O consumidor e a compra de material escolar

ACIT divulga pesquisa sobre comportamento dos consumidores em relação à compra de material escolar

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) realizou uma pesquisa junto aos consumidores da cidade que tem filhos em idade escolar ou são estudantes, para saber qual é o comportamento em relação as compras de material escolar.

Dentre os entrevistados, a maioria era composta pelo sexo feminino (57,1%), sendo a maior parte com faixa etária entre 25 a 40 anos (33,8%) e entre 41 a 60 anos (31,9%). Em relação a renda familiar, 55,2% está na faixa entre “R$ 2.000,01 a R$ 3.000,00”, 30,5% entre “R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00”.

Obs: Os dados divulgados na arte estão somados em algumas categorias, por isso estão diferentes do texto, onde estão divulgados de forma mais detalhada.

Das pessoas que tem alguém em casa que está em idade escolar, 52,7% estudam em escolas públicas, 22,3% em escolas particulares, 11,2% em escolas estaduais, 0,4% tem pessoas que estudam na faculdade. Somente 13,4% deles não tem ninguém estudando.

Quanto a necessidade da compra de material escolar, 64,5% disseram “sim”, que terão que comprar, 20,4% disseram “não”, 7,8% disseram que já compraram e 7,3% disseram que a própria escola fornece.

Uma das preocupações da pesquisa era levantar como os consumidores se preparam para esse período, se fazem alguma reserva e se pesquisam preços. Sobre um planejamento financeiro para as compras, 37,4% manifestou que faz isso “às vezes”, 36,2% “quase sempre”, 15,3% “sempre”, 9,2% “raramente” e 1,8% “nunca”.

Sobre a frequência com que as pessoas fazem a pesquisa de preço antes da compra, 42,3% disse “quase sempre”, 29,4% “sempre”, 26,4% “às vezes”, 1,2% “nunca” e apenas 0,6 respondeu “raramente”.

Desses, mais de 90% realizam ou preferem realizar suas compras nas lojas físicas, e a justificativa para esse comportamento é porque eles gostam de ver o produto ou porque não gostam de esperar a entrega. Além disso, 12,4% dos consumidores acredita que as lojas físicas oferecem maiores promoções e descontos.

Em relação reaproveitam o material escolar que sobrou no ano anterior, a maioria (89,6%) respondeu que sempre reutiliza. Já a compra coletiva não é usual entre os entrevistados.

Os gastos são também uma preocupação, e a previsão da maior parte dos consumidores (43,8%) em relação ao ano passado é gastar menos, 32,5% disseram que pretender gastar a mesma quantia e 23,8% acreditam que vão investir mais. Esse comportamento se confirma porque ao serem questionados porque pretendem gastar menos, 37,0% disseram que estão sem dinheiro e 22,5% disseram que estão reduzindo custos. O preço continua sendo o grande chamariz para a venda, seguida por promoções e sorteios

Quanto aos valores, as faixas seguem a seguinte porcentagem: 38,8% espera gastar “de R$ 100,01 a R$ 200,00”, 28,1% entre “R$ 200,01 a R$ 300,00”, 18,8% “até R$ 100,00”, 13,8% entre “R$ 300,01 a R$ 400,00” e apenas 0,6% espera gastar “de R$ 400,01 a R$ 500,00”, e a preferência (63,8%) é para pagamento à vista e em dinheiro (31,8%).

A pesquisa foi realizada pela FAPETI (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação da Universidade de Taubaté) no período de 14 a 20 de janeiro de 2020 e foram entrevistadas 210 pessoas. A margem de erro é de seis pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Bruna Abifadel

Taubaté Shopping recebe “Palestras para Empreendedores”; inscrições estão abertas

Evento é gratuito e vai acontecer no hall do cinema na primeira semana de fevereiro

Em tempos de forte espaço para o empreendedorismo, o planejamento é um assunto que não pode faltar na agenda de quem pretende mergulhar em um novo negócio ou trazer melhorias para o negócio já existente. Pensando nisso, o Taubaté Shopping recebe nos dias 3, 4, 6 e 7 de fevereiro uma série de palestras que visam a ajudar os empreendedores a começar 2020 com as melhores estratégias e definição dos próximos passos.

