Visualiza e não lembra

Consumidores brasileiros não conseguem recordar marcas de anúncios considerados “visíveis” pelas métricas do setor

Anunciantes precisam fazer mais do que apenas serem vistos na internet para deixar uma boa impressão. De acordo com estudo divulgado esta semana, experiência do usuário é o fator chave na lembrança de marca

A Outbrain, empresa pioneira em descoberta nativa da open web, realizou uma pesquisa de viewability com 1007 consumidores brasileiros e revela que 76% dos consumidores não lembravam da marca de um anúncio dentro dos padrões de viewability da indústria.

O levantamento também aponta que oferecer uma melhor experiência publicitária aliada à relevância do conteúdo junto ao usuário, gera ótimos resultados. A maior parte dos consumidores (88%) se envolvem conscientemente com publicidade. E desse número, 32% se lembram da marca se tiverem uma interação positiva. Além disso, 83% priorizam que o anúncio seja relevante e interessante para eles e 48% consideram que o fator mais importante para engajar com um anúncio é a relevância.

Atualmente, o IAB (Interactive Advertising Bureau) define que apenas 50% dos pixels de um anúncio devem estar visíveis na tela por dois segundos consecutivos para ser considerado visível. “Como indústria, temos um desafio em torno de como medimos visibilidade versus engajamento”, diz Gilad de Vries, vice-presidente sênior de estratégia da Outbrain. “Em vez de focar em métricas de engajamento mais precisas, as marcas ainda estão pagando demais por uma maior visibilidade e assumindo de forma equivocada que isso garante maior engajamento”.

O estudo também revela que vídeos reproduzidos com um clique (45%) aparece como o formato que mais chama a atenção, seguido das recomendações de conteúdo (42%). 53% afirmaram que as recomendações de conteúdo no final das matérias foram consideradas as menos invasivas entre todos os formatos de publicidade em vídeo.

Por outro lado, 89% dos entrevistados têm maior probabilidade de ter uma atitude negativa em relação a uma marca que afete sua atividade on-line; 43% ignoram anúncios que interrompem sua navegação; mensagens pop-ups (47%), reprodução automática de vídeo com som (40%) e reprodução automática de vídeo sem som (33%) são considerados os formatos mais irritantes.

Para o Gilad de Vries, anunciantes e empresas de mídia precisam considerar a adequação do formato do anúncio, seu ambiente e relevância. “Para eliminar o desperdício do que é gasto em anúncios, é necessário reconsiderar a ênfase e a importância que damos ao “viewability”. Esta é a chave para melhorar a experiência do usuário”, finaliza.

Outros países

A pesquisa também foi realizada em outros quatro países, como Espanha (com 1008 entrevistados), Itália (com 1036), Alemanha (com 1000) e Reino Unido (com 1000), totalizando 5051 consumidores. Em todos os mercados, a pesquisa confirmou que estar dentro dos padrões de viewability não é suficiente para que a marca seja lembrada pelos consumidores. Na média entre todos os países, 73% dos entrevistaram não souberam determinar as marcas dos anúncios aos quais foram expostos.

Além de avaliar a métrica relacionada ao viewability, o estudo também apontou que em todas as praças, 64% dos entrevistados conscientemente se envolvem com publicidade. Proporcionar uma experiência positiva, relevante, interessante e não intrusiva é uma influência significativa no recall da marca dos consumidores: 50% consideram a relevância como o fator mais importante no envolvimento com anúncios; também para a metade (50%) dos entrevistados as recomendações de conteúdo ao final das matérias são menos invasivas; e 48% admitem prestar atenção à marca no futuro após ver um anúncio relevante.

Fonte: CommunicaBrasil – Marcela Martinez

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Marcas ganharam visibilidade na Black Friday 2019

Levantamento mostra quais marcas foram mais procuradas pelos consumidores, nos dias anteriores à Black Friday

A Black Friday 2019 revelou que o consumidor brasileiro está mais atento às marcas que investem na Black Friday, motivo pelo qual ganharam destaque na preferência do público, notadamente as lojas de varejo físicas e digitais. Essa foi uma das constatações do levantamento realizado, em conjunto, pelas empresas Blend New Research e Shopper Experience, pertencentes à holding HSR Specialist Researchers. Desde 11 de novembro, as consultorias monitoraram campanhas publicitárias e ouviram, por meio de painel online, 5.880 consumidores de todas as regiões do País.

