Campanha de natal do Fashion Vale Outlet

Com preços baixos e campanha de Natal que enfatiza economia, Fashion Vale Outlet tem boas expectativas para a data

Após pesquisa realizada e divulgada pelo SPC, lojistas do Outlet estão ainda mais otimistas com a chegada do Natal

Foto: Divulgação

Uma das mais importantes datas do comércio está se aproximando e essa é a hora dos comerciantes aproveitarem para fazer campanhas que chamam a atenção do público. E no Fashion Vale Outlet, único Outlet da região do Vale do Paraíba, começou a campanha “Com economia de todos os lados, seu Natal vai ser uma festa”, que já está sendo um verdadeiro sucesso.

Por lá é possível encontrar presentes para todos os gostos, para casa, pets e moda. E o que mais tem chamado à atenção de quem passa pelas lojas é o preço! Na Top Brands, por exemplo, os produtos variam entre R$ 19,99 e R$ 150,00. Segundo o gerente da loja, Carlos Eduardo da Silva, o cliente tem opções para todas as idades e também para todos os bolsos. “Temos polos masculinas por R$29,99, blusas básicas femininas por R$ 19,99 e calça jeans masculina por R$ 50,00. Esses preços têm feito muito sucesso e nossa expectativa para este ano está alta, principalmente por sermos o único Outlet da região”, enfatiza.

Mercado

Após uma pesquisa feita e divulgada pelo SPC, os lojistas do Fashion Vale Outlet estão ainda mais otimistas para o Natal 2018. Segundo a pesquisa, este ano, mais de 110 milhões de brasileiros pretendem ir às compras e desembolsar, em média, R$ 116 por presente. E por mais um ano, as roupas permanecem na primeira posição do ranking de produtos que os consumidores pretendem comprar para presentear no Natal (55%). Calçados (32%), perfumes e cosméticos (31%), brinquedos (30%) e acessórios, como bolsas, cintos e bijuterias (19%), completam a lista de produtos mais procurados para a data.

Fashion Vale Outlet_
Foto: Divulgação

Para a gerente da Polo Wear, Marília Rosana Reis, esse dado é extremamente animador, já que na loja em que ela trabalha roupas são o carro chefe. “Nossa expectativa esse ano está lá em cima! Estamos esperando um aumento de 10% em relação ao mesmo período do ano passado e aqui na loja temos opção para todos os estilos, com preços arrasadores. Para se ter uma ideia, com menos de R$ 50,00 é possível encontrar ótimas opções para presentear a família, como biquínis, chinelos e sungas, por exemplo”, ressalta.

Fonte: Pilares RP – Mariana Guedes

Via Vale traz atrações especiais para o Natal

Orquestra, Ballet e Banda do exército são atrações para este fim de ano

Para fechar o ano com chave de ouro o Via Vale Garden Shopping preparou uma programação natalina especial que promete emocionar a todos.

Neste sábado, 15 de dezembro, a partir das 19h30, a Orquestra da Fundação Dom Couto fará uma apresentação imperdível na praça de eventos do shopping. No domingo, 16, é a vez das crianças da Associação Vida Nova de Taubaté – Instituição que atende a aproximadamente 200 crianças no Bairro Esplanada Santa Terezinha, com o ballet clássico. E na próxima semana, na sexta-feira 21 de dezembro, a emoção ficará por conta da Banda do CAVEX – Comando de Aviação do Exército, às 19h, também na praça de eventos.

Toda programação é gratuita e aberta ao público!

E a promoção de natal do shopping continua até o dia 27 de dezembro. Nas compras a partir de R$350, o cliente recebe um kit especial de chocolates artesanais, reforçando a campanha de um natal mais doce para todos.

HORÁRIO DIFERENCIADO

O horário estendido até 23 horas começa no dia 14 e vai até 23 de dezembro, de segunda a sábado. De 21 a 23, as lojas abrem às 8h e fecham às 23h. No dia 24, véspera de natal, o Garden funcionará das 8h às 18 horas e no dia 25 só haverá o funcionamento do Mc Donald´s e do Cinemark.

Fonte: Aline Duarte – Marketing

De olho na Digital Summit

Mais uma enviada especial do Publicitando

Conseguimos uma parceria com a aluna de quarto semestre de publicidade e propaganda da Unitau, Thayná Felipe, para a cobertura da segunda edição neste ano do Digital Summit da Digital House.

Confira o que ela nos conta do evento!

