Relatório de Tendências

Audiovisual no mercado de casamentos

Chegamos ao terceiro, e infelizmente último, episódio da série Relatório de Tendências. Essa série é uma parceria entre o Publicitando e os alunos do 8° semestre de publicidade e propaganda matutino da Unitau. Trata-se de trabalho desenvolvido por eles dentro da disciplina Inteligência de Mercado, ministrada pela professora doutora Mônica Franchi.

Desta vez o tema é audiovisual na indústria de casamentos. Confira!

A força do vídeo on line

Áudio trata da força do vídeo nas plataformas digitais

Ouça nosso artigo em formato de áudio desta semana. A conversa gira em torno da força e penetração dos vídeos veiculados nas diversas e diferentes plataformas digitais.

Lembrando sempre que nossos programetes são uma parceria com o programa Panorama, exibido de segunda a sexta pela Rádio Unitau 107,7 das 16h00 às 18h00.

Confira:

Vaga de estágio em multinacional

Vaga é para estudantes de publicidade e propaganda

Multinacional americana localizada em Jacareí (SP), busca universitários com formação prevista para dezembro de 2019 no curso de Publicidade e Propaganda. Imprescindível espanhol avançado. A vaga tem como foco principal campanhas digitais e conteúdo online.

Salário: bolsa auxílio compatível com o mercado.
Benefícios: assistência médica, vale transporte e vale refeição.

Envio de currículo para o e-mail: lfonseca@wahlbrasil.com.br com o título “Estágio Wahl”

**Caso possuir portfólio, encaminhar o link.

O universo do e-mail marketing

Adobe analisa contrastes do universo do e-mail marketing

Levantamento feito pela empresa mostra que canal possui grande efetividade, com uma das maiores taxas de conversão (69%), mas ainda apresenta desafios como baixa taxa de abertura dos e-mails, design responsivo e relevância do conteúdo

O e-mail marketing muitas vezes não tem o mesmo glamour que outros canais, mas continua sendo uma excelente fonte de receita para organizações que aprenderam a usar a inteligência de dados para turbinar suas comunicações. O número de e-mails recebidos por consumidores em 2016 foi 61% maior do que o volume recebido em 2015. Munida deste dado e disposta a entender como este canal vem sendo utilizado pelas marcas e seus clientes, a Adobe fez levantamento para examinar o universo do e-mail marketing no mercado.

Um dos destaques da pesquisa é a alta taxa média de conversão por meio de e-mail marketing: 69%. De acordo com as informações coletadas, para cada dólar investido em e-mail marketing, o ROI é de US$ 38. Outro número que também chama a atenção das marcas é que 58% dos americanos afirmam que preferem receber informações sobre produtos e serviços no e-mail do que por qualquer outro canal. Além disso, os consumidores gastam em média 6,3 horas com leitura de e-mails em dias úteis. “Usado de forma inteligente, com conteúdo relevante e respaldado por dados, o e-mail marketing entrega bons resultados. É um canal eficiente, que transmite a mensagem por diferentes formatos sem ser invasivo para o consumidor”, explica Luciana Castro, Head de Soluções de Analytics e Cross-Channel Marketing da Adobe.

Entretanto, a apuração da Adobe mostra que ainda há desafios na utilização desse canal de comunicação. Hoje, apenas 14% dos e-mails são efetivamente lidos. Já demostrando que quantidade não é qualidade, 40% dos norte-americanos afirmam que gostariam de receber menos e-mails e 32% querem ver e-mails menos repetitivos. “A ferramenta se apresenta como um dos principais canais de comunicação e conversão do marketing, mas só traz resultados positivos se utilizada de maneira a transmitir uma boa experiência ao consumidor. As marcas devem se concentrar em passar uma mensagem personalizada, no timing correto e que interesse ao cliente”, afirma Luciana. “O uso de inteligência artificial e machine learning traz inovações como predição da melhor imagem para gerar conversão, assim como mudança na frequência de e-mails a partir da análise das interações dos consumidores”, complementa.

