TikTok e Comunidades Digitais: conheça as maiores oportunidades do marketing digital em 2021

Cezar Lima, empreendedor e sócio proprietário da Stardust Digital, dá dicas para driblar a competitividade e ganhar relevância no mercado digital

A pandemia trouxe uma evolução de 6 anos em 6 meses para o setor do marketing digital. Até mesmo as empresas mais conservadoras, reticentes em evoluir, se viram obrigadas a migrar suas atividades para o ambiente online a fim de não perder clientes. Após a mudança, a conclusão foi consenso entre grande parte dos empresários: trabalhar de forma virtual é viável e muito mais barato.

Cezar Lima

Agora que todos já estão mais familiarizados com a nova forma de trabalhar, começaram as especulações sobre quais serão as maiores tendências para o marketing digital em 2021. Para auxiliar as empresas que almejam mais sucesso, o empreendedor Cezar Augusto de Lima Choptian, sócio fundador da agência Stardust Digital (www.stardust.digital), destaca duas plataformas que merecem atenção no próximo ano.

TikTok

Apesar de ainda não ser considerada uma mídia profissional, quem se adiantou e começou a produzir conteúdo para o TikTok já está se tornando referência na plataforma. “Micro influencers com pouca representatividade no Instagram já contam com mais de 500 mil seguidores no TikTok. Eles foram rápidos e ocuparam um espaço que ainda não tinha competitividade. Sem concorrência, a relevância é mais rápida”, aponta Lima.

Segundo ele, o aplicativo para criar e compartilhar vídeos curtos criou um movimento inverso em que pessoas famosas estão seguindo e compartilhando o conteúdo de usuários anônimos, auxiliando no surgimento de novas celebridades. “Influenciadores fazem questão de estar em todas as redes e, a partir do momento que estão ali, também se tornam consumidores”, diz. Para as empresas, não é diferente.

Lima aponta o TikTok como uma tendência para as empresas que querem se tornar referência em 2021. “A atuação corporativa dessa plataforma é completamente diferente de outras redes sociais”, conta. “O desafio agora é aprender como entrar no mundo do TikTok. Mas quem assimilar primeiro, vai sair na frente de muita gente”, complementa.

Comunidades Digitais

Participar de grupos é um movimento natural na vida de qualquer indivíduo, seja nas redes sociais ou fora delas. Nesse sentido, surge uma tendência cada vez mais forte: a comunidade digital. “Diferente das redes tradicionais, como Facebook e Instagram, em que o algoritmo te coloca numa bolha para que você interaja apenas com os conteúdos que lhe interessam e com pessoas que compartilham das mesmas opiniões que você, as comunidades digitais foram criadas para serem ambientes de discussão entre pessoas que pensam diferente sobre um tema em comum”, explica Lima.

A comunidade digital pode ser facilmente compreendida como uma rede social de nicho. Ela já é realidade, mas ainda não se tornou tão popular, por isso segue como tendência para 2021. Assim como no Facebook e no Instagram, qualquer pessoa ou empresa pode dar início a esse tipo “blog colaborativo”. Contudo, para ganhar relevância, é preciso trabalhar duro. “Ninguém quer entrar em algo que ainda não oferece nada de novo”, diz. “A empresa que cria uma comunidade pode começar a fomentar o conteúdo a partir dos próprios colaboradores e círculo próximo de amigos. Assim que já tiver uma boa base, com tópicos atrativos e relevantes, está na hora de divulgar nas mídias tradicionais e levar os consumidores pra lá”, complementa.

Assim como no TikTok, a chance de ganhar visibilidade a partir das comunidades digitais é maior devido à falta de concorrência. “O maior desafio da plataforma é fazer com quem uma pessoa se transforme de leitor para produtor de conteúdo, pois aí ela começa a compartilhar os tópicos da comunidade nas redes sociais dela, ampliando ainda mais a visibilidade para aquela empresa ou tema”, aponta.

 

A NuCommunuty, comunidade oficial do Nubank, já surge como case de sucesso. Dentro da plataforma, clientes e fãs da marca falam sobre a experiência de usuário e debatem possíveis novidades para a instituição financeira. “Essa foi a forma que a empresa encontrou para unir os clientes, receber feedback, testar ideias e validar tendências. Em contrapartida, eles oferecem lançamentos em primeira mão para quem está ali. É uma forma de valorizar quem te segue”, complementa Cezar Lima.