O evento “Palestras para Empreendedores”, organizado por Jesus Pereira, vai acontecer no hall do cinema, às 19h, e é gratuito. Para fazer sua inscrição, clique nesse link  ou entre em contato pelo (12) 99757-3505.

Programação completa:

Dia 3 de fevereiro, às 19h: palestra “Humanitude! A Inovação de Valor para o seu Negócio”, com Daniel Bogas. Objetivo: Proporcionar um mergulho na gestão humana de excelência, aprimorar o relacionamento interpessoal, despertar para uma mentalidade produtiva e criar engajamento.

Dia 4 de fevereiro, às 19h: “Sacadas de Marketing Digital, Leads e Funil de Vendas”, com Giba Dias e Marcos, da AgenciaBR.
Objetivos: Quer saber como o Marketing Digital funciona, como ele pode explodir com suas vendas e alavancar o seu negócio? Serão abordados: marketing digital, gestão de leads e funil de vendas.

Dia 6 de fevereiro, às 19h: “7 Práticas Essenciais em Vendas para Empreendedores”, com Jesus Pereira. Objetivo: Explicar as 7 práticas essenciais em vendas que todo empreendedor(a) deve dominar para ter faturamento crescente e previsível.

Dia 7 de fevereiro, às 19h: “O mito da mulher empreendedora”, com Luci Manhães. O que será abordado: Mentalidade empreendedora, conhecendo meu perfil empreendedor (ferramenta do Analista Comportamental), mapeamento do negócio, como efetuar networking para negócios, Gestão Inteligente, perrdendo o medo de ter medo (técnicas de coaching), Marketing Pessoal, linguagem corporal – ativando seu poder na oratória, e como usar Storytelling e Mídia Trainning.

Fonte: Communicare – Giovanni Romão

Shopping Pátio Pinda recebe exposição com mais de 100 carros antigos

Encontro é gratuito e acontece neste domingo (26)

Com modelos nacionais e importados, fabricados até o ano de 1990, um encontro de carros antigos vai reunir diversas marcas em mais uma edição no Shopping Pátio Pinda, que acontece neste domingo (26), a partir das 9h, no estacionamento do centro de compras e lazer. Entre os modelos disponíveis ao público estarão Dodges – com seu motor V8 –, Opalas, Fords das décadas de 1920 e 1930, Pumas e MP Lafer.

Além da exposição, os clientes do shopping poderão conferir também um tradicional “mercado de pulgas” – estandes com peças e acessórios exclusivos para autos antigos. Muitos colecionadores encontram nesses locais aquele item especial que estava faltando para concluir a restauração de um veículo. “Os encontros reúnem apaixonados por carros, pessoas que não medem esforços para recuperar e restaurar, deixando-os como ‘novos’, explica Aldo Fusco, presidente do CAAT e um dos organizadores do evento.

Serviço
Encontro de carros antigos
Data: domingo (26)
Hora: a partir das 9h

Vaga para Representante Comercial em veículo

 A Rádio Antena 1 FM São José busca profissional da área comercial

Vaga destinada aos profissionais que desejam desenvolver uma carteira de clientes selecionados para veiculação na ANTENA 1 FM de São José.

Desafios:
Prospecção
Vendas
Atendimento
Planejamento de Mídia
Interação com o cliente
Gestão de prazos e metas

Requisitos:
Ensino Superior Completo
Experiência em vendas/veículos de comunicação
Possuir bom relacionamento interpessoal
Ser responsável e organizado
Ter empresa aberta

Área de atuação:
São José dos Campos e região

Regime de contratação:
Representante comercial via Empresa individual, contrato com valor mensal + ajuda e custo + comissões. Horário Comercial.

Envie o seu currículo e pretensão salarial até 27/01 para gerenciasjc@antena1.com.br com o assunto:
Vaga Representante Comercial

Tendências em e-commerce

Tendências para o e-commerce em 2020

Em 2018, o e-commerce brasileiro registrou 123 milhões de pedidos e obteve um faturamento de R$ 53,2 bilhões, segundo Webshoppers 39 – Ebit|Nielsen. Já o primeiro semestre de 2019 apresentou crescimento de 20%, ante 8% registrados no mesmo período do ano anterior, mostrando o potencial e crescimento do segmento.