Digital Summit by Thayná Felipe

No último sábado, 1º de dezembro, ocorreu em São Paulo o Digital Summit: Um evento sediado pela Digital House, que contou com quase 90 palestras que abordavam temas como programação, design, transformações digitais, tendências, empreendedorismo, educação, marketing, startups e muito mais!

A Digital House é um hub de educação para a formação de profissionais para o mercado digital, com cursos variados nas áreas citadas anteriormente. Ela sedia o evento pela segunda vez esse ano, movimentando a atenção de um grande público, principalmente devido a gratuidade de seus eventos e por contar com a participação de palestrantes de grandes marcas, como Vivo, Adobe, Twitter, IBM, Natura, Motorola e mais.

Confira qual foi a programação

Ao todo foram nove salas e um auditório principal patrocinado pela Band News, onde ocorriam palestras simultâneas desde 9h até às 19h, com o objetivo principal de trazer um bate papo e compartilhar conhecimento sobre as novas áreas e profissões que surgem e o que devemos fazer para acompanhar da melhor forma possível a rapidez com que as coisas têm se multado. “Já que não podemos parar a onda, o importante é apender a surfar”. Além disso, é uma ótima maneira de expandir a rede de contatos a aprender mais sobre áreas que talvez nem imaginássemos que pudessem estar tão próximas.

Na palestra sobre “As coordenadas dos Líderes na Era Digital”, Érico Azevedo mostrou a importância de nos treinarmos e desenvolvermos nosso potencial humano, uma vez que nossa capacidade de armazenamento de informações vem sendo substituída pela máquina. A lei do menor esforço faz com que não treinemos nossa memória – é fácil, só procurar no Google; nem nossa capacidade de orientação – se existe Wase e Google Maps, para quê me preocupar?

A difícil tarefa agora é usar todo potencial humano de inteligência (não usamos apenas 10% do nosso cérebro como muitos filmes apresentam e nem vamos começar a levitar coisas quando passarmos a usar todo nosso potencial, mas isso ainda nos diverte nas salas de cinema!). Assim, Érico citou teorias como “Lei de Moore”, “Segundo Cérebro”, “Gaiola de Faraday” e inclusive o filme “Ela (She)” para ilustrar a situação e dar dicas de como fazer para desenvolver o nosso potencial.

Em outro momento, na palestra de Juliana Janot, da F.biz, foi discutido “Como construir marcas na era da Hiperpersonalização?”. A palestrante trouxe grandes exemplos de marcas que têm se sobressaído devido a sua estratégia humanizada, como Burger King e KLM trabalhando exatamente no ponto de dor do cliente e para isso, ouvindo-o da maneira correta.

Hoje, não há mais espaço para estratégias do tipo in-out as marcar precisam cada vez mais oferecer produtos e serviços que facilitem sua vida, como é o caso do novo assistente por voz da KLM que faz o preenchimento de dados e a reserva da passagem de avião de maneira muito mais fácil e prática para o cliente e, além disso, ajuda em outro ponto de dor, que seria o de arrumar a mala.

Vídeos sobre o assunto aqui e aqui 

Em paralelo, mas com um objetivo diferente, Rafael Kiso, da MLabs, em sua palesta “Unbound Marketing – a estratégia do sucesso” falou sobre entender o consumidor e seu ponto de dor e trabalhar mais com um conteúdo que não seja empurrado a ele (Outbound) e sim o que ele busca e gosta (Inbound) e ainda ajuda a construir junto da marca (Unbound).

Para isso, precisamos cada vez mais criar conteúdos relevante que estimulem os consumidores e coloquem a marca no seu radar – o sucesso está no momento em que a pessoa para de rolar o feed para ver aquilo que lhe chamou a atenção! –. Ainda, o conteúdo tem que ser interessante e útil, ao ponto de a pessoa não apenas compartilhá-lo com quem está mais próximo, mas o publicar em seu feed para que uma cadeia de novos consumidores possam ver – preferencialmente com bons olhos.

Rafael dá dicas de ferramentas, técnicas, softwares, estratégias e muito mais para conquistar o sucesso da marca e torna-la líder, como foi ocorreu com o Pão Pullman Artesano do grupo Bimbo, case de sucesso no estado de São Paulo e em toda a América Latina.

Eventos como esse contribuem muito para renovação e formação de muitos profissionais, desde donos de pequenas e grandes empresas, startups, a funcionários e estudantes em busca de informações relevantes.

Parabéns à organização e estrutura do evento. E até os próximos anos.

