação João paulo II e também como freelancer.

E o jornalista Igor Imediato assume função na CODIVAP, Associação dos Municípios do Vale do Paraíba, como Assessor de Comunicação.

 

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Vaga para assistente de criação

Casa 3 busca assistente de criação

Agência localizada em Taubaté busca reforço para seu time criativo. Trabalhos on e off-line:

– Gostar de criar e resolver desafios

– Pró-atividade

– Conhecimento do pacote Adobe.

– Bom gosto e habilidade com criação de layouts e princípios do design.

– Formado ou cursando, Design Gráfico, Publicidade, Marketing.

– Conhecimento de Social Media

Horário comercial

Contratação: PJ

Local de trabalho: Taubaté-SP

Início: imediato.

Envie o currículo e portfólio com o assunto, ASSISTENTE para: falecom@agenciacasa33.com.br

Até o dia 6/3

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Agência abre vaga de estágio em comunicação

Vaga de estágio em comunicação

A Helpis Comunicação (@helpisbr) está em busca de um estagiário para auxiliar na área de criação e redes sociais da agência.

Os interessados deverão enviar currículo para atendimento@helpis.com.br com o assunto Estágio em Comunicação – Criação. Envio de trabalhos experimentais (feitos na faculdade) podem ser um diferencial.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

mLabs lança websérie no Instagram

TransCriativa mLabs: 1ª websérie no Instagram aborda empreendedorismo criativo e mostra como novas formas de fazer negócio estão mudando o Brasil

Projeto que rodou o país em busca de histórias inspiradoras, traz provocações entre tecnologia versus inovação e ainda aborda reflexão sobre o que é sucesso para pequenas empresas

A mLabs, plataforma líder de gestão de mídias sociais no Brasil, anuncia a 1ª Instasérie voltada para empreendedorismo do país. Projeto realizado com a parceria dos profissionais Alex Lima e Nathalia Montibellr, casal “think tank”, que topou percorrer o Brasil por 60 dias procurando casos de empreendedorismo que saiam da caixa, estará disponível no perfil @transcriativa. Ao todo são 30 histórias inspiradoras, que visam mostrar como o brasileiro consegue usar a criatividade para gerar renda e tornar o seu pequeno negócio competitivo.

Para Alex Lima, especialista na criação de projetos, que já trabalhou para empresas como Petrobrás, a aventura de embarcar em um motorhome e viajar o Brasil em busca de relatos reais de empreendedorismo mostrou um país diferente e cheio de oportunidade para crescimento. “Foi uma desconstrução profunda. Os pequenos empreendedores pensam em soluções diferentes e até engraçadas para chamar a atenção dos clientes. Em conversa com eles vi que a inovação não necessariamente está ligada com o aumento de tecnologia, pelo contrário, o aspecto inovador vem do próprio empreendedor em criar soluções efetivas para entender o público. Em uma ilha em Recife, por exemplo, as mulheres da região dão uma aula de empreendedorismo. Elas virão que incentivando o turismo e unindo a comunidade conseguiriam aumentar o preço do produto. O resultado foi mais do que o ganho em si, a mudança até gerou um impacto social no local” comenta Lima.

Segundo o Empresômetro de 2019, o Brasil conta com mais de 20 milhões de empreendimentos. Sendo que destes, 70% são pequenos, representando cerca de 13,5 milhões de negócios. De acordo com uma pesquisa encomendada pelo Facebook e realizada pelo Instituto Locomotiva, em parceria com o Ibmec, MPEs que se digitalizam aumentam em média 20% o seu faturamento mensal. Na visão da mLabs, a Instasérie vêm mostrar também como as redes sociais são aliadas das pequenas empresas. “Nossa intenção com a TransCriativa foi identificar histórias que comprovam o quanto a criatividade é realmente um combustível fundamental para os micro e pequenos negócios. Mas, imagina se essa inventividade passasse a ser exposta nas redes sociais onde estão conectados milhões de brasileiros? Sem dúvida essas empresas passariam a ter ganhos exponenciais, em especial, em vendas. É fato de que as redes sociais são mais efetivas para estes perfis de negócios do que para as grandes companhias”, comenta Rafael Kiso, fundador da plataforma e especialista em mídias sociais.

Para saber mais sobre a mLabs e sobre o projeto clique aqui.

Fonte: Emanoella Leite – Assessora de imprensa

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0