Alunos de comunicação criam projeto para receber novos alunos

Projeto de apoio aos bixos 2021

A pandemia do novo Coronavírus trouxe mudanças para o mundo inteiro, impactando eventos, modos de agir e situações onde sempre se pode comemorar com muitas pessoas ao redor, e claro, dentro de uma Universidade isso não seria de outra forma.

O modo como os universitários estudaram em 2020 foi inédito e cheio de transformações. Se para quem já estava inserido em uma rotina de aprendizados isso já foi um desafio, para quem iniciou sua formação já neste modelo remoto a dificuldade está sendo ainda maior.

Pensando em auxiliar os calouros nesse modo diferente de estudar atualmente, os veteranos dos cursos de Comunicação Social da Universidade de Taubaté (UNITAU) decidiram iniciar um novo projeto acadêmico para apresentar o curso, a profissão, os profissionais e os caminhos que podem ser seguidos em suas respectivas áreas.

O projeto, carinhosamente batizado como “Apoio aos bixos”, será uma interação digital com os alunos ingressantes de 2021. O mesmo contará com dicas sobre o mercado profissional, em quais plataformas os calouros podem se informar sobre vagas de estágio, ferramentas que utilizarão no decorrer da graduação e, para fechar a semana, haverá uma live para relembrar importantes acontecimentos da Comunica.

As postagens e interações ocorrerão entre os dias 15 e 19 de março, no Instagram do Centro Acadêmico (CA) da Comunicação Social da UNITAU, @cacomunica. A programação será uma colaboração entre alunos, professores, Centro Acadêmico e Associação Atlética Acadêmica.

Vale ressaltar que a recepção dos calouros já foi iniciada na primeira semana de aula, com formação de grupos no WhatsApp e Facebook, além de interações descontraídas no Instagram da Atlética e do CA. Essas comunicações surgiram com o intuito de fazer com que os ingressantes se sintam acolhidos, mesmo com todas as restrições impostas pela COVID-19, e próximos da calorosa realidade acadêmica presente na Comunica.

Ingrid Garcez e Raíssa Santos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Dança das cadeiras

Uma super edição

Março tá demais, pessoal. E com a ajuda da minha amiga e profissional de Relações Públicas trazemos uma super edição do Dança, com muita movimentação de estudantes e profissionais – principalmente de Relações Públicas.

Confira:

Joabson Nascimento, ainda aluno do primeiro semestre de Relações Públicas, é o novo bolsista da Acom (Central de Comunicação da Unitau).

Maria Gabrielly Marcelino é a nova estagiária de Relações com a Comunidade da Tenaris de Pindamonhangaba.

Maria Luiza aluna do sétimo semestre de Relações Públicas da Unitau é a nova estagiária do setor de marketing da indústria AmstedMaxion em Cruzeiro.

 

Já Lidiane Carvalho acaba de assumir o posto de estagiária de comunicação da indústria Novelis em Pindamonhangaba.

Vitória Coelho, profissional de Relações Públicas formada em 2020 pela Unitau, é a nova contratada do portal da Rede Aparecida de Comunicação e assume a posição de Assistente de Comunicação do Portal A12.

A também Relações Públicas Thaina Takahashi, começou a dar expediente na MLabs, em SJCampos.

Ana Paula da Silva, ex-aluna de RP é a nova contratada da área de comunicação da rede de maquiagens Arrazei na Make.

João Guilherme, aluno do 4o semestre de Relações Públicas da Unitau deixa a Acom e passa a estagiar na Prefeitura Municipal de Taubaté.

Rebeka Falcão, aluna do sétimo semestre de Relações Públicas da Unitau, é agora estagiária de comunicação na equipe do INPE responsável pela construção e lançamento do Satélite Amazônia 1.

A estudante do sétimo semestre de Publicidade e Propaganda da Unitau,Tamyris Reis Pavan, é agora Estagiária de Comunicação Interna e Cultura na Embraer.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

ACIT e HITT firmam acordo

ACIT assina termo de parceria com Hub de Inovação Tecnológica de Taubaté

Na manhã dessa quarta-feira, 09 de dezembro, o atual presidente da Associação Comercial e Industrial de Taubaté, Ricardo Vilhena, participou do evento de apresentação das seis novas startups que vão compor o Hub de Inovação Tecnológica de Taubaté (Hitt).

Durante o evento, foi assinado um Termo de Parceria entre a ACIT e o Hitt para o apoio ao desenvolvimento de novos projetos.

Atualmente, o Hitt tem como principais parceiros a Prefeitura Municipal e Universidade de Taubaté, através do EPTS.

