Curso mostra como encantar o cliente

Aprenda sobre a Arte de Encantar o Cliente no Senac Guaratinguetá

A Arte de Encantar o Cliente
Aborda e ensina técnicas e ações que contribuam para a criação de vínculos de fidelidade e lealdade entre clientes, marcas e empresas, valorizando o relacionamento e superando expectativas.

Data: 13/5 a 27/5
Horário: 14h às 17h, sábado.

Serviço:
Local: Senac Guaratinguetá
Endereço: Avenida Doutor João Baptista Rangel de Camargo, nº 50, Centro
Informações e inscrições: (12) 2131-6300 ou www.sp.senac.br/guaratingueta

Fonte: KMS Comunicação – Thaís Mazini – Natalee Neco

Conheça o “EmpregaACIT”

Novo link “Emprega ACIT” é disponibilizado em site para auxílio na recolocação profissional

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT), sempre atenta ao cenário financeiro e ao desenvolvimento da cidade por meio do comércio e prestação de serviços, traz mais uma novidade em seu site corporativo, o Emprega ACIT.

Dessa vez, a Associação oferece a oportunidade de busca das vagas disponibilizadas na cidade para recolocação no mercado de trabalho. Essa ferramenta para cadastro de currículos é uma parceria com o Banco Nacional de Empregos (BNE) e qualquer pessoa física pode acessá-lo para buscar novas vagas. Além disso, os candidatos podem realizar o cadastro de seu currículo profissional para possíveis oportunidades futuras.

As empresas associadas também podem desfrutar desse benefício utilizando a busca de profissionais por meio do acesso aos currículos no banco de dados. Os associados podem também realizar o cadastro de suas vagas de empregos para que sejam visualizadas por todos que estão em busca de recolocação.

Com essa nova ferramenta, a ACIT tem como objetivo auxiliar na diminuição do desemprego da cidade, valorizando a mão de obra local e incentivando as empresas a buscarem esses profissionais em nossa região. Mas, acima de tudo, criar facilidade ao concentrar em seu site mais esse facilidade tanto para as empresas associadas quanto para a comunidade local.

O link do Emprega ACIT pode ser acessado pelo site da instituição no endereço www.acitaubate.com.br.

Financiamento à inovação

Desenvolve SP fala sobre financiamento à inovação no Cubo Coworking

A instituição financeira do Governo de São Paulo oferece crédito sustentável para pequenas e médias empresas e startups tirarem seus projetos inovadores do papel

Nesta segunda-feira, 8/5, Álvaro Sedlacek, diretor de Financeiro e de Negócios da Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista apresenta uma palestra gratuita sobre linhas de financiamento para Inovação no Cubo Coworking. Aberto ao público, o evento acontece das 18h às 20h, no auditório do espaço, localizado na Rua Casa do Ator, 919, Vila Olímpia, em São Paulo.

No evento, Sedlacek fala sobre a importância do investimento em inovação e apresenta as linhas de financiamento da Desenvolve SP, além de todo o suporte que a instituição oferece para empresas que pretendem inovar em seus negócios. Com taxas a partir de 0,57% ao mês e prazos de até 10 anos para pagar, incluindo dois anos de carência, as opções de crédito da Desenvolve SP atendem todas as necessidades das empresas de médio e pequeno porte e também startups.

“Queremos mostrar que inovar não é, necessariamente, só a criação de novos produtos, mas também é possível promover inovação nos processos de produção ou mesmo na gestão dos negócios”, afirma Sedlacek. Segundo ele, o porte da empresa também não é fator de exclusão em inovação. “Vemos desde startups até empresas consolidadas no mercado se reinventando o tempo todo. É preciso não ter medo de arriscar”, completa.

