Lojistas do Via Vale confirmam tendência do mercado: consumidores preferem pagar compras à vista

Consumidores preferem pagar compras à vista para fugir do endividamento

Lojistas do Via Vale Garden Shopping confirmam atual tendência do mercado e registram alta nas compras com dinheiro e cartão de débito

Compras parceladas a perder de vista, um crédito disponível no mercado cada vez menos utilizado pelos consumidores. O Banco Central divulgou uma pesquisa neste ano que mostra a relação do brasileiro com o dinheiro. Quando perguntados sobre as formas de pagamento utilizadas com mais frequência, 60% dos entrevistados responderam dinheiro. Outros 22% falaram que optam pelo uso do cartão de débito e apenas 15% citaram o cartão de crédito.

Outro levantamento, desta vez feito recentemente pelo Serviço de Proteção ao Crédito, também mostra essa preferência da população pelo pagamento à vista. 62,8% dos consumidores disseram que usam dinheiro em espécie para pagar as compras. Outros 47,3% optam pelo cartão de débito.

No Via Vale Garden Shopping, em Taubaté, muitos lojistas confirmam essa tendência. Desde o início do mês, na Constance, considerada a maior rede de calçados femininos com conceito self shoes do Brasil, o número de consumidores que usa cartão de débito cresceu em comparação com aos clientes que optam pelo crédito. 52,88% utilizaram cartão de débito nas compras e 47,12 preferiram o crédito. O gerente da loja, Mairon Mesquita, conta que observou esse aumento na preferência pelo pagamento à vista a partir do final do semestre passado. “Inicialmente associamos esse aumento ao período de férias, em junho, devido o maior volume de dinheiro circulando, mas dois meses depois ainda notamos que o consumidor segue nessa direção”, diz.

Para o superintendente do Garden, Diogo Linhares, os consumidores e os lojistas ganham com essa mudança de comportamento no mercado. “Com o dinheiro em mãos o consumidor consegue negociar descontos nas compras e os lojistas ganham com capital de giro em caixa”, diz.

O setor de alimentação também surfa na onda do pagamento à vista, modalidade em alta entre os consumidores. O cartão de crédito é item raro na Doce Luxo, utilizado apenas por 15% dos clientes. 50% das compras são pagas com cartão de débito e 35% com dinheiro.

“Quando o consumidor compra à vista, ele consegue reduzir as despesas com juros e sempre é possível negociar um desconto com o vendedor”, explica o economista Edson Trajano.

Fonte: Assessoria de Imprensa Via Vale