A ACIT acredita que as startups podem trazem inovações além de buscar soluções para várias demandas das empresas da nossa cidade, pois a tecnologia e o empreendedorismo fazem parte do desenvolvimento do comércio e da economia.

A Associação está sempre atenta às novidades e há alguns anos já participa com a FATEC do campeonato Hackathon, que é uma maratona de ideias, e realiza também o Campeonato de Empreendedorismo com alunos do ensino médio do município em várias categorias, visando desenvolver os jovens para o mercado de trabalho.

O evento contou também com a presença do ex presidente da ACIT e prefeito eleito José Saud, do atual prefeito Ortiz Junior, da Reitora da UNITAU, Profa. Dra. Nara Fortes, além de vereadores da cidade.

“Esse novo Termo é importante para ampliar as parcerias da ACIT. Buscamos estar atualizados e atentos às novidades para oferecer melhorias para o desenvolvimento da nossa cidade e, simultaneamente, das nossas empresas e do nosso comércio. Queremos sempre oferecer as soluções mais modernas aos nossos associados.” ressalta Ricardo Vilhena.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Bruna Abifadel

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Hoje é dia de homenagear a propaganda

Dia Mundial da propaganda

por Josué Brazil

No começo eu queria ser jornalista… Confesso.

Bom, mas tudo bem, porque antes disso eu queria ser centroavante da seleção brasileira de futebol ou piloto de caças…

Fui estudar num colégio técnico de mecânica e eletrônica por motivos que até hoje não compreendo totalmente. Saí de lá porque sofria muito e porque uma professora de língua portuguesa ao avaliar uma redação minha perguntou: o que você tá fazendo aqui???

Ela tinha razão. Eu tinha que ir pra comunicação. Tinha que ir para o jornalismo.

Os meus pais procuraram uma escola de nível médio para eu estudar no ano seguinte. Sim, perdi um ano do ensino médio por conta da tal escola técnica. Voltando a busca pela escola: encontraram uma que tinha o curso técnico de desenho publicitário. Com o pouco discernimento de um moleque de 16 anos pensei: é o mais próximo possível do que eu quero. E fui!

Dei de cara com a propaganda e foi paixão a primeira vista. A paixão virou algo maior: amor. Não era um caso, um lance fortuito. Era casamento, compromisso.

Terminei o ensino médio e fui estudar publicidade e propaganda na Unitau. O fascínio por aquele universo só aumentou. Abri uma agência de propaganda. Fechei. Abri uma segunda. Entre uma e outra comecei a dar aulas de propaganda no colégio em que me formei. Depois fui dar aulas na universidade. Dei aulas em três: Unitau (onde estou até hoje), na Universidade Braz Cubas e na Faculdade Cásper Líbero.

Era incrível! Falava horas e horas sobre propaganda e ainda me pagavam por isso… Demais!!!

Fiz incontáveis e bons amigos! A propaganda me deu quase tudo que tenho e sou. Por isso, além de eterno apaixonado, sou enormemente grato.

Hoje é dia de lembrar e declarar em alto e bom som, imagem, texto e tudo mais o meu amor por esta profissão, por esta indústria, por esta atividade.

 

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Dança das cadeiras

Tem gente se movimentando

Estagiários e profissionais seguem em movimento no mercado de comunicação, marketing e propaganda.

O ainda estudante de jornalismo na Unitau, Kaic Bocalare, acaba de ser confirmado como novo estagiário de TV Band Vale. Ele começa em dezembro na emissora regional.

O jornalista Emerson Tersigni, egresso da Unitau, acabou de ser contratado pela Rádio CBN Vale e vai ancorar um jornal diário no período da tarde. Estreia nesta segunda-feira, dia 16/11.

Rafael Marin, estudante de sexto semestre de publicidade e propaganda na Unitau, foi contratado para atuar como analista de marketing pela Unimed Pinda e Hospital 10 de Julho. Ele acabou de encerrar seu estágio na Tenaris, onde atuava com comunicação interna.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Pesquisa indica otimismo para o Natal

ACIT realiza pesquisa sobre expectativa dos comerciantes para o período do natal

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) realizou uma pesquisa para saber expectativa dos empresários sobre as vendas no período do natal.

Grande parte da pesquisa foi respondida por gerentes dos estabelecimentos, ou seja, as pessoas que estão à frente da equipe e da administração do comércio.

Os lojistas estão otimistas quanto às vendas e 57,4% dos entrevistados acredita que será “Melhor” que o ano de 2018, enquanto 6,2% acreditam que será “Muito melhor”. Dos que acreditam que será “Pior”, foram registrados apenas 7,4%. É pertinente observar que 5,4% não souberam responder.