De acordo com o estudo, marcas de lojas de varejo foram mais lembradas pelos entrevistados do que as de produtos. Quando perguntados se lembravam de campanhas da Black Friday nos últimos dias, independentemente do tipo, 81% dos respondentes disseram que sim. As lembranças com relação às marcas foram, na ordem: Casas Bahia (citada por 25,19% dos entrevistados), Americanas (25,17%), Magazine Luiza (22,94%), TIM (10,23%), Netshoes (10,14%), Samsung (9,72%) e Vivo (7,83%).

Para Valeria Rodrigues, diretora da Shopper Experience, isso ficou mais evidente quando se percebe que as empresas varejistas têm tradição de começar suas campanhas bem antes da data em si (29 de novembro). “Independentemente da mídia, as campanhas das lojas de varejo tendem a ser mais massivas. Mesmo que sejam apresentadas ofertas de produtos, o que fica na cabeça do consumidor é quem vende”, afirma, assegurando que essa pode ser uma oportunidade para os fabricantes, pois o público tem demonstrado interesse cada vez maior em adquirir produtos e serviços que estão na sua lembrança.

No tocante a produtos, a pesquisa mostrou que o consumidor quer aqueles que precisam de constante atualização tecnológica, e nesse sentido os eletroeletrônicos tiveram grande destaque. No levantamento, os mais procurados foram celulares (pesquisados por 50,87% dos consumidores), televisores (31,9%), roupas (17,6%), computadores e notebooks (7,12%), e geladeiras (6,85%). Interessante, segundo ela, é ver que itens como pacotes de viagens e fast food, entre outros itens, começam a aparecer no radar do consumidor.

A pesquisa também observou como o consumidor estava percebendo a edição deste ano em comparação com o ano anterior. De acordo com o levantamento, 61% das pessoas ouvidas entenderam que os preços, este ano, estavam melhor que em outros meses do ano e em comparação a mesma data em 2018. Para 34% estavam no mesmo nível e somente 5% tiveram a percepção que estavam mais altos. Esse cenário demonstra o ganho de confiança da Black Friday, que abandona a imagem de ser apenas uma ação de comunicação promocional, sem trazer o benefício real de preços mais baixos.

Lucas Pestalozzi, diretor da Blend New Research, ressalta outro ponto interessante do levantamento, sinalizando que 52% dos respondentes pretendiam comprar na Black Friday deste ano. “As marcas precisam enxergar as oportunidades de contato – e venda – com o público. Essa consolidação abre espaço mercadológico para que novas datas sejam incluídas no calendário do varejo brasileiro, assim como a Cyber Monday, que, ainda tímida, já passa a ser vista. Anunciantes, setores de produção, prestação de serviços e varejo devem olhar com mais cuidado para esse tipo de ação”, defende. Ele enfatiza, ainda, que quanto mais empresas – de todos os segmentos – aderirem, com promoções realmente efetivas, mais credibilidade a data terá.

Fonte: LF Comunicação Corporativa – Marco Barone

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Coluna “Branding: a alma da marca”

Uma sociedade comunicadora, mas com muito pouco a dizer

A educação voltou a ser um dos principais temas de debate na atualidade. No olho deste furacão uma sociedade onde a tecnologia faz da comunicação a mola propulsora da revolução. Mas é aí? por que estamos discutindo isso? O que isso significa?

Significa que todos nós precisamos nos preparar para um mundo de comunicadores sem qualificação. No mundo revolucionado pela comunicação, toda opinião, não importa a sua qualidade, estará disponível e terá leitor, o que não significa educação. Significa o caos dos contraditórios.

Basta ver que hoje os veículos de comunicação tradicionais se preocupam em fazer “recall” da informação, caçando as chamadas fakenews. No entanto, cada vez mais a credibilidade destas mídias chamadas tradicionais é colocada à prova. Vivemos uma nova idade média, onde a desinformação, ou melhor, o desconhecimento paira no ar, e é preciso pessoas esclarecidas para conduzir.

No mundo globalizado onde a internet oferta troca de informações instantaneamente, o papel do educador nunca foi tão relevante. Na origem da palavra, que pode ser facilmente encontrada com uma “googada”, temos conceitos como o latino “ex ducere”, guiar para fora, ou também encontrado com outras raizes como “educir”, trazer para fora, ambas com o mesmo sentido.

Inclusive a palavra “conDUCIR” que vem desse radical nos da uma boa ideia do que isto representa.

Neste exemplo observamos o nó que se tornou a discussão sobre educar.

