Via Vale recebe 1ª Bienal de Artes Visuais de Taubaté

70 obras compõem a exposição inédita na cidade

O olhar contemporâneo reinventa antigas definições dadas a arte e concebe novas interpretações. O talento de artistas do Brasil inteiro compõe uma exposição inédita que chega ao Via Vale Garden Shopping neste fim de semana, a partir deste sábado, na 1ª Bienal de Artes Visuais de Taubaté.

Cerca de 70 obras entre esculturas, pinturas, desenhos e gravuras fazem parte da mostra que promete surpreender os aficionados por arte na região, com peças que expressam a cultura e a diversidade brasileira, apresentando novas abordagens artísticas. Os trabalhos que participam da exposição foram selecionados entre mais de 400 projetos inscritos nesta primeira edição da Bienal taubateana. Os autores das três melhores obras recebem um prêmio de R$ 2 mil. O público pode conferir a mostra até o dia 30 de setembro.

“Buscamos agregar a multiplicidade de modelos e agentes artístico-culturais, apresentando um panorama inundado por imagens e possibilidades poéticas e conceituais regidas pelo belo e pela estética de cada artista”, diz a curadora da Bienal Lani Goeldi, da Associação Artística Cultural Oswaldo Goeldi.

Para a gerente de marketing do Garden, Bruna Marcon, a Bienal representa um marco para a comunidade artística local que, além de expor suas obras, muitas delas selecionadas para a mostra, também vai estar em contato com diferentes expressões culturais Brasil afora. Só do Vale do Paraíba serão quase 20 obras expostas. “Essa exposição traz para a nossa região uma experiência de cultural e artística comum em grandes centros urbanos. Quando abrimos as portas do shopping para eventos como esse, estamos democratizando o acesso à cultura e valorizando a arte, um importante componente da humanidade”, diz.

Serviço:

I Bienal de Artes Visuais – Taubaté

local: Via Vale Garden Shopping –

endereço : Av. Dom Pedro 1, 7181, Jardim Baronesa – Via Vale Garden Shopping

abertura solene: 31/08 às 19h – Entrega das premiações

visitação: 01 à 30 de setembro

horário: Das 10h às 22h de segunda a sábado e aos domingos das 13h às 20h

entrada franca

classificação indicativa: Livre

acesso para pessoas com deficiência

Informações: www.curadoria.org.br

Fonte: Assessoria de Imprensa Via Vale

Rede de hortifruti chega a SJCampos

Oba Hortifruti chega à São José dos Campos com loja conceito “Farm”

A inauguração contará com um Cooking Show especial comandado pelo Chef Felipe Bronze, além do tradicional café da manhã, treinão funcional, brincadeiras para as crianças, food trucks Oba Bem Querer e muito mais

A rede Oba Hortifruti acaba de anunciar a abertura de sua primeira loja em São José dos Campos, no dia 25 de agosto, a partir das 8h. E, para marcar a chegada da rede à cidade, a unidade vem com o conceito “Farm” – proposta inovadora, que reproduz uma fazenda. A estrela da inauguração é o Chef Felipe Bronze, mestre da culinária e astro em programas gastronômicos da TV, que fará um Cooking Show especial com degustação, das 11h às 13h.

Além disso, quem passar por lá contemplará ainda treinão funcional (7h), food trucks Oba Bem Querer com comidinhas e até brincadeiras para as crianças (8h às 17h), como piscina de bolinhas e pula-pula, além de ofertas especiais, musical Oba – Uma aventura vitaminada (17h), música ao vivo (19h) e entrega de Eco Bags Oba (mediante disponibilidade). Um evento perfeito para a família inteira.

O projeto conta com 5.593 m² e mais de 300 vagas no estacionamento, e traz todos os serviços e produtos da rede, como mercearia, açougue, peixaria, mercearia, pré-lavados, adega, floricultura e até lanchonete e rotisserie. O delivery também estará disponível após a abertura da loja para facilitar ainda mais o dia a dia dos clientes. “Que alegria! Já era hora de darmos as boas-vindas à cidade de São José dos Campos, que além de ter uma relevância econômica muito grande, também é um importante centro cultural do Vale do Paraíba. O Oba chega de peito aberto para receber cada uma dessas pessoas, e levar mais saúde e sabor à rotina de quem, assim como nós, busca viver ainda melhor”, afirma Larissa Chiesi, gerente de marketing do Oba Hortifruti.

Para os adultos, a diversidade e o frescor dos alimentos, que é uma das marcas registradas da rede, continuam seguindo o mesmo padrão de qualidade. E, enquanto conferem o hortifuti completo, os filhos ainda podem se divertir.

A Fazenda Encantada

Pensado para toda a família, no Oba Hortifruti Farm, as crianças poderão interagir com os diversos personagens e amigos, como: o galo viajante, a banana esportista, o papagaio contador de histórias, a cenourix com pegada musical, o tomate bombadão, a vaca feita de frutas e legumes, o agitado pônei e o sapo cantor. Exclusivamente nesta loja, haverá também uma novidade Oba: a banda formada por personagens, como o gato, o esquilo e o urso. Tudo isso, pensado para proporcionar um momento ainda mais divertido!

Com um conceito completo, a rede, que é referência em saudabilidade, promete garantir experiências de compra únicas, mantendo um de seus grandes diferenciais: o atendimento de excelência ao cliente.

Ao todo, a marca já conta com 40 lojas espalhadas pelos estados de São Paulo e Distrito Federal. E, a promessa, é continuar com o plano de expansão.

Serviço

Inauguração Oba Hortifruti em São José dos Campos

Data: 25 de agosto Horário: a partir das 8h

Endereço: Av. Comendador Vicente de Paulo Penido, 373, Aquarius, São José dos Campos

Fonte: Pilares Relações Públicas – Mariana Guedes

Consumidor pesquisa antes na internet

47% dos internautas só compram em loja física após pesquisarem na internet, aponta pesquisa da CNDL/SPC Brasil

Preço e comodidade são principais vantagens das compras on-line, mas relacionamento e facilidade de troca se destacam como ponto forte das lojas físicas; 41% dos internautas cedem às compras por impulso

Mais bem informado e maduro, o consumidor brasileiro tem utilizado cada vez mais a internet como um aliado na hora de ir às compras. Um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) com internautas que realizaram alguma compra on-line nos últimos 12 meses mostra que 47% dos entrevistados sempre fazem pesquisas na internet antes de realizar alguma compra em loja física. Nesses casos, a maioria busca informações sobre preços (38%), detalhes e características daquilo que pretendem adquirir (22%) e também a opinião de outros clientes sobre a experiência de compra (10%). Apenas 18% dos entrevistados compram direto em lojas físicas sem fazer qualquer consulta no ambiente virtual. Outros 35% recorrem à consulta apenas eventualmente, a depender do tipo de produto ou serviço que buscam.

Foto: Pixabay

De acordo com a pesquisa, os itens mais pesquisados na internet antes da aquisição na loja física são os eletrodomésticos (58%), smartphones (56%), eletrônicos (51%), roupas e acessórios (32%) e cosméticos e perfumes (30%). Quando precisam se informar sobre os produtos ou serviços que pretendem adquirir, 47% dos internautas buscam informações em sites que mensuram índices de reclamações, enquanto 35% preferem os sites ou aplicativos da própria empresa e 34% recorrem aos buscadores, como o Google, por exemplo.

Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, com o avanço da tecnologia, as decisões de compra por parte do consumidor passam por múltiplos canais e de forma simultânea, unindo mundo on-line e off-line. “A internet é a grande ferramenta que o consumidor tem em suas mãos para informar-se de forma rápida, prática e bastante abrangente sobre produtos e serviços, comparar preços e pesquisar a reputação das marcas a partir da experiência de outros clientes. Os consumidores estão cada vez mais exigentes e bem informados, transitando o tempo todo por diferentes plataformas durante o processo de compra. A internet trouxe às pessoas a liberdade de comprar quando e onde quiserem e as empresas precisam se adaptar a essa nova realidade”, afirma Costa.

25% dos internautas visitam loja física antes de comprar na internet. Maioria busca ver detalhes de perto e pesquisar preço

Se consultar a internet antes de realizar uma compra em lojas físicas tornou-se um hábito do internauta brasileiro, o inverso também acontece, embora em uma proporção menor. De acordo com a pesquisa, um quarto (25%) dos internautas visita uma loja física para conhecer o produto que deseja adquirir na internet. A maior parte toma essa atitude para ver os detalhes e principais características daquilo que está sendo adquirido (17%), além da tradicional pesquisa de preço (12%). Outros 44% tomam essa atitude a depender do produto, enquanto 30% não se importam em realizar a pesquisa, indo direto aos sites ou aplicativos.

Os itens que os entrevistados mais procuram ver presencialmente para depois comprar de forma on-line são os eletrodomésticos (53%), smartphones (46%), eletrônicos (41%) e roupas ou acessórios (29%).

Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, os empresários precisam romper com a separação entre varejo físico e on-line para proporcionar experiências mais completas aos seus clientes. “Houve um tempo em que o mundo virtual e o mundo físico não conversavam. Mas isso acabou. Hoje, os clientes se surpreendem quando a empresa não tem ao menos um canal de atendimento on-line. Isso acontece porque as pessoas estão todo o tempo conectadas, mas continuam sendo consumidores no sentido tradicional. Por isso, investir na qualidade da experiência de compra é entender que o cliente é ao mesmo tempo físico e virtual e tem transito livre entre os diferentes canais de venda e relacionamento”, afirma.

Para 83%, lojas on-line praticam preços mais baratos, mas facilidade de troca é vantagem percebida nas lojas físicas

O estudo ainda revela em quais tipos de compras as lojas físicas ganham a preferência do consumidor e em quais momentos a compra pela internet leva vantagem. De modo geral, a maioria (83%) relata a percepção de que os preços praticados na internet são mais baratos do que nas lojas físicas. Outro aspecto comparativo que aparece com força é a comodidade (75%) seguida da variedade na oferta de produtos (73%). Também são mencionados como fatores positivos da internet a facilidade para escolher produtos (62%), disponibilidade de informações (59%), agilidade na compra (58%) e melhores formas de pagamento (57%).

Em contrapartida, as lojas físicas lideram quando são levados em consideração a facilidade de troca (73%), qualidade do atendimento (51%) e pós-venda (46%). Entre os preferem o ambiente físico para as compras, 40% acham que há menos decepções nesse tipo de compra do que no ambiente on-line e 38% destacam a vantagem de poder levar o produto para casa imediatamente após o pagamento. No geral, a internet é o meio preferido de 62% dos internautas na hora de fazer compras, enquanto 36% ainda preferem as lojas físicas e 1% cita as redes sociais.

Já em relação as sensações provocadas por cada tipo de compra, as lojas físicas são consideradas mais seguras (64%), proporcionam compras mais conscientes e racionais (41%) e também prazerosas (37%). Por outro lado, as compras feitas em sites ou aplicativos costumam deixar o consumidor mais ansioso (62%), proporciona compras mais personalizadas (52%) e estimula compras por impulso (43%).

41% dos internautas admite que cede às compras por impulso. Promoções são as principais razões do gasto impensado. Internauta dá nota oito para segurança digital

A pesquisa aponta que a impulsividade atinge parte considerável dos internautas. Quase (41%) em cada dez entrevistados admite que nem sempre planeja suas compras on-line, sendo que na maior parte das vezes são tentados pelo desejo de consumo (23%) ou pelo senso de oportunidade (18%) ao se depararem com uma oferta. Nesses casos, os principais motivos das compras impulsivas feitas pela internet são as promoções (67%), as visitas constantes aos sites das lojas (36%) e o recebimento de propagandas (24%).

Os tipos de produtos que os internautas menos resistem na internet, mesmo sem saber se tem condições de comprar, são as roupas, calçados e acessórios (37%), cosméticos e perfumes (18%), livros (16%), artigos para casa (15%) e eletrônicos (14%). Já os canais online que mais estimulam as compras por impulso são e-mails de divulgação (56%), notificações de ofertas de aplicativos (48%), redes sociais (33%) e os influenciadores digitais (28%).

