Evento de inverno em Maresias

Atrações para família: Festival de Inverno de Maresias traz Jazz, Blues, cinema, luau, área kids e pets e mais

Evento aos finais de semana de julho garante atrações gratuitas todos os dias, das 15h00 às 00h00, com shows, oficinas para crianças, performances artísticas de dança, circo, teatro, feira de artes, brinquedos, food Park e telão para Copa do Mundo

Os turistas que visitarem Maresias durante as férias de Julho terão mais um motivo para se divertir. É que toda sexta-feira, sábado e domingo, entre os dias 6 e 29 de julho, a Associação de Pousadas e Hotéis de Maresias (APHM), juntamente com a Somar (Sociedade Amigos de Maresias) e a Prefeitura Municipal de São Sebastião (PMSS) apresentam mais uma edição do “Festival de Inverno de Maresias”, desta vez com o tema “Jazz & Blues”.

O evento contará com uma série de atrações, sempre gratuitas, para as famílias, como espaço para crianças e animais de estimação, food park com nove variedades gastronômicas, Cine Lounge com filmes infantis, feira de artes, oficinas, apresentações artísticas e muito mais, na Arena Maresias, das 15h à meia noite. A programação musical terá ainda diariamente dois shows, sendo um de Jazz & Blues e outro acústico, em palco luau, sempre a partir das 20h00.

De acordo com Niuara Tedesco, presidente da APHM, o objetivo da organização é garantir atrações as famílias todos os dias, independente da praia, com variedade que atenda a todos os membros familiares. “Temos dias lindos no inverno, mas a permanência na praia é menor. Com nosso festival o entretenimento de todos está garantido, seja criança, adulto ou até mesmo animal de estimação “, garante.

A Arena Maresias conta ainda com um acesso exclusivo para a praia, duchas e espaço para descanso. Nos dias de jogos, os visitantes poderão torcer e acompanhar a Copa do Mundo em um telão.

Serviço

“Festival de Inverno de Maresias”

Local: Arena Maresias. Av. Francisco Loup, nº 1131, entrada 8

Horário: das 15h às 00h

Data: todas as sextas, sábados e domingos de 6 a 29 de julho

Entrada: gratuita

Estrutura coberta

Fonte: GVB Comunicação – Marina Veltman

Ilharriba 2017 está chegando

Maior festival brasileiro de música latina promete agitar a Praça da Vila entre os dias 22 e 24 de setembro

Ilhabela vai entrar na primavera deste ano no embalo da música latina. Entre 22 e 24 de setembro, a ilha vai ser palco do Ilharriba! Una Fiesta Latina, festival internacional de música e dança latina, que chega à sua quarta edição já fazendo parte do calendário oficial de eventos do município.

É uma festa para ninguém ficar parado.

Sucesso de público e de crítica nas edições anteriores, o Ilharriba! 2017 traz
uma novidade: vai ocorrer agora em um novo endereço. Este ano, em razão do volume de público (mais de 8.000 pessoas por noite em 2016), o festival será realizado na Praça Coronel Julião de Moura Negrão, a Praça da Vila, na entrada do Centro Histórico de Ilhabela. Um cenário deslumbrante.

Basta olhar a programação para perceber: as atrações do Ilharriba! Una
Fiesta Latina prometem dar um tom caribenho a Ilhabela, sem perder o sotaque brasileiro e, em especial, a musicalidade baiana. No total, serão 10 shows em três noites de festival.

A primeira atração do festival, no dia 22, sexta-feira, será Cesar Cardozo, artista regional que abre a primeira noite do evento. Em seguida sobem ao palco Edwin Pitre e Son Caribe. Músico, compositor e pesquisador nascido no Panamá, Pitre festeja em Ilhabela seus 39 anos de Brasil e prepara um show que mistura música latina e MPB. Fecha a noite o vibrante Rumba D’Akokan, formado por músicos cubanos e brasileiros, inspirado na tradição das Rumbas de Quintal de Cuba.

A noite de sábado, 23, promete ser animada. Fernando Punk e Banda Ilhabela abrem a segunda noite. Em seguida o som bem brasileiro de Baianos Tocam Baianos, sobre ao palco com o quarteto que traz canções da Bahia com arranjos inusitados. Na sequência entra no palco o grupo Timba Havana, formado por músicos cubanos e brasileiros que vão embalar o público ao som da timba, gênero que é considerado uma evolução musical da salsa.

A noite de encerramento do festival começa com o artista regional Beto Di Franco e Banda. Depois a música porto-riquenha da Banda Azúcar toma conta do palco, conhecida por sua participação na trilha sonora de algumas novelas brasileiras. Mambo Jam Sessions dá sequencia a última noite de show, e traz salsa, mambo e rumba ao palco do Ilharriba!. Para fechar a noite abanda formada por músicos de Cuba, Colômbia, Chile e Brasil, a La Orkestra K.

Serviço

Os shows do Ilharriba! acontecem das 17h às 22h. Durante os três dias de
festival, o público vai poder dançar também ao som do DJ Bade e se encantar com as apresentações do Balé Julio Lima Company.