Encontrar a origem etimológica foi muito fácil, a um simples toque no “touch”. Porém, compreender a importância deste conceito requer preparo e vínculo. Não se faz um aprendizado simplesmente com um vídeo na internet ou com um professor sem ideologia. O educador é um CONDUTOR para fora dessa lama, uma função importante e valiosa , mas cada vez mais combatido.

Foto: Pixabay

Diferente do que muitos podem imaginar, um professor não é um “doutrinador” por excelência que se preocupa apenas em transmitir informações que lhe interessa, mas aquele que constrói um conjunto de experiências com estas informações que quando relevantes ao aluno faz o mesmo chegar ao que chamamos de significado. Muitas vezes o aluno encontra outro significado, mas nem por isso significa que no caminho não precisou ser conduzido pelo professor.

A construção do significado depende de um conhecedor dos caminhos e de outro disposto a caminhá-lo, dessa forma, se requer que o professor tenha vivência previa, convicções pessoais e de um aluno que apreenda a pensar por si só com suas próprias vivências.

A ideia de uma escola que possa ser transmitida on line e sem um professor com convicções pessoais parece nos levar a tentar achar combustão espontânea na educação.

O fato é que, seja por questões econômicas ou partidárias, estamos discutindo a educação, tentando criar um modelo fadado ao fracasso.

É possível construir uma educação mais contemporânea sem matar o aprendizado.

Basta deixar que o livre mercado a regulamente, pois, talvez para isso funcione o modelo.

O aluno deve escolher se quer mais aulas on line ou presenciais, pagando o justo preço por isso. E também escolher quem o regulará por estas informações, o professor de linha X ou aquele com linha Y.

Enfim, se não quisermos uma sociedade com um monte de informações que não nos serve como aprendizado é preciso deixar existir uma PLURALIDADE DOUTRINÁRIA. Sem tentarmos impor aquilo que acreditamos podemos tatear as coisas e aprender a decidir sobre o que nos serve ou não, e isso faz o compreender das coisas. Penso assim, mas aceito ser contrariado!

—————————–

Pessoal, no mês de Dezembro me darei férias desta coluna, até por que ela sairia bem no dia de Natal. Por isso, agradeço a todos pelo companheirismo da leitura, desejo um feliz fim de ano e um excelente 2019. Até a próxima !

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Resultados do 17° Prêmio Recall de Criação Publicitária 

Vencedores do Prêmio Recall 2017

Confira todas as peças que chegaram ao short list e que venceram as categorias do prêmio que rolou dia 02/12 em Ribeirão Preto.

INTERNET

Short-list

Agência Mov – Ribeirão Preto

Peça: Site Mov

Cliente: Agência Mov

Link: www.agenciamov.com.br

Artmaker – Sorocaba

Peça: Site Artmaker

Cliente: Artmaker

Link: wwww.artmaker.com.br

L8 Digital – Presidente Prudente

Peça: Site Fernando Zor

Cliente: Fernando Zor

Link: www.fernandozor.com.br

MacNeeds Propaganda – Campinas

Peça: Novo Cardápio Joe Leos

Cliente: Restaurante Joe & Leos

Link:
http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/especial-publicitario/joe-e-leos/noticia/2017/05/jornalista-abandona-estudio-durante-transmissao-ao-vivo-e-causa-tumulto-na-cidade.html

Neurônio Adicional – Piracicaba

Peça: Novo Site Vollmens Fragrances

Cliente: Vollmens Fragrances

Link: www.volmensfragrances.com.br

NovaMCP – Assis

Peça: Bálsamo Supremo

Cliente: Herbamed

Link: http://mailchi.mp/744648328605/no-passe-dor

Raro! Branding & Design – Presidente Prudente

Peça: Lar Novo Lar

Cliente: Incorporadora Mampei Funada

Link: www.larnovolar.com.br

Safra Digital – Campinas

Peça: Site Lais Souza

Cliente: Lais Souza

Link: www.laissouza.com.br

Urso Propaganda – Jundiaí

Peça: Bem-vindo ao ano dos feriados

Cliente: Viagem Turismo

Link: www.voage.com.br/anodosferiados

BRONZE

Raro! Branding & Design – Presidente Prudente

Peça: Lar Novo Lar

Cliente: Incorporadora Mampei Funada

Diretor Criação: Gustavo Grael Rossi

Diretor Arte: João Garba

Redação: Zé Pacheco

Atendimento: Luziana Paulinio e Tiago Levorato

Aprovação Cliente: Renato Funada

Fornecedor: w/dezoito

Link: www.larnovolar.com.br

PRATA

MacNeeds Propaganda – Campinas

Peça: Novo Cardápio Joe Leos

Cliente: Restaurante Joe & Leos

Diretor Criação: Daniel Mac Need

Diretor Arte: Felipe Gianni

Redação: Daniel Mac Need

Atendimento: Felipe Gorreri

Aprovação Cliente: Carlos Américo

Fornecedores: ETPV Campinas / Globo e Jovem Pan Campinas

Produtora de Som: Jovem Pan Campinas

Link:
http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/especial-publicitario/joe-e-leos/noticia/2017/05/jornalista-abandona-estudio-durante-transmissao-ao-vivo-e-causa-tumulto-na-cidade.html