“Saber diferenciar desejo e necessidade é fundamental para resistir às compras impulsivas. Com a customização crescente das ofertas enviadas para os internautas, a situação fica ainda mais favorável para compras sem pensar”, alerta a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Embora muitos internautas não resistam aos apelos da propaganda na internet, a pesquisa aponta um grau positivo de maturidade do consumidor na questão da segurança digital. Assim como as lojas on-line se tornaram ambientes mais seguros com o passar do tempo, os internautas também passaram a se precaver mais na hora de fazer compras usando o computador. Em média, o internauta atribui nota 7,9 no quesito sentir-se seguro para fazer compras on-line. No geral, 91% dos internautas dizem se preocupar com fraudes na internet.

Nesse sentido, 98% das pessoas ouvidas na pesquisa tomam algum tipo de cuidado ao fazer compras pela internet, sendo que 59% só fazem compras em canais conhecidos ou indicados e 39% evitam cadastrar dados do cartão de crédito para compras futuras. Além disso, 35% são desconfiados e não compram em sites que praticam ofertas com preços excessivamente baixos.

“O mercado de e-commerce já amadureceu o suficiente no Brasil para oferecer compras seguras e o consumidor já sabe identificar indícios de fraude de forma mais efetiva. Em geral, ofertas muito generosas e de sites desconhecidos devem ser encaradas com extremo cuidado, pois podem ser sinal de fraude”, alerta o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.

Metodologia

A pesquisa ouviu 815 consumidores de ambos os gêneros, todas as classes sociais, capitais do país e acima de 18 anos que fizeram alguma compra online nos 12 meses anteriores ao estudo, ocorrido entre os dias 08 e 18 de maio de 2018. A margem de erro é de no máximo 3,43 pp a uma margem de confiança de 95%. Baixe a íntegra da pesquisa em https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas

Fonte: Assessoria de Imprensa CNDL | SPC Brasil

Oficina de Promoção e divulgação

Promoção e divulgação são temas de oficina na ACIT

No próximo dia 30 de agosto, quinta-feira, a Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) oferece uma nova oficina de capacitação, dentro do escopo do Projeto Empreende, desenvolvido em parceria com o SEBRAE.

Dessa vez o tema abordado será “Promover e divulgar para vender”, com a intenção de mostrar de forma mais assertiva os produtos e serviços para alancar os negócios.

Dentre os tópicos abordados, os participantes poderão conhecer e compreender as formas de promover e divulgar as empresas, produtos e serviços; a reflexão e análise sobre a importância de planejar e monitorar as ações de promoção e divulgação; e a elaboração de um plano de ação.

O curso tem carga horária de 4 horas e acontece das 18h30 às 22h30 no auditório da instituição. É aberto à todos os interessados e as vagas são limitadas. Associados tem desconto na inscrição, que deve ser realizada pelos telefones (12) 2125-8210/8211, whatsapp (12) 99189-7964 ou pelo e-mail cursos.acit@taubate.com.br.

Fonte: Acontece Comunicação e Eventos

Lojistas do Via Vale confirmam tendência do mercado: consumidores preferem pagar compras à vista

Consumidores preferem pagar compras à vista para fugir do endividamento

Lojistas do Via Vale Garden Shopping confirmam atual tendência do mercado e registram alta nas compras com dinheiro e cartão de débito

Compras parceladas a perder de vista, um crédito disponível no mercado cada vez menos utilizado pelos consumidores. O Banco Central divulgou uma pesquisa neste ano que mostra a relação do brasileiro com o dinheiro. Quando perguntados sobre as formas de pagamento utilizadas com mais frequência, 60% dos entrevistados responderam dinheiro. Outros 22% falaram que optam pelo uso do cartão de débito e apenas 15% citaram o cartão de crédito.

Outro levantamento, desta vez feito recentemente pelo Serviço de Proteção ao Crédito, também mostra essa preferência da população pelo pagamento à vista. 62,8% dos consumidores disseram que usam dinheiro em espécie para pagar as compras. Outros 47,3% optam