Agências conseguem prêmios no Recall

17ª edição do Prêmio Recall de Criação Publicitária

Na última sexta-feira (1º/12), em cerimônia realizada na Cidade do Circo, Ribeirão Preto, ocorreu a premiação da 17ª edição do Prêmio Recall de Criação Publicitária.

O juri selecionou peças de 32 agências, de 19 cidades do interior paulista, para o short-list. O julgamento das peças pelo júri, que neste ano foi composto pelos renomados publicitários Carlos Righi, Cássio Zanatta, Giba Lages e Luiz Toledo, levou em consideração a criatividade da ideia.

As agências da Região Metropolitana do vale do Paraíba, Arriba! (SJCampos) e Mind (Cruzeiro), alcançaram prêmios em categorias diferentes.

Na categoria anúncio para jornal ou revista, a Arriba Comunicação, de São José dos Campos, ficou com o de bronze. Já em spots e jingles, a Mind Comunicação, de Cruzeiro, levou o bronze

O 17º Prêmio Recall teve o apoio da ABAP (Associação Brasileira de Agências de Publicidade) e da DTP Comunicação Visual.

Waze agora mostra as melhores oportunidades de varejo da Volkswagen em ação inédita

Ação “Põe no Waze” rastreia, no aplicativo, as concessionárias VW a partir das ofertas, descontos e condições de pagamento. E indica o melhor caminho para chegar até elas

Se o Waze leva pessoas até lugares, por que não poderia levá-las a preços especiais, ofertas e condições mais vantajosas? É com essa premissa que a Volkswagen acaba de lançar a ação de varejo “Põe no Waze”, que transforma o espaço de busca de um dos maiores aplicativos de trânsito e navegação do mundo em um novo formato de mídia para a Volkswagen. A ação, criada pela AlmapBBDO, é inédita na história do Waze. Agora, além da busca orgânica por endereços das concessionárias no aplicativo, os consumidores da Volkswagen poderão encontrar ofertas, descontos e condições exclusivas de acordo com as melhores oportunidades de cada região do País.

“Põe no Waze” funciona da seguinte forma: ao receber o comando de busca com a hashtag específica da ação, o sistema do Waze traz, automaticamente, um menu de concessionárias Volkswagen próximas. Com isso, também mostra a distância entre o consumidor e a oportunidade em tempo real, indicando o melhor caminho para chegar até ela.

As hashtags variam de acordo com as oportunidades de varejo.

Esta é a primeira vez no mundo que a busca do Waze foi utilizada comercialmente por uma montadora. “A ação também atende a um dos principais objetivos do varejo da Volkswagen: atrair o consumidor até as concessionárias, para que possam conhecer, testar e avaliar os modelos e acompanhar os lançamentos da marca”, diz o gerente executivo de Marketing Comunicação da Volkswagen, Leandro Ramiro.

Uma ação inovadora que impacta tanto os usuários do Waze, como empresas e todo o ecossistema dos negócios onde o app está presente, impulsionando um aumento da visibilidade das marcas de maneira relevante e utilitária. “Pensamos em como entregar valor para as marcas, e a parceria com a AlmapBBDO nos possibilita aproximar esses dois mundos como nesta iniciativa pioneira com uma líder como a Volkswagen”, finaliza André Loureiro, diretor geral do Waze no Brasil.

 

Além da busca no Waze, a ação é composta por mídia display, CRM (e-mail marketing e SMS) e endomarketing. “Põe no Waze” fica no ar até metade de novembro e deve ser renovada para as próximas campanhas de varejo da Volkswagen.