OURO

NovaMCP – Assis

Peça: Bálsamo Supremo

Cliente: Herbamed

Diretor Criação: Eddie Silva

Criação: Eddie Silva, Fabrício Takaasi, José Carricondo, Jussara Nascimento e Vinícius Gonçalves

Atendimento: Marcus Gil

Aprovação Cliente: Alexandre Aranut

Produtora TV: F5 Filmes

Produtora Som: Black Áudio

Link: http://mailchi.mp/744648328605/no-passe-dor

REDES SOCIAIS

Short-list

AG22 Comunicação Contemporânea – Sumaré

Peça: Tour 360º

Cliente: Studio Glozz

Link: http://www.facebook.com/studioglozzbytamme/photos/a.435641613147582.105699.272340982810980/1622463257798739/?type=3&theater

RS08

Agência Mixa – Campinas

Peça: Pizza das crianças

Cliente: Pizzad’oro

Link: https://www.youtube.com/watch?v=on5tLuDpmH8&feature=youtu.be

Agência Mov – Ribeirão Preto

Peça: Batalha das Repúblicas

Cliente: Indústria de Bebidas Pirassununga

Link: https://www.youtube.com/watch?v=GZ1m3QLLfqE&lc=z22nc51ivvqku5eu1acdp434j1cgxhbdknewq0jc245w03c010c

Artmaker – Sorocaba

Peça: Canvas UNISO 22 anos

Cliente: Universidade de Sorocaba

Atua Agência – Sorocaba

Peça: Newton 45 anos – Dorí

Cliente: Centro Universitário Newton Paiva

Link: http://atua.ag/recall/newton-dori

DLS/ Comunicação – Birigui

Peça: Desafio Minions

Cliente: Plugt

Link: http://dlscomunicacao.com.br/portfolio/plugt-minions/

DLS/ Comunicação – Birigui

Peça: Dia das mães sem presentinho

Cliente: Óptica e Relojoaria Pérola

Link: www.facebook.com/opticae.relojoariaperola/videos/793745210780271/

DLS/ Comunicação – Birigui

Peça: Seu filho não é um gravador

Cliente: Liceu Birigui

Link: https://vimeo.com/238960381

DLS/ Comunicação – Birigui

Peça: Case Vó no Whats

Cliente: Vó Maphalda

Link: www.dlscomunicacao.com.br/portfolio/vo-no-whats

Impulsa Comunicação – Nova Odessa

Peça: Estreias no cinema

Cliente: Mundo Animal Laboratório Veterinário

Link: https://www.facebook.com/LaboratorioMundoAnimal/photos/a.210509932345907.53756.195416703855230/1470395646357323/

Raro! Branding & Design – Presidente Prudente

Peça: Mutirun – Correr Esquenta

Cliente: Edilson Azevedo Personal e Fundo Social

Link: https://www.facebook.com/raroag/videos/1116932831672274/

Sanchez Propaganda – Limeira

Peça: Descubra

Cliente: Agency One

Link: https://www.youtube.com/watch?v=h1e1xRgS6EI

Verbo Comunica – Sorocaba

Peça: Maio Amarelo

Cliente: Verbo Comunica

Link: http://verbocomunica.com.br/recall2017/maio-amarelo.html

BRONZE

AG22 Comunicação Contemporânea – Sumaré

Peça: Tour 360º

Cliente: Studio Glozz

Diretor Criação: Gino Giometti Neto

Diretor Arte: Cláudio Vinicius Ramos e Mathews Noviello Salustiano

Redação: Júlio Vasconcellos de Souza

Atendimento: Gino Giometti Neto

Aprovação Cliente: Tamme Almeida

Link: http://www.facebook.com/studioglozzbytamme/photos/a.435641613147582.105699.272340982810980/1622463257798739/?type=3&theater

