Vai ter ação para Páscoa Solidária em SJCampos

ACI organiza “Páscoa Solidária” em São José

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos dá início nesta segunda-feira, dia 29, ao projeto “Páscoa Solidária”

A ação consiste em incentivar a doação de um ovo de Páscoa para pessoas que precisam a cada ovo comprado na cidade, ou seja, ao comprar um ovo, doe um ovo a quem não pode comprar.

“A solidariedade é uma virtude. O projeto da Páscoa Solidária lançado pela ACI tem como objetivo dar oportunidade para que as pessoas possam contribuir com um ato de amor doando um ovo a alguém em situação de vulnerabilidade e também ajudar nosso comércio tão afetado com a situação de pandemia”, disse Eliane Maia, presidente da ACI.

A iniciativa “Páscoa Solidária”, além de incentivar a doação de ovos, também vai disponibilizar kits com prêmios para sorteios entre os participantes, por meio de seis rádios parceiras: SP-Rio+, Jovem Pan, Nativa, Rae Vale, Logus FM e Rádio & TV Imprensa. Cada parceiro organiza e define os critérios para premiação e entrega.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

RMVale tem balanço positivo de abertura de empresas

Dados da ACI de São José dos Campos mostram saldo positivo de 831 empresas entre janeiro e agosto, mesmo com pandemia do novo coronavírus

A Região Metropolitana do Vale do Paraíba registrou um saldo positivo no balanço entre empresas abertas e empresas fechadas entre janeiro e agosto de 2020. No período foram abertas 1.951 empresas contra 1.120 fechadas, com um saldo positivo de 831 empresas.

Os números constam de balanço divulgado esta semana pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, com base em números registrados no Escritório Regional da Jucesp (Junta Comercial do Estado de São Paulo). O ER da Jucesp funciona na sede da ACI de São José dos Campos e tem a RMVale como área de cobertura.

O saldo positivo de 831 empresas é significativo por ter sido registrado durante o período mais grave da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Na análise da ACI de São José dos Campos, é importante notar que em nenhum dos oito meses em análise, o número de empresas fechadas superou o patamar de empresas abertas. Mesmo no mês mais crítico do período, abril, o saldo entre empresas abertas e empresas fechadas foi positivo. Nesse mês, o ER da Jucesp registrou 69 novas empresas e o fechamento de 28, um saldo positivo de 41 empresas. O pico de abertura das empresas foi registrado em junho e julho, com o registro de 370 e 477 novas empresas registradas na Jucesp.

Para a presidente da ACI de São José dos Campos, Eliane Maia, o balanço feito com base nos números do Escritório Regional da Jucesp mostra que muitos tiveram o despertar pelo empreendedorismo neste momento.

“O que podemos identificar é que 1.951 novas empresas foram constituídas, contribuindo com a economia e o desenvolvimento de pessoas. Não sabemos se as empresas que registraram os distratos de encerramento já estavam inativas há algum tempo e só agora regularizaram a situação ou se efetivamente encerraram as atividades em virtude da pandemia. Esperamos, desejamos e trabalhamos como entidade representativa do comércio, serviço e indústria por dias melhores e consequente crescimento gradativo da economia, saúde e empregabilidade. É a ACI e você, preservando vidas, empregos e empresas”, disse Eliane.

Fonte – Materia Consultoria&Midia – Gabriel Camacho

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

A melhor data para o comércio em 2020

Dia dos Pais pode ser a melhor data do comércio em 2020

Em um ano diferente, um peso diferente nas datas comemorativas: após enfrentar o Dia das Mães e Dia dos Namorados com as lojas fechadas ou parcialmente fechadas em razão da pandemia do novo coronavírus, o comércio de São José dos Campos aposta no Dia do Pais para tentar retomar as vendas em 2020.

Esse é o cenário que revela levantamento feito pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos junto a empresários do setor.

