Vaga em aberto na Canção Nova em Cachoeira Paulista

Vaga para Analista de Marketing Jr.

Graduação completa em Publicidade e Propaganda;

Marketing; Administração ou Pós graduação na área de Marketing.

Desejável experiência na função.

Atividades:

Desenvolver e acompanhar as estratégias de divulgação para o lançamento dos produtos Canção Nova;

Elaborar planos de Marketing e acompanhar as atividades relacionadas à comunicação dos lançamentos para o mercado interno e externo;

Auxiliar na definição de abordagem e meios de comunicação mais adequados às campanhas publicitárias dos produtos;

Elaborar relatórios de divulgação.

Horário: De segunda à quinta-feira das 08:00 às 18:00h e sexta-feira das 08:00 às 17:00h.

Interessados que estiverem dentro do perfil solicitado, enviar o currículo para: curriculo@cancaonova.com até o dia 17/01/2018 (Quarta-feira) às 12:00h e colocar no assunto do e-mail o título da vaga “Analista de Marketing Jr.”
Currículos que não atenderem aos pré-requisitos acima, serão desconsiderados.

Empresa lança campanha usando sua própria tecnologia

Adobe lança a primeira campanha publicitária 100% programática da indústria

Campanha – toda estruturada por meio da própria solução da empresa, a Adobe Advertising Cloud –, tem o objetivo de mostrar como tecnologias de inteligência e design são essenciais para a imagem das marcas

A Adobe anunciou o lançamento de sua campanha global “Experience Business”, a maior campanha publicitária cross-mídia a ser implementada unicamente por meio de uma plataforma programática. A campanha ressalta a visão da Adobe de que uma inteligência profunda e um design incrível são fundamentais para criar experiências convincentes que ajudem as marcas a se destacarem. As marcas participantes incluem Caesar’s Entertainment, Carnival Corporation, Franke Group, Holland America Line, Pandora, Princess Cruises, Sydney Opera House, UBS e T-Mobile. O lançamento inicial nos EUA, Reino Unido e Alemanha aconteceu em novembro.

A campanha “Experience Business” da Adobe é comprada de forma 100% programática pela Adobe Advertising Cloud, que integra a plataforma Adobe Experience Cloud, e conta com toda a transparência da plataforma para administração cross-channel de propagandas. A campanha foca em executivos C-level e potencializa formatos de alto impacto de design e mídia em diversos canais. Os métodos de compra incluem lances em tempo real (RTB) e compras diretas não garantidas através do On-Demand, mercado premium da Adobe Advertising Cloud para o divulgador.

Na campanha, a Adobe utiliza seu próprio planejador de múltiplas telas do Advertising Cloud para definir os melhores investimentos em mídia assim como o software DSP da solução. A tecnologia permite realizar as compras de mídia display e vídeo em desktop e mobile, display e vídeo em mídias sociais pagas, Out Of Home (OOH) digital, áudio digital, além de formatos de anúncios para smart TVs.

A campanha criativa, desenvolvida com a equipe criativa interna da Adobe e pela agência parceira Goodby Silverstein & Partners, retrata objetos aparentemente cotidianos com o slogan “Make Experience Your Business”, explicando como as empresas devem pensar além dos produtos que estão vendendo – elas devem fornecer uma experiência verdadeiramente excepcional com relação aos seus produtos para realmente se destacarem. A campanha abrangente conta com uma experiência reinventada da Adobe.com e é a peça central dos eventos da Adobe ao redor do mundo.

“As marcas mais bem-sucedidas hoje em dia concentram sua energia em fornecer uma experiência consistente e unificada em vários canais”, disse Alex Amado, vice-presidente de Marketing de Experiência da Adobe. “Usamos essa abordagem completamente programática, pois assim podemos efetivamente direcionar este público, analisando o comportamento e as pegadas digitais para oferecer uma experiência mais relevante e personalizada em cada ponto de contato”.

A Adobe continua a usar suas soluções de dados para encontrar novas formas de efetivamente alcançar novos públicos e medir o impacto em tempo real. O Projeto Relay, por exemplo, é um modelo doméstico da Adobe para medir a forma como a mídia paga leva os clientes a fazer testes gratuitos e, em seguida, a pagar por conversões. O projeto foi premiado com o ANA Genius Award em outubro por efetivamente usar o analytics para dar sentido ao big data e provar o valor do marketing. Veja mais informações aqui.

Sobre a Adobe Experience Cloud

A Adobe Experience Cloud é um conjunto abrangente de serviços em nuvem, formulados para oferecer às empresas tudo que elas precisam para oferecer experiências excepcionais para os clientes. Incluindo a Adobe Marketing Cloud, a Adobe Advertising Cloud e a Adobe Analytics Cloud, a Experience Cloud foi desenvolvida com base na Adobe Cloud Platform e integrada com a Adobe Creative Cloud e a Document Cloud. Potencializando os recursos de machine learning e inteligência artificial da Adobe Sensei, a Adobe Experience Cloud combina soluções de renome mundial, uma plataforma completa e abrangente, sistemas abrangentes de conteúdo e dados e um ecossistema robusto de parceiros que oferece uma expertise inigualável na entrega de experiências.

Sobre a Adobe Advertising Cloud

A Adobe Advertising Cloud é a primeira plataforma independente de ponta a ponta da indústria para administrar propagandas em formatos tradicionais (TV) e digitais. Ao se concentrar na segurança da marca, melhorar a transparência e potencializar todo o potencial da Adobe Creative Cloud e da Adobe Experience Cloud, nossa plataforma permite que os anunciantes tenham um maior controle dos seus gastos mundiais com propaganda e alcancem seus objetivos de negócios. A plataforma já administra anualmente cerca de US$ 3 bilhões em propagandas, advindos de mais de 1.000 clientes globais, como a Allstate, Ford, Johnson & Johnson, Kraft, Liberty Mutual, L’Oréal, MGM, Nickelodeon e Southwest Airlines. Descubra mais informações sobre a Adobe Advertising Cloud.

Fonte: RMA Comunicação – Alisson Costa

Vaga para profissional de mídia

A Molotov abriu vaga para Profissional de Mídia On e Off

Atribuições:
– Atuar na elaboração de planos de mídia e gerenciamento em campanhas de mídia de performance (Google AdWords, Facebook Ads, Instagram Ads e outras mídias digitais);
– Gerenciar campanhas de social media (Facebook, Instagram e Linkedin);
– Analisar e monitorar as campanhas ativas;
– Construir relacionamento com veículos;
– Atuar com elaboração e análise de relatórios de resultados;
– Conhecimento avançado em compra de mídia programática;
– Capacidade de monitorar ações, mensurar resultados e transformar em insights e oportunidades de comunicação;
– Suporte ao desenvolvimento de propostas e planejamentos dentro da área de Mídias Digitais;
– Elaboração de cronogramas e relatórios;
– Reporte de resultados e cumprimento de tarefas e deadlines.

Pré-requisitos:
– Conhecimento avançado em Google Analytics;
– Formação Superior preferencial em Publicidade e Marketing;
– Perfil de liderança e focada em resultados;
– Experiência comprovada na área digital de acordo com as atribuições do cargo;
– Capacidade de gerenciar equipe e estabelecer prioridades;
– Proatividade, comprometimento, dinamismo e criatividade;
– Excelente domínio da Língua Portuguesa.

Mais informações sobre a vaga:
Horário: Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h
Local: Centro – Taubaté
Regime de contratação: CLT
Quer se candidatar?
Envie seu perfil no Linkedin + pretensão salarial + seu currículo/portfólio para: atendimento@molotovpropaganda.com.br com o assunto “Vaga – Mídia”.

Metrô News lança duas edições especiais para a Black Friday

Publicações vespertina, na quinta-feira (23), e matutina, na sexta-feira (24), totalizarão 250 mil exemplares

A combinação entre a chegada da primeira parcela do 13º salário e a Black Friday promete aquecer o comércio. Por conta disso, o Metrô News, terceiro jornal mais lido na Grande São Paulo, terá programação especial para a data, oferecendo grandes oportunidades de exposição aos anunciantes. Na próxima quinta-feira (23), será distribuída edição vespertina, das 18h às 20h. Já na sexta-feira (24) haverá edição especial, com distribuição das 6h às 8h. Em ambos os casos, o conteúdo editorial terá foco em bens de consumo, esclarecendo dúvidas e dando dicas para a melhor utilização dos produtos mais presentes nos lares brasileiros.

“A Black Friday está no radar dos principais empreendimentos do comércio brasileiro e ganha força como uma das principais datas do varejo. Trata-se de momento singular para uma mídia como a nossa. Segundo dados do Ipsos Connect: EGM Multimídia, 94% da nossa audiência pertence às classes A, B e C, com 820 mil dos leitores concentrados na faixa etária de maior consumo, de 18 a 54 anos”, explica Antonio Juliani, diretor Comercial do Metrô News. Segundo o executivo, a intenção é dar aos anunciantes a chance de impactar as pessoas no final do expediente, momentos antes do início da Black Friday, que começa à meia noite, e também no início da manhã do dia de promoções. Em ambas as ocasiões, haverá grande volume de consumidores definindo suas opções de compras para a data.

Para Juliani, essas edições proporcionam a agências e anunciantes ótima relação custo-benefício, com baixo CPM e possibilidades diferenciadas de formatos. Além disso, o Metrô News oferece ao mercado transparência, com números de distribuição gratuita auditados pelo Instituto Verificador de Comunicação (IVC). Todos esses fatores tornam a proposta comercial do jornal ainda mais atrativa para investimentos publicitários.

Sobre o Metrô News

O Metrô News é o primeiro grande jornal de distribuição gratuita em São Paulo. Começou suas atividades há mais de 43 anos, com o início da operação do Metrô na cidade. Segundo dados do Ipsos Connect: EGM Multimídia, o jornal é o terceiro mais lido da Grande São Paulo, com mais de 1 milhão de leitores. No total, 94% do público impactado pertencem às classes A, B e C, sendo que 820 mil leitores estão na maior faixa de consumo, entre 18 e 54 anos. Além disso, 12% da audiência é da região metropolitana da capital paulista. A publicação pertence ao Grupo Thomeu e tem sua distribuição gratuita auditada pelo Instituto Verificador de Comunicação (IVC).

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Cláudio Garcia

Vaga na TV Record Vale

Assistente Comercial

A TV Record Vale do Paraíba busca um assistente comercial para ampliar e reforçar sua equipe comercial.

Oferece:

CLT, Salário, Ticket Refeição, Plano de Saúde Unimed Nacional, Plano Odontológico Odontoprev, Seguro de Vida, Vale Transporte.

Enviar CV para mftoledo@recordtvlitoral.com.br ASSUNTO: Vaga Assistente Comercial

Performance e experiência do consumidor

Não existe mídia de performance sem experiência do consumidor

Por Fernando Teixeira*

Quantas vezes você já foi a um evento ou leu um artigo de um profissional de marketing falando maravilhas sobre a incrível performance de marketing e mídia de uma empresa, enquanto você lembrava da péssima experiência que teve com aquela marca? Ligações insistentes, o banner que te persegue na internet, o vídeo que cobre a notícia inteira – cenas de praticamente um filme de terror. Filme, não: um seriado de episódios diários que jogam totalmente contra a proposta de cativar e fidelizar clientes e torná-los promotores das marcas.

Corriqueiras, as situações acima ilustram o status-quo: muitas vezes os profissionais de marketing trabalham tão focados na performance que se esquecem da não-performance. Comemoram uma taxa de clique (CTR) de 1% sem pensar que isso pode significar que 99% de pessoas não ligam para a sua mensagem. Isso mesmo: consumidores que não estão nem aí! Definitivamente, não querem vê-la ou assisti-la. Nessa toada, anunciantes muitas vezes compram mídia barata e gastam o mínimo em produção para derrubar o custo de aquisição (CPA) sem perceber que, na verdade, estão gastando para entregar experiências irrelevantes a muitas pessoas.

Esse custo de “não-CPA” ou “não-CTR” pode não ser contabilizado, mas tenha certeza: a conta chega. Cada experiência não relevante, não personalizada e intrometida da marca, torna mais difícil (e mais caro!) converter os não-consumidores. Mais do que isso, o efeito rebote é imediato: com esse tipo de experiência negativa que insiste em persegui-lo, o consumidor passará a odiar a marca.

O nível de exigência dos consumidores de hoje é outro. O sarrafo está lá em cima. Empresas nativas digitais como Amazon, Facebook, Airbnb, Uber e tantas outras oferecem uma experiência tão boa e consistente ao longo do tempo que acabam por se tornarem o “novo normal” em padrão de referência.

Vivemos uma era de experiências acumuladas. Todos os impactos positivos com a marca, em interações de milésimos de segundos, contam. As experiências negativas também. Quando tratamos especificamente da publicidade digital isso é ainda mais acentuado, pois – enquanto consumidores – cada vez menos aceitamos a interrupção da propaganda. Como resposta, recorremos aos bloqueadores de pop-up e pagamos por serviços para não ter propaganda. Não é que a propaganda virou vilã, mas sim que ela é simplesmente irrelevante para uma imensa audiência impactada pela campanha.

Para resolver esse desafio, a propaganda precisa da tecnologia. Esse casamento é essencial para entregar mensagens personalizadas, pessoa por pessoa, no contexto correto, no momento certo, no melhor site, pelo melhor custo para a marca. Hoje, graças à automação da publicidade, isso é possível ser feito em escala e com baixo custo. A automação para o marketing, a inteligência artificial e o aprendizado das máquinas são os elementos tecnológicos que viabilizam essa sinergia entre publicidade digital e consumidores. São estes recursos que ajudam o marketing a entregar o que as pessoas querem, na hora em que elas desejam, culminando na entrega de boas experiências e em maiores oportunidades de negócios. Bom para consumidores, bom para as marcas.

O ponto de partida para o perfeito desenrolar da experiência com publicidade digital está no conhecimento que as marcas têm de seus consumidores, suas audiências, e de como se comportam no ambiente on-line. Só depois disso a mídia é acionada. A compra de mídia com base em dados (data-driven) é assim: cresce conforme se adquire conhecimento, e não conforme foi negociada a verba.

A mensagem que as pessoas recebem deve ser personalizada, uma a uma. Depois do clique, a vida continua no site e nos apps. Nesses ambientes, o consumidor deve ser recebido com a mesma mensagem que viu na mídia. Um site deve se transformar em milhares de sites, um para cada audiência, levando-as até a conversão. Tudo isso contribui para o desenho de um ciclo virtuoso para a marca: mais conhecimento do público, novas experiências, campanhas, interações e – chegamos lá – performance/conversão.

Para entregar esse marketing sem rupturas, os gestores da área precisam entender de tecnologia. Devem aprender sobre sistemas, plataformas e dados. O novo marketing passa obrigatoriamente por APIs e integrações. É um marketing cirúrgico, pensado nos detalhes, podendo atingir mais ou menos gente até encontrar seu ponto ótimo – o ponto da melhor experiência para o consumidor e performance para a marca.

Como isso nem sempre significa comprar mais veiculação, muitas vezes os incentivos dos vendedores de mídia podem não estar alinhados com os do anunciante. É por isso que as marcas devem ser protagonistas, exigir transparência na cadeia e se estruturar com pessoas e plataformas. Terceirizar toda a operação de marketing pode significar deixar os incentivos da cadeia dominarem, cada um do seu jeito. O resultado é a proliferação do status-quo: a comemoração cega da performance de 1%, enquanto se gasta dinheiro da marca com mensagem que não interessa.

*Fernando Teixeira é head de advertising da Adobe para a América Latina.

Vaga em área comercial de veículo

Revista contrata

A Revista By, especializada em arquitetura, decoração, arte e design e editada aqui no Vale do Paraíba, está buscando profissional para sua área comercial para sustentar e ampliar seu crescimento.

cial,

 

Futebol e amendoim: as paixões nacionais agora juntas na publicidade

Santa Helena Indústria de Alimentos foca campanha de marketing em veículos de comunicação de massa na Grande São Paulo

A bola e o gol. O futebol e o amendoim. É fato unânime que um completa o outro. Nada melhor do que assistir ao jogo do time do coração rodeado de amigos e saboreando um amendoim de qualidade e procedência garantida. Pensando nisso, e para aproveitar a reta final dos principais campeonatos de futebol do país, a Santa Helena Indústria de Alimentos, fabricante dos amendoins mais gostosos e consumidos do Brasil – Mendorato e a nova Linha Aperitivo em bandejas -, vai focar sua campanha de comunicação nos principais veículos da mídia esportiva da Grande São Paulo, onde a empresa também está investindo em uma maciça distribuição dos produtos.

A empresa está apostando no poder de alcance dos veículos de comunicação para falar de perto com a população de cerca de 19 milhões de pessoas que vivem na Grande São Paulo durante 75 dias da ação. O público-alvo da campanha é composto por homens e mulheres de 25 a 49 anos, das classes A, B e C, apaixonados pelos principais times de São Paulo e que acompanham esportes em todas as mídias. A ação poderá atingir 180 milhões de visualizações em todo esse período.

Os veículos escolhidos foram Globo Esporte, da Rede Globo; Os Donos da Bola, Terceiro Tempo e Jogo Aberto, da Rede Bandeirantes; Estádio 97 transmitido pela Energia 97 FM (97,7 MHz); os canais digitais Cartola FC, G1, UOL, Esporte Interativo e Google, além de pequenos vídeos no YouTube e full motion videos no metrô.

O objetivo da ação, segundo o diretor comercial da empresa, Luís Bertella, é conectar o maior número de consumidores com as marcas de produtos Santa Helena e, principalmente, com a categoria de amendoim. Os produtos selecionados para esta campanha foram o amendoim japonês Mendorato e a nova Linha Aperitivo de amendoins em bandeja, vendida em embalagens práticas e prontas para consumo, com diferenciais únicos na categoria, e envasada sem contato manual, com garantia de qualidade e procedência e validade de seis meses. Esta tecnologia é única no Brasil.

“Nossos produtos têm aceitação muito boa no mercado, mas enxergamos que há mercado para crescer. Temos qualidade, a preferência do consumidor e acreditamos que essa campanha que se inicia no dia 2 de outubro vai ser muito positiva. Uma boa comunicação precisa de conteúdo e frequência, por isso, a ação seguirá até 15 de dezembro para que a mensagem fique clara e chame a atenção dos nossos clientes”, afirma Bertella.

Fonte: Fonte Assessoria de Comunicação – Ana Catarina Prebill

Vaga de estágio em jornalismo

Rádio abre vaga de estágio

A Rádio Mix FM, de São José dos Campos, busca estudantes de Jornalismo para a equipe. Necessário estar entre o 3º e 4º ano.

Currículos para redacao@radiomixvale.com.br