Via Vale Garden comemora seis anos em dezembro

Para comemorar a data, o shopping preparou uma promoção especial para os clientes

No mês de dezembro o Via Vale Garden Shopping está comemorando o seu 6º ano de vida. Há seis anos o Garden tem sido para a cidade de Taubaté mais do que um centro comercial, mas um espaço para a convivência e entretenimento de toda a família.

O shopping está ancorado por grandes marcas como Renner, Riachuelo, Havan, Lojas Americanas, O Boticário, além dos principais nomes do setor alimentício como Mc Donalds´s, Burger King, Subway e Pizza Hut.

E para comemorar o aniversário do Garden, o Via Vale preparou uma promoção para lá de especial para os seus clientes. O ‘Estourou Ganhou’ acontecerá no dia 13 de dezembro e para participar o cliente deve comprar a partir de R$50,00 nas lojas do shopping, apresentar os cupons no Concierge, seguir o perfil do shopping no Instagram, estourar um balão e ganhar um presente especial.

“Os primeiros 6 anos de vida do Garden foram primordiais para o amadurecimento e crescimento do shopping. Há 6 anos estamos proporcionando para nossos clientes momentos inesquecíveis! Shows, campanhas, eventos…tudo preparado com muito carinho por toda equipe do shopping. E queremos mais, queremos trazer mais novidades e poder oferecer novos momentos a todos que nos visitam diariamente”, comenta Bruna Marcon, responsável pelo Marketing do Shopping.

Em 2018 grandes lojas como Fantasy Park, Benetti Móveis, Miroa, Nextel, Cia do Churrasco, Doce Luxo, Euro Colchões, La Panqueca, Sorveteria DuValle, Unhas Cariocas, Vaccini, e muitas outras foram inauguradas e chegaram para somar ainda mais! E em 2019 o Via Vale vem repleto de novidades, grandes marcas como Yex Boliche, Academia BlackFit e o novo estúdio da Rádio Jovem Pan já estão confirmadas.

Fonte: Marcela Lima – Marketing

Dia da propaganda

Hoje é o dia mundial da propaganda

O Publicitando não poderia deixar de registrar que hoje, dia 04 de dezembro, é comemorado mundialmente o Dia da Propaganda.

A data foi criada em homenagem ao primeiro congresso que reuniu profissionais ligados à publicidade e propaganda, em 4 de dezembro de 1936. O evento aconteceu na cidade de Buenos Aires, Argentina.

Depois, em 1937, a data passou a ser celebrada como o Dia Pan-Americano da Propaganda. O reconhecimento como o Dia Mundial da Propaganda aconteceu apenas a partir de 1970.

Importância

A propaganda é um setor importante para a economia brasileira. Investimento publicitário movimentou R$ 134 bi em 2017, de acordo com o Kantar Ibope Mídia. E de acordo com o site Cultura Mix, estima-se que até 2018 os gastos com publicidade na América Latina sejam da ordem de US$ 56,24 bilhões e mais da metade disso, cerca de 52% (US$ 29,5 bilhões) será somente no Brasil.

De acordo com a consultoria Zenith, em matéria publicada pela Meio&Mensagem, os investimentos em publicidade devem movimentar aproximadamente US$ 578 bilhões, no mundo todo, em 2018. O montante representa um crescimento de 4,1% sobre o valor registrado no ano passado.

O Digital

Ao mesmo tempo que causou e está causando profundas mudanças e alterações na realidade do mercado publicitário e causando uma certa reconfiguração no cenário de prestação de serviços em propaganda, o digital está impulsionando a atividade.

A recente pesquisa Digital AdSpend 2018, da IAB Brasil, mostra que a publicidade digital no Brasil cresceu 25,4% e movimentou R$14,8 bilhões em 2017. Essa cifra representa um terço do mercado publicitário no Brasil, conforme informações da ExchangeWire.

A IAB disponibilizou um infográfico que detalha o crescimento da publicidade digital no Brasil:

Seja off ou on, tradicional ou digital, ou tudo junto e misturado (como deve ser), a propaganda brasileira segue buscando caminhos para divulgar marcas, produtos, serviços e ideias com eficácia e rentabilidade. Segue gerando negócios, oportunidades e empregos.

Não é um mundo perfeito nem uma atividade perfeita, mas é dinâmica e gratificante! É uma dor e uma delícia. Comemoremos!