A expectativa é que 6 em cada 10 consumidores comprem presentes para o Dia dos Pais, o que é considerado um índice médio. O tíquete-médio dos presentes, no entanto, deve sofrer um recuo em relação a 2019, ficando entre R$ 51 e R$ 100. Um recuo causado pelo impacto da crise e com a queda do nível de emprego, ocorrida na esteira da pandemia do novo coronavírus. As opções preferidas pelo consumidor continuam a ser roupas, calçados e bebidas.

“Frente às dificuldades que enfrentamos em 2020, o Dia dos Pais deve ser a principal data do comércio deste ano, até agora”, disse Eliane Maia, presidente da ACI de São José dos Campos.

O comércio espera um aumento médio entre 4% nas vendas, mas com expectativas bem diferentes entre os diversos setores. Nas lojas físicas, repetir as vendas de 2019 (quando foi registrado um aumento de 3%) já é considerado uma vitória em um ano difícil. Já as lojas virtuais e os estabelecimentos que investiram em vendas on-line têm uma expectativa maior de crescimento: 9%. Isso tem um motivo claro: o setor de e-commerce, assim como as lojas que adotaram serviços de delivery e drive-thru, hoje concentram mais de 70% das vendas do comércio, uma mudança de hábitos do consumidor durante a pandemia.

Para tentar atrair os consumidores, as lojas de São José dos Campos também anteciparam suas liquidações de inverno. Mas o consumidor deve ficar atento: em razão das regras de quarentena, as lojas e shoppings vão abrir só até sexta-feira.

Pesquisas



Em razão da pandemia e das regras de isolamento social, a ACI decidiu suspender, temporariamente, as pesquisas de rua, feitas em parceria com a Universidade de Taubaté. As pesquisas devem ser retomadas tão logo a pandemia seja superada.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

ACI lança “Compre em S. José”, ação em apoio à economia da cidade

Campanha da ACI estimula compras no comércio local; app da ACI coloca um mapa das lojas da cidade nas mãos do consumidor

Compre em São José

Essa é a mensagem principal da campanha lançada nesta sexta-feira (12.06), Dia dos Namorados, pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos com o objetivo de estimular as vendas do comércio da cidade nesta retomada das atividades econômicas. “Nessa retomada da economia, prestigie o comércio de nossa cidade. Nele, você encontra de tudo. E você ainda estará ajudando São José dos Campos e preservando empregos”, diz o texto da campanha.

Além de apostar no espírito comunitário, a campanha “Compre em S. José” traz uma novidade tecnológica: um app que coloca o mapa do comércio da cidade nas mãos no consumidor.

É o “Encontre Fácil/ACI”, um aplicativo para diversas plataformas, desenvolvido pela empresa Strategic – Gestão em Marketing Digital para a ACI de São José dos Campos. Ele funciona como um localizador de lojas. Precisou de um açougue? Está atrás de pneus novos para seu carro? Roupas? Móveis? Calçados? É só baixar o app “Encontre Fácil/ACI” e você terá, em suas mãos, a mais completa relação de lojas e serviços da cidade. E mais: com ofertas especiais.

E tem mais: pelo aplicativo da ACI você ganha brindes e acumula pontos a cada compra. Basta fazer seu cadastro no app e inserir a sua Nota Fiscal.

Para a presidente da ACI de São José dos Campos, a iniciativa da ACI valoriza a cidade e, ao mesmo tempo, mexe com a economia. “A campanha ‘Compre em S. José’ é um estímulo à economia de nossa cidade neste momento de desafios. São José oferece uma infinidade de produtos e serviços. Comprando aqui, o consumidor ajuda a nossa cidade, faz o dinheiro circular, aumenta a arrecadação de impostos e gera empregos. Isto é, faz a roda da economia girar”, disse ela.

No “Encontre Fácil/ACI” estão cadastradas empresas associadas à ACI. São mais de 1.200 empresas ligadas ao comércio, setor de serviços e indústria.

