Procura por produtos promocionais deve crescer 15% no segundo semestre

Estimativa é do portal Free Shop, maior marketplace brasileiro de brindes, materiais e serviços para eventos e ponto de venda

Com a proximidade do Natal e das festas de final de ano, empresas do setor de Live Marketing já sentem aquecimento na procura por produtos promocionais. A expectativa é de que a busca por esses itens cresça 15% em relação ao ano passado, segundo o portal Free Shop, maior marketplace brasileiro de brindes, materiais e serviços para eventos e ponto de venda. “O segundo semestre do ano é sempre mais movimentado para o segmento, pois é o momento em que as empresas mais compram brindes e realizam ações”, explica Auli De Vitto, diretor geral da Forma Promocional, empresa responsável pelo portal Free Shop e pela feira Brazil Promotion.

As empresas têm apostado na utilização de brindes e em ações personalizadas, criativas e inovadoras para divulgar e aumentar o recall das marcas, além de engajar os clientes. “Na hora de escolher o item ideal é importante tentar sair do lugar-comum, oferecendo algum diferencial para o público”, enfatiza De Vitto.

O Free Shop registrou mais de 103 mil orçamentos no primeiro semestre deste ano. O aumento foi de aproximadamente 15% em comparação ao mesmo período de 2017. Pesquisa realizada pelo portal no ano passado indica que o investimento médio por empresa era de R$ 50 mil, podendo aumentar mais de 32% em 2018.

Contudo, na hora de definir um produto promocional não basta escolher qualquer coisa. As empresas devem ficar ligadas nas tendências para identificar o que seus consumidores mais gostam. Produtos com a marca aparente estão sendo substituídos por itens de grifes bem discretos, com identificação na parte interna do brinde. Segundo De Vitto, o cliente continua fã das grifes mundialmente conhecidas, mas não quer parecer um outdoor ambulante. Por conta disso, as companhias estão transferindo seu prestígio para produtos promocionais que gerem essa percepção positiva.

Outra novidade em alta são os brindes contra roubo, como por exemplo, mochilas e sacolas com sistemas de segurança que dificultam o acesso a laptops ou celulares. Os itens multiuso ou integrados também despertam grande procura. Neste campo, destacam-se mochilas com powerbank integrado, permitindo ao usuário utilizar o celular, enquanto ele está sendo carregado por um sistema de energia dentro da bolsa.

A tecnologia está sempre em evidência no setor promocional. Com objetos cada vez mais acessíveis e abrangentes fica mais fácil proporcionar ao público-alvo experiências adequadas aos objetivos da marca. Os óculos 3D e os recursos de realidade aumentada e virtual comprovam esta vertente. “Os avanços tecnológicos sempre constituíram um diferencial no segmento. As marcas podem aproveitá-los de diversas formas como, por exemplo, dar ao consumidor óculos 3D e proporcionar acesso à realidade virtual com conteúdos exclusivos”, enfatiza De Vitto.

Produtos alimentícios como cup cakes, caixas com chocolates ou doces especiais também estão em evidência. Além de fugirem do comum, possibilitam o uso de embalagens especiais e têm boa aceitação do público.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Tatiane Oliveira

Brazil Promotion reúne produtos e serviços para ajudar empresas a aumentarem suas vendas e fidelizar clientes

Evento acontece entre 1º e 3 de agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo

A 15ª Brazil Promotion – Live Marketing and Retail, maior feira de marketing promocional e varejo da América Latina, acontece entre os dias 1º e 3 de agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Organizada pela Forma Promocional, a feira apresenta os principais lançamentos em brindes e presentes corporativos, produtos e serviços promocionais para realização de eventos, além de gráficas especializadas, agências, soluções para o ponto de venda, tecnologia, marketing digital e varejo.

Nesta edição o visitante encontrará cerca de 200 expositores, em 16,5 mil metros quadrados. Uma verdadeira vitrine com ações, produtos e serviços capazes de proporcionar experiência e interação entre marcas e consumidores. Já estão confirmadas empresas como Vivara, Swarovski, Pilot do Brasil, Nadir Figueireido, Pepsico, Oxford, Editora Melhoramentos, Copag, Fantastic Brindes, Couro Impresso, Samsonite, entre muitas outras. Além disso, a expectativa da organização é de receber 12 mil visitantes.

“O setor de live marketing movimenta, em média, cerca de R$ 43 bilhões por ano no Brasil. Em um cenário com verbas reduzidas, os investimentos em ações promocionais aumentam. Recentemente, pesquisas revelaram que 93% das empresas investem em ações de ativação, 92% realizam eventos e 88% migram suas verbas para campanhas promocionais, com oferta de brindes e presentes corporativos”, explica Thais De Vitto, diretora da Brazil Promotion.

Top Buyers – A feira contará com local exclusivo voltado aos maiores compradores e contratantes do mercado para a realização de rodadas exclusivas de negócios. As reuniões são agendadas previamente e acontecem em salas privativas. Além das negociações, com promoções e benefícios exclusivos, os participantes têm oportunidade de receber amostras dos lançamentos e novidades oferecidas pelos expositores com total prioridade. Em edições passadas, o Top Buyers já recebeu empresas como Ache Laboratórios, Astrazeneca, Bayer, Centauro, Chilli Beans, Correios, Delboni, Danfoss, Editora Abril, Epson, Heineken, Kimberly-Clark, Mapfre Seguros, Nissin-Ajinomoto, Novartis, Norton, Pfizer, Porto Seguro, PepsiCo, Rayovac, Sabesp, Schneider-Electric, Seguros Unimed, Sem Parar, Semp Toshiba, Souza Cruz, SKY, Unilever, Volvo, Wurth, entre outros.

Showroom de Ideias – O espaço, localizado logo na entrada da feira, é uma forma de privilegiar as novidades que podem fazer a diferença. Os visitantes ainda são convidados a votar nos melhores produtos que, concorrerão ao troféu Brazil Promotion Idea.

SIM Varejo – Paralelamente à feira, será realizado o Seminário Internacional de Marketing no Varejo (SIM Varejo 2017), que acontece nos dias 1º e 2 de agosto. A iniciativa da Associação Brasileira de Marketing no Ponto de Venda/POPAI Brasil, em parceria com a feira, será dividida em três blocos: “O Futuro do Ponto de Venda”, “A Transformação Digital” e o “Novo Comportamento de Compra”. Entre os assuntos a serem debatidos estão propósito, experiência de compra, tecnologia do varejo, tendências para o ponto de venda e negócios, neuromarketing, engajamento, live marketing e relacionamento, bem como as mudanças de comportamento na era digital e os resultados obtidos com a tecnologia.

Para informações sobre valores e inscrições acesse: http://www.brazilpromotion.com.br/afeira/seminarios/seminarios.asp

Temática – A cada ano a feira apresenta um tema lúdico, a fim de envolver ainda mais os visitantes. A temática para este ano “3 dias de piração”, foi uma homenagem a obra de Yayoi Kusama, artista plástica e escritora japonesa conhecida por sua obsessão por pontos e bolas. Outra característica forte em seu trabalho é a mistura de diversas artes como colagens, pinturas, esculturas, arte performática e instalações ambientais. “A ideia é provocar o visitante para uma ruptura de padrões e convidá-lo a sair da sua realidade e abrir a mente para o inusitado e exuberante”, revela Thais.

Visitação – A visitação é gratuita. O pré-credenciamento já pode ser feito no site www.brazilpromotion.com.br. No dia do evento, basta retirar o crachá de acesso na recepção. Não é permitido a entrada para menores de 18 anos, mesmo que acompanhados pelos responsáveis.

Fonte: Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Tatiane Oliveira

Brazil Promotion lança edição pocket da feira no primeiro semestre

Brazil Promotion Day acontece pela primeira vez na capital paulista no próximo dia 30 de março

A Brazil Promotion, maior feira de marketing promocional da América Latina e grande inspiradora de tendências, antecipa sua edição anual com a realização do Brazil Promotion Day. A versão pocket acontece pela primeira vez em São Paulo, no próximo dia 30 de março, reunindo cerca de 70 expositores. Eles apresentarão ao público os principais lançamentos e novidades em brindes e produtos promocionais, serviços para eventos e soluções para merchandising no ponto de venda.

“A nossa principal versão da feira Brazil Promotion continuará acontecendo em Agosto. Durante muitos anos, a realização de somente uma edição em São Paulo fazia sentido, pois o aquecimento do mercado era maior no segundo semestre. Agora isso mudou. Por conta do período de crise existem empresas que contratam e realizam ações promocionais o ano todo e sentimos necessidade de promover uma versão da feira para atender essa fatia de mercado”, conta Thais De Vitto, diretora de Novos Negócios da Forma Promocional, empresa organizadora do evento.

O Brazil Promotion Day São Paulo terá palestras gratuitas com a chancela das principais entidades do setor como Associação de Marketing Promocional (AMPRO), RDI Retail Design Institute, Instituto Tecnológico de Eventos (Intev) e POPAI Brasil – The Global Association for Marketing at Retail Brasil. No período da manhã, João Riva, diretor da DuoVozz, mostrará como a inovação pode potencializar os resultados das campanhas e criar experiências no Live Marketing.

Na parte da tarde será a vez de Ana Costa, diretora da RDI, debater a contribuição do marketing de experiência para a retenção de clientes e ampliação das vendas. Na sequência, Arnaldo Zogbi, diretor-presidente do Intev, apresentará as principais tecnologias e experiências aplicadas em eventos corporativos; e para fechar o dia, Sérgio Barbi, presidente do POPAI Brasil, aborda o futuro do varejo com mudanças no comportamento de compra e expectativas dos consumidores.

Para participar das palestras basta levar 1 quilo de alimento não perecível que será doado para o Instituto AUA de Empreendedorismo Social, entidade que atua para o desenvolvimento de práticas sustentáveis e desenvolvimento humano.

O Brazil Promotion Day já passou por grandes centros do Brasil como Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Campinas, Porto Alegre e Recife. A visitação é gratuita e o credenciamento deve ser feito antecipadamente no site do evento (www.brazilpromotion.com.br/day) ou no próprio local.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Tatiane Oliveira

Cannes será assunto no Ampro

Cannes Lions é um dos temas do 1º Ampro Live Festival

Evento visa a fomentar ideias, inspiração, referências, insights, trocas, informações e conteúdo. Letícia Abraham Malta, da Ascential LATAM, falara sobre o Cannes Lions

O Estadão, representante oficial do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade, informa que a Associação de Marketing Promocional (Ampro) promove, dia 28 de novembro (segunda-feira), o 1º Ampro Live Festival. O encontro visa a fomentar ideias, inspiração, referências, insights, trocas, informações e conteúdo para todo o mercado de comunicação. A programação tem como objetivo atrair profissionais de agências, profissionais ligados ao marketing e público universitário.

keyboard-1395316_640

“Queremos reunir grandes nomes que utilizaram de inspiração e criatividade para criar cases de sucesso, em diversas áreas. Cada vez mais temos que valorizar e compartilhar as boas ideias. Vai ser um festival bem Live”, afirma Celio Ashcar Junior, chairman da Ampro.

Sob o ícone da lâmpada e sua evolução, remetendo ao progresso das ideias, o evento prevê um dia inteiro de conteúdo inspiracional, intercalando profissionais de diversos setores. Na programação, nomes como Letícia Abraham Malta, diretora-geral da Ascential LATAM, que falará sobre a importância da criatividade e o Cannes Lions Festival; Claudio Rocha, designer, tipógrafo, editor e representante brasileiro da Associação Tipográfica Internacional; Tim Lucas, CEO da The Listening Agency, trazendo inspiração da Hyper Island; Guto Índio da Costa, coordenador do Núcleo de Design da Índio da Costa A.U.D.T.; e o artista Michel Onguer, fundador da Ciclo Social Arte.