Para atender bem ao consumidor 3.0

As melhores práticas para atender o consumidor moderno

Especialista destaca alguns aspectos fundamentais para quem quer atender as necessidades dos novos consumidores

A forma de consumo de produtos e serviços está mudando, muitas dessas mudanças se dão graças a era digital e a popularização da conexão. De acordo com Ricardo Zanlorenzi, fundador e CEO da Nexcore Tecnologia, os consumidores acabam de entrar em uma nova fase, a chamada fase 3.0. E a partir daí, como as empresas devem agir para atender da melhor maneira possível esse consumidor moderno?

“O consumidor 3.0 é ativo, conectado, crítico e bem informado. É comum que ele pesquise sobre as empresas, informe-se sobre os produtos e, principalmente, avalie suas experiências de compra e atendimento”, comenta o especialista. Para quem busca formas mais interessantes para se relacionar com os clientes, Zanlorenzi separou três dicas fundamentais:

Multicanalidade: O cliente entrará em contato com sua empresa por onde for mais fácil para ele, por isso, adapte-se. Esteja pronto para receber interações em todas as mídias e canais disponíveis. Para facilitar, procure uma opção de solução que integre o atendimento e torne o processo dinâmico e conectado.

Empatia: A chave de todo o atendimento para o consumidor 3.0 é gerar empatia, nosso objetivo é transformar clientes em embaixadores da marca. Segundo estudos, 88% dos cliente que foram bem atendidos avaliaram positivamente a experiência nas redes sociais, além de recomendar para amigos e familiares. Um atendimento adequado resulta em venda.

Agilidade: Atendimentos demorados podem custar uma venda. Mesmo se for uma dúvida simples pontual, ou um problema de maior complexibilidade, a operação de relacionamento precisa resolver a questão de forma ágil e dinâmica. Busque plataformas e soluções que analisam, automatizam e são integradas aos softwares que a sua operação já usa, são soluções responsáveis por deixar o seu operador focado no que realmente importa: atender bem o cliente.

Ricardo Zanlorenzi lembra, ainda, que com o avanço da tecnologia é fundamental que as empresas estejam de olho no mercado, nas novas tendências, e em meios que facilitem essa interação com o consumidor, evitando assim maiores prejuízos. “Um bom atendimento é fundamental para boas vendas, precisamos estar ligados nas novidades que o mercado oferece para atender o cliente da melhor maneira, trazendo resultados positivos a empresa”, completa.

Fonte: P+G Comunicação Integrada – Ana Ornellas

1º Encontro de Gestores de Marketing

Mesa redonda com gerentes de marketing de shopping center de São José dos Campos

No Dia Mundial da Propaganda, 4 de dezembro, acontece na FAAP em São José dos Campos uma mesa redonda entre as gestoras de marketing dos 3 maiores Shoppings de São José. Vai ser um bate-papo sobre como deve ser o perfil do Gestor de Marketing hoje, seus desafios, o que tem realizado e suas expectativas dentro do mercado. As vagas são limitadas, para participar, só se inscrever neste link.

Giselle Barros – Margarete Sato – Gustavo Gobbato – Luana Menezes

As convidadas: Giselle Barros, do Centervale, Luana Meneses, do Vale Sul e Margarete Sato, do Colinas Shopping, conversam sobre os planos de marketing.

O coordenador do curso de marketing da FAAP, Gustavo Gobatto, é o idealizador do evento e também vai mediar a mesa redonda. “A ideia do evento surgiu para esclarecer e ajudar os profissionais do ramo, e aos novos profissionais, esclarecer dúvidas sobre o mercado”, contou. “Juntar as três profissionais mostra a ideia que é possível trabalhar em concorrência sem brigas e de maneira profissional”, completou.

Margarete Sato – Luana Menezes – Giselle Barros

Local:
FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado
Av. Jorge Zarur, 650 – Jardim Aquarius

Estudo mostra crescimento na vendas durante Black Friday

Vendas na Black Friday foram até 5,4 vezes maiores e Cyber Monday não tem crescimento expressivo no Brasil, aponta Criteo

Na noite de quinta-feira houve um aumento considerável nas compras feitas por dispositivos móveis

Durante a última sexta-feira, 23 de novembro, o tráfego de consumidores no e-commerce brasileiro triplicou em relação à média do mês de outubro, o que resultou em um aumento de 5,4 vezes nas vendas. Na noite da quinta-feira, véspera da Black Friday, as vendas pela Internet registraram às 22h00 um crescimento de 4 vezes no desktop e 4,5 vezes no celular quando confrontadas com a quinta-feira anterior. Entre os produtos mais vendidos na data promocional deste ano estiveram smartphones, calçados e TVs. No sábado, o índice de compras realizadas em dispositivos móveis também permaneceu elevado durante todo o dia, confirmando a tendência de crescimento das compras on-line pelo celular.