Idealizado e dirigido pela RCS Music, o Ilharriba! Una Fiesta Latina é
uma realização da Prefeitura de Ilhabela, da Secretaria de Cultura de Ilhabela e da Fundação Cultural de Ilhabela. A entrada dos shows é gratuita.

Ilharriba! Una Fiesta Latina
Data: De 22 a 24 setembro
Local: Praça Coronel Julião, em Ilhabela
Horário: Das 17k às 22h
Atrações: Dia 22 – Cesar Cardoso e Grupo, Edwin Pitre e Son Caribe, Rumba D’Akokan; Dia 23 – Fernando Punk e Banda Ilhabela, La Orkestra K, Banda Azúcar, Mambo Jam Sessions; Dia 24 – Beto di Franco e Banda, Baianos Tocam Baianos, Timba Havana.
Todas as Noites: DJ Bade, Balé Júlio Lima Company

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathalia Barcelos

Coluna Papo Reto

Um mercado sem crise

Desembarcam no Brasil, durante este ano todo de 2017, as melhores bandas, as que estão com maior visibilidade e também as que nunca saíram dos holofotes. U2, Bruno Mars, Paul McCartney, Bon Jovi, Maroon 5, Lady Gaga, Red Hot Chili Peppers, Ed Sheeran, John Mayer, Aerosmith e por aí vai…

Onde está a crise?

Com ingressos que iniciam em R$120,00, para estudantes que pagam ½ entrada, este mercado parece estar em alta pois muitos shows esgotam sua venda de ingressos em apenas horas. Sabemos também que ir a um evento destes não nos custa apenas as entradas, mas sim transporte, estacionamento, comida, bebida e etc…

Convido vocês então a mergulharem no estudo das estratégias de marketing que sustentam este mercado e a observar toda a construção destas marcas.

Crise? Não, eles não andam sabendo o que é isso.

Oceano azul? Lovemarks?

Acredito em dois aspectos que me aparentam ser impecáveis: A Estratégia e a Entrega do “Produto/Serviço”.

Será que temos algo aprender?

Grande evento musical em Ilhabela

Talentos regionais se apresentam em Ilhabela

Além dos nomes já consagrados, Por do Sol Musical abre espaço para novos talentos da MPB em sua terceira edição

Toquinho, Zélia Duncan, Guilherme Arantes e Zeca Baleiro vão comandar a festa. Mas o Por do Sol Musical, em Ilhabela, terá um tempero bem diferente: novos talentos da MPB vão abrir cada show da maratona, que acontece entre os dias 16 e 19 de fevereiro, na Praia do Perequê. A programação inclui Beto di Franco, Larissa Cavalcanti, Renato Barsa e Felipe Blues Band.

O Por do Sol Musical, que chega este ano á sua terceira edição, é uma realização da Prefeitura de Ilhabela, Fundação Arte e Cultura e Secretaria Municipal de Cultura, com direção da RCS Music. Os shows são gratuitos e acontecem, com o pé na areia, a partir das 18h30.

A abertura do evento fica por conta de Beto di Franco, que se apresenta no dia 16, uma quinta-feira, com um repertório que mescla músicas autorais e canções conhecidas do grande público. Na mesma noite, Toquinho traz o show “Voz & Violão” ao Por de Sol Musical.

Na sexta-feira, 17, Larissa Cavalcanti abre a noite, com leituras novas de clássicos de Tom Jobim, Chico Buarque e outros nomes consagrados da MPB. Zélia Duncan fecha a noite, em uma sexta-feira embalada por vozes femininas.

No dia 18, sábado, é a vez de Renato Barsa abrir a festa, antecedendo o show de Guilherme Arantes. Barsa é músico e compositor nascido na cidade de São José dos Campos. O músico tem um projeto de Busker, música para se tocar na rua utilizando instrumentos improvisados, chamado “Dusty Jet Pilots”. É uma noite que promete surpresas.

A noite de domingo, dia 19, tem um sabor especial para Ilhabela: Felipe Blues Band, da própria ilha, se apresenta antes de Zeca Baleiro no último dia do festival. Com interpretações de clássicos de Muddy Waters, Pink Floyd e The Doors, Felipe Blues Band promete animar o público nas areias do Perequê.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathália Barcelos

O mercado de eventos

Mercado de eventos contribui para movimentar economia

Setor resiste à crise e já representa 4,32% do PIB brasileiro; capacitação é diferencial importante para quem deseja atuar na área

concert-1149979_640

Segundo pesquisa realizada recentemente pela ABEOC (Associação Brasileira de Empresas de Eventos), acontecem todo ano no país mais de 590 mil eventos envolvendo 202 milhões de participantes. Somando-se os gastos dos participantes e a receita das locações e das empresas organizadoras, chega-se a uma renda total de R$ 209 bilhões por ano, o que representa 4,32% do PIB brasileiro. A indústria de eventos responde anualmente por cerca de 7,5 milhões de empregos diretos, terceirizados e indiretos.

Outra constatação importante é que a área tem um desempenho significativo no estímulo para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas. Hoje, elas representam cerca de 90% do total de empresas brasileiras no panorama econômico nacional, com 94% de atuação no setor de serviços e exercendo relevante papel na área de terceirização, conforme dados da ABEOC.

Na região

Em Taubaté, por exemplo, o cenário de eventos atualmente é bastante satisfatório com o aumento de locais para realização de festas e eventos, em especial eventos sociais e infantis. “Outra área em franca expansão é o de feira de noivas, além das apresentações artísticas e culturais”, é o que afirma Maria Lúcia Paiva, docente da área de gestão e negócios do Senac Taubaté.

Outro ponto que tem contribuído para a expansão da área na cidade é o aumento da demanda turística, que atrai muitos eventos, principalmente exposições e festas regionais.

“Apesar da crise em outros setores, a área continua sendo uma das mais atrativas e oferece oportunidades para profissionais como garçons, decoradores, seguranças, assistentes de cozinha e chefes, organizadores, cerimonialistas e mestres de cerimônias”, destaca a docente.

Capacitação

A falta de qualificação de quem atua no setor ainda é um problema, já que muitas pessoas entram para a área na informalidade, sem a habilidade e experiência necessárias para atuar no setor.

“A formação é necessária pois dá base para o planejamento, levantamento e pesquisas sobre fatos e história, o temário a ser utilizado, produção de planilhas com o passo a passo das ações a serem realizadas, desenvolvimento de briefing, check list, cronograma, enfim, a definição de todos os itens necessários para o completo sucesso do evento”, afirma Maria Lúcia.

Ainda segundo ela, a atualização do profissional que atua com eventos é imprescindível, pois a área é dinâmica e oferece cada vez mais opções em serviços e equipamentos que além de suporte minimizam o tempo e o custo.

shopping-mall-1431746_640

Eventos pelo Brasil

A ABEOC, que realiza anualmente levantamento dos números sobre a área, indica que 52% dos eventos realizados no Brasil acontecem na região sudeste (cerca de 305 mil a cada ano), e a maioria nas grandes capitais.

“O Vale ainda necessita de um trabalho direcionado para grandes eventos, como feiras e exposições, pois não temos locais que as comportem, mas temos um grande número de buffets e casas de festas capazes de absorver todos os tipos de eventos sociais, além de infraestrutura e locação de todos os serviços necessários para sua realização”, finaliza a docente.

Outro fator que contribui para a realização de grandes eventos na região é a localização, já que o Vale do Paraíba é cortado pela Rodovia Presidente Dutra, está eixo Rio/São Paulo e próximo aos portos de Santos e São Sebastião, realidade que pode ser melhor explorada.

Cursos na área

O Senac Taubaté está com inscrições abertas para diversos cursos na área de eventos e lazer, entre eles A Arte de Fazer Festas, Cerimônias Especiais e Eventos Temáticos; Contador de Histórias; e Decoração e Recreação com Balões. Cursos de outras áreas também podem contribuir para o negócio, como Mestre de Cerimônias – Técnicas de Apresentação de Eventos e demais títulos em gastronomia, gestão e negócios e comunicação e artes.

Fonte: KMS Comunicação – Thaís Mazini/Elizânio Silva

Para movimentar o mercado

ACI lança calendário de feiras e eventos

Projeto “São José, do tamanho do seu futuro” visa estimular o comércio e aquecer a economia do município

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos lança amanhã, no dia em que comemora seus 81 aos, seu plano de ação para os próximos 12 meses.

Batizado de “São José, do tamanho do seu futuro”, o projeto inclui ações estratégicas, feiras, shows e eventos como forma de estimular o comércio e aquecer a economia do município.

O evento de lançamento do projeto acontece a partir das 19h no auditório do campus Colina da Igreja da Cidade.

“O país vive um período de recessão que exige que entidades classistas como a ACI se esforcem para criar condições para que a economia reaja, para que nossos associados possam enfrentar e superar esses tempos difíceis. Esse plano de ação tem essas características”, disse o presidente da entidade, Felipe Cury.

Felipe Cury, presidente da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos Crédito: Adenir Britto/PhotoUP Brasil

Felipe Cury, presidente da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos
Crédito: Adenir Britto/PhotoUP Brasil

O projeto incentiva o consumo em São José e envolve os três setores ligados à ACI: comércio, indústria e serviços. Um dos destaques do plano de ação é, por exemplo, a campanha de Natal, que sorteará um carro produzido em São José para consumidores que fizerem suas compras em lojas associadas à ACI. “São José produz muitas coisas. Nós temos que fazer a roda da economia girar”, disse Cury.

Segundo a ACI, São José tem mais de 30 mil empresas que geram, juntas, mais de 187 mil empregos. A cidade está entre as 20 primeiras no Mapa do PIB do Brasil, à frente de 15 capitais.

Evento

A festa pelos 81 anos da ACI terá uma atração extra, um talk-show com três estrelas do esporte de São José: Fabíola Molina, André Azevedo e Edvar Simões. Além de relembrar suas carreiras de sucesso, eles falarão também sobe um tempo importante no esporte, na vida e no mundo empresarial: superação.

O evento tem entrada gratuita. Aberto a associados da ACI, mediante reserva antecipada pelo site www.acisjc.com.br.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Daniela Borges