O e-commerce e a experiência do consumidor

Como o e-commerce tem mudado as características de compra em nome da experiência do consumidor

*Por Maurício Trezub

Ter a possibilidade de comprar de forma fácil e rápida, comparando produtos, preços e especificações em tempo real, é cada vez mais parte da rotina dos consumidores, que estão ainda mais conectados ao mundo virtual e demandando novas posturas das empresas. Essa busca por experiências diferenciadas de compra é o que faz com que o varejo físico procure por uma estratégia multicanal para se aproximar mais do cliente.

Até pouco tempo atrás, comprar online se resumia em buscas, avaliação de preços e conveniência. Mas, para se reinventar no mercado e crescer, é preciso compreender que o consumidor está mais empoderado e se adaptar ao dia a dia dele é entender que irá transformar a maneira de pensar a venda no ponto físico, desde o atendimento, à interação até à forma de mostrar os produtos nas prateleiras. E nesse ponto, o varejo físico tradicional precisa entender a importância da mobilidade para poder acompanhar essas características na velocidade com que as coisas acontecem e evoluem.

A jornada de compra hoje em dia deve fugir de ser algo muito sistemático. Hoje, muitas marcas procuram atrair a atenção dos consumidores, porque sabem que eles têm o conhecimento sobre o produto de muitas formas, seja pelas redes sociais, blogs, sites, e-mail marketing ou por uma propaganda na TV. E buscar a novidade é o que move a transformação digital do varejo, então, é natural que as empresas procurem formas de melhorar sua presença digital para que as experiências dos clientes sejam sensacionais.

O varejista que quer começar a se movimentar nessa direção pode apostar em tecnologias que facilitem essa nova vivência, tanto para o consumidor quanto para o gestor da loja e o próprio vendedor. Por exemplo, a vitrine virtual, que proporciona um atendimento diferenciado no ponto de venda físico, fugindo de uma compra convencional e surpreendendo o cliente nos pequenos detalhes. Desta forma, o consumidor percebe que está no lugar certo e absorve cada vez mais as vantagens do e-commerce dentro de uma loja física.

Imagine que o cliente está dentro de um empório procurando por uma determinada marca de vinho. Ele passa pela vitrine virtual, visualiza os produtos, busca por informações sobre o vinho e pode entender melhor sobre o produto, além de visualizar possíveis combinações com outras mercadorias da loja que a própria vitrine sugere, como um queijo, por exemplo. Ao escolher o produto, o consumidor pode pegá-lo e ir diretamente ao caixa, ou, melhor ainda, chamar um vendedor e ser atendido com um PDV móvel, ou pagar diretamente pelo e-commerce da loja e agendar a entrega na sua casa.

Se a escolha for chamar o vendedor, o processo pode ser finalizado por meio de um PDV móvel. O vendedor fará a compra ser mais dinâmica, uma vez que ele tem em suas mãos as informações sobre o estoque e outros setores da loja, simplificando a relação com o cliente e finalizando os pedidos e pagamentos de forma totalmente remota e direta.

As vitrines virtuais podem ser colocadas desde lojas pequenas a espaços de grande circulação, como aeroportos, metrôs, petshops, supermercados e shoppings. Outra forma de disponibilizar as ofertas é por meio de um QRCode. Com ele, é possível escolher o produto e comprá-lo apenas com um clique. Os painéis mostram as imagens das mercadorias, o cliente escolhe o que quer levar e, para finalizar a compra, posiciona o celular em frente ao código que, automaticamente, o direciona à loja virtual da empresa. Ao finalizar o pedido, esse código gerado aparece na tela do celular com a opção para pagamento feito pelo cartão de crédito. A entrega dos produtos pode ser feita em casa horas depois ou em qualquer outro lugar que for cadastrado.

Algumas empresas já investiram nessa tecnologia, como o supermercado Pão de Açúcar e a Submarino. O mercado está se reformulando e os ambientes, cada vez mais integrados, proporcionam vendas mais estratégicas. As informações que são oferecidas permitem um refinamento do posicionamento das mercadorias nas prateleiras das lojas e, até mesmo, mais entendimento do comportamento e do perfil de cada consumidor. Isso faz com que as empresas repensem a relação loja x cliente, identifiquem novas oportunidades e trabalhem na fidelização do consumidor. Quanto mais digitalizarmos o ambiente de consumo para nossos clientes, mais parceiros e procurados seremos.