Quando perguntados sobre as compras e o estoque de produtos para o período, ou seja, o volume de mercadoria encomendada para o Natal de 2019 em relação ao ano passado, a maioria dos empresários (58,5%) respondeu que deve ser “Maior”, 24,4% “Igual”, 7,0% “Menor” e 4,7% “Muito maior”. Observa-se que nenhum empresário respondeu que será “Muito menor”. A soma das proporções de “Muito maior” com “Maior” (63,2%) é bem mais alta que a soma das proporções de “Menor” com “Muito menor” (7,0%), um outro ponto que aponta o otimismo para as vendas esse ano.

Quanto ao valor do ticket médio dos presentes, não foi observada uma grande mudança. Os lojistas acreditam que o consumidor continua se mostrando cauteloso e conservador quanto aos gastos. Isso porque a maioria (36,4%) disse esperar que o consumidor gaste um valor médio entre “R$ 50,01 a R$ 100,00”, 21,3% entre “R$ 100,01 a R$ 150,00” e apenas 6,2% acredita que o gasto em presentes será entre “R$ 300,01 a R$ 400,00”.

Os empresários ainda foram questionados sobre a possibilidade de contratações temporárias, uma das grandes expectativas por parte da população que busca uma oportunidade de recolocação nesse período. Entre os pesquisados, 51,9% responderam “Sim”, 46,1% disseram “Não” e 1,9% “Não souberam responder”.

Entre os que responderam “Sim”, a maior parte (36,8%) respondeu que pretende contratar “Dois” empregados temporários, 26,5% “Três”, 16,2% “Apenas um”, 9,6% “Quatro”, e 8,1% disseram “Cinco” temporários. O restante não soube responder (2,2%) ou não responderam (0,7%).

Ao final, todos os dados da pesquisa apontam para um comportamento mais otimista por parte dos comerciantes da cidade de Taubaté, que esperam que o Natal, que é considerado o melhor período de vendas do ano, seja ainda melhor nesse em 2019.

O estudo foi realizado pela Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação da Universidade de Taubaté (FAPETI) a pedido da ACIT. Aconteceu entre os dias 11 e 19 de novembro de 2019, ou seja, no período pré natalino. Foram visitados 258 estabelecimentos comerciais que realizam vendas de possíveis presentes na região central da cidade, sendo a maior parte composta por lojas de roupas, calçados e acessórios. A pesquisa aponta uma margem de erro de 5 pontos percentuais para mais ou para menos e um nível de confiança de 95%.

Fonte: Assessoria de Imprensa ACIT

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Dança das cadeiras

Tem mais profissionais e estagiários em movimento

Agosto – o longo mês – continua agitado em termos de movimentação de profissionais e estudantes pelo mercado de comunicação e marketing da Região Metropolitana do vale do Paraíba.

Veja as mais recentes!

A estudante de quarto semestre de publicidade e propaganda da Unitau, Tamyris Reis Pavan, é a mais nova pelo estagiária de comunicação na Embraer.

Já Bianca Santos acabou de assumir o cargo de Marketing Intern na Agencia Metatron.

E Andrean Lobo é o novo de UI Designer do Grupo Tony Veículos.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Otimismo entre os empresários

Nova pesquisa ACI/Unitau aponta otimismo da economia e do empresário para os próximos três meses

Com o objetivo de identificar o nível de confiança do empresário de São José dos Campos, a Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, em parceria com a Universidade de Taubaté, realizou um levantamento para identificar as expectativas da classe para os próximos três meses. Os resultados revelam que os empresários da cidade estão mais otimistas que em junho de 2018.

Esse é o terceiro levantamento do gênero, feito pela Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação) da Unitau.

A primeira pesquisa foi realizada entre 21 e 25 de maio de 2018 (com 202 empresários), a segunda entre 7 e 9 de novembro de 2018 ( com 275 empresários) e a terceira ente 26 e 28 de junho de 2019 (com 298 empresários). A margem de erro do levantamento é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos e um nível de confiança de 95%. Os locais estratégicos utilizados na pesquisa foram o Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro (próxima à Rodoviária Velha) e os shopping Center Vale, Vale Sul e Colinas.

Com relação aos empresários, em junho de 2018, o índice apresentou o valor de 56,37, próximo da neutralidade (50,00). Já em novembro de 2018 houve uma melhora em relação ao anterior, com 66,71 e esse índice ainda foi superado pelo de junho de 2019 apresentando o valor de 68,24. Sobre o crescimento da economia do país, em junho de 2018 o índice foi de 51,36, durante os meses seguintes os pontos foram subindo, até atingirem 70,97 em julho de 2019.

O levantamento também aponta otimismo dos empresários com relação ao aumento no faturamento e no lucro das empresas, assim como no aumento do número de contratação e investimentos em infraestrutura. Os índices de junho de 2018 foram 56,71 e em junho deste ano de 67,42.