Um painel sobre Novas Mídias trará Pérola Cussiano, brand develpment lead do Instagram; Maurício Ferreira, CMO Lead da Microsoft; e Maia Mau, head do YouTube Marketing; além de palestra de Átila Francucci, consultor responsável pela coordenação da campanha de João Doria Jr. à Prefeitura de São Paulo. Haverá painel coordenado pela Rede Globo, entre outros nomes.

unnamed

“A indústria do Live Marketing está no fluxo da nova economia, que traduz novos anseios da sociedade, mais verdadeira, com mais valores que fazem parte do mundo real e não do mundo fake, pois a vida das pessoas é ao vivo todo dia, e cada dia mais digital”, opina Maurício Magalhães, VP da Ampro.

O Ampro Live Festival acontece no Teatro Cetip e no Rooftop5, que ficam no mesmo do endereço do Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, e será finalizado com grande festa e cerimônia do Ampro Globes Awards 2016, a maior premiação do Live Marketing no Brasil.

Os interessados em participar do Festival e da Premiação Ampro Globes Awards podem solicitar suas reservas por meio do telefone (11) 5632-3113 ou e-mail ampro@teleeventos.com.br. Outros detalhes: www.amprolivefestival.com.br. Credenciamento de imprensa: por meio do e-mail camila@cbscomunicacao.com.br ou (11) 98478-3776, até às 14h do dia 25 (sexta-feira).

Serviço:
1º Ampro Live Festival e 16º Ampro Globes Awards
Data: 28 de novembro (segunda-feira)
Horários:
Live Festival – das 9h às 18h30
Festa de encerramento e cerimônia do 16º Ampro Globes Awards – das 18h30 às 23h
Local: Teatro Cetip e Rooftop5
Endereço: Rua Coropés, 88 – Pinheiros
Informações e convites: (11) 5632-3113 ou ampro@teleeventos.com.br
Outros detalhes: www.amprolivefestival.com.br

Sobre a Associação de Marketing Promocional (Ampro) – Maior entidade representativa do setor de Live Marketing em todo o País e a única que desenvolve nacionalmente a teoria e a prática do setor de forma ampla. Com sede em São Paulo, completou 23 anos em 2016 e possui cerca de 400 empresas associadas, com representação em várias regiões (sul, sudeste, centro-oeste e norte/nordeste). Mais informações: www.ampro.com.br.

Fonte:Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone

Fica a dica: romeiros, fé e apoio de marcas

Oportunidades

Hoje é dia das Crianças e também dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.E datas promocionais e festivas sempre foram vistas como oportunidades pelo pessoal de propaganda e marketing. Sempre lidamos com o chamado calendário promocional.

A cidade de Aparecida, situada aqui no Vale do Paraíba e onde está localizado o Santuário Nacional, como todos sabem, atrai milhares de romeiros todos os anos. Este ano, entretanto, tanto eu como vários amigos aqui da região temos percebido um volume acentuado de pessoas caminhando até Aparecida pelas margens da Rodovia Presidente Dutra. Não me lembro de ter visto tanta gente como desta vez. Sim, todos os anos o movimento de romeiros caminhando é grande, mas parece ser claro para muita gente que este ano o movimento está maior.

basilica-735244_640

Estes romeiros estão cada vez mais organizados também. Há grupos de apoio ao longo da rodovia, em todo o trajeto. São familiares, amigos, voluntários. Houve até o caso bastante noticiado de um grupo de outra ramificação religiosa (evangélicos) que montou um núcleo de apoio às margens da rodovia para prestar ajuda aos católicos. Louvável atitude!

Este blog fala de propaganda, marketing e negócios. O que tem a ver com romeiros, Aparecida e religião? Tudo!

Caso você não tenha entendido ainda, fique tranquilo. Você não está sozinho. As marcas também não entenderam…

Deixa eu explicar.

Ao invés de pontos de apoio voluntários e/ou organizados por familiares, por que não um ou vários posto (s) de atendimento de uma marca de água? Ou de chás? Ou de sucos? Ou de refrigerantes? Ou de bebidas isotônicas? Ou de bebidas energéticas (afinal o esforço para se caminhar tantos quilômetros é imenso)?

Imagina o impacto positivo sobre a imagem da marca? Um momento tão especial, único para as pessoas. Uma experiência incrível e que marcará a vida de todos que fizeram a romaria. E por que não associar sua marca à esta incrível jornada?