Ficha Técnica
Anunciante: Volkswagen
Título: Põe no Waze
Produto: Varejo
Diretor Geral de Criação: Luiz Sanches
Diretor Executivo de Criação: Bruno Prosperi
Diretor de Criação: Ricardo Chester
Criação: Ricardo Chester, Iron Brito
Atendimento: Filipe Bartholomeu, Christiano Bock, Camilla Sardinha, Mayara Couto
Planejamento: Cíntia Gonçalves, Sérgio Katz, Marcus Freitas, Rodrigo Friggi, Lucas Franco
Mídia: Brian Crotty, Fábio Urbanas, Felipe Proença, Dayane Manfrere, Lucas Gilardino
Aprovação: Leandro Ramiro, Fabio Souza, Helena Bonesio, Thayrine Guerino

Fonte: Waze / SMARTPR

#DiadeDoar celebra cultura da doação no Brasil e no mundo

Em São José dos Campos, a Agência NTZ é uma das empresas que realizará campanhas

No dia 28 de novembro, se comemora o #diadedoar, uma grande campanha para promoção da cultura de doação no Brasil e no mundo. Para celebrar a data, a Agência NTZ lançará seu primeiro edital de Consultoria pro bono em Sustentabilidade e Comunicação para Projetos Socioculturais e/ou Socioesportivos.

O edital visa auxiliar grupos, coletivos e organizações de pequeno e médio portes sem fins lucrativos, que tenham projetos de caráter sociocultural e/ou socioesportivo.

Através de consultoria, serão oferecidos, durante 2018, serviços como elaboração de projetos para editais e Leis de Incentivo Fiscal, mapeamento de potenciais patrocinadores e parceiros, planejamento de comunicação do projeto, abordagem em captação de recursos, relacionamento com apoiadores, etc.

O edital será publicado no dia 28 de novembro no site da Agência NTZ e os interessados poderão se inscrever até o dia 12 de janeiro de 2018. Marcos Librantz, sócio-fundador da empresa acredita que contribuir com algum tipo de doação é essencial para formar o caráter consciente da população. “Como joseense e atuante no terceiro setor há mais de 12 anos, entendo que nosso papel de agente social deve transcender e, sempre que possível, contribuir para alavancar a cultura da doação, seja por meio de apoio financeiro, insumos ou mesmo prestação de serviços, algo que faremos institucionalmente pela primeira vez em São José dos Campos, estamos todos muito empolgados com a ideia”, conta Marcos.

#DiadeDoar
O primeiro #diadedoar foi realizado no país em 2013 e sua origem vem dos Estados Unidos, onde começou em 2012. Com o nome de #GivingTuesday, ele foi criado por uma organização chamada 92Y e tornou-se uma campanha mundial, com mais de 35 países oficialmente participando.

O nome significa “terça-feira da doação” e segue as datas comerciais já famosas, como BlackFriday e CyberMonday. É sempre realizado na primeira terça-feira depois do Dia de Ação de Graças (o Thanksgiving Day).

Nesse ano, na terça-feira 28 de novembro, o Brasil inteiro vai se mobilizar, com milhares de organizações preparadas para receber doações e milhões de brasileiros doando, podendo tornar pública sua doação, a partir do uso da hashtag #diadedoar nas mídias sociais.

NTZ
A NTZ Comunicação e Marketing é uma agência sediada em São José dos Campos, estado de São Paulo, criada em 2012 com foco de atuação no terceiro setor, tendo como motivação acreditar na mobilização social como poder de transformação e desenvolvimento humano.

A partir da formação de uma equipe especializada em projetos, comunicação e marketing, o escopo foi ampliado possibilitando à NTZ oferecer uma maior gama de serviços.

Atualmente, está localizada na Avenida Cassiano Ricardo, mas também atua fortemente na capital paulista atendendo clientes em variados segmentos.

SERVIÇO:

1º Edital de Consultoria pro bono em Sustentabilidade e Comunicação para Projetos Socioculturais e/ou Socioesportivos da Agência NTZ
Inscrições: De 28 de novembro de 2017 a 12 de janeiro de 2018.
Consulta do edital: www.agenciantz.com.br
Envio do material: contato@agenciantz.com.br com o assunto “Edital NTZ / Nome do projeto”
Realização: NTZ Comunicação e Marketing

Startup Kakau reinventa o mercado de seguros ao apostar em tecnologias como IA e Big Data

Objetivo da InsurTech é oferecer o seguro mais barato e descomplicado do Brasil

Ao falar sobre seguros, a maioria dos brasileiros ainda pensa em muita burocracia e papelada para assinar. Mas a startup Kakau acaba de chegar ao mercado com o intuito de mudar essa visão. 100% digital, a InsurTech (termo que nasceu da junção de insurance – seguro – com technology) se apoia no uso de tecnologias como inteligência artificial e big data para descomplicar a aquisição e o uso do seguro. Com mensalidades a partir de R$19,00, a startup deseja que cada vez mais brasileiros possam proteger o seu patrimônio.