Estes são alguns dos principais dados de levantamento realizado pela Criteo S.A. (NASDAQ: CRTO), plataforma de anúncios para a Internet aberta, sobre o comportamento do consumidor durante a Black Friday. O período considerado pelo estudo foi de 21 a 24 de novembro (quarta a sábado) e analisou horários de pico, dispositivos utilizados para pesquisar produtos e finalizar as compras, categorias e produtos mais comprados.

“Em comparação aos anos anteriores, quando quase a totalidade das compras foram realizadas durante a Black Friday, nesta edição observamos um grande movimento também nos dias anteriores e posteriores, principalmente em compras fechadas através de dispositivos móveis. A Black Friday continua conquistando cada vez mais espaço no Brasil com vendas chegando a ser 5 vezes maiores. Ainda hoje as compras seguem aquecidas nas lojas físicas e, por isso, é muito importante que tanto as marcas quanto os varejistas alinhem a estratégia online com uma experiência relevante e de qualidade nas lojas”, assinala Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para o Brasil e América Latina.

As categorias mais vendidas

As três categorias com melhor desempenho de vendas na Black Friday foram Varejo, Sites de Comparação de Produtos e Vestuário. A categoria que mais cresceu, com 35%, foi a de Viagens.

Vendas por dispositivo

A escolha do dispositivo mudou significativamente dependendo da categoria. Os dispositivos móveis foram usados principalmente para comprar Alimentos e Bebidas (95%) e Anúncios e Classificados (73%), enquanto o desktop foi predominante no Varejo (60%) e em Viagens (69%).

Consumidor omnichannel

Em geral, navegar em dispositivos móveis e comprar em computadores ainda é a norma, embora haja também casos em que os consumidores navegam em desktop e concluem a compra via mobile.

Os produtos mais comprados

Os produtos mais populares entre os consumidores brasileiros durante a Black Friday deste ano foram smartphones, calçados e aparelhos de TV.

Cyber Monday

Durante a Cyber Monday, a segunda-feira de descontos focados em produtos eletrônicos, mas que também oferece promoções de categorias variadas no embalo do período, o crescimento das vendas no Brasil não foi tão expressivo quanto em outros países, segundo a Criteo.

As categorias que mais cresceram no dia seguinte a Black Friday foram Varejo (aumento de 113%), Serviços Financeiros (72%), Telecomunicações (36,71%), Automotivo (36,32%) e Viagens (30%). Os produtos que registraram maiores vendas foram smartphones e calçados.

Acesse aqui mais dados sobre o estudo da Criteo sobre a Black Friday.

Fonte: FirstCom Comunicação – Cíntia Yamashiro

Forte presença do varejo online no cotidiano da população acima de 60 anos, afirma estudo da SBVC

Estudo realizado pela SBVC revela que 48% desse consumidor utiliza smartphones para suas compras online

Segundo estimativas do IBGE, nos próximos 20 anos a população acima de 60 anos, mais que triplicará, chegando a 88,9 milhões de brasileiros (39,2% da população). Ou seja, o Brasil está no momento de proporcionar mudanças e novas oportunidades de negócios em muitos segmentos, pois a população está envelhecendo em uma velocidade muito rápida, o que trará um grande impacto sobre os sistemas de saúde e outros, com elevação de custos e do uso dos serviços.

Pensando neste futuro cenário, a SBVC – Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo em parceria com a AGP Pesquisas atualizou a pesquisa feita em 2017, com informações sobre os atuais hábitos de compra da população com idade superior a 60 anos. “Realizamos este estudo para analisar os fatores que levam este público a consumir, que aspectos eles mais prezam em suas compras e a presença do varejo digital entre essa população. Além disso, avaliamos a experiência de compra e os aspectos mais valorizados no consumo de produtos e serviços”, comenta Eduardo Terra, Presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo.