Fonte: P+G Comunicação Integrada – Fernanda Glinka

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Vaga no A12 para Inteligência de mercado

A12 busca auxiliar de Inteligência de Mercado

O perfil desejado é de uma pessoa analítica, curiosa e que gosta de trabalhar com planilhas, gráficos e dados.

Acesse o portal: a12.com/trabalheconosco

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Na atividade

Novo cliente na carteira

A Focusnetworks – OnLife Marketing Transformation , agência sediada em São José dos Campos e com foco maior em digital, acaba de anunciar através de seus perfis nas redes sociais a conquista da conta da rede varejista Oscar Calçados.

A Oscar tem mais de 35 anos de mercado e conta com 28 lojas. A rede soma mais de 500 mil clientes fidelizados.

 

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

HavasPlus traz bom humor para Black Friday do Banco PAN

Em campanha criada pela agência, banco pega carona em meme para expressar as reações dos consumidores ao se depararem com ofertas imperdíveis

O Banco PAN estreia sua temporada de ofertas da Black Friday. Para divulgar as promoções que prometem surpreender os clientes, a instituição financeira apresenta sua nova campanha publicitária que brinca com um popular meme da internet que caiu no gosto do brasileiro.

Com criação da HavasPlus, a campanha do Banco PAN foi inspirada no meme da toupeira com olhos arregalados, um viral nas plataformas digitais. A ideia é brincar e divertir o público, antecipando a reação que os clientes terão ao se depararem com as ofertas da instituição. O filme de 30”, produzido pela Madre Mia e dirigido por Charly Gutierrez, evidência com bom humor a mecânica das promoções do Banco PAN para a Black Friday.

“Preparamos ofertas exclusivas para a Black Friday desse ano aos clientes do PAN e resolvemos contar tudo o que preparamos do jeito que a internet mais se identifica, de maneira didática e simples, assim como nossas promoções. Estamos oferecendo descontos e vantagens que façam sentido, principalmente diante desse período que estamos nos recuperando de uma grande recessão econômica” – afirma Vivian Zwir Wertheimer, superintendente de Marketing do Banco PAN.

“Todo mundo faz uma cara engraçada quando ouve algo muito bom. E a Black Friday do PAN faz isso com as pessoas. Aí juntamos ofertas incríveis com a sonoridade do PAN e pronto: deu meme. No meio de tanta marca falando, resolvemos entregar ofertas boas com muito bom humor. E deu nisso: no Pan, Pan, Paaaan do Banco Pan”, explica Melissa Pottker, Diretora de Criação da HavasPlus.

As ofertas anunciadas pelo Banco PAN integram cashback (dinheiro de volta), assim como descontos exclusivos nas lojas parceiras da Cuponeria, plataforma que oferece cupons de descontos e Uber Eats. Além disso, o PAN poderá ter pontuação diferenciada para compras realizadas no dia da Black Friday pelo PAN MAIS, programa de relacionamento da instituição, e vai oferecer ainda muitas outras condições especiais.

Ficha técnica
Agência: HavasPlus
Cliente: Banco PAN
CCO: Alexandre Vilela (Xã)
Diretor de criação: Alexandre Vilela (Xã), Melissa Pottker e Juliano Almeida
Diretor de arte: Felipe “Cauby” Martins
Redator: Marconi Filho
Producers: Anna Ferraz, Carla Rossini, Beatriz Rossi e Vini Gonçalves
Diretor de Atendimento: Yuri Aizemberg
Diretora de Conta: Carolina Delalibera
Supervisores de Atendimento: Henrique Pecego, Mirella Pontes e Thais Oliveira
Head de Mídia: Jairo Soares
Diretora de Mídia: Andrea Ferreira
Gerente de Mídia: Bruno Capitani de Souza
Planejamento: Eduardo Loureiro, Omar Assaf Filho, Juliana Araujo, Thomaz Gomes e Kaique Vieira
Produtora: Madre Mia Filmes
Diretor: Charly Gutierrez
Direção de fotografia: Diego Pavese
Produção Executiva: Edgard Soares Filho
Coordenadora de produção: Ana Paula Domingues
Diretora de produção: Paula Ortiz
Direção de arte: Patrícia Pereira
Montagem: Color Bar Filmes
Atendimento: Renata Sabino
Diretora comercial: Telma Dos Reis
Pós-Produção: Capadócia VFX
Finalização: Gabriel Leça
Coordenador de pós: Alexandre Fernandes
Produtora de áudio: Lira Música
CEO Lira Música: Marcio Espinosa
Arranjado e finalizador: João Paulo Alves
Locutor: Andrio
Aprovação cliente: Adriana Claro