Serviço:

Palestra Linhas de Inovação Desenvolve SP | Cubo Coworking
Data: 08 de maio de 2017, segunda-feira.
Horário: 18h às 20h
Local: Cubo Coworking
Endereço: Rua Casa do Ator, 919 – Vila Olímpia – São Paulo.
Inscrições: https://www.sympla.com.br/linhas-de-financiamento-para-inovacao__136912
Informações: (11) 3123-6076
Valor: gratuito

Fonte: Assessoria de imprensa | DESENVOLVE SP

Coluna “Discutindo a relação…”

Comunicar bem só faz bem

A comunicação é sempre muito discutida e falada dentro das empresas. A maioria dos presidentes, CEO’s e gerentes sempre destacam sua importância em variados momentos e conversas no dia-a-dia empresarial.

Infelizmente, nem sempre esse discurso se transforma em ações concretas. Mais do que isso: nem sempre as indústrias, empresas comerciais e prestadoras de serviços enxergam a comunicação como elemento constituinte de seu planejamento estratégico. Essas formas de pensar o uso da comunicação são bastante comuns em nossa região.

Já há, é verdade, honrosas exceções a essa regra. Alguns empresários e executivos já pensam a comunicação como elemento essencial da estratégia de mercado de suas empresas. Algo tão importante quanto a logística, as vendas e a maneira de administrar o fluxo de caixa.

A verdade é que a comunicação deveria ser um dos pilares do pensamento administrativo. E tratamos aqui não só da comunicação externa – aquela que se dirige ao consumidor final de seus produtos e/ou serviços, ou mesmo aos intermediários – mas também a interna aquela dirigida aos que trabalham na empresa.

A comunicação externa é capaz de criar imagem corporativa, imagem de marca e motivação para a compra. Imagem corporativa e imagem de marca são importantes (até essenciais) para qualquer tipo de empresa, mesmo aquelas que não tenham produtos voltados diretamente ao consumidor final. Já a motivação para a compra é determinante para empresas quem vendem produtos e serviços diretamente ao usuário final (varejo e prestadores de serviços).

Já a comunicação interna é fundamental para motivar as equipes de sua empresa e para fazer com que todos tenham claro quais são os objetivos, metas e até mesmo a missão de sua corporação. As empresas em alguns casos investem bastante em treinamento, mas pouco ou nada em comunicação interna.

Os cursos de administração deveriam ter disciplinas da área de comunicação, comumente encontradas nas grades curriculares dos cursos de comunicação social em suas diferentes habilitações (basicamente jornalismo, relações públicas e publicidade e propaganda). O mesmo deveria ocorrer nos diversos MBA’s e pós-graduações.
Você que é dono ou dirige uma empresa de qualquer segmento e/ou porte deveria começar a pensar de forma mais estratégica a sua comunicação interna e externa.

Afinal de contas, boa comunicação só trás benefícios. Boa comunicação só faz bem.

Esteja pronto para a retomada

 

Os multiplicadores de lucro
Por Francisco Nozolino

arrows-1412060_640

E aí, está preparado para a retomada? O Brasil sempre viveu uma gangorra de bons e maus momentos.
Os novos empreendedores certamente estão passando pela primeira crise econômica de suas vidas. Me permito listar algumas dicas e perguntas ”poderosas” que poderão auxiliar na sobrevivência e na multiplicação de lucros, que se aplicam virtualmente a todos os tipos de negócios.
Vamos lá,

• Reavalie as suas estratégias aplicadas nos negócios garantindo que ela seja a mais clara e detalhada possível.
• Foque em cinco caminhos fundamentais para gerar as estratégias e ações necessárias que te ajudarão a melhorar seus lucros em mais de 60%! Pergunte-se:

o Tenho um plano de marketing? Um plano detalhado o suficiente que direcione meu time a prospectar corretamente o mercado?
o Tenho uma estratégia comercial para convencer meu público-alvo a se converter em clientes? Como meus produtos e serviços se diferenciam dos de minha concorrência? Qualidade e atenção ao cliente já não bastam porque sua concorrência mais importante tira isso de letra!! Tem que ser oferecer algo mais! Inove!
o Meu serviço pós-venda mantém meus clientes atuais fieis e continuando a comprar mais volume?
o Meu serviço pós-venda mantém meus clientes atuais fieis e continuando a comprar mais de seu portfólio de produtos ou serviços?
o Conheço com detalhe as estruturas de custos de minha empresa? Sei diferenciar custos fixos de variáveis?Sei como tornar meus centros de custos mais do tipo “variáveis” e menos do tipo “fixos”?