Os pontos de apoio poderiam ter médicos, enfermeiros, massagistas (sim, as pessoas sofrem com as dores da caminhada) e até mesmo refeições leves (barras de cereais, por exemplo).

Acho uma baita oportunidade! Uma boa ação de live marketing. Em momentos de crise como o que vivemos agora as pessoas se agarram ainda mais a fé. Não é oportunismo estar ali presente com sua marca. É contribuir de verdade e de fato para uma experiência importante de boa parte do público consumidor da nossa região. E de outras também, afinal muitos romeiros que optam por fazer parte do trajeto a pé são de outras regiões do estado e até do país.

Fica a dica! Quem sabe ano que vem?!

Josué Brazil

Falando um pouco sobre comportamento do consumidor

O poder da experimentação

Quando estudamos o comportamento do consumidor e analisamos o processo de compra do consumidor detectamos que ele ocorre em cinco etapas básicas: reconhecimento das necessidades, busca de informações, avaliação das alternativas, decisão de compra e avaliação pós-compra.

Em função das mudanças causadas pelas mídias digitais – interne e as mídias sociais – aumento expressivo da oferta de produtos/marcas/serviços e o consequente empoderamento do consumidor, a etapa de busca de informações tornou-se uma das mais relevantes do processo. Isso ocorre em função da informação agora ser abundante, fácil e em muitos casos bastante qualificada.

choose-the-right-direction-1536336_640

E quando vamos detalhar a etapa de informações dentro do processo de compra notamos que o consumidor utiliza cinco fontes básicas de informação:

Fontes internas (as informações armazenadas na memória da pessoa);
Fontes de grupos ou pessoais (os consumidores podem consultar outras pessoas, como seus amigos e familiares, ao procurar informações para compras);
Fontes de marketing ou comerciais (os consumidores também obtêm informações contidas nas ações de marketing por meio de embalagens, vendedores, revendedores, propaganda, mostruário de produtos etc.);
Fontes públicas (são fontes independentes dos profissionais de marketing e outros consumidores, que incluem artigos na mídia sobre produtos ou classificações feitas por organizações independentes);
Fontes de experimentação (os consumidores também podem experimentar produtos, por exemplo, manuseando-os, cheirando-os, provando-os ou testando-os).

Notamos que duas fontes, a de grupos ou pessoais e a experimentação estão se tornando muito determinantes. E por quê?

Basicamente ambas foram potencializadas pelas mídias digitais e, notoriamente, pelas mídias sociais. Vamos entender melhor.

woman-1253481_640

Sempre perguntamos para nossos amigos sobre produtos/marcas/serviços. Sempre. A diferença é que agora usamos o alcance das mídias sociais. E as opiniões dos muitos “amigos digitais” passaram a fazer muita diferença. De outro lado, a experimentação foi anabolizada pelos tutoriais e pelos youtubers que demonstram produtos, mostram a melhor utilização, filtram os melhores e dão dicas para buscar mais desempenho de cada um deles. O consumidor experimenta indiretamente.

Também é fato que o “live marketing” passou a ser muito efetivo no momento de colher informações e decidir compra. Pesquisa feita AMPRO em parceria com a SSK revela que eventos e ações promocionais movimentaram R$ 44 bilhões entre julho de 2015 e julho do presente ano. O estudo indica que o consumidor é cada vez mais centrado na experiência.

Alguns dados da pesquisa (publicada pelo PROPMARK, data de capa 19/09/2016): 31% das empresas aumentaram o uso de ações no segmento. Cerca de 29% mantiveram o aporte de verba no segmento. Já 62% das companhias apostaram em ações promocionais e 77% colocaram verba em eventos, feiras e congressos. A pesquisa também aponta que 56% colocaram suas fichas no marketing de incentivo e que 47% nas ativações.

O estudo deixa claro que o consumidor deseja muita e boa informação para sua tomada de decisão de consumo. Esta etapa do processo de compra tornou-se vital para as empresas. Uma bem pensada estratégia de marketing e comunicação que empodere ainda mais o consumidor mostra-se decisiva no cenário atual.