De acordo com a especialista, combinar o e-mail com outros canais de ativação, como a experiência no site e a compra de mídia, potencializa as possibilidades de conversão do canal. “O e-mail é apenas um dos múltiplos pontos de contato do consumidor durante a jornada. Cabe às marcas entenderem a sua audiência e explorar as possibilidades que tem à disposição, inclusive de modo complementar ao e-mail”.

Luciana Castro reforça também a importância de aliar as ações de e-mail marketing às tecnologias de análise de Big Data, bem como de soluções que atuam no gerenciamento desses dados para a entrega de conteúdos relevantes a diferentes perfis de consumidores. “No mundo digital, o uso da tecnologia para o melhor aproveitamento das pegadas digitais deixadas pelos clientes durante a jornada de compra é essencial. Com conhecimento sobre os hábitos de consumo do cliente aplicados em uma campanha, cria-se uma segmentação de audiência muito mais assertiva para personalizar a experiência. Com conteúdo relevante, aumentam consideravelmente as chances de o e-mail marketing ser lido e, consequentemente, a possibilidade de conversão”, finaliza Luciana.

Menos promoções, mais informações

A Adobe acaba de concluir o Relatório 2017 sobre Consumo de E-mail, conduzido em parceria com a Advanis. Para a pesquisa, foram ouvidos mais de 1 mil executivos norte-americanos e – para 40% dos entrevistados – as comunicações por e-mail das marcas deveriam mudar em direção à entrega de conteúdo informativo, reduzindo as mensagens referentes a promoções. O segundo aspecto mais levantado quando se trata da mudança do e-mail marketing diz respeito à personalização da comunicação: 27% dos consumidores desejam conteúdos mais alinhados aos seus interesses.

O Relatório 2017 sobre Consumo de E-mails aborda também dados de comportamento em relação a abertura deste tipo de comunicação, dispositivos preferidos para a leitura, diferenças no uso entre o e-mail pessoal e o corporativo e inovações que foram incorporadas nesta tecnologia ao longo dos anos. Para mais detalhes da pesquisa, o relatório pode ser baixado aqui.

Confira todos os dados sobre e-mail marketing abaixo no infográfico da Adobe:

Fonte: RMA Comunicação – Alisson Costa

Startup Kakau reinventa o mercado de seguros ao apostar em tecnologias como IA e Big Data

Objetivo da InsurTech é oferecer o seguro mais barato e descomplicado do Brasil

Ao falar sobre seguros, a maioria dos brasileiros ainda pensa em muita burocracia e papelada para assinar. Mas a startup Kakau acaba de chegar ao mercado com o intuito de mudar essa visão. 100% digital, a InsurTech (termo que nasceu da junção de insurance – seguro – com technology) se apoia no uso de tecnologias como inteligência artificial e big data para descomplicar a aquisição e o uso do seguro. Com mensalidades a partir de R$19,00, a startup deseja que cada vez mais brasileiros possam proteger o seu patrimônio.

Henrique Volpi, co-fundador e CEO da Kakau Seguros

Por enquanto, a Kakau comercializa seguro residencial, com diferentes planos para casas e apartamentos. Futuramente, outras modalidades de seguros irão entrar para o catálogo da empresa. O principal atrativo para novos clientes é o fato de a plataforma ser muito mais acessível para o usuário, sendo o primeiro seguro por assinatura do mercado, isso significa que, o próprio segurado pode solicitar a aquisição ou o cancelamento do serviço quando quiser através de um computador, tablet ou smartphone.

No caso de um sinistro, a inteligência artificial é utilizada para gerar índices de precisão e facilitar o processo de assistência. Por isso, o serviço é oferecido ao segurado de maneira ágil e transparente.

Vale ressaltar também que o trabalho desenvolvido com a assistente pessoal de seguros Anna, inteligência artificial que realiza atendimentos on-line e está programada para aprender a cada atendimento e, com isso, tornar-se referência em informação e assistência para os clientes da Insurtech, melhorando constantemente a experiência do usuário.

A cada contratação, uma nova doação

Além de descomplicar o conceito de seguro e oferecer aos brasileiros a possibilidade de proteger seu patrimônio com um preço justo e sem burocracia, a Kakau também deseja criar uma comunidade on-line que traga benefícios para toda a população. Por isso, a cada contratação, a startup faz uma doação para a ONG Teto.

Com mais de 10 anos de atuação na América Latina e Caribe, a Teto realiza um trabalho nas comunidades carentes para superar a pobreza e a exclusão, por meio do trabalho conjunto entre voluntários e as famílias atendidas. A ONG constrói moradias mais dignas e cria lideranças representativas para as comunidades.

Três sócios e um investimento de R$ 650 mil

A Kakau Seguros é fruto da união de três sócios: Henrique Volpi, Marcelo Torres e Diogo Russo. A ideia surgiu quando Henrique realizava um curso sobre fintechs no MIT e as InsurTechs foram o seu tema no projeto de avaliação. “Gostei muito do tema e queria trazer algo assim para o Brasil. Quando voltei, apresentei a proposta para o Diogo e o Marcelo e juntos desenvolvemos o negócio. Para começar, realizamos um período de testes e depois recrutamos uma seguradora e uma corretora como parceiras estratégicas”, explica Volpi. Com lançamento oficial realizada no mês de setembro, a Kakau conta atualmente com mais de 1.000 usuários cadastrados.

Sócios: Marcelo Torres, Diogo Russo e Henrique Volpi

Para a estruturação e lançamento da empresa, os sócios não contaram com nenhuma ajuda externa, investindo R$ 650 mil reais próprios. Agora em 2017, a empresa já conta com apoio de anjos e pretende aumentar isso em 2018.

Sobre a Kakau Seguros
A Kakau é uma empresa de tecnologia que convida você a ter um futuro seguro. Primeira InsurTech brasileira 100% digital, a plataforma oferece acesso rápido e fácil para que o próprio segurado consiga solicitar ou cancelar serviços. A seguradora inova também ao fazer o uso de tecnologias como inteligência artificial e big data.

Com planos a partir de R$19,00 para seguro residencial, a startup tem como objetivo oferecer a cada vez mais brasileiros a possibilidade de protegerem seu patrimônio com um preço justo e sem burocracia. Saiba mais no site: https://www.kakau.co/

Fonte: Conecte – Eliane Tanaka

ACI traz novo sistema de celular para São José

ACCelular tem como objetivo reduzir custos com telefonia móvel para pequenas e médias empresas associadas à ACI

Quer reduzir seus gastos com telefonia celular?

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos assinou nesta terça-feira um contrato com a Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo) para implantação do ACCelular na cidade. Pelo sistema, oferecido a associados da ACI, pequenos e médios empresários terão acesso a um sistema de comunicação móvel que pode gerar uma redução de até 20% na tarifa em relação aos sistemas convencionais.

“O ACCelular é uma solução para quem precisa do serviço de telefonia coorporativa e encontra problemas com contas e serviços que não se encaixam em sua realidade” disse o presidente da ACI, Humberto Dutra.

O programa é uma iniciativa elaborada sob medida para os associados da ACI. O sistema garante gestão do consumo on-line, contrato flexível, atendimento personalizado feito diretamente pela ACI, chamadas gratuitas entre celulares do mesmo grupo (com o mesmo código de área), cobrança de apenas duas tarifas (local e interurbano), entre outras vantagens.

Além da redução de tarifa, a implantação do sistema e o treinamento para usá-lo será feito pela ACI, por meio de profissionais treinados. Assim, o serviço de monitoramento vai eliminar todos os erros que eventualmente possam aparecer nas faturas.

Para garantir a qualidade do serviço, a ACI vai disponibilizar três operadoras para contratação de seus associados – Vivo, Tim e Claro. O programa estará disponível para adesão de associados em 30 a 45 dias.

No ato da assinatura do contrato,, Humberto Dutra representou a ACI. Pela Federação estiveram presentes Giovanni Guerra, superintendente de Produtos e Serviços da Facesp, e Felipe Cury, vice-presidente da Facesp para a RA-6, área que abrange 23 ACIs do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira.

Vantagens

O presidente da ACI, Humberto Dutra, afirma que o projeto terá custo-benefício melhor que o sistema convencional e vai resultar em economia para os associados. “Além disso, teremos uma central de vendas do ACCelular e estas vendas vão gerar descontos para o associado, além de renda para a ACI. Renda que será revertida em investimento para os associados”, disse.

Para o superintendente da Facesp, entre as principais funcionalidades do ACCelular estão o controle da conta on-line, que permite que o empresário administre todas informações da linha por meio de um aplicativo, o atendimento personalizado, no qual a ACI ficará responsável pelo atendimento, sem que o empresário precise falar com a operadora, e tarifas fixas para ligações locais e interurbanas isentas de cobranças. “Essas singularidades do contrato tendem a beneficiar os usuários, já que reduzem o tempo e o custo que eles precisam disponibilizar para ter serviços telefônicos.”

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathália Barcelos

ACI lança campanha para iluminar São José neste Natal

Concurso faz parte da ofensiva da ACI para criar um clima natalino e estimular as compras no comércio da cidade

Boa notícia: a Associação Comercial de Industrial de São José dos Campos lança esta semana a campanha “Natal Iluminado”, com o objetivo de deixar a cidade mais bonita e iluminada para as Festas. A campanha da ACI vai premiar comércios, edifícios e residências que forem mais criativos em sua decoração de Natal.

A ação tenta suprir uma lacuna: este ano, São José não terá decoração oficial de Natal nas ruas e praças públicas.

Pelas regras do concurso, cinco representantes de cada setor serão indicados como vencedores, recebendo uma placa da ACI, em uma premiação simbólica. A primeira seleção do concurso será feita por um júri ligado à ACI. Os finalistas terão fotos de sua decoração de Natal expostas no site da campanha, aberto a votação pública. As fotos mais votadas pelo júri on-line serão declaradas vencedoras.

As inscrições podem ser feitas até 31 de dezembro. Seleção preliminar e votação on-line ocorrem em janeiro.

Para o presidente da entidade, Felipe Cury, a campanha vai trazer o espírito de Natal para mais perto das pessoas, além de estimular a união entre cidadãos. “Nossa meta é estimular que as pessoas disseminem o clima de Natal na cidade e envolver a população nesse momento, muito importante para termos um final de ano com harmonia”, disse.

Para incentivar a campanha a fachada da sede da Associação Comercial e Industrial no centro da cidade ganhou decoração especial de Natal desde o último final de semana.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathália Barcelos

TV Estadão transmite show

TV Estadão transmite shows ao vivo de Kaiser Chiefs e Nação Zumbi em São Paulo

Ingleses e brasileiros se apresentam dia 12 de junho (sábado) no final da 20ª edição do Cultura Inglesa Festival

tvestadão (1)

Fãs do Kaiser Chiefs terão uma oportunidade diferenciada de acompanhar o show da banda inglesa pela internet. A apresentação, que acontece em São Paulo, dia 12 de junho (sábado), será transmitida ao vivo pela TV Estadão.

O show, que acontece no Memorial da América Latina, encerra a 20ª edição do Cultura Inglesa Festival. O evento teve início dia 26 de maio e reúne atrações nas áreas de música, teatro, dança, cinema e artes visuais. Os britânicos mostrarão músicas do disco Education, Education, Education and War (2014). Pouco antes, a TV Estadão também transmitirá o show da banda brasileira Nação Zumbi.

Ação multiplaforma

Além da transmissão ao vivo do evento, no Portal Estadão estarão reunidos, em uma página dedicada ao grupo inglês, fotos e comentários sobre o show nas redes sociais. Para participar, basta postar com a hashtag #KaiserChiefsCIF. Já na Rádio Eldorado, haverá sorteio ingressos para o show. Para participar, o ouvinte deve acompanhar a programação da rádio, na frequência 107,3 FM, ou nas redes sociais da emissora (Facebook e Twiitter).
Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone

Para se dar bem

Webinário gratuito

Internet (4)

A psicóloga, palestrante e coach educacional Mariana Marco promoverá no próximo dia 11 de junho um webinário gratuito com dicas de estudos para se livrar das dp’s no final do ano. O encontro online está marcado para as 10 horas e é voltado para os universitário que querem ter uma vida acadêmica de sucesso. Para se inscrever é só acessar o link: http://www.marianamarco.com.br/cursos/encontro-online-plus/.

A vagas são limitadas.

Para ficar por dentro da agenda de cursos, palestras e dicas de estudos curta a página da Mariana Marco no Facebook: /marianamarcoaltaperformance

TIM Tec lança curso online e gratuito de Programação de Games

Aulas são ministradas por professor da USP e capacitam participantes para desenvolver seus próprios jogos

Cerca de um em cada quatro brasileiros dizem jogar videogame. Mais que uma paixão nacional, os games também se traduzem em um mercado promissor, que faturou R$ 1 bilhão em 2014 e cresceu a taxas entre 9% e 15% nos últimos cinco anos, segundo a Associação Brasileira de Games (Abragames). Pensando em oferecer ainda mais oportunidades para quem quer apostar nesse segmento, TIM Tec – plataforma do Instituto TIM que oferece cursos profissionalizantes gratuitos à distância – acaba de lançar o curso de Programação de Games. Ministrado pelo doutor em Ciências João Bernardes, da Universidade de São Paulo (USP), o curso tem como objetivo apresentar os principais elementos que compõem um jogo eletrônico e suas técnicas de manipulação, capacitando os alunos para desenvolver seus próprios games.

code-647012_640

O novo curso é voltado tanto para estudantes como para profissionais das áreas de tecnologia da informação ou design, com conhecimentos prévios de programação e da linguagem Javascript e que se interessem pelo desenvolvimento de jogos eletrônicos. A formação inclui aulas em vídeo, testes e atividades online, exercícios individuais e material didático de apoio, totalizando dez capítulos.
“O conteúdo teórico será acompanhado pelo desenvolvimento de exemplos práticos que, ao longo do curso, resultarão no desenvolvimento de um jogo simples, em duas dimensões, visando facilitar o aprendizado e aumentar a motivação dos alunos”, explica o professor João Bernardes.

Como funciona
TIM Tec é uma iniciativa do Instituto TIM baseada em três pilares: software livre, produção de cursos e parcerias com instituições de ensino. O projeto começou em 2013 com o objetivo de desenvolver uma plataforma virtual que disponibilizasse cursos online, livres e gratuitos sobre tecnologia, produzidos especialmente para esse fim e, hoje, já conta com mais de 12,6 mil alunos cadastrados em 17 cursos.

Por ser baseada no conceito MOOC (Massive Open Online Course), qualquer pessoa pode acessar a ferramenta pelo site http://timtec.com.br/pt/ e fazer os cursos gratuitamente. Ao mesmo tempo, TIM Tec é um software livre que pode ser usado por escolas, universidades, coletivos – cada instituição pode ter sua própria instalação, totalmente autônoma, da plataforma. O software pode ser baixado, instalado, modificado e melhorado (desde que os programadores envolvidos conheçam sua linguagem).

Hoje, a plataforma e os conteúdos de TIM Tec estão sendo compartilhados com Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia com o apoio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (SETEC/MEC). As instituições parceiras conhecem o projeto, instalam o software e, se quiserem, podem adicionar os cursos de TIM Tec ou seus próprios cursos à plataforma.

No início de novembro, cerca de 70 gestores e técnicos de instituições públicas de ensino da Rede e-Tec Brasil e órgãos governamentais participaram de uma formação para a instalação e uso do software na sede do MEC, em Brasília.

Fonte: Alameda Comunicação – Tawana Miquelino