Como baixar

Para baixar o aplicativo, você precisa pesquisar por “Encontre Fácil/ACI” na Google Play ou então acessar o link http://bit.ly/3eJHR4p. Feito isso, basta fazer o seu cadastro e validá-lo, registrando o número e a foto de uma Nota Fiscal de compra com o valor mínimo de R$ 50. Pronto! Com isso, você já ganha um brinde, que poderá ser retirado na ACI durante o mês de junho.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Morre empresário que idealizou o Colinas Shopping

Nota de falecimento

Com imenso pesar, o Colinas Shopping e familiares comunicam a morte do empresário e filantropo Ronald Guimarães Levinsohn. Aos 84 anos, ele morreu no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (27), às 8h25, no Hospital Copa Star, por falência múltipla de órgãos.

Ronald Levinsohn

Nascido em 9 de outubro de 1935 na cidade de Rio Grande (RS), Levinsohn foi um dos principais empresários e investidores do mercado financeiro no Brasil, nos ramos imobiliário, educacional e do agronegócio.

Aos 17 anos, Levinsohn se mudou para os Estados Unidos, onde estudou Finanças. Após a graduação, já noivo de Henriqueta, com quem permaneceu casado até a morte, Ronald começou a investir na Bolsa de Valores de Nova York.

Ao retornar ao Brasil, também manteve investimentos no mercado financeiro e imobiliário. Em 1975, associado a Rodman Rockfeller, Levinsohn chegou a São José dos Campos, quando planejou o empreendimento imobiliário Cidade Vista Verde, na zona leste da cidade. Depois, vieram outros dois condomínios, Jardim Colinas e Jardim do Golfe, e o Colinas Shopping – que foi o primeiro shopping da cidade planejado como um mall desde a concepção do projeto, antes da construção.

Levinsohn também foi presidente do Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro, instituição educacional e filantrópica fundada em 1969 e que durante décadas foi um exemplo de excelência em ensino superior. Com diversos cursos de graduação nas áreas de humanas, exatas e biológicas, além de pós-graduações lato sensu e stricto sensu, foi a terceira maior universidade privada do Rio de Janeiro e chegou a ter 35 mil alunos matriculados no mesmo ano.

No agronegócio, é reconhecido em Formosa do Rio Preto, no Oeste da Bahia, pela contribuição ao progresso da cidade, com investimentos em infraestrutura, como estradas, tratamento de esgoto e energia elétrica, e pelo trabalho à frente do Condomínio Cachoeira do Estrondo, um dos maiores produtores de soja, milho e algodão do país. Em 2014, Levinsohn produziu o livro “Formosa do Rio Preto – Ontem e Hoje”, distribuído aos moradores da cidade.

Levinsohn estava internado há 11 dias, diagnosticado com fibrose pulmonar. Ele deixa esposa, Henriqueta, duas filhas, Cláudia e Priscilla, dois netos e três bisnetos.

Fonte: Cabana – Suzane Rodrigues Ferreira

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Artistas regionais se reúnem para vender suas obras e aceitam bitcoin como forma de pagamento

O evento acontece nesta sexta, 05, em São José dos Campos, com música ao vivo e degustação de cafés especiais

Os artistas do coletivo de artes Bazarts vão expor cerca de 30 obras originais numa vernissage nesta sexta-feira, 05, em São José dos Campos. Segundo o curador da vernissage, Gilberto Marques, 56, a ideia é reunir em um só espaço o maior acervo de obras de artistas locais de várias gerações.

“Temos artistas de várias idades e até pai e filha, como é o caso da Patrícia, fotógrafa, filha do ilustrador Nill Silva.” diz ele. Entre as técnicas estão desenho, fotografia, ilustração, aquarela, óleo, acrílica, gravura e colagem.

Todas as obras originais e mais de cem prints (reproduções) vão estar à venda durante o evento, que vai aceitar bitcoins como forma de pagamento das peças.