A Black Friday de 2019, considerada a segunda data mais importante do varejo, gerou mais de R$ 3,87 bilhões em compras no e-commerce. De início era um segmento dominado apenas por grandes players de mercado como, por exemplo, Walmart, Carrefour, Mercado Livre, mas com o passar do tempo qualquer empresário, por menor que fosse, conseguia investir em um e-commerce.

Imagem de justynafaliszek por Pixabay

Depois veio o “boom” dos e-commerces de nicho, lojas virtuais que vendem apenas um tamanho de sapato, só acessórios, ou cases para celulares etc. Ainda sim, o e-commerce no Brasil é relativamente novo, com menos de três décadas de existência, a cada ano apresenta um novo e grande potencial de crescimento, mesmo em tempos de crise.

Mobile cresce

De acordo com a pesquisa da Webshoppers, aproximadamente 43% dos pedidos são feitos via mobile. Ou seja, isso significa que futuramente, cada vez mais pessoas vão realizar os seus pedidos via mobile. Estima-se que em 2020 mais de 70% das vendas dos e-commerces serão feitas via celular.

Mas para que isso se torne uma vantagem para o negócio e não um problema, o site precisa ser responsivo e focado na experiência do usuário (UX). Para ter certeza que o site está otimizado para o mobile, a navegação deve ser intuitiva e o tempo de carregamento das páginas, menor.

O futuro: aplicativos

Desenvolva um aplicativo. Em relação aos aplicativos, de acordo com o estudo da Criteo (2018), a taxa de conversão de vendas é 3x maior nos aplicativos em relação ao mobile web. Ou seja, é um movimento que está ganhando o mundo e em breve chegará ao Brasil.

Imagem de Pexels por Pixabay

Omnichannel

Oferecer diversos canais de atendimento para o consumidor é uma tendência de mercado antiga, mas que se tornou uma obrigação para o empreendedor que busca se destacar e continuar crescendo.Neste contexto, aproveite a utilização de canais de atendimento com opção de contato via Whatsapp Business, redes sociais, sac, e-mail.

Assistentes virtuais

Segundo a pesquisa da Freshworks Inc. feita em parceria com a Toluna, “Novas regras de engajamento do consumidor – Brasil”, mostra que 70% dos consumidores interagem com chatbots e mais de 80% deles se dizem satisfeitos com a resposta e o atendimento recebido.

Na busca da rapidez e praticidade, os consumidores se acostumaram rapidamente com o atendimento realizado por chatbots automatizados e bots de atendimento inteligentes. Apostar na utilização de bots de atendimento é uma estratégia interessante, que pode poupar tempo e dinheiro da empresa.

Compra online, retira na física

De acordo com pesquisa realizada pela Provokers facilidades mobile, experiência do site e opções multicanais são indispensáveis nas compras online. Destes atributos, cerca de 42% dos consumidores buscam por opções multicanais como retirada na loja e tempo de entrega favoráveis.

Muitas empresas têm investido cada vez mais na otimização do processo de logística através da utilização de “pontos de retirada” de mercadoria. Dessa forma, surge um novo modelo de negócio, em que a descentralização do processo de logística e interconexão entre o mercado online e offline está cada vez mais presente.

Descrições de produtos é passado

“Outra previsão para o futuro do e-commerce é que as descrições de produtos como conhecemos hoje se tornarão obsoletas. Desconsiderando o fator SEO e pensando apenas na experiência do consumidor, a grande tendência é que os vídeos tomem conta das descrições de produto.”, menciona o CEO da Dr. e-commerce, Thiago Sarraf.

Afinal, qual a grande finalidade da descrição de produtos para o consumidor? Além de especificar medidas, cores e materiais de fabricação, é a aplicação destes produtos na vida dos consumidores. Para um e-commerce de moda, por exemplo, um vídeo se torna muito mais útil e interessante para a consumidora, em questão de combinações e caimento da peça.

Não quer dizer que as descrições escritas possam ser deixadas de lado. Afinal, ainda é uma grande ferramenta de SEO e busca para o Google. Além disso, caso o consumidor não tenha tempo para assistir o vídeo, a leitura da descrição supre a necessidade e incentiva a venda.

Uma imagem vale mais que mil palavras: vídeos

De acordo com o Google Advisors, cerca de 53% das pessoas buscam produtos no Google e logo após acessam vídeos para saber mais antes de comprar.

As pessoas não pensam em search e vídeos de forma separada, por isso, é interessante que o site do varejista conte com vídeos informativos, pois uma vez que o consumidor tenha em mãos a oferta de compra + informações relevantes, à tomada de decisão de compra é mais efetiva.

Por isso, com essa mudança no comportamento do consumidor, tenha certeza de incluir tudo o que o cliente precisa saber, isto é, como usar, porque o consumidor precisa daquele produto e todos os detalhes que possam incentivar a compra.

Efeito Amazon e Outros efeitos

Considerado o primeiro e-commerce dos Estados Unidos, a Amazon é um player gigante no mercado de marketplaces. Há uma boa chance de que se a Amazon faz algo, você deva fazer também. O nome que deram para isso foi o Efeito Amazon.

Monitore também a concorrência, mas não copie todas e quaisquer estratégias que o concorrente implementar, o importante é ficar de olho no seu público e como ele está reagindo a determinado fator.

Frete grátis, promoções, ofertas… não podem simplesmente serem aplicados sem qualquer tipo de planejamento. Quem te garante que o concorrente não está perdendo dinheiro com as promoções loucas? A dica principal aqui é ficar atento às tendências dos grandes e, quando fizer sentido para o seu negócio, colocá-las em prática também.

“De maneira geral, o efeito Amazon é um dos grandes indicadores de tendências para o futuro de e-commerce. O mobile commerce vai ultrapassar as vendas por desktop e as tradicionais descrições de produtos se tornarão obsoletas. É importante observar o comportamento do consumidor e se adaptar às novas tecnologias que facilitam a vida do cliente. Faça pesquisas, mantenha-se informado e acompanhe as transformações, fazendo isso, seu negócio terá uma chance muito maior de continuar competindo no jogo do mercado de e-commerce.”, conclui Sarraf.

Fonte: P & S Comunicação – Stefani Pereira

4 em cada 10 brasileiros já fizeram compras na internet, aponta CNI

Pesquisa mostra que parcela da população que utiliza comércio eletrônico quase dobrou desde 2013.

Mas fatia de consumidores que afirma nunca comprar produtos piratas subiu de 28% para 45%

O comércio eletrônico tem se consolidado como opção para o brasileiro que busca adquirir produtos e serviços com mais comodidade e por menor preço. Entre 2013 e 2019, a parcela da população que realizou compras pela internet quase dobrou, passando de 23% para 42%, percentual que sobe à medida em que aumentam a renda familiar e a frequência em que se costuma acessar a rede mundial. Além disso, a parcela de brasileiros que afirma nunca comprar produtos piratas subiu de 28% para 45%.

Um panorama dos hábitos do consumidor brasileiro e o comércio eletrônico está na pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira 51 – Perfil do Consumidor: Consumo pela Internet, pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O estudo mostra que as principais vantagens percebidas nas compras pela internet são produtos mais baratos e acessíveis, além da praticidade e da comodidade. Conheça abaixo as principais conclusões da pesquisa:

RENDA MAIOR, COMPRAS MAIS FREQUENTES – Embora 42% dos brasileiros já tenham feito compras pela internet, essa média esconde diferenças importantes nos hábitos de consumo conforme o perfil do consumidor. A pesquisa mostra, por exemplo, que 74% dos brasileiros com renda familiar superior a cinco salários mínimos já fizeram compras pela rede mundial.

Essa parcela cai para 59% entre pessoas com renda entre dois e cinco salários mínimos e para 37% na faixa entre um e dois salários mínimos. Entre brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo, apenas dois em cada 10 consumidores recorreram ao comércio eletrônico.

Imagem de Pete Linforth por Pixabay

Além de comprar mais, as pessoas com maior renda também recorrem com maior frequência ao comércio eletrônico. Se considerados apenas os consumidores que já compraram pela internet, 34% daqueles com renda familiar acima de cinco salários mínimos consomem online sempre. Esse percentual cai para apenas 9% com renda familiar abaixo de um salário mínimo.

PRODUTOS E SERVIÇOS – O brasileiro adquire mais produtos do que serviços pela internet. Entre os que realizam compras online pelo menos uma vez, 98% mencionam ter comprado produtos e 75%, serviços. Uma explicação, segundo a pesquisa, é que os produtos se referem àqueles consumidos por todas as faixas de renda, como vestuário, calçados, eletrônicos e eletrodomésticos.

Já os serviços disponíveis online costumam ser menos adquiridos pelo consumidor de menor renda, como refeições em restaurantes, opções de lazer, viagens aéreas e serviços de transporte por aplicativo. “O consumo de produtos alcança mais brasileiros que o consumo de serviços, porque o tipo de serviço oferecido online é mais voltado para brasileiros de renda mais alta”, aponta a pesquisa.

De acordo com o levantamento, os produtos mais comprados pela internet são eletrônicos (TV, celular, videogames etc), citados por 43% dos entrevistados. Essa categoria é seguida por calçados, bolsas e assessórios (31%); vestuário (23%); eletrodomésticos (18%) e livros (16%). Já os serviços mais consumidos são refeições (16%); música, jogos e filmes em serviços de streaming (16%); ingressos para shows e cinema (15%); transporte urbano (15%) e passagens aéreas (12%).

CAI CONSUMO DE PRODUTOS PIRATAS – Entre 2013 e 2019, o percentual de brasileiros que afirmam nunca comprar produtos piratas subiu de 28% para 45%. A maior queda ocorreu entre aqueles que afirmam comprar essas mercadorias às vezes, caindo de 34% para 23% da população. O hábito, no entanto, é mais frequente entre os brasileiros mais jovens: 71% daqueles com idade entre 16 e 24 anos afirmam comprar produtos piratas, mesmo que raramente. O percentual cai para 28% entre os brasileiros com 55 anos ou mais.

Segundo a pesquisa, um dos fatores para a redução na compra de produtos piratas foi o surgimento de plataformas de streaming, por exemplo, que tornaram possível o acesso a músicas e filmes a preços menores, o que reduziu a demanda por CDs e DVDs no mercado clandestino.

MAIS CÔMODO E MAIS BARATO – Segundo os entrevistados, o preço mais baixo/acessível é a maior vantagem de se realizar compras pela internet. O fator é apontado por 37% da população, seguido pela praticidade, com 16%. Na contramão, os consumidores também apontam desvantagens na hora de irem às compras online. A dificuldade em trocar ou devolver produtos foi observada por 26% das pessoas ouvidas. A demora na entrega (22%) e a falta de contato com o produto (15%) aparecem como outros fatores negativos no comércio eletrônico.

Fonte: Jornalismo – CNI

Via Vale recebe a sexta edição fotográfica “AMIGOS PARA A VIDA” da ONG BICHO BRASIL

A exposição acontece até o dia 31 de janeiro no primeiro piso do shopping

Para os apaixonados por animais, a ONG Bicho Brasil traz ao Via Vale a sexta edição fotográfica “Amigos para a vida”. A exposição é gratuita e acontece até o dia 31, no primeiro piso do Via Vale Garden Shopping.

Erika Januza – Atriz Preta e Uili – Fotógrafo: Denilson

A exposição conta com cerca de 20 fotos com diversas personalidades e parceiros que amam os animais, tal como Rita Lee, a ativista e defensora de animais Luísa Mell, as atrizes Alexia Dchamps, Vera Guimenez, Erika Januza, Paula Burlamaque, Carol Castro, a cantora Luisa Possi, jornalistas, escritores, e tantos outros. As fotos são exclusivas, e os objetivos da 6° edição são extensos, como: gerar empatia das pessoas pelos animais; mostrar que os animais fazem bem a saúde e ao convívio das pessoas; focar no não abandono e na importância da castração; evidenciar a adoção de animais e não à compra; e se encantar com a doçura do convívio deles na família.

A exibição esse ano foi presenteada com uma linda asa de anjo pintada pela talentosa artista plástica Gislaine Eras, onde os visitantes podem interagir e se posicionarem para uma “selfie do bem”, afinal quem não quer fazer um bem na vida? Quem ama cuida de seu animal, não abandona!

Serviço

Exposição da ONG Bicho Brasil “Amigos para a vida”

Data: Até 31 de janeiro

Horário de funcionamento do Shopping

Local: Piso 1 – Via Vale Garden Shopping

Fonte: Marketing – Via Vale garden Shopping

Santuário abre vaga

Vaga para Atendimento Publicitário

Dentre as atribuições do Cargo estão:
Participar da criação de campanhas de MKT, endoMKT e publicidade em geral;
Avaliar as melhores mídias e esforços que devem ser direcionados a cada uma delas;
Criar um briefing e apresentar ao time de criação.

