Entrevista com sócia da Projecto

Começou no Vale do Paraíba e foi empreender em Jundiaí

Nossa entrevistada da vez é Swamy Mello. Ela é graduada na UNITAU em Publicidade e Propaganda, pós-graduada em marketing pela FAAP e empreendedora desde 2008.

Vamos ver o que ela disse em sua entrevista:

Swamy Mello, sócia da Projecto em Jundiaí

Swamy Mello, sócia da Projecto em Jundiaí

1 – Você se graduou e iniciou sua carreira no vale do Paraíba. Conte um pouco como foi esse período.

Quando ainda estava no segundo ano da faculdade, fui aprovada no processo seletivo para estágio no departamento de marketing da Rede Vanguarda. Sem nenhuma experiência na área até aquele momento, descobri na Vanguarda minha paixão pelo marketing e pela área comercial. Fui efetivada depois de 1 ano de estágio e fiquei na Rede Vanguarda (e no Vale do Paraíba) de 2002 a 2005, trabalhando diariamente em sintonia com o departamento comercial da empresa, desenvolvemos nesse período vários projetos e eventos para o mercado regional. Foi um grande privilégio e uma experiência sem igual ter participado do início da gestão do Boni e da inauguração da emissora de Taubaté, que foi um marco na história do mercado publicitário da região. Ter começado minha carreira cedo, ainda na faculdade, me deu a chance de conhecer o mercado regional, fazer network e ampliar minhas oportunidades. Em 2005 fui para o mercado de São Paulo atuar como coordenadora de marketing das emissoras afiliadas da TV Bandeirantes.

2 – Como veio a decisão de empreender e criar o próprio negócio em comunicação?

Foi um casamento, literalmente. Me casei em 2007 com o Marcelo, publicitário e designer, e o assunto empreender sempre nos rondou – a vontade de colocar em prática nosso conhecimento em comunicação em algo que fosse nosso. A decisão acabou vindo naturalmente quando nos desligamos das empresas em que trabalhávamos, e em 2008 nasceu a Projecto. A paixão pelo mercado regional, que esteve tão presente na minha carreira, voltou à tona e optamos por sediar a empresa em Jundiaí/SP.

3 – Como você analisa o mercado em que atua?

Jundiaí é uma das cidades mais prósperas do estado e que mais cresceu nos últimos anos, com fortes investimentos imobiliários e de tecnologia. Com PIB de 21,8 milhões, em 2014 ficou logo atrás de São José dos Campos no ranking das cidades que mais contribuem para o PIB do Brasil e foi considerada a 3ª melhor cidade para se viver no país. O mercado de Jundiaí e região tem um pólo industrial bem desenvolvido e um varejo que está crescendo e aprendendo a lidar com um novo consumidor que está cada dia mais presente na cidade, o paulistano. A proximidade com São Paulo (50km)também favorece muito nosso negócio, hoje 40% dos clientes da nossa carteira são da cidade.

644228_529047690463330_1551327262_n
4 – Há similaridades com o mercado do Vale do Paraíba?

Acredito que como todo mercado regional, há sim grande similaridade. As verbas são mais enxutas, muitas vezes pouco definidas, e nosso trabalho envolve também mostrar ao cliente a importância da ferramenta que oferecemos. É uma luta diária.
5 – O que você projeta para 2015 para sua empresa?

Esse vai ser um ano complicado economicamente e isto já está refletindo nas verbas de comunicação dos nossos clientes. O desafio para 2015 é gerar resultados com mídias não convencionais e buscar alternativas para os investimentos mais contidos, e na minha opinião o marketing digital vai ganhar ainda mais força como uma mídia viável para qualquer tipo e tamanho de verba e cliente. A Projecto está neste ano ampliando a equipe e a atuação no marketing digital, com mais profissionais para a área de conteúdo de social media e mais qualificação para a área
estratégica digital.

Primeira de 2015

Um mídia é o nosso primeiro entrevistado de 2015

Nosso primeiro entrevistado de 2015 é Claudio Knupp. Ele é pós-graduado em Administração de Marketing pela FAAP e graduado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Taubaté. Trabalhou por 8 anos na Rede Vanguarda – Afiliada da Rede Globo no Vale do Paraíba, no departamento de operações comerciais.

Atuou no departamento de mídia da Almap BBDO atendendo clientes como, Gol Linhas Aéreas, Volkswagen e Ambev e atualmente é supervisor responsável pelo planejamento de mídia de clientes como Devassa, Giraffas e Swift entre outros , na Agência Mood.

Claudio Knupp, planejamento de mídia na agência Mood

Claudio Knupp, supervisor de planejamento de mídia na agência Mood

Vamos conferir o que ele disse ao Publicitando:

1 – Você iniciou sua carreira em veículo aqui no Vale do Paraíba. Fale como foi esse começo.

Na época eu estava no final segundo ano da faculdade e procurando estágio. A Vanguarda tinha um processo seletivo que chamava Programa Estagiar, que consistia numa prova com alunos de diversas instituições que faziam inscrição pelo extinto e-Vanguarda.com.
Eu passei por esta prova e pelas entrevistas, fiz estágio e fui efetivado.

2 – Como foi a ida para o mercado de São Paulo?

Como fiquei bastante tempo na TV, fiz amigos, consegui fazer um trabalho legal e conhecer muita gente boa e fazer bons contatos em agências e veículos de outras regiões.
Em 2011, uma amiga que havia trabalhado no mercado do Vale estava na Almap BBDO e falou de uma vaga no departamento de mídia, mas que tinham urgência e não teriam tempo para ensinar ninguém do zero e que precisava de conhecimento em TV.

3 – Você tem atuado na área de mídia em São Paulo. Qual a importância que se dá ao planejamento de mídia em um grande centro?

Mesmo com tantas tendências e novidades, ainda hoje, cerca de 80% da verba de marketing do anunciante é direcionada para investimento em mídia.
Consumindo tanto recurso, não faria sentido ser uma área deixada em segundo plano. A cada dia surge uma nova métrica para tentar prever o resultado deste investimento e torná-lo mais seguro.
E esta cobrança por melhores resultados é frequente aqui em São Paulo.
Já trabalhei com cliente que inclusive estabeleceu metas de mídia como parte da remuneração da agência.

4 – Qual o maior desafio do profissional de mídia nos dias atuais?

O desafio hoje é aliar toda a parte técnica com insights criativos estratégicos.
Foi-se o tempo do mídia meramente técnico, que planejava baseado em perfil puramente demográfico. Hoje temos comportamentos e momentos pessoais diferentes que devem ser levados em consideração na hora de tentarmos impactar o consumidor.
Além é claro de termos de estar sempre atentos às oportunidades de mídia que aparecem diariamente.

5 – Que dicas daria para quem quer buscar vaga na área de mídia?

Pra quem gosta da área de mídia no Vale do Paraíba, eu diria pra não desistir.
Embora pareça um mercado onde este tipo de profissional não é valorizado, por outro lado é um mercado carente de bons profissionais.
Frequentemente, recebo consulta de profissionais daí, pedindo indicação de pessoas na região e comentando da dificuldade de achar gente pra área.
Pra quem está entrando no mercado agora, sempre digo pra não alimentar inimizades e “picuinhas”, pois seu network começa na faculdade e se estende por toda sua carreira.

Molotov presta homenagem à Vanguarda

Homenagem da Molotov Propaganda à Rede Vanguarda

email_homenagem

Ficha técnica:

Tipo: E-mail Marketing
Título: Lágrimas
Agência: Molotov Propaganda
Criação: Eduardo Spinelli e Mauro José
Direção de Criação: Eduardo Spinelli e Fabiano César
Planejamento: Patricia Franco
Direção de Planejamento: Fernando Griskonis
País: Brasil
Veiculação: 06/02/2014