*Maurício Trezub é diretor de e-commerce da TOTVS

Fonte: RMA Comunicação – Marina Escarminio

O universo do e-mail marketing

Adobe analisa contrastes do universo do e-mail marketing

Levantamento feito pela empresa mostra que canal possui grande efetividade, com uma das maiores taxas de conversão (69%), mas ainda apresenta desafios como baixa taxa de abertura dos e-mails, design responsivo e relevância do conteúdo

O e-mail marketing muitas vezes não tem o mesmo glamour que outros canais, mas continua sendo uma excelente fonte de receita para organizações que aprenderam a usar a inteligência de dados para turbinar suas comunicações. O número de e-mails recebidos por consumidores em 2016 foi 61% maior do que o volume recebido em 2015. Munida deste dado e disposta a entender como este canal vem sendo utilizado pelas marcas e seus clientes, a Adobe fez levantamento para examinar o universo do e-mail marketing no mercado.

Um dos destaques da pesquisa é a alta taxa média de conversão por meio de e-mail marketing: 69%. De acordo com as informações coletadas, para cada dólar investido em e-mail marketing, o ROI é de US$ 38. Outro número que também chama a atenção das marcas é que 58% dos americanos afirmam que preferem receber informações sobre produtos e serviços no e-mail do que por qualquer outro canal. Além disso, os consumidores gastam em média 6,3 horas com leitura de e-mails em dias úteis. “Usado de forma inteligente, com conteúdo relevante e respaldado por dados, o e-mail marketing entrega bons resultados. É um canal eficiente, que transmite a mensagem por diferentes formatos sem ser invasivo para o consumidor”, explica Luciana Castro, Head de Soluções de Analytics e Cross-Channel Marketing da Adobe.

Entretanto, a apuração da Adobe mostra que ainda há desafios na utilização desse canal de comunicação. Hoje, apenas 14% dos e-mails são efetivamente lidos. Já demostrando que quantidade não é qualidade, 40% dos norte-americanos afirmam que gostariam de receber menos e-mails e 32% querem ver e-mails menos repetitivos. “A ferramenta se apresenta como um dos principais canais de comunicação e conversão do marketing, mas só traz resultados positivos se utilizada de maneira a transmitir uma boa experiência ao consumidor. As marcas devem se concentrar em passar uma mensagem personalizada, no timing correto e que interesse ao cliente”, afirma Luciana. “O uso de inteligência artificial e machine learning traz inovações como predição da melhor imagem para gerar conversão, assim como mudança na frequência de e-mails a partir da análise das interações dos consumidores”, complementa.

De acordo com a especialista, combinar o e-mail com outros canais de ativação, como a experiência no site e a compra de mídia, potencializa as possibilidades de conversão do canal. “O e-mail é apenas um dos múltiplos pontos de contato do consumidor durante a jornada. Cabe às marcas entenderem a sua audiência e explorar as possibilidades que tem à disposição, inclusive de modo complementar ao e-mail”.

Luciana Castro reforça também a importância de aliar as ações de e-mail marketing às tecnologias de análise de Big Data, bem como de soluções que atuam no gerenciamento desses dados para a entrega de conteúdos relevantes a diferentes perfis de consumidores. “No mundo digital, o uso da tecnologia para o melhor aproveitamento das pegadas digitais deixadas pelos clientes durante a jornada de compra é essencial. Com conhecimento sobre os hábitos de consumo do cliente aplicados em uma campanha, cria-se uma segmentação de audiência muito mais assertiva para personalizar a experiência. Com conteúdo relevante, aumentam consideravelmente as chances de o e-mail marketing ser lido e, consequentemente, a possibilidade de conversão”, finaliza Luciana.

Menos promoções, mais informações

A Adobe acaba de concluir o Relatório 2017 sobre Consumo de E-mail, conduzido em parceria com a Advanis. Para a pesquisa, foram ouvidos mais de 1 mil executivos norte-americanos e – para 40% dos entrevistados – as comunicações por e-mail das marcas deveriam mudar em direção à entrega de conteúdo informativo, reduzindo as mensagens referentes a promoções. O segundo aspecto mais levantado quando se trata da mudança do e-mail marketing diz respeito à personalização da comunicação: 27% dos consumidores desejam conteúdos mais alinhados aos seus interesses.