“O Bitcoin é um dos símbolos em inovação, democratização e participação. O formato do projeto tem muito a ver com isso. E também porque pode abrir espaço para outra forma de contribuir financeiramente com a produção do artista, além do ineditismo”, explica o curador.

Além das peças, os visitantes também vão poder apreciar música popular brasileira e uma degustação de cafés especiais. A entrada é gratuita.

VERNISSAGE
Sexta-feira (05/04)
Rua José Pedro de Carvalho Filho, 28, Vila Ema
São José dos Campos- SP

PROGRAMAÇÃO
9h – Abertura
17h – Presença dos artistas
17h30 às 18h30 – MPB com Edson e Deia Faria
17h30 às 18h30 – degustação de café
19h – Encerramento

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Comércio tem saldo positivo nas vendas de Natal

As vendas de Natal em 2018 superam a expectativa doo empresários do comércio de São José dos Campos

Isso é o que aponta a nova pesquisa da Associação Comercial e Industrial em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Informação). O levantamento foi feito entre 9 a 11 de janeiro e ouviu 249 empresários, em locais estratégicos: Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e shoppings Center Vale, Vale Sul e Colinas.

Segundo o levantamento, 50,8% dos empresários acredita que as vendas de 2018 superaram o patamar de 2017. E para 73,6% dos entrevistados, o patamar de vendas foi classificado como bom ou excelente. A pesquisa corrobora levantamento parcial realizado pela ACI logo após o Natal, que apontava um aumento de 7% nas vendas de dezembro com relação ao mesmo período de 2017. Esse é o segundo ano consecutivo de alta nas vendas de Natal no comércio de São José dos Campos. Em 2017, o aumento nas vendas foi de 5%.

A nova pesquisa ACI/Unitau mostra ainda que 53% dos consumidores optaram por comprar dois presentes de Natal e 23,2%, três presentes. Pelo levantamento, o valor do tíquete médio foi de até R$ 150 pata 48% dos entrevistados.

Para o presidente da ACI, Humberto Dutra, os dados mostram a movimentação da economia pós-mudança de cenário político do Brasil. “A população está mais confiante, acredita que o panorama da nossa economia vai mudar ao longo de 2019”, afirmou Dutra.

Cartão

Com relação a forma de pagamento registrada pelos empresários, a maioria dos consumidores optou por cartão de crédito (78,5%), contra 21,1% pagando em dinheiro ou cartão de débito. Não foi registrado pagamento em cheque.

Fonte: Matéria Consultoria e Mídia – Nathália Barcelos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Natal Iluminado volta com mudanças em 2018

Bancado pela iniciativa privada, projeto foi protocolado pela ACI junto à Prefeitura de São José dos Campos

A Associação Comercial e Industrial protocolou junto à Prefeitura de São José dos Campos o projeto do “Natal Iluminado 2018”. Pelo projeto, as festividades do Natal Iluminado começam no dia 30 de novembro, com a chegada oficial do Papai Noel à cidade, e terminam no dia 23 de dezembro.

Idealizado pela ACI e bancado pela iniciativa privada, com apoio da prefeitura, o projeto foi dividido em três frentes e terá algumas novidades para este ano.

A primeira frente do “Natal Iluminado” é a Casa do Papai Noel, que, este ano, será montada na praça Afonso Pena, a principal praça do centro da cidade. A partir do dia 30 de novembro, a Casa estará aberta a visitação interna e terá sempre a presença do Papai Noel.

Esse espaço terá ainda a Árvore de Natal oficial de São José dos Campos e máquinas de neve, para alegria da criançada. Completa o cenário um palco para apresentações musicais, a cargo da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

— Pela dimensão da praça, a Casa do Papai Noel vai ganhar destaque este ano, com iluminação especial das árvores – disse o presidente da ACI, Humberto Dutra, lembrando que, em 2017, a Casa foi montada na Praça do Sapo, um espaço menor.