Fonte: Giusti Comunicação – Mariana Novaes

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Colinas inicia pré-Black Friday e lança vitrine virtual em novo site

Ferramenta on-line é uma das ações do centro de compras para a retomada

As promoções de Black Friday já começaram! Celebrado no dia 27 de novembro, o tradicional evento que oferece descontos especiais já garante bons negócios para os clientes do Colinas Shopping. Na pré-Black Friday, as lojas estão oferecendo descontos de até 70%.

Para facilitar a busca por descontos, o Colinas Shopping lançou neste mês um novo site. Nele, os clientes vão encontrar uma galeria virtual, na qual lojistas vão incluir seus produtos, com preços e informações de descontos e promoções. Ao clicar no produto da vitrine virtual, o cliente passa a conversar diretamente com o lojista em seu canal de venda próprio.

A expectativa é que os descontos oferecidos cheguem a 70% em muitas lojas. “A retomada dos shoppings se acentuou em outubro, então a expectativa para novembro, com a Black Friday, é que tenhamos um maior aumento nas vendas, assim como a participação de mais lojas na campanha”, destaca Margarete Sato, gerente de marketing.

A vitrine virtual e ações dos lojistas do Colinas Shopping estão disponíveis em www.colinasshopping.com.br a partir de 1º de novembro.

Confira algumas lojas e descontos já vigentes*:

. Cia Athletica – pacotes promocionais de planos para atividades infantis e para maiores de 60 anos, a partir de R$ 319.

. CVC – campanha “Esquenta Black Friday”, com ofertas de pacotes de viagem, hotéis e passagens.

. Democrata – até 40%

. Le Postiche – descontos de de até 50%

. M Martan – descontos de até 70%

. MOB – descontos de até 60%

. Oscar – leve 3, pague 2. Parcelamento em até 12 vezes sem juros

. Polishop – até 50% de desconto. Parcelamento em até 12 vezes sem juros

. Puket – descontos de até 50%

. Ri Happy – descontos de até 30%

. Universal Joias – descontos de até 50%

Fonte: CABANA | Alexia Silva

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Marketing de Gentilezas, uma estratégia virtual focada nas pessoas

13 de novembro – Dia Mundial das Gentilezas

Muito se engana quem insiste na ideia de que a internet é um ambiente frio e sem graça. A falta do contato físico já deixou de ser problema para as empresas que sabem trabalhar as relações humanas virtualmente. Entretanto, quem ainda não administra um marketing de gentilezas virtual eficiente ou, simplesmente, ignora essa necessidade está literalmente dentro d’água.

Image by S. Hermann & F. Richter from Pixabay

Segundo a consultora em marketing digital, Flávia Valentim, especialista no assunto, com mais de 19 anos de experiência no mercado corporativo, as redes sociais nada mais são do que uma grande rede de relacionamento e onde existem pessoas, deve existir cordialidade.

“Por isso, o marketing de gentilezas funciona tão bem no ambiente digital, pois é dedicado às relações humanas. Afinal de contas, se você vai se relacionar com o seu cliente de forma virtual, nada mais certo do que pensar nas estratégias de atuar focado nas pessoas e na qualidade das relações. Já que, do contrário, todo seu trabalho terá ido por água abaixo, explicou Flávia.

Levar a empresa para o formato online, trabalhar a imagem de forma positiva, fortalecer a marca e gerar o tão esperado resultado de vendas pode parecer simples, basta fazer postagens e pronto. Mas o empresário não pode esquecer, que mesmo não estando cara a cara com seu cliente, existe alguém do outro lado da tela, daí tamanha importância do marketing de gentilezas.