Henrique Volpi, co-fundador e CEO da Kakau Seguros

Por enquanto, a Kakau comercializa seguro residencial, com diferentes planos para casas e apartamentos. Futuramente, outras modalidades de seguros irão entrar para o catálogo da empresa. O principal atrativo para novos clientes é o fato de a plataforma ser muito mais acessível para o usuário, sendo o primeiro seguro por assinatura do mercado, isso significa que, o próprio segurado pode solicitar a aquisição ou o cancelamento do serviço quando quiser através de um computador, tablet ou smartphone.

No caso de um sinistro, a inteligência artificial é utilizada para gerar índices de precisão e facilitar o processo de assistência. Por isso, o serviço é oferecido ao segurado de maneira ágil e transparente.

Vale ressaltar também que o trabalho desenvolvido com a assistente pessoal de seguros Anna, inteligência artificial que realiza atendimentos on-line e está programada para aprender a cada atendimento e, com isso, tornar-se referência em informação e assistência para os clientes da Insurtech, melhorando constantemente a experiência do usuário.

A cada contratação, uma nova doação

Além de descomplicar o conceito de seguro e oferecer aos brasileiros a possibilidade de proteger seu patrimônio com um preço justo e sem burocracia, a Kakau também deseja criar uma comunidade on-line que traga benefícios para toda a população. Por isso, a cada contratação, a startup faz uma doação para a ONG Teto.

Com mais de 10 anos de atuação na América Latina e Caribe, a Teto realiza um trabalho nas comunidades carentes para superar a pobreza e a exclusão, por meio do trabalho conjunto entre voluntários e as famílias atendidas. A ONG constrói moradias mais dignas e cria lideranças representativas para as comunidades.

Três sócios e um investimento de R$ 650 mil

A Kakau Seguros é fruto da união de três sócios: Henrique Volpi, Marcelo Torres e Diogo Russo. A ideia surgiu quando Henrique realizava um curso sobre fintechs no MIT e as InsurTechs foram o seu tema no projeto de avaliação. “Gostei muito do tema e queria trazer algo assim para o Brasil. Quando voltei, apresentei a proposta para o Diogo e o Marcelo e juntos desenvolvemos o negócio. Para começar, realizamos um período de testes e depois recrutamos uma seguradora e uma corretora como parceiras estratégicas”, explica Volpi. Com lançamento oficial realizada no mês de setembro, a Kakau conta atualmente com mais de 1.000 usuários cadastrados.

Sócios: Marcelo Torres, Diogo Russo e Henrique Volpi

Para a estruturação e lançamento da empresa, os sócios não contaram com nenhuma ajuda externa, investindo R$ 650 mil reais próprios. Agora em 2017, a empresa já conta com apoio de anjos e pretende aumentar isso em 2018.

Sobre a Kakau Seguros
A Kakau é uma empresa de tecnologia que convida você a ter um futuro seguro. Primeira InsurTech brasileira 100% digital, a plataforma oferece acesso rápido e fácil para que o próprio segurado consiga solicitar ou cancelar serviços. A seguradora inova também ao fazer o uso de tecnologias como inteligência artificial e big data.