• Faça um planejamento detalhado e rigoroso para essas estratégias e respectivas ações.
• Reaja rapidamente às novas condições do ambiente econômico interno e externo,

o Conheçe o ponto de equilíbrio de sua atividade?
o O seu negócio é lucrativo? Ou
o acha que sim, mas não sabe porque não sobra dinheiro?
o Ou está claramente perdendo dinheiro? E o que deve fazer?
o Manter o fluxo de caixa sempre positivo deve ser uma tarefa constante! Aja com rapidez, determinação e coragem para equilibrar suas contas.
o Você mistura os recursos da empresa com as suas contas pessoais?

• Reveja seus planejamentos trimestrais e anuais, meça e ajuste, passado e futuro, sempre trimestralmente! Além disso acompanhe seus números principais diária, semanal e mensalmente!
• Não deixe também de avaliar as estratégias para um plano de cinco anos! Não esqueça que seu negócio mudará constantemente e é justamente por isso que deve olhar para onde deve ir (para não parar em qualquer lugar, ou pior, não chegar a lugar nenhum!).
• Não diga que “no Brasil as coisas mudam tanto que não faz sentido um plano para cinco anos”. E principalmente, não subestime suas capacidades de gestor de seu empreendimento! Reveja com sua equipe seus conceitos e pratique a visão e planejamento a cinco anos! Não é uma ação individual, mas de sua equipe, sob sua liderança!
• Seja um sobrevivente e se prepare para ressurgir mais forte e com maior participação de mercado do que antes!
• O Brasil tem um mercado potencial futuro muito grande. Prepare-se e aproveite.

Agora você deve estar se perguntando: qual o “caminho das pedras” para chegar lá e implementar tudo isto?
Para começo de conversa é fundamental:

• Querer, entusiasmo, ambição
• Conhecimento
• Trabalho em equipe
• Peça ajuda!

Francisco Nozolino é coach de negócios e auxilia, por meio de poderosas práticas de vendas, marketing e estratégia, inúmeras empresas a alcançar o alto desempenho, elevando as melhorias em produção de lucros.

Um show de business

Feira de Oportunidades e Empreendedorismo da UNITAU tem música como tema

Todo mundo tem uma música preferida. Tem gente que tem até trilha sonora da vida. A música é uma linguagem universal e foi essa a temática escolhida para o nosso “Show de Business” que marca a quarta edição da Feira de Oportunidades e Empreendedorismo da UNITAU, que acontece nos dias 9 e 10 de maio. O conceito foi definido pelos estagiários de Publicidade e Propaganda da ACOM Ariel Marcon e Tiago Mariano. A identidade desenvolvida contou com a orientação do diretor de criação Rodrigo Abreu e com a colaboração do estagiário Felipe Punhagui.

O evento terá novo palco neste ano: o Departamento de Arquitetura. A programação também terá novidades. Além das palestras com professores da UNITAU e profissionais de diversas áreas, o grande diferencial é a sala “De 15 em 15”, um espaço para que nossos alunos empreendedores compartilhem suas experiências em 15 minutos. Para continuar no clima musical, esses empreendedores nos contaram qual a música que os inspiram. A coletânea virou uma playlist que estará disponível no Spotify e também tocará durante a Feira..

bandas_feira

Para divulgar o evento, estão sendo realizados diversos pockets shows no Departamentos, uma ação planejada pelo núcleo de Publicidade e Propaganda da ACOM. Os músicos convidados são alunos da UNITAU e os estilos são variados: tem rap com a galera do JKR, sucessos do pop com Thalia, uma levada pop-rock com Os Vinis, um mix de estilos com Caique e Leandro e sertanejo com Caio Tebassi. As apresentações acontecem durante o intervalo das aulas e seguem até dia 6, próxima sexta-feira.

A Feira de Oportunidades e Empreendedorismo acontece nos dias 9 e 10 de maio, das 18h às 22h. As inscrições podem ser feitas pelo site da UNITAU e a programação pode ser conferida aqui.