O Relatório 2017 sobre Consumo de E-mails aborda também dados de comportamento em relação a abertura deste tipo de comunicação, dispositivos preferidos para a leitura, diferenças no uso entre o e-mail pessoal e o corporativo e inovações que foram incorporadas nesta tecnologia ao longo dos anos. Para mais detalhes da pesquisa, o relatório pode ser baixado aqui.

Confira todos os dados sobre e-mail marketing abaixo no infográfico da Adobe:

Fonte: RMA Comunicação – Alisson Costa

Web designer freelancer

BZ tem vaga de Web designer freelancer

• Criação, manutenção e atualização de sites através do Adobe Muse.
• Desejável conhecimento em WordPress, html, css e javascript

Interessados enviar e-mail com o assunto: VAGA FREELA para atendimento2@bz.ppg.br

Local: São José dos Campos – SP

Agência tem vaga na área digital

Supera busca profissional para atuar em digital

A Supera é uma agência especializada em Comunicação Estratégica com Empregados e procura um novo profissional para atuar na área Digital. O novo contratado atuará na unidade paulistana da agência (SP capital).

Atribuições:
• Monitoramento e acompanhamento de redes sociais e campanhas dos clientes atendidos
• Relacionamento e interação com usuários nas redes de acordo com direcionamentos preestabelecidos
• Avaliação de oportunidades de relacionamento com público-alvo, com direcionamentos para a equipe digital (planejamento e criação)
• Relatórios periódicos de performance

Pré-requisitos:
• Graduação completa em comunicação, publicidade, relações públicas, jornalismo, marketing ou áreas afins
• Experiência comprovada na função
• Raciocínio lógico e capacidade analítica
• Conhecimento de ferramentas de medição social

Benefícios:
• Vale-transporte
• Vale-refeição

Interessados deverão enviar CV, pretensão salarial e portfólio para selecao@superacomunicacao.com.br até 29/11/2017. No assunto, indique “Vaga Digital | Monitoramento”.

Waze agora mostra as melhores oportunidades de varejo da Volkswagen em ação inédita

Ação “Põe no Waze” rastreia, no aplicativo, as concessionárias VW a partir das ofertas, descontos e condições de pagamento. E indica o melhor caminho para chegar até elas

Se o Waze leva pessoas até lugares, por que não poderia levá-las a preços especiais, ofertas e condições mais vantajosas? É com essa premissa que a Volkswagen acaba de lançar a ação de varejo “Põe no Waze”, que transforma o espaço de busca de um dos maiores aplicativos de trânsito e navegação do mundo em um novo formato de mídia para a Volkswagen. A ação, criada pela AlmapBBDO, é inédita na história do Waze. Agora, além da busca orgânica por endereços das concessionárias no aplicativo, os consumidores da Volkswagen poderão encontrar ofertas, descontos e condições exclusivas de acordo com as melhores oportunidades de cada região do País.

“Põe no Waze” funciona da seguinte forma: ao receber o comando de busca com a hashtag específica da ação, o sistema do Waze traz, automaticamente, um menu de concessionárias Volkswagen próximas. Com isso, também mostra a distância entre o consumidor e a oportunidade em tempo real, indicando o melhor caminho para chegar até ela.

As hashtags variam de acordo com as oportunidades de varejo.

Esta é a primeira vez no mundo que a busca do Waze foi utilizada comercialmente por uma montadora. “A ação também atende a um dos principais objetivos do varejo da Volkswagen: atrair o consumidor até as concessionárias, para que possam conhecer, testar e avaliar os modelos e acompanhar os lançamentos da marca”, diz o gerente executivo de Marketing Comunicação da Volkswagen, Leandro Ramiro.

Uma ação inovadora que impacta tanto os usuários do Waze, como empresas e todo o ecossistema dos negócios onde o app está presente, impulsionando um aumento da visibilidade das marcas de maneira relevante e utilitária. “Pensamos em como entregar valor para as marcas, e a parceria com a AlmapBBDO nos possibilita aproximar esses dois mundos como nesta iniciativa pioneira com uma líder como a Volkswagen”, finaliza André Loureiro, diretor geral do Waze no Brasil.