Josué Brazil

Parede de escalada usada em ação

Giz Propaganda cria parede de escalada para Braskem

A atração fará parte da Virada Sustentável e propõe reflexão sobre os desafios das mudanças climáticas

unnamed (5)

Construir uma parede de escalada divertida e, ao mesmo tempo, informativa. Essa foi a missão da Giz Propaganda para uma ação da Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. A iniciativa fez parte da sexta edição da Virada Sustentável, que aconteceu em São Paulo até domingo (28).

O maior desafio da agência foi encontrar uma maneira lúdica de passar a mensagem de que o plástico, por sua leveza e por ser reciclável, pode ser um importante aliado para minimizar os impactos da emissão de CO2. Para isso, desenvolveu a ativação “Parede de escalada – Encare os Desafios das Mudanças Climáticas”, que propõe um desafio diferente para crianças e adultos.

unnamed (6)Instalada no Parque do Ibirapuera, ao lado do auditório, a atração exibe mensagens importantes sobre como o plástico pode ajudar o meio ambiente. Para que os visitantes consigam ler todas as informações, eles precisam superar os níveis de escalada. Serão três paredes, com oito metros de altura e cinco metros de largura. A atividade ficou disponível ao público das 10h às 17h30.

Ficha técnica:
Agência: Giz Propaganda
Cliente: Braskem
Título: Parede de escalada – Encare os Desafios das Mudanças Climáticas
Direção de criação: André Franco
Redator: André Franco
Diretor de Arte: Carlos Paboudjian
Atendimento agência: Isabel Amaral
Produção: Vanessa Pimentel
Aprovação Cliente: Braskem

unnamed (8)

Sobre a Virada Sustentável – A Virada Sustentável é um festival anual de mobilização e educação para a sustentabilidade, que envolve cocriação, articulação e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, escolas e universidades, empresas, coletivos e movimentos sociais. Em sua primeira edição, em 2011, a Virada reuniu mais de 500 mil pessoas em 482 atrações distribuídas em 78 espaços. No segundo ano, com ações e atrações em todas as regiões da cidade, a Virada se democratizou, reunindo em torno de 740 mil pessoas em 612 atividades gratuitas localizadas em 149 locais. Em 2013, o evento reuniu 695 atrações e atividades distribuídas em 152 locais de São Paulo, com público aproximado de 800 mil pessoas. Já em 2014, o evento reuniu 715 atrações e atividades distribuídas em 155 locais, com público aproximado de 900 mil pessoas www.viradasustentavel.com.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone

Coluna “Discutindo a relação…”

A comunicação puxada

Josué coluna correto

Houve um tempo em que a comunicação mercadológica era quase que 100% baseada na comunicação de massa. Era, portanto, totalmente unilateral. As marcas e/ou empresas falavam e os públicos apenas recebiam. Praticávamos a comunicação empurrada. E não só a comunicação comercial era assim. O entretenimento também. Colocava-se um conteúdo dentro de uma grade fixa de programação e o público que desse um jeito de acompanhá-lo.

Muita coisa mudou e hoje vivemos a época da comunicação multidirecional na qual cada pessoa é uma canal. Um produtor de conteúdo. Um player de comunicação. Neste novo cenário marcado fortemente pela web e pela comunicação digital, grade fixa não funciona mais. As pessoas querem o conteúdo quando estiverem dispostas a consumi-lo. E onde quiserem. Ah… tem mais: sem interrupções comerciais.

Diferente do que ocorria antes, como afirma Evan Schwartz em seu livro “Webonomics”, publicado em maio de 1997: “Na mídia tradicional, a publicidade é intrusiva. O anunciante compra espaço e tem controle total sobre o que acontece nesse espaço. O espectador ou leitor tem de ver o anúncio exatamente como o anunciante quer que ele veja”.

download

As novas gerações de consumidores preferem o vídeo (Netflix) e o áudio (Spotfy) on demand. A TV e o rádio tradicionais vão perdendo espaço. Há também a questão da atenção. Ela se fragmentou terrivelmente nas duas últimas décadas. Há menos atenção aos meios tradicionais e a sua comunicação empurrada.