Essa é, sem dúvida, uma das preocupações da Vanessa Oliveira, gerente de vendas do Grupo TTC Segurança, responsável por gerir junto à agência de marketing, toda a comunicação que a empresa faz online. “O Grupo TTC vende segurança e da mesma forma devemos transmitir esses mesmos valores nas nossas redes sociais”, disse Vanessa.

Segundo ela, a empresa está constantemente atenta as postagens e mantém relacionamento direto com os internautas. “Eu respondo pessoalmente a todas as perguntas e me coloco no lugar do internauta, afinal, é frustrante solicitar uma informação e ser ignorado”, relata Vanessa.

A estratégia visa a construção de relações mais sólidas com os seguidores, com confiança, credibilidade e, acima de tudo, segurança caso haja uma negociação entre as partes.

Outro fator determinante para se trabalhar um marketing de gentilezas eficaz nas redes sociais é a prevenção de crises. Comentários maldosos num ambiente aberto como uma rede social pode acabar com a reputação de qualquer empresa, e dependendo do problema, reverter a situação fica bem complicado. O melhor mesmo é ficar atento!

Fonte: Assessoria de Imprensa – Jornalista Aline César

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Vaga de estágio em marketing digital

Vaga de Estágio Sorria Sempre Odonto Marketing

O selecionado para o estágio atuará em várias áreas dentro da empresa. Atuará no fluxo de trabalho de campanhas de marketing digital, contato com clientes e organização de informações.

Detalhes da vaga
A agência de marketing digital é localizada em Taubaté e atende clientes em todo Brasil.

São 30h semanais divididas da seguinte forma:

• 3x por semana na agência;
• 2x por semana home office.

Benefícios:

• Auxílio bolsa;
• Auxílio transporte;
• Seguro acidentes pessoais

Candidate-se por aqui

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Kantar lança solução para análise de eficiência de mídia digital que traz insights a partir de 24 horas

Context Lab ajuda marcas a entender quais são os contextos digitais que trazem a melhor performance

A Kantar acaba de lançar, por meio do seu Marketplace, uma nova versão da solução Context Lab, que auxilia a identificar os melhores contextos para as propagandas digitais feitas por uma marca.

A solução ajuda a responder perguntas importantes, seja nas propagandas digitais tradicionais, conteúdo patrocinado e até marketing de influência:

· Quais são os contextos com melhor performance para a minha marca?

· Como posso otimizar o conteúdo das minhas peças para maximizar a performance por contexto?

O foco dessa nova versão é agilidade, rapidez e insights aprofundados, tudo dentro de uma plataforma digital, a Marketplace Kantar:

· Resultados em 24 – 72 horas

· Possibilidades de comparar resultados entre Facebook e Youtube

· Possibilidades de testar conteúdo patrocinado e de marketing de influência, além de formatos tradicionais do mundo digital

“Com o investimento em digital aumentando a cada ano – e principalmente com o crescimento de formatos não tradicionais como influenciadores e conteúdo patrocinado – poder ter a confiança de escolher os ambientes de publicidade corretos, de forma rápida e fácil, é essencial para garantir campanhas mais eficientes”, afirma Juliano Piccoli, diretor e líder do Marketplace para a Kantar.

Veja mais sobre a solução Context Lab na Kantar Marketplace.

Fonte: Comuniquese – Marisa Ramazotti

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Vaga de estágio em mídias sociais

A Interfira busca estagiário

A busca é por um estagiário disposto a se desenvolver na área de conteúdo e mídias sociais, com perfil analítico, pró-ativo e responsável, para fazer parte da Interfira!

É imprescindível que o profissional goste de desafios e de trabalhar em equipe.

Atribuições:

– Criar e publicar conteúdo e imagens para postagens em redes sociais e sites;

– Gerenciar e monitorar redes sociais;

– Acompanhar e analisar resultados e métricas;

– Interagir nas mídias sociais respondendo os seguidores;

– Desenvolver ideias junto a equipe;

– Ter conhecimento nas ferramentas de tráfego Ads;

Diferencial: Conhecimento em webdesign, canva ou photoshop e pacote office.