 

Além da busca no Waze, a ação é composta por mídia display, CRM (e-mail marketing e SMS) e endomarketing. “Põe no Waze” fica no ar até metade de novembro e deve ser renovada para as próximas campanhas de varejo da Volkswagen.

Ficha Técnica
Anunciante: Volkswagen
Título: Põe no Waze
Produto: Varejo
Diretor Geral de Criação: Luiz Sanches
Diretor Executivo de Criação: Bruno Prosperi
Diretor de Criação: Ricardo Chester
Criação: Ricardo Chester, Iron Brito
Atendimento: Filipe Bartholomeu, Christiano Bock, Camilla Sardinha, Mayara Couto
Planejamento: Cíntia Gonçalves, Sérgio Katz, Marcus Freitas, Rodrigo Friggi, Lucas Franco
Mídia: Brian Crotty, Fábio Urbanas, Felipe Proença, Dayane Manfrere, Lucas Gilardino
Aprovação: Leandro Ramiro, Fabio Souza, Helena Bonesio, Thayrine Guerino

Fonte: Waze / SMARTPR

Vaga em marketing

Assistente de Marketing

Formação: ensino superior completo em marketing ou cursando

Salário: R$ 1.500,00

Benefícios: VT, VR

Horário: 44 semanais

Experiência: área de Marketing, TI, conhecimentos em ferramentas para CRM

Atividades: promoção de produtos, anúncios, redes sociais, Facebook, Linkedin, Instagran, Tweeter,

Google Adwords, Produção de Cases, Webinares , envio de mailings.

Enviar CV por aqui

Vaga aberta para estágio em marketing

Estagiário (a) de Marketing para São José dos Campos

Requisitos: – É necessário que o candidato esteja cursando Publicidade e Propaganda ou Propaganda e Marketing, ou ainda Design Gráfico a partir do 1º semestre.

– Desejável experiência em Publicidade e Propaganda e Marketing
– Necessário conhecimento em: Photoshop, Corel Draw, Ilustrator , Excel.
– Residir em São José dos Campos

Atividades desenvolvidas: Auxiliar na elaboração de folders, material de propaganda (elaboração e criação). Irá auxiliar no Marketing Digital, Mídia Social, E-Mail Marketing. Irá atuar na elaboração e divulgação de campanhas e peças publicitárias, envolvendo ações de criação, produção, lançamento e exibição na mídia. Fará pesquisas de mercado e pesquisa de satisfação do cliente. Irá atuar com atendimento ao cliente via telefone e através de ferramentas digitais, elaboração de propostas comerciais, prospecção de negócios, acompanhamento de metas, relatórios gerenciais, negociação com clientes.

Bolsa : 600,00

Benefícios oferecidos : Auxílio transporte, recesso remunerado

Horário e dias a trabalhar : de segunda a sexta, das 08h00 às 15h00 (1 hora de intervalo)

Observação :Apenas candidatos de São José dos Campos com o perfil descrito acima

Candidate-se a vaga por aqui

Vaga para web designer

Web Designer para atuar em São José dos Campos

Requisitos: Photoshop, Illustrator, Internet e Firework

Atividades a serem desenvolvidas: Criação de Layouts para websites, lojas virtuais, banners, artes promocionais e qualquer outra arte que for solicitada.

Salário : a combinar

Benefícios oferecidos : Refeição no local, Vale Transporte e Auxílio Curso.

Horário e dias a trabalhar : De Segunda a Sexta – 8 horas/dia

Observação :Profissional Junior / Pleno / Sênior

Candidate-se a vaga por aqui

Novidade no mercado do Vale

Nova agência surge em Taubaté

Lucas Resende anuncia a chegada da Aproxima Marketing, empresa situada em Taubaté. Lucas também é o nome por trás da Espaço Inove, espaço de coworking também localizado em Taubaté.

Segundo Lucas, a Aproxima é a versão atualizada de sua antiga agência, a Target. Ele declara, inclusive, que continua atendendo com a Aproxima algumas contas da antiga agência.

Vaga aberta para social media

Vaga em agências de SJCampos

Social Media com experiência na área, dinâmico e proativo.

– Criação de conteúdo
– Habilidade em redação
– Gestão de demanda
– Análises técnicas
– Relatórios

Interessados enviar currículo para contato@agenciacombo.com.br