Na luta para conseguir atenção é necessário fazer comunicação comercial atraente e com cara de entretenimento. É preciso ser relevante e sedutora a ponto de ser puxada pelos consumidores. Falávamos em “Era da Atenção”.Depois em “Economia da Atração”. Entretanto, Cris Rother, Sócia-Diretora de Mídia da LOV em artigo publicado em 12 de Março de 2008, já falava de Era da Expectativa.

Ela afirmou: “Quando analisamos algumas informações, percebemos que os usuários mudaram, amadureceram e que eles não querem mais somente serem atraídos por uma campanha, site ou peça, mas sim colaborar, se entreter e opinar sobre tudo. Esperam que o escutem e preencham suas expectativas sobre um produto ou serviço, que lhe ofereçam muito mais, além daquilo que ele já esperava e do estava pronto para não esperar.”

netflix-logo-small-37aa32cd2cbd63dde01c529820f8b640b7a2f6ed35df981193d518adf1d39103

Neste contexto, estratégias como o branded content, o transmedia storytelling, o gamefication e o live marketing parecem ser mais eficazes. O apagamento das fronteiras entre comercial e entretenimento e a disponibilização de conteúdo que possa ser puxado em diferentes plataformas também são necessidades urgentes.

Walter Longo já disse que o novo marketing se baseará no tripé informação, interatividade e entretenimento. Ele afirmou em uma matéria publicada na HSM Management (n°70, setembro/outubro de 2008): “Acontece que nós estamos inundados por dados e famintos por informação. Por isso, várias coisas vão ter de acontecer: primeiro, a propaganda, de alguma forma, vai ter que se integrar ao conteúdo. A segunda é o crescimento dos documercials e advertorials, respectivamente programas e artigos feitos por empresas para dar todas as informações sobre seus produtos. E a terceira coisa é a inclusão de conteúdo nos intervalos de TV, rádio, revista, financiada por anunciantes. A sinergia entre publicidade e conteúdo deve crescer muito. Mas é importante dizer isso com todas as letras, jamais enganando o consumidor. Não é propaganda disfarçada de conteúdo; tem de deixar claro o emissor da mensagem. O que importa é a integração com o ambiente editorial em que o material será inserido.Nesse caso, o meio também é a mensagem”.

Walter Longo

Walter Longo

É fundamental que as agências de comunicação e os novos profissionais de comunicação mercadológica estejam amplamente preparados e inseridos nesta realidade. Não haverá volta. Os jovens e as crianças não abandonarão a música streaming e nem as séries vistas na Netflix sem a interferência de comerciais de 30 segundos. O jogo será cada vez mais da comunicação puxada em detrimento da empurrada.

Puxar gera mais atenção. Comunicação empurrada é cada vez menos atraente. Fato! E irreversível.

Veja como foi a Brazil Promotion

Brazil Promotion contabiliza resultados de sua 14ª edição

Feira reuniu cerca de 12 mil pessoas em três dias

unnamed (4)

Displays, produtos para merchandising no PDV, brindes e presentes corporativos, mídias interativas, marketing digital, serviços gráficos especializados e fornecedores para eventos foram algumas das áreas mais disputadas pelos visitantes da Brazil Promotion – Live Marketing and Retail, maior feira de marketing promocional da América Latina. No total foram mais de 25 mil itens apresentados por 220 expositores. O evento, realizado entre os dais 2 e 4 de agosto, reuniu cerca de 12 mil visitantes, incluindo profissionais com poder de decisão em empresas de diversos segmentos do mercado, que puderam conferir lançamentos e o que há de mais moderno no mercado promocional e varejo.

Em sua 14ª edição, a feira promovida pela Forma Promocional contou com expositores de todos os portes. Muitos deles estiveram na feira pela primeira vez, como Drinkfinity, Netshoes, Morana e Vivara. “A cada ano a Brazil Promotion vem se fortalecendo como importante canal de negócios corporativos e trazendo relevantes marcas, produtos e serviços para nossos visitantes. Importantes empresas tem se juntado a nós por enxergar oportunidades nas vendas corporativas como complementação dos canais tradicionais de comercialização”, explica Auli De Vitto, CEO da Forma Promocional.