Com planos a partir de R$19,00 para seguro residencial, a startup tem como objetivo oferecer a cada vez mais brasileiros a possibilidade de protegerem seu patrimônio com um preço justo e sem burocracia. Saiba mais no site: https://www.kakau.co/

Fonte: Conecte – Eliane Tanaka

Vendas, IoT e IA

Vender no século 21: o impacto da Internet das Coisas e da Inteligência Artificial

* por Marcos Both

Robôs superinteligentes, sistemas de alta complexidade, automação de processos… essas imagens vêm à mente quando falamos de conceitos como Inteligência Artificial (A.I, de Artificial Intelligence) e Internet das Coisas (IoT, de Internet of Things), que permeiam a discussão sobre tecnologia atualmente. Não seria precoce dizer que as inovações trazidas pelas ferramentas que utilizam essas tecnologias estão revolucionando nossa sociedade de uma forma geral. E, assim como acontece com diversos outros, essas novidades chegaram ao setor de vendas com um oceano de possibilidades.

A.I: você e o robô
O termo A.I foi criado na década de 1950 pelo matemático e cientista da computação John McCarthy, e define, grosso modo, a capacidade de máquinas executarem tarefas de maneira “inteligente”. Essa condição é atingida através de modelos matemáticos compostos por algoritmos que permitem que os softwares “aprendam” com os cálculos anteriores (o chamado “machine learning”). Em outros termos, as máquinas, expostas a diversas situações, acumulam informações que as tornam cada vez mais competentes.

No terreno das vendas, essa tecnologia representa a oportunidade de criar uma estratégia muito mais eficiente. Isso porque, reunindo um grande conjunto dos mais variados dados, os softwares analisam e apontam à equipe de vendas quais são os clientes mais promissores e quais produtos são mais indicados para eles. Ao contrário do que muitos pensam, a automação não pretende substituir os vendedores de carne e osso, e sim direcionar seus esforços para tornar seu trabalho muito mais dinâmico e preciso.

Chamadas de análises preditivas, essas técnicas, aplicadas ao forecast de vendas, elevam o poder de tomada de decisão e jogam para baixo o Custo de Aquisição de Clientes (CAC), alguns dos objetivos mais perseguidos por todas as equipes de vendas. Há até soluções que permitem identificar os clientes mais próximos via GPS.

O resultado da aplicação dessas ferramentas é uma conversão muito maior de novos negócios. Estamos falando de um impacto realmente grande: uma pesquisa de Harvard revelou que companhias que usam A.I em vendas registraram aumento de 50% nos leads, redução de gastos entre 40% e 60% e economia de tempo de mais de 60%.

IoT: tudo e todos interconectados
Criado em 1999 pelo pesquisador britânico Kevin Ashton, o termo Internet das Coisas significa exatamente o que ele diz: as coisas e pessoas estão cada dia mais interconectadas entre si e em rede. Vivemos em um ambiente de profunda interatividade, onde o mundo “real” e o digital estão em um processo de constante entrelaçamento.

Essa tendência se manifesta no mundo físico através de objetos que estão conectados à rede e carregam tecnologia embarcada. Através de mecanismos inteligentes, “coisas” que sempre estiverem presentes em nosso dia a dia, como carros, prédios e geladeiras, hoje estão presentes na internet. Segundo relatório da Cisco, líder mundial em TI e redes, a previsão é que, até 2020, 50 bilhões de dispositivos estarão conectados (em 2010, eram “apenas” 10 bi). A empresa estima que até lá a indústria da Internet das Coisas valerá US$ 309 bilhões.

É evidente que os frutos dessas inovações vêm revolucionando o modo como fazemos negócios, logo, já foi incorporada ao universo das vendas. Por transformar a forma como coletamos e transferimos dados, aumentando a velocidade e quantidade de informações disponíveis, a IoT será uma grande aliada das empresas no esforço de aprofundar o relacionamento com os clientes, com ganhos animadores em suporte e retenção.

A Cisco prevê que a IoT trará às empresas um aumento em 21% nos lucros, graças à redução de custos, ganho em produtividade, aperfeiçoamento na experiência do cliente e menor tempo de compra. Porém, para desfrutar dessas vantagens, as empresas terão de pensar à frente e aceitar os desafios que se apresentam nesse momento. Na verdade, o que se exige é que as organizações repensem todo seu processo de vendas para acompanhar as necessidades do mercado, dos vendedores e dos clientes.

