Black Friday como oportunidade para fidelizar clientes

Black Friday: 5 dicas para se preparar e fidelizar clientes

*Por Maurício Trezub

A Black Friday acontece este ano no dia 24 de novembro e, por trás das grandes promoções, empresas de diversos segmentos se preparam para oferecer um ótimo atendimento e alcançar os melhores valores para atender às expectativas e preferências dos consumidores. A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) espera que o setor movimente um total de cerca de R$ 2,5 bilhões. Caso o número realmente se confirme – e, cá entre nós, esperamos que sim! – ele representará um aumento de 18% em relação ao ano anterior.

O primeiro semestre de 2017 refletiu a melhora no cenário das vendas. Segundo a pesquisa 36º Webshoppers, divulgada recentemente pela Ebit, o e-commerce faturou R$21 bilhões e registrou crescimento nominal de 7,5%, ante o mesmo período de 2016, quando foram registrados R$19,6 bilhões. O número de pedidos também aumentou, de 48,5 milhões para 50,3 milhões, bem como o tíquete médio, que passou de R$403 para R$418. Pensando na retomada econômica e nas previsões positivas que leio ultimamente, sugiro que ninguém deixe para última hora e pense com antecedência a preparação das suas estratégias.

Para isso, separei algumas dicas especiais para que você, lojista, possa evitar dores de cabeça e, assim, ofereça a melhor experiência de compra aos seus clientes. São elas:

1. Prepare seu estoque
Um dos principais motivos para um cliente nunca mais voltar no seu e-commerce é a falta de um produto desejado no estoque. É de extrema importância estar com um estoque bem planejado para atender ao pico de demanda. Por isso, trabalhar com uma margem de segurança, levando em consideração o tempo de reposição do produto, é o primeiro passo para não se ter atrito com o cliente. Também é necessário atualizar o inventário antes de datas como a Black Friday, para avaliar se os produtos e a quantidade de itens no estoque físico são os mesmos que constam no online.

Outro ponto de atenção aqui é aproveitar a data para liquidar os produtos que, eventualmente, estão parados e, assim, abrir caminho para renovar as ofertas. Para isso, você pode levar em conta as tendências de compras e hábitos do seu consumidor e como elas impactam na organização e na operação da sua loja. Assim, é possível avaliar quais são os mais atrativos e os que não precisam mais ser trabalhados. Os fornecedores também devem estar alinhados com a estratégia da sua loja. Ter um relacionamento estruturado com eles pode garantir bons negócios, além de apoiá-lo em possíveis apuros como os conhecidos pedidos de última hora.

2. Faça uma promoção de verdade
Defina suas ofertas. Não é necessário colocar todos os produtos da loja em liquidação, mas avalie e escolha quais deles podem garantir maior lucro e competitividade com os concorrentes e, só então, trabalhe com eles. Algum produto vai sair de linha ou vai ser atualizado? Veja as oportunidades. Além disso, uma das características da Black Friday é a ideia de urgência pela compra. Como as promoções duram pouquíssimo tempo, é esperado que o seu e-commerce tenha um alto número de visitas em um curto espaço de tempo. Por isso, é fundamental ter uma plataforma que suporte todo o tráfego para que o site não fique fora do ar e surpreenda negativamente seus clientes.

Não adianta também participar do evento sem promoções reais e consideráveis, visto que os consumidores estão cada vez mais atentos à pejorativa “Black Fraude” e não se importam em ter de pesquisar antes de comprar determinado produto. Por isso, anuncie apenas o que você pode cumprir. Não adianta oferecer descontos não planejados, pois você pode ficar no prejuízo e até arriscar a credibilidade da sua marca.

3. Cuidado com o prazo de entrega
As transportadoras geralmente levam mais tempo para entregar nesse período, por conta do alto volume de pedidos e entregas. Por isso, o alinhamento é a base de todas as etapas. Se alguma alteração no sistema de entrega e transporte acontecer, seja por data ou local, por exemplo, o ideal é que o lojista esclareça tudo antes com o cliente. O lojista deve ter cuidado em cada detalhe da operação. Manter mais de uma transportadora cuidando das suas entregas pode ser uma opção válida nessa época, pois os sistemas dessas operadoras também costumam ser bastante exigido em datas sazonais, por isso, é sempre importante se preocupar em ter backups.

Assim que as promoções iniciarem, tenha sempre uma equipe de plantão a partir do horário, ou até antes – uma opção é revezar grupos durante todo o dia. Ter planejamento e estar atento aos prazos de entrega que serão passados para o cliente é essencial, pois muitos consumidores se preparam para comprar nas primeiras horas na tentativa de aproveitarem o estoque.

Criar uma página exclusiva no site para deixar as regras e condições para o consumidor também é uma boa alternativa. Aproveite para colocar todos os detalhes que reforcem os pontos de respaldo da sua loja, em caso de qualquer acontecimento inesperado com as entregas como atraso ou extravio.

4. Atenção com pós-venda
Todo cliente quer ser ouvido e ver suas necessidades serem atendidas ou seus problemas resolvidos. E, tão importante quanto atrair, conquistar ou vender, é fidelizar os clientes. Ofereça mais que produtos e foque em um atendimento rápido e de qualidade, com equipes bem preparadas, para garantir uma boa experiência ao cliente.

Mesmo que ele não efetue uma compra nos próximos meses, poderá ter a marca como referência e indicar para outras pessoas ou realizar compras no futuro.
Além disso, disponibilizar várias formas de atendimento, como e-mails, chats online e SAC em redes sociais são cuidados fundamentais para o sucesso e para tirar o melhor proveito da venda.

Vendeu um produto na Black Friday? Que tal enviar junto um cupom de desconto para incentivar o cliente a retornar para seu e-commerce futuramente?

5. Se antecipe e aplique a experiência adquirida para outros eventos
Não deixe para fazer ajustes em seu site de última hora. Se antecipe e avalie o que é preciso mudar para vender mais e não se surpreender com problemas durante o percurso. O lojista deve pensar de forma estratégica e, para isso, não adianta trabalhar em ações para o dia ou a semana da Black Friday. Por exemplo, se o layout do site não está preparado, deve-se, o quanto antes, mudar o tema e pensar na performance.

Não deixe para alterar sua comunicação na última hora. Trabalhe com antecedência e esteja alinhado com sua plataforma de e-commerce para que no momento da Black Friday sua performance esteja pronta para o grande fluxo que está por vir.

Também é importante pensar nas oportunidades que surgirão com a boa saída de estoque, olhando para o seu potencial em longo prazo. A próxima data de destaque é o Natal e os conhecidos saldões estarão acontecendo. Por que não aproveitar melhor esse momento para sustentar as vendas e gerar mais oportunidades em janeiro? E você, está preparado para encantar, vender e fidelizar clientes nesta Black Friday?

*Maurício Trezub é diretor de e-commerce da TOTVS

Fonte: RMA Comunicação – Marina Escarminio

99 Pontos: novo programa de fidelização digital sem complicação para empresas e clientes

100% digital, clientes precisam apenas do CPF para receber seus pontos

Os programas de fidelização de clientes através do acúmulo de pontos estão ganhando cada vez mais força no Brasil. Muito fortes no exterior, principalmente nos Estados Unidos, os programas apresentam vantagens muito interessantes tanto para as empresas quanto para os consumidores.

Os americanos são os mais abertos a este modelo de incentivo, com 70% da população engajada em ao menos um programa de pontuação. Essa cultura é tão forte que existem até mesmo programas de TV que acompanham clientes juntando cupons e realizando compras extraordinárias. No Brasil, o programa de pontos ainda é muito vinculado à companhias aéreas e programas vinculados aos cartões de crédito, mas esta é uma realidade que já está em transformação.

Programa de pontuação 100% on-line

O 99 Pontos é o mais novo programa de pontuação e fidelização de clientes lançado pela Lealis, desenvolvedora e consultoria diferenciada para serviços digitais e de inovação. Funcionando em plataforma web 100% digital e fácil de usar, ele permite que cada empresa configure seu programa de pontos como preferir. O cliente não precisa de um cartão especial para participar: basta informar o CPF no caixa na hora do pagamento e já recebe os pontos referente à sua compra.

Todo o processo é muito simples e intuitivo. A empresa que deseja participar deve criar uma conta na plataforma 99 Pontos, escolher seu modelo de pontuação para acúmulo e resgate e informar sobre alguma regra especial. O cadastro de novos clientes também acontece pelo site.

Notificações via push e e-mail

Quando o cliente realiza sua compra, basta informar o CPF na hora do pagamento que ele recebe seus pontos automaticamente. Aliás, quando uma compra na loja participante é concluída, o cliente recebe na hora um e-mail e uma notificação via push no seu smartphone informando seu saldo de pontos. E o melhor: não é necessário fazer a instalação de nenhum aplicativo extra. Esse acompanhamento pode ser realizado via Passbook, e-mail ou no site da 99 Pontos.

“As empresas precisam se destacar no mercado, oferecendo vantagens e promoções especiais para fidelizar seus clientes, e o 99 Pontos é uma excelente ferramenta para ajudar o lojista”, comenta João Moretti, diretor da Lealis. “Nossa principal vantagem é a simplicidade. Não exigimos cadastros complexos ou determinamos as regras para o programa de pontuação. Os lojistas têm a liberdade para configurar seu programa de acordo com o perfil de seus consumidores, o que vai gerar um incentivo ainda maior para que clientes esporádicos se tornem assíduos frequentadores”, finaliza.

Empresas e clientes têm acesso a diferentes painéis de controle, com gráficos mostrando seus pontos acumulados e frequência de visitas ao estabelecimento. Para o lojista essa é uma informação preciosa, pois permite que ele conheça com mais detalhes o perfil do seu cliente. Com base nesses relatórios gerenciais, ele pode apostar em promoções, convites VIPs ou outros incentivos para aumentar as compras no seu estabelecimento.

Sobre a Lealis

Startup focada nas necessidades dos clientes, a Lealis atua com o desenvolvimento e consultoria diferenciada para serviços digitais e de inovação, produtos para fidelização, OCR, FR e desenvolvimentos de bots. Oferece soluções digitais complexas e personalizadas, atendendo clientes B2B e B2C. Sua equipe, formada por cerca de 60 profissionais, possui grande experiência em mobile, digital, blockchain, beacons e outras tecnologias inovadora e disruptivas. Para mais informações acesse http://lealis.com.br

Fonte: Conecte Comunicação – Eliane Tanaka