Além da exposição dos produtos e serviços, a Brazil Promotion contou com o espaço Top Buyers, que está em sua 12º edição, onde grandes empresas participam de reuniões e rodadas de negócios com os principais expositores. “Muitos negócios são fechados aqui mesmo. São profissionais extremamente qualificados e empresas com grande potencial para compras, que vêm em busca de ações para incrementarem suas campanhas de vendas. Só nesta edição foram realizados cerca de 450 encontros”, conta De Vitto.

unnamed (3)

Outro grande destaque foi a parceria com a Popai Brasil – The Global Association for Marketing and Retail, que levou para a feira seus dois eventos, a 16ª edição do Prêmio Popai Brasil 2016, que apresentou ao público os projetos e peças mais relevantes realizados para PDV neste ultimo ano e o Seminário Internacional de Marketing no Varejo (SIM Varejo 2016). De acordo com De Vitto, a presença da entidade permitiu oferecer ao público visitante conteúdo exclusivo e voltado ao varejo, além de referências criativas para todo o mercado.

Simultaneamente ao Sim Varejo, foi realizado também, o Seminário Promo Tendências 2016, organizado pela Forma Promocional. Durante dois dias foram realizadas sete palestras e um painel com renomados profissionais de grandes empresas e agências. Entre os debates estiveram temas que vão pautar o setor de marketing promocional como premiumrização, inteligência artificial, branding ecustomer brand experience.

Desde sua primeira edição a Feira Brazil Promotion mantém, no acesso principal ao evento, uma cenografia que propicia uma experiência real ao visitante, permitindo-o vivenciar diversos ambientes com situações descontraídas que os leva ao mundo dos sonhos, da criação e da imaginação, tema da edição deste ano.

A feira Brazil Promotion é realizada anualmente em São Paulo e já tem data para a próxima edição. Acontecerá entre 1 e 3 de agosto de 2017, no Transamérica Expo Center. Durante o ano, edições itinerantes, chamadas de Brazil Promotion Day, acontecerão nas principais capitais, uma no Rio de Janeiro e outra em São Paulo.

Fonte:Lucia Faria Comunicação Corporativa – Tatiane Oliveira

Brazil Promotion lança app

Brazil Promotion lança app que funciona como rede social

Tecnologia permitirá networking entre participantes e oferecerá informações gerais sobre a feira, que acontece entre 2 e 4 de agosto, em São Paulo

unnamed (5)

Além de apresentar ao público as soluções mais criativas e avançadas tecnologicamente para campanhas promocionais e de varejo, a Brazil Promotion, maior feira do setor e grande inspiradora de tendências, promoverá muita interação entre visitantes e expositores. Em razão disso, criou para o evento, que acontece entre 2 e 4 de agosto, em São Paulo, aplicativo exclusivo que funcionará como uma espécie de rede social.

O software está disponível para download gratuito nos sistemas iOS e Android (clique AQUI para baixar). Nele, os participantes da feira poderão interagir uns com os outros via chat, enviar fotos e compartilhar suas impressões e ideias sobre o evento. Além disso, o app contará com a relação dos expositores por categoria, grade completa do seminário e perfil dos palestrantes, produtos e serviços, entre muitas outras informações.

Em sua 14ª edição, a Brazil Promotion tem se consolidado como importante canal de negócios, com soluções de marketing promocional e live marketing para o mercado corporativo. “A nossa intenção é ir além da prestação de serviços. Queremos promover networking entre participantes e expositores, permitindo que o relacionamento e a realização de negócios extrapolem o ambiente da feira. É mais um benefício a mais para quem nos visita”, ressalta Auli De Vitto, CEO da Forma Promocional, empresa idealizadora da feira.

A visitação à feira é gratuita. Os interessados devem realizar o pré-credenciamento no site www.brazilpromotion.com.br. No dia do evento, basta retirar o crachá de acesso na recepção. Não é permitido o acesso para menores de 18 anos, mesmo que acompanhados pelos responsáveis.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Tatiane Oliveira