O impacto do IoT no mundo das vendas será notado também no e-commerce. Com a ascensão de modelos integrados, boas oportunidades para cross-selling (ou vendas cruzadas) e upsell passam a ser mais frequentes. E, à medida que novos dispositivos se tornam compatíveis com a IoT, haverá uma crescente na compreensão do comportamento do consumidor. Por outro lado, essa integração também demanda um olhar mais atencioso e ágil para o suporte ao cliente, por exemplo.

Independentemente das tecnologias que possam surgir num futuro breve ou o que já temos à disposição, o que se espera de um departamento de vendas do século 21, acima de tudo, é a capacidade de aceitar e se adequar rapidamente aos novos modelos e movimentos do
mercado. Sua empresa está preparada para o desafio?

* Marcos Both é coordenador de vendas no VendasExternas, empresa que oferece soluções tecnológicas integradas para prospecção e vendas fora do estabelecimento; atua há mais de 14 anos na intermediação de vendas, dos quais 8 anos no mercado de software para comércio, indústria e distribuição.

Fonte: Renown – Assessoria de Imprensa Digital – Felipe Silva

Conferindo a RM Vale TI

Um evento interessante e importante

Josué Brazil

Estive ontem a tarde no Parque Tecnológico de SJCampos para visitar a 4ªFeira de Tecnologia e Inovação – RM Vale TI.

O evento tem quatro áreas de concentração: Smart City, Indústria 4.0, Varejo e Agro Negócio. Ontem, segundo dia de feira, o foco era em Indústria 4.0 e Agro Negócios.

Tive a oportunidade conversar pessoalmente com o pessoal da Click Now, agência digital e de live marketing. A conversa girou em torno de novas tecnologias e comunicação.

Também passei pelo stand da resultage, nova empreitada de Eduardo Costa (que também comanda a Phocus Interact). A nova empresa está localizada no Parque Tecnológico Univap e seu core business é marketing digital. Aliás, tive a chance de acompanhar uma pocket palestra no stand da resultage com Everton Vianna, youtuber e titular do canal android4all.

Também estive no espaço do Meon. E lá pude rever um antigo amigo, Ivo Santaniello. Ele está há pouco na área comercial do portal, atuando como executivo de contas.

Por fim, devo lembrar que fui muito bem recebido pela Elaine Rodrigues,jornalista e assessora de imprensa do parque tecnológico de SJCampos.

Josué Brazil e Elaine Rodrigues

A feira acaba hoje e está recheada de palestras e painéis muito interessantes. Vale a visita!

Confira o vídeo do segundo dia da Feira:

Debate-almoço do LIDE

Empresários da região tem encontro marcado com Ex-Ministro do Desenvolvimento e Chairman do LIDE em Almoço-Debate

O Presidente do LIDE Internacional e Chairman Of the Board do LIDE, Luiz Fernando Furlan, vem a região como convidado do LIDE Vale do Paraíba para falar sobre “O Brasil Pós-Crise”, em mais um Almoço-Debate. O evento será realizado no dia 17 de outubro, das 12h às 14h30, no Tangaroa Garden em Taubaté, sob o comando do Presidente da unidade, Marco Fenerich.

Na ocasião, o ex-Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e presidente do Conselho da BRF falará sobre as expectativas e projeções do cenário econômico nacional, uma vez que o retorno dos indicadores positivos à economia injetaram ânimo nas empresas e indicam a volta da aceleração do crescimento e dos investimentos. “Uma oportunidade ímpar para os empresários locais, que terão acesso às informações exclusivas e importantes para as tomadas de decisão do próximo ano”, completa Marco Fenerich, presidente da unidade.

Luiz Fernando Furlan assumiu sua função no LIDE em 1º de outubro de 2015 e, desde então, vem contribuindo com expertise e o fomento do relacionamento nacional e internacional do grupo. “Participei da gênese do LIDE em 2003. Para mim, é um orgulho ver o crescimento do Grupo e fazer parte dele. Tenho aceitado diversos desafios com o objetivo de compartilhar experiências e contribuir com a expansão do LIDE”, afirma Furlan, que acumula a posição de presidente do LIDE INTERNACIONAL, hoje com 15 unidades no Brasil e outras 15 no exterior.