Para o presidente da ACI, Humberto Dutra os índices apontam novidades para a economia. “A pesquisa comprova que o ânimo do empresário mudou, fruto de alguns fatores, como a inflação baixa, a aprovação da Reforma da Previdência e a retomada do poder de compra do consumidor. Ainda leve, ela mudança deve se cristalizar nos próximos meses”.

Fonte: Matéria Consultoria&Mídia – Nathália Barcelos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Pesquisa aponta a intenção de compra no Dia dos Namorados

Pesquisa ACI/Unitau revela intenção de compra no Dia dos Namorados

Roupas, joias, calçados e perfumes estão em alta neste Dia dos Namorados, quando o comércio de São José dos Campos espera um aumento de 5% nas vendas em relação ao ano passado.

Photo by Renata Fraga on Unsplash

Isso é o que mostra pesquisa exclusiva sobre o comportamento do consumidor em relação ao Dia dos Namorados, feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, feita em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação). O levantamento foi feito entre os dias 27 e 30 de maio, entrevistando 423 pessoas em áreas de concentração do comércio da cidade: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e os shoppings CenterVale, Colinas e Vale Sul. A margem de erro é de 4,76 pontos percentuais para mais ou para menos.

Pelos números, este será o Dia dos Namorados da elegância

Roupas e acessórios aparecem disparados no ranking dos presentes em vista, com 52,5% das citações. Em seguida aparecem joias ou bijuterias (9%), calçados (8,5%) e perfumes e cosméticos (6,2%). Almoços ou jantares românticos, bombons e bolos registraram 4% das citações.

Photo by Alysa Bajenaru on Unsplash

“Este Dia dos Namorados deve confirmar a tendência de aquecimento nas vendas do comércio de São José dos Campos, registrada deste o Natal do ano passado e reforçada pelo último Dia das Mães. Depois de termos registrado o melhor Natal dos últimos cinco anos e um Dia das Mães muito aquecido, para este Dia dos Namorados devemos ter um aumento de 5% nas vendas em relação ao ano passado. Trata-se de uma retomada lenta, mas constante, o que mostra a volta da confiança do consumidor”– disse o presidente da ACI, Humberto Dutra.

No valor dos presentes, uma boa notícia: o tíquete médio deve ficar na casa dos R$ 101 aos R$ 200 (43%), com 22,4% dos entrevistados apostando em presentes acima de R$ 201.

Outro dado significado: a maioria dos consumidores deve optar por pagar as compras à vista (53,3%). Sobre a forma de pagamento, 26,8% disseram que vão pagar em dinheiro, 25,1% vão optar por pagar de forma parcelada no cartão de crédito, 24,6% vão usar cartão de débito, 13,1% afirmaram que vão pagar à vista no cartão de crédito e 8% vão optar pelo crediário da loja. Não houve citação sobre pagamento em cheque.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathália Barcelos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Comércio tem saldo positivo nas vendas de Natal

As vendas de Natal em 2018 superam a expectativa doo empresários do comércio de São José dos Campos

Isso é o que aponta a nova pesquisa da Associação Comercial e Industrial em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Informação). O levantamento foi feito entre 9 a 11 de janeiro e ouviu 249 empresários, em locais estratégicos: Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e shoppings Center Vale, Vale Sul e Colinas.

Segundo o levantamento, 50,8% dos empresários acredita que as vendas de 2018 superaram o patamar de 2017. E para 73,6% dos entrevistados, o patamar de vendas foi classificado como bom ou excelente. A pesquisa corrobora levantamento parcial realizado pela ACI logo após o Natal, que apontava um aumento de 7% nas vendas de dezembro com relação ao mesmo período de 2017. Esse é o segundo ano consecutivo de alta nas vendas de Natal no comércio de São José dos Campos. Em 2017, o aumento nas vendas foi de 5%.

A nova pesquisa ACI/Unitau mostra ainda que 53% dos consumidores optaram por comprar dois presentes de Natal e 23,2%, três presentes. Pelo levantamento, o valor do tíquete médio foi de até R$ 150 pata 48% dos entrevistados.

Para o presidente da ACI, Humberto Dutra, os dados mostram a movimentação da economia pós-mudança de cenário político do Brasil. “A população está mais confiante, acredita que o panorama da nossa economia vai mudar ao longo de 2019”, afirmou Dutra.

Cartão

Com relação a forma de pagamento registrada pelos empresários, a maioria dos consumidores optou por cartão de crédito (78,5%), contra 21,1% pagando em dinheiro ou cartão de débito. Não foi registrado pagamento em cheque.

Fonte: Matéria Consultoria e Mídia – Nathália Barcelos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0