PRATA

DLS/ Comunicação – Birigui

Peça: Seu filho não é um gravador

Cliente: Liceu Birigui

Diretor Criação: Lygia de Paula Spinelli

Diretor Arte: Alison Moreira

Redação: Rogéria Lázari

Atendimento: Rogéria Lázari

Aprovação Cliente: Ana Ricci

Link: https://vimeo.com/238960381

OURO

DLS/ Comunicação – Birigui

Peça: Case Vó no Whats

Cliente: Vó Maphalda

Cliente: Liceu Birigui

Diretor Criação: Lygia de Paula Spinelli

Diretor Arte: Alison Moreira

Redação: Rogéria Lázari

Atendimento: Rogéria Lázari

Aprovação Cliente: Pedro Mastelaro

Link: www.dlscomunicacao.com.br/portfolio/vo-no-whats

PROJETO GRÁFICO

Short-list

Agência Mixa – Campinas

Peça: Jogo Americano

Cliente: Brexó Bar

Agência Mov – Ribeirão Preto

Peça: Livro Masterchef

Cliente: Editora Astral Cultural

DLS/ Comunicação – Birigui

Peça: Eu amo papel

Cliente: Artemídia Gráfica e Editora

NW3 Comunicação – Ribeirão Preto

Peça: Um Olhar Sobre a Vila do Golfe – por Tuca Reinés

Cliente: Vila do Golfe

Sanchez Propaganda – Limeira

Peça: Faça seu Rock

Cliente: Loja Musical Limeira

Triadaz Propaganda e Marketing – Tremembé

Peça: Revista Nossa Essência

Cliente: IFF – International Flavors & Fragrances

Verbo Comunica – Sorocaba

Peça: Catálogo Marcos Amaro

Cliente: MACS – Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba

Verge Parceria Estratégica – Taubaté

Peça: Quebra-cabeça regras de ouro da segurança Albioma

Cliente: Albioma Participações

Zoomfoccus Comunicação – Sorocaba

Peça: Edifício Dijon

Cliente: Construtora Planeta

BRONZE

Zoomfoccus Comunicação – Sorocaba

Peça: Edifício Dijon

Cliente: Construtora Planeta

Diretor Criação: Marcel Almeida

Diretor Arte: Felipe Montechezi

Redação: Renata S. Fernandes

Atendimento: Renata Fiel

Gráfica: Gráfica Santa Edwiges

Aprovação Cliente: Ricardo e José Mauro

PRATA

NW3 Comunicação – Ribeirão Preto

Peça: Um Olhar Sobre a Vila do Golfe – por Tuca Reinés

Cliente: Vila do Golfe

Diretor Criação: Maria Cláudia Gottardi Ferrreira

Diretor Arte: Gustavo Francesquini

Redação: Sérgio Garrido

Atendimento: Ana Cristina do Bonifácio

Fornecedores: MM Impressão Gráfica Editora – Public Silk

Aprovação Cliente: Fani Takano Contarte

OURO

Sanchez Propaganda – Limeira

Peça: Faça seu Rock

Cliente: Loja Musical Limeira

Diretor Criação: Tiago Sanches

Diretor Arte: Amanda Rodrigues

Redação: Ingrid Graf

Atendimento: Felipe Dias

Gráfica: Unigráfica Gráfica

Aprovação Cliente: Marcos Lima

MÍDIA EXTERIOR

Short-list

Agência Ativa – Presidente Prudente

Peça: Outdoor Essenza House & Garden

Cliente: Essenza House & Garden

Atitude Comunicação – Lençóis Paulista

Peça: Cabeça Quente

Cliente: Cartório Torresan

ME07

Audi Comunicação – Presidente Prudente

Peça: Não leve na brincadeira. Trabalho infantil é crime.

Cliente: Ministério Público do Trabalho

NW3 Comunicação – Ribeirão Preto

Peça: Campanha Safari de Férias – Cancela

Cliente: RibeirãoShopping

NW3 Comunicação – Ribeirão Preto

Peça: Campanha Safari de Férias – Outdoor

Cliente: RibeirãoShopping

Sanchez Propaganda – Limeira

Peça: Papel importante

Cliente: Prefeitura de Santa Gertrurdes

BRONZE

Agência Ativa – Presidente Prudente

Peça: Outdoor Essenza House & Garden

Cliente: Essenza House & Garden

Diretor Criação: Saxi Bueno Moura

Diretor Arte: Saxi Bueno Maura

Redação: Rodrigo Silva Paccini

Atendimento: Glauce Zampoli

Fornecedor: Vip Outdoor

Aprovação Cliente: Paulo Bagnoli

Share and Enjoy !

0Shares
0 0