Trabalho presencial em Taubaté.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

O Brand Publishing e a LGPD

por Paulo Henrique Ferreira *

Finalmente entrou em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD. Inspirada na GDPR europeia, a lei formaliza a questão dos cuidados e regras com dados pessoais. Em linhas gerais, a LGPD determina que toda e qualquer marca que solicita, trata, controla e armazena dados de seus clientes tenha uma política declarada para o uso de dados. Inclusive, dá a prerrogativa de eliminação dessas informações por parte dos clientes.

Pertinente neste momento de transição midiática, a LGPD vai exigir esforço conceitual e técnico das marcas. Daqui pra frente, a lei vai estimular a minimização de solicitação de informações, bem como coibir a acumulação indiscriminada e uso indevido de dados.

A partir de agora, gestores das áreas de Tecnologia e Relacionamento com Cliente poderão, finalmente, construir processos bem estruturados. O mesmo vale para profissionais e equipes de comunicação das marcas, que terão a oportunidade de protagonizar a cultura de dados na empresa, sobretudo com projetos de mídia proprietária.

Diga-se de passagem, no longínquo ano de 2016, o estudo “Global Communications Report”, da Holmes Report, já previa que a área de Owned Media seria a frente de maior crescimento nas empresas até 2020. Acertaram na mosca. Mesmo antes da LGPD, muitas empresas já buscavam a desintermediação da relação com seu público, através de ativos digitais proprietários.

Ativos como, por exemplo, portais de conteúdo especializado, assinados por marcas relevantes. Esse tipo de projeto – conhecido como brand publishing – consiste no desenvolvimento de propriedades completas de conteúdo digital, com programas consistentes de publicação e distribuição de notícias, análises e informações, em plataforma própria.

A partir de agora, a marca que tiver legitimidade para se posicionar como publisher, além de reforçar sua autoridade e notoriedade, terá também a oportunidade de tornar sua plataforma uma fonte permanente de dados, em compliance com a LGPD.

Afinal, com a LGPD, a questão não fica restrita apenas à produção, curadoria e distribuição de conteúdo. Extrapola para a capacidade de transformar third party data em first party data. Ao atrair audiência de forma sistemática para uma plataforma própria, a marca estabelece uma fonte estruturada de dados, com processos técnicos bem definidos.

Processos integrados com o CRM das empresas, com clara distinção das fontes de origem e usos estritamente relacionados a cada ação. Muito mais que um programa permanente de conteúdo, a disciplina de brand publishing é capaz de desenvolver uma plataforma que transforma, de maneira lícita, dados terciários em dados primários.

Grupos como L’Oreal, GE e Amex são referências globais em brand publishing, com portais proprietários relevantes, pioneiros e longevos. No Brasil, marcas como ENGIE, PROTESTE e Transfero Swiss, também já estabeleceram suas plataformas de conteúdo, em linha com as boas práticas da LGPD.

Image by Wynn Pointaux from Pixabay

Com tudo isso, da mesma maneira que equipes técnicas vão ter que lidar com as novas regras, as equipes de comunicação também terão que amadurecer seus processos. Cabe aos profissionais da área desenvolverem portais proprietários de marcas, que serão verdadeiros ativos de negócios – inclusive para o tratamento adequado de dados.

Afinal, antes da LGPD, projetos de brand publishing – estado da arte em owned media – eram verdadeiros diferenciais competitivos de marcas relevantes. Com a LGPD, esse tipo de projeto passa a ser uma necessidade operacional.

*Formado em jornalismo pela PUC-Campinas, Paulo Henrique Ferreira também é mestre em Ciências da Comunicação pela ECA-USP e possui MBA em Gestão pela Fundação Getúlio Vargas. É fundador e Diretor Executivo da Barões Digital Publishing, primeira empresa brasileira especializada em brand publishing, que tem entre seus clientes, o QuintoAndar, PROTESTE, ENGIE e Transfero. Paulo Henrique começou sua carreira em 2000, na Compera (atual Movile), desenvolvendo produtos editoriais para telefones celulares. De 2008 a 2015 liderou a área digital do LANCE!, o maior diário desportivo do Brasil. Dentre outras posições no mercado de publishing digital, também foi membro do Comitê de Estratégias Digitais da ANJ. Ferreira é pai do Pedro e marido da Márcia, além de sócio, na Barões, do Bruno Costa e João Gabriel dos Santos.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0