Necessário:
Experiência anterior em agência de publicidade;
Saber escrever e comunicar-se bem, com domínio da língua portuguesa;
Responsabilidade, organização, proatividade.

Desejável:
Conhecimento do cristianismo com ênfase na religião católica;
Técnicas de persuasão e oratória.

Faça seu cadastro: a12.com/trabalhenosantuario

Taubaté Shopping realiza Saldão de Natal 2020

Lojas do centro de compras farão liquidações e queima de estoque com descontos de até 70% para os clientes

O ano de 2020 já começou e para que os clientes do Taubaté Shopping possam entrar na nova década com o pé direito, o empreendimento realiza o tradicional Saldão de Natal durante quatro dias para liquidar os estoques. Há promoções em diversos setores, como moda masculina e feminina, roupas e acessórios infantis, perfumaria e calçados, entre outros.

As promoções terão início nesta quinta-feira (9) e continuam até domingo (12). As lojas participantes terão adesivos de identificação nas vitrines e contarão com descontos de até 70% em seus produtos. “O Taubaté Shopping realiza mais uma vez, no início do ano, o seu tradicional Saldão de Natal, oferecendo aos clientes descontos em todos os segmentos do varejo”, afirma a supervisora de Marketing do Taubaté Shopping, Rebeca Lazarini. “Essa é mais uma oportunidade para quem deixou algum presente para trás ou quer renovar os seus itens, e ainda para movimentar o início de ano.”

Outras atrações
Com o intuito de divertir o público, principalmente o infantil, o centro de compras e lazer oferece diversas atrações durante o período do Saldão. De quinta (9) a domingo (12), o shopping conta com distribuição de pipoca e algodão-doce, pintura de rosto, oficinas super divertidas e diversas outras surpresas.

Fonte: Communicare – Giovanni Romão

Com insetos de até seis metros, Colinas Shopping recebe exposição ‘Natureza Gigante’

Evento gratuito é inédito no Vale do Paraíba e reúne grandes réplicas de insetos, de 10 de janeiro a 9 de fevereiro

Sucesso nos anos 90, o filme “Querida, encolhi as crianças” mostrava a invenção de um cientista que acabou encolhendo seus filhos. Na história, eles ficam tão pequenos que qualquer atividade vira uma grande aventura – até mesmo um simples encontro com insetos, que agora são enormes para as crianças. Em um cenário tão surpreendente quanto o filme, o Colinas Shopping recebe a exposição gratuita “Natureza Gigante”, a partir do dia 10 de janeiro.

Foto: Divulgação

Ao todo, serão 11 réplicas de insetos gigantes, com até 6 metros, espalhadas pelo centro de compras: Borboleta, Besouro Rinoceronte, Borboleta Monarca, Centopéia, Louva-a-Deus, Vagalume, Escorpião Negro, Formiga, Joaninha, Aranha Caranguejeira e Gafanhoto.

A exposição interativa e com réplicas animatrônicas reproduz o habitat natural de cada bicho em seus cenários. Ao lado deles, placas trazem informações sobre cada uma das espécies, com suas características e os efeitos positivos que trazem para o equilíbrio ecológico e também para os seres humanos – como fornecer alimentos, consumir materiais em decomposição, ajudar na polinização das plantas, no controle de pragas e até mesmo no desenvolvimento de medicamentos.

“O Colinas Shopping sempre busca promover atrações que reúnam toda a família. A exposição, além de conseguir esse feito, também mostra de forma grandiosa, literalmente, a importância de cada inseto para a natureza”, destaca Margarete Sato, gerente de marketing do Colinas Shopping.

O evento também contará com uma árvore falante (que conta histórias para as crianças) e uma oficina interativa, com display e tela touch-screen com curiosidades sobre a vida dos insetos na natureza e espaço para colorir. A produção da exposição é assinada pela Smart Mix.

Exposição Natureza Gigante
Quando: 10 de janeiro a 9 de fevereiro
Horários: Segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 13h às 21h
Onde: Colinas Shopping (Av. São João, 2.200, Jardim das Colinas, São José dos Campos – SP)
Classificação: livre
Atração gratuita
Oficina interativa: R$ 10

Fonte: CABANA – Suzane Rodrigues Ferreira