O estudo da SBVC contou com 510 entrevistados numa pesquisa 83,3% dos 60+ afirmaram que eles mesmos são o elemento responsável pelo controle das finanças e decisões de compra em sua residência. Na média da população entrevistada, o item mais importante no orçamento mensal são os gastos com mantimentos (R$ 666), seguidos por Moradia (R$ 591) e Saúde (R$ 395), que obtiveram queda em relação ao ano passado, R$892, R$805 e R$758 respectivamente. É importante ressaltar que o consumo se dá em uma ampla variedade de canais: 47% dos entrevistados costumam ir semanalmente a redes de hipermercados ou supermercados, 55% ao mercado local e 59% às lojas de hortifrúti. Apenas 31% costumam ir toda semana à feira livre (sendo que 21% afirmam nunca frequentar esse canal). Percebe-se que o consumidor com mais de 60 anos, ao mesmo tempo em que utiliza super e hipermercados, tradicionais e de vizinhança, em seu mix de consumo, também vai aos hortifrútis para o abastecimento de itens perecíveis.

Sobre a experiência no ponto de venda dos supermercados, em 2017 os consumidores não a consideravam tão positiva, porém para este ano houve alteração, 32% consideram a experiência “muito boa”, versus 12% do ano anterior. Shopping centers não fazem parte do rol de escolhas e farmácias é considerado canal de reposição, 46% visita mensalmente.

Lojas cheias, filas, falta de atendimento são aspectos que atrapalham bastante a experiência de compra, pois dificultam o deslocamento pelo PDV e a finalização bem-sucedida da compra. “Assim como na 1ª pesquisa, o que mais nos chamou a atenção é o fato de que itens relacionados exclusivamente à experiência de consumidores 60+, como a disponibilidade de áreas de descanso, elevadores, escadas rolantes, são muito menos relevantes para a satisfação dos clientes do que itens que também são importantes para clientes de outras faixas etárias, como caixa sem filas”, ressalta Eduardo Terra.

Metodologia

O estudo entrevistou 510 consumidores em todo o país, e teve como objetivo quantificar aspectos relacionados aos hábitos de compra da população acima de 60 anos, com especial interesse na comparação entre lojas físicas e online

Disponível no site: http://sbvc.com.br/2a-pesquisa-habitos-de-compra-do-consumidor-60

Fonte: SBVC – Fernanda Besnosoff

Pesquisa aponta usos do 13° salário

ACIT realiza pesquisa sobre gasto com 13º salário e expectativa de venda

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT), realizou uma pesquisa para saber o que as pessoas pretendem fazer com o 13º salário nesse ano de 2018. As empresas privadas tem até próxima sexta-feira, dia 30 de novembro, para pagar a primeira parcela desse benefício aos seus funcionários. A pesquisa, que foi realizada pelo Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais da UNITAU (NUPES) para a ACIT, também aponta as expectativas de vendas para o natal.

As entrevistas foram realizadas em outubro e, no total, foram entrevistadas 158 pessoas e 54 lojistas em Taubaté. O estudo apresenta margem de erro de 7,0 pontos percentuais para mais ou para menos e um intervalo de confiança de 95%.

Nesse ano percebe-se uma pequena mudança de comportamento sobre os gastos desse valor e o percentual das pessoas que já sabem o que vão fazer com a verba extra teve um aumento de 2%. Porém, cerca de 63% os entrevistados continuam sem saber como investir esse dinheiro, número que se manteve na mesma média do ano anterior.

Como em 2017, o item “pagamento de dívidas” continua como prioridade na maioria dos domicílios, com registro de 55,36% em 2018, comparado aos 56,9% do ano passado. Houve, também, um aumento de quase 5% no número de famílias que pretendem poupar o 13º salário, seja para eventuais emergências ou para pagamento de impostos, apontando maior conscientização das pessoas em relação ao planejamento financeiro.

A mudança de comportamento também é apontada no decréscimo de pessoas que pretendem gastar esse dinheiro em compras de presentes. Esse ano, outras formas de utilização foram apontadas, tais como conserto do carro e ajudar o filho nos estudos.

Já a pesquisa de expectativa de vendas, realizada junto aos lojistas, na opinião em relação as vendas no período de natal deste ano, 52,94% mostrou-se otimista, seguido por 35,29% dos entrevistados que declararam possuir uma atitude mais neutra. Nos extremos das opiniões 9,80% apontaram pessimismo, enquanto apenas 1,96% dos entrevistados tiveram uma atitude muito otimista para com a data natalina.

De um modo geral, dos lojistas que estão otimistas em relação às vendas do ano passado, 47,06% acreditam que as vendas irão crescer em até 10% neste ano. Ou seja, tanto a expectativa, quanto ao volume de vendas apontam para um otimismo moderado por parte dos lojistas.

Fonte: Acontece Comunicação e Eventos