Pela primeira vez em Taubaté, o encontro deve reunir cerca de 80 CEO’s de empresas do Vale, além de autoridades, imprensa e convidados de forma exclusiva. Outros eventos são previstos até o fim do ano.

Fonte: Pilares Relações Públicas – Mariana Guedes

Shopping monta ponto de apoio aos romeiros

Via Vale monta ponto de apoio aos Romeiros
Estão montadas duas tendas com água, café, frutas, barra de cereal, cadeiras e massagem para os peregrinos

O Via Vale Garden Shopping está, a partir de hoje (10) e amanhã (11), das 9h às 18h, com uma Tenda de Apoio montada aos romeiros que estão a caminho de Aparecida. A ação foi desenvolvida pelo mall com o intuito de ajudar àqueles que estão em sua jornada de fé e devoção.

Serão duas tendas 3×3 m², montadas no canteiro em frente ao Shopping e os romeiros serão recebidos com saudações, além de frutas, barra de cereal, água, café, cadeiras para se sentarem e massagem.

Para a Responsável do Marketing do Garden, Bruna Marcon, é de extrema importância estar envolvido com esse tipo de apoio. “Sabemos que muitas pessoas estão nessa jornada por um motivo muito importante para elas. Mas sabemos também que não é fácil. Muitos estão vindo de longe e já estão a dias caminhando, por isso essa ação é tão importante para ajuda-los”.

Serviço:
Tenda de Apoio aos Romeiros – Via Vale Garden Shopping
Data: terça-feira (10) e quarta-feira (11)
Horário: das 9h às 18h
Local: canteiro em frente ao Shopping

Como os CEOs podem lidar com a transformação digital

Transformação Digital e os CEOs

Atualmente o termo “Transformação Digital” está apavorando os CEOs de grandes empresas. Esse termo está sendo utilizado em todas áreas de negócios e em todos os lugares, mas por que causa tanto apavoramento?

Antes de explicar o porquê, vamos entender melhor o significado de Transformação Digital.

Fabio Correa

Transformação Digital é um processo em que as empresas se utilizam da tecnologia para aumentar a velocidade de resposta, fornecer um atendimento personalizado, melhorar o desempenho e aumentar o alcance da sua marca, priorizando seus clientes e funcionários.

Para as empresas aplicarem a transformação digital, elas precisam dar atenção a todo o processo, em especial à:

· Experiência do Cliente
Um dos itens mais importantes no processo, pois interfere na decisão final dos consumidores. Para uma melhor análise, as empresas utilizam ferramentas para identificar oportunidades, segmentar seu público alvo, monitoramento de rede social, marketing de precisão, a adoção de processos simplificados e atendimento ao cliente;

· Processos Operacionais
Um pouco mais complicado que o primeiro,tende a ser mais eficiente e envolve muitas áreas. Para que os processos operacionais sejam estruturados é necessária umarápida comunicação, integração entre as áreas, transparência organizacional e decisões em base de dados;

· Modelo de negócio
Outro item não menos importante que os demais,os modelos de negócio ganham novos formatos ao serem incluídos no mundo digital como: a ampliação de oferta de produtos e serviços, a transição do físico para digital ea criação de produtos digitais e serviços compartilhados;

Por esta razão os CEOs tendem a ficar preocupados, pois para fazer uma pequena transformação é necessário investimento em novas ferramentas, muito esforço de todos na companhia e o principal, agradar os consumidores os quais mudam de opinião a todo momento.

*Fabio Correa – consultor de Vendas da MC1 Win The Market – Multinacional brasileira com foco em processos de inteligência de negócios utilizando soluções tecnológicas de mobilidade. Presente em mais de 21 países com soluções de gestão de equipes de campo para Vendas, Merchandising e Utilities.

Fonte: Conecte Comunicação – Eliane Tanaka