Fonte: ACOM

Dança das cadeiras

Duas novas alunas no mercado

Duas alunas do curso de publicidade e propaganda da Unitau passam a estagiar em diferente empresas.

Paula Vilela, aluna do sétimo semestre, entrou como estagiária de Marketing e Desenvolvimento na Aviação Executiva da Embraer. As funções que ela passa a exercer são: auxiliar a análise de relatórios gerencias, orientar as atividades sob o ponto de vista técnico/científico e auxiliar na criação de peças publicitárias.

580887_397166090341349_797323340_n

Já Helena Inaoka, do quinto semestre, entrou para a equipe da Publicarte (agência sediada em Taubaté), onde passa a atuar em criação e mídias sociais.

189330_4652166137176_424623039_n

Coluna {De dentro pra fora}

Já que o Carnaval acabou, vamos falar dos ritos

Vitor 2016

Ritos? Segundo o Michaelis, uma das definições de rito é o “conjunto de cerimônias e fórmulas de uma religião e de tudo quanto se refere ao seu culto ou liturgia”. Se a gente pensar bem, as religiões têm seus ritos, as culturas têm seus ritos e as empresas também deveriam ter seus ritos. Não, não estamos falando de religião, ok? Que fique bem claro.

Mas, então, o que seriam os ritos dentro de uma empresa? De maneira bem simples, podemos pensar nos ritos como os diferentes eventos que marcam a cultura da empresa: integração de funcionários, tempo de casa, aniversariantes do mês, aniversário da empresa, feedback, aposentadorias. Os ritos têm diversos “segmentos”, como ritos de reconhecimentos e ritos de integração. Nos momentos mais desafiadores (como o cenário econômico atual), os ritos são importantes para manter a equipe focada, envolvida e comprometida com os resultados. Eles fazem parte do processo de comunicação de uma empresa, pois são muito importantes para fixar a cultura e ajudar os empregados a entenderem a identidade da empresa por meio de práticas. Os ritos também são oportunidades de transmitir os valores da empresa, inclusive os comportamentos esperados pela gestão.

network-1020332_640

Geralmente, as verbas dos ritos são as primeiras a serem cortadas. Ou mesmo os ritos vão ficando de lado, sendo desvalorizados. Porém, eu já peguei vários briefings de manejo de cultura, de empresas que foram compradas por outras e até resultados de pesquisas e vi muitos funcionários reclamando de ritos que foram deixados pra trás, simplesmente abandonados pela nova gestão/nova empresa. Portanto, aproveite esta semana pós-Carnaval e reflita sobre dois pontos, em diferentes cenários que você pode se encontrar:

– Quais ritos sua empresa tem? Quais traços culturais eles reforçam? Existe algum rito que você deveria implementar no processo de comunicação?

– Você precisar cortar um rito por falta de verba? Qual terá menos impacto? Qual traço cultural precisa ser mais reforçado? (Então, não corte um rito que tenha relação com ele, ok?). Não tem como simplificar esse rito ao invés de cortá-lo de vez?

Lembrem-se de que os ritos ajudam a conquistar o engajamento dos empregados, por isso devem ser tratados com muito carinho, estratégia e cuidado. Eles podem ajudá-lo muito ou causar grandes problemas. Pense bem no que você vai fazer. Só não deixe de fazer, pois eles são muito importantes no processo de comunicação interna.

Coluna {De dentro pra fora}

Feliz Ano Novo! Feliz Comunicação Interna nova!

Vitor 2016

No finalzinho do ano passado, estava numa reunião de alinhamento de estratégias e meu Diretor soltou uma frase que eu achei muito interessante. Era mais ou menos assim: “2015 foi o ano das empresas cortarem verbas de comunicação. 2016 vai ser o ano de cortarem profissionais de comunicação”. (É claro que sempre existem exceções. Segmentos que vão melhor ainda em –tempos difíceis-). Porém, essa afirmação nos faz refletir sobre como será o cenário neste ano.

As agências terão que fazer muito mais pelos clientes. Inclusive assumir responsabilidades que a princípio seriam de um analista de comunicação (da empresa). Para isso tudo funcionar, as parcerias precisam ser fortalecidas e as empresas necessitarão confiar totalmente nas agências que contratam. Ponto positivo pra quem já faz trabalhos alinhados às estratégias das empresas! Afinal, o superficial vai perder espaço para o que realmente é importante. (Como deveria ser naturalmente, não?).

work-985543_640

Mas não quero focar muito nessa questão de como será e o que as agências terão que fazer. Quero refletir sobre as pessoas. A gente sempre estabelece aquelas metas pessoais de ano novo. Vamos estabelecer metas para essa relação agência-empresa? Agências e clientes terão que estreitar o relacionamento mais que nunca. Lembrar que são pessoas dos dois lados. E que tudo o que fazemos também é pelas pessoas. A chapa vai esquentar. A pressão vai aumentar. A demanda também! Pra gente não sair frito dessa história, é preciso de mais gentileza. Mais compreensão. Mais planejamento. Mais flexibilidade. Então, antes de qualquer correria e desespero em 2016, eu quero desejar que todos nós sejamos mais parceiros, mais tolerantes e mais unidos num ano que promete grandes desafios.

Ministro estará presente

Joaquim Levy confirmado na cerimônia de entrega prêmio Estadão Empresas Mais

Ministro da Fazenda prestigiará evento que reconhecerá as mais eficientes e avançadas empresas do Brasil. Cerimônia será dia 29 (terça-feira), as 8h30, na Casa Petra

No próximo dia 29 (terça-feira), a partir das 8h30, o Estadão, em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA), promove a entrega do prêmio Estadão Empresas Mais, que apontará as mais eficientes e avançadas empresas do Brasil. O evento, que acontecerá na Casa Petra (Avenida Aratãs, 1010 – Moema), contará com as presenças de Joaquim Levy, ministro da Fazenda, e Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, entre outras autoridades e empresários.

A cerimônia é aberta à imprensa e os jornalistas devem confirmar presença pelos telefones (11) 3277-8891, ramal 32, e 99462-9496 ou pelos e-mails marco@luciafaria.com.br e grupoestado@luciafaria.com.br.
A premiação, que leva em conta o desempenho econômico, analisou 1,5 mil empresas, de 23 setores da economia, em todas as regiões do País. O ranking tem como base a classificação da Boa Vista Serviços – também parceira do projeto. Não só os balanços, usualmente avaliados em função dos resultados financeiros por elas obtidos, serão analisados, mas, conforme metodologia desenvolvida com a FIA, o Quadrante de Impacto (Q.I.), serão avaliados os resultados que elas entregam, ou seja, o melhor desempenho dessas organizações e de forma consistente. Além disso, na análise será considerado o histórico do desempenho das empresas nos últimos anos e não somente o ano anterior.

As 23 áreas que comporão o ranking do Estadão Empresas Mais são: Agronegócio, Alimentos e Bebidas, Atacado, Bancos, Crédito e Leasing, Construção, Educação, Eletroeletrônicos e Informática, Farmacêutica, Holdings, Máquinas e Equipamentos, Metalurgia e Siderurgia, Mineração e Petróleo, Papel e Celulose, Química e Petroquímica, Saúde, Seguros, Previdência, Capitalização e Fundos, Serviços, Telecom, Têxtil, Transporte, Utilidades e Serviços Públicos, Varejo e Veículos e Autopeças.

Projeto multiplataforma – O Estadão atuará com entregas diversas, aumentando a visibilidade do projeto. Além da cerimônia de entrega do prêmio, o jornal fará cobertura em suas páginas e será publicado caderno especial sobre o Estadão Empresas Mais. Um site dedicado, com acesso a assinantes, terá detalhes e análises de todas as empresas e setores. No dia seguinte ao evento de premiação estará à venda revista especial, com tiragem de 20 mil exemplares, circulação nacional e cerca de 400 páginas. Essa publicação terá chancela e análise do Broadcast, da Agência Estado.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone