Novo curso do Grupo de Planejamento

A ARTE DE ENCONTRAR O PROBLEMA CERTO

Nessa quarta-feira o Grupo de Planejamento oferece um curso super legal sobre uma das habilidades mais importantes para planejadores. Você pode conferir as informações abaixo e correr pra se inscrever enquanto ainda dá tempo.

Qual o problema do problema?

Para resolver um problema o primeiro passo é olhar para ele como ele é. Parece óbvio, mas o ponto é que trazemos tantas verdades e somos tão influenciados por outros pretensiosos problemas, que é fácil perder o caminho e escolher o problema errado ou menos importante.

Existem alguns vícios no processo e o curso mapeia quais são eles, para que os alunos tenham mais consciência e se aproveitem de quem já errou para não cometer os mesmos erros.

Convidado:
Douglas Nogueira, Professor de Estratégia e Diretor de Planejamento na Talent Marcel

Quando:
20 de janeiro de 2021 (sexta-feira)
Abertura da sala online às 19h / Início do evento às 19:30

Onde:
Online (Google Meet)

Valores:
Associado: R$ 99,00 (+ R$ 7,92 taxa) em até 12x R$ 11,06
Inscrição comum: R$ 199,00 (+ R$ 15,92 taxa) em até 12x R$ 22,23
Combo (inscrição + anuidade de sócio): R$ 299,00 (+ R$ 23,92 taxa) em até 12x R$ 33,40d

BOLSAS:
O GP concede bolsas em seus cursos e eventos para dar oportunidade para mais pessoas participarem dos cursos e eventos. Elas compõem, no mínimo, 10% de cada turma, tendo como objetivo 20%. Os critérios utilizados para seleção são para ajudar a aumentar a representatividade nas aulas e no mercado de comunicação. Elas são concedidas a critério do Grupo de Inclusão do GP, respeitando metas de gênero, cor, renda, escolaridade e o potencial de impacto do curso na carreira do profissional. Se quiser participar, clique aqui

Increva-se aqui

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Coluna {De dentro pra fora}

Trabalhar em equipe; transformar problemas em desafios
{Spoiler: este texto pode parecer autoajuda}

vitor-2016

A nossa rotina pode ser resumida em resolver problemas. E eles são os mais variáveis possíveis: problemas de comunicação, tráfego lotado, expectativa dos clientes, relacionamento de equipe e por aí vai.

O primeiro erro é encarar tudo isso como problema. Pode soar meio autoajuda -eu sei-, mas acho importante a gente olhar para esses pontos como desafios. E não é só mudar a palavrinha que a gente usa, é mudar nossa percepção e reação sobre o que acontece.

(Abre parêntese para falar sobre equipe)
Quando eu observo histórias de amigos, nos mais variados ambientes de trabalho, sempre penso: se a situação fosse entendida como um desafio de todos, a solução seria bem mais fácil. Ou seja, desaprendemos a trabalhar em equipe. A gente quer departamentalizar tudo. O famoso “isso não é comigo”. Principalmente dentro das agências, esse fator é decisivo para que os processos realmente funcionem. Todo mundo precisa se comprometer com uma necessidade do cliente. Criação precisa entender que não é inflexibilidade do atendimento. Atendimento precisa entender que não é birra de criação. Porém, ainda mais importante, todos precisam dialogar: falar, ouvir, compreender e chegar a uma solução, por favor. Sei que isso parece básico, mas vejo muitas empresas ainda batendo a cabeça porque as pessoas não se falam.
(fecha)

connect-20333_640

Voltando aos desafios. Quando a gente recebe um pedido do cliente interno, uma demanda do atendimento, um planejamento ferrado, uma gestão de crise, acho que é importante responder duas perguntas:
– O que eu posso aprender com isso?
– O que eu posso fazer para ir além das expectativas (da área, do cliente, da demanda)?

Essas duas perguntinhas vão nos ajudar a encarar o ponto como um desafio, e não como um problema. Deixe de enxergar a situação como algo negativo, pesado, desgastante. Lembre-se de que ela vem acompanhada de oportunidades, de desenvolvimento, de mais conhecimento. Seja positivo que tudo flui melhor. Além da satisfação pessoal, o resultado final tem muito mais chance de encantar. É um ciclo do bem: você trabalha mais leve, todo mundo participa, o resultado é melhor, supera as expectativas, o cliente fica feliz, elogia o trabalho, confia mais em você, e assim a vida segue.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0