A segunda frente do “Natal Iluminado” será na igreja de São Benedito e no largo existente ao seu lado. De 14 de dezembro a 23 de dezembro, a fachada e a lateral da igreja serão usadas para a projeção de imagens em 3D, o chamado vídeo mapping. Trata-se de uma projeção de vídeo em objetos ou superfícies irregulares, tais como estruturas de grandes dimensões, fachadas de edifícios e estátuas, criando efeitos surpreendentes. Segundo o projeto da ACI, serão cinco shows por noite, cada um deles durando de 7 a 8 minutos.

No dia 14, estreia do mapping, o show de luzes será encerrado com a participação especial do Coro Jovem da Fundação Cultural Cassiano Ricardo. É o uso da tecnologia e da criatividade para tornar o Natal da cidade mais bonito, mais atrativo e interativo.

Por fim, o “Natal Iluminado” retoma este ano as Caravanas de Natal, que vão percorrer boa parte da cidade, e o Cinema nos Bairros, um dos sucessos da primeira edição do projeto em 2017, em sua primeira edição. Em parceria com a prefeitura, 10 espaços públicos e poliesportivos da cidade vão receber o Cinema dos Bairros, com filmes natalinos, pipoca e algodão doce para a criançada. A lista de espaço a serem visitados ainda está sendo definida.

O que é

O projeto “Natal Iluminado” é bancado pela iniciativa privada, por iniciativa da ACI e apoio da Prefeitura de São José dos Campos. Em 2017, ele marcou a retomada das festividades de Natal em áreas públicas da cidade. Este ano estão previstas ainda a decoração natalina dos prédios do Museu Municipal (Câmara Velha) e Mercado Municipal, além da circulação de ônibus urbanos enfeitados especialmente com luzes coloridas para o Natal. Com motoristas e cobradores vestidos de Papai Noel, essa frota natalina foi uma das atrações do projeto em 2017.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathalia Barcelos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Outra atração no Natal joseense

Ônibus natalinos circulam por São José

As noites de São José dos Campos ganharam uma atração especial nesse fim de ano. Desde o último final de semana, ônibus da cidade ganharam iluminação especial de natal, com uma média de 27.500 luzinhas iluminando o veículo e divertindo os passageiros.

Os ônibus natalinos circularão em linhas alternadas, para alcançar os mais diversos bairros da cidade. Além da iluminação especial, os veículos contam com uma surpresa – os motoristas estarão vestidos de Papai Noel, dando balas e doces para as crianças que fizerem a viagem.

A iniciativa já havia sido realizada no ano passado, porém, nesse ano o projeto conta com um ônibus de cada uma das três empresas que atuam em São José – Expresso Maringá, CS Brasil e Saens Peña. No ano passado os veículos circulavam apenas em linhas específicas.

Os ônibus natalinos também participaram da abertura oficial do Natal de São José, desfilando do Parque da Cidade até a Casa do Papai Noel, na Praça do Sapo. Os veículos circularão até o Natal, somente durante a noite.

Fonte: Matéria Consultoria&Mídia – Nathália Barcelos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Mais uma edição da Propague

Está rolando a sexta edição

Começou ontem, dia 20/11, e vai até dia 24/11 a Propague – 6ª Semana Acadêmica de Publicidade e Propaganda da Faculdade Anhanguera de SJCampos.

O Propague é um evento acadêmico de Comunicação Social, realizado pelos alunos do 5º e 6º semestre do Curso de Publicidade e Propaganda da Faculdade Anhanguera SJC de São José dos Campos.

O evento não tem fins lucrativos e é gratuito, aberto a toda população. O objetivo principal do Propague é direcionar os jovens profissionais, estudantes de Publicidade e Propaganda e entusiastas da área. Ajuda-los a traçar o melhor rumo e o futuro de suas carreiras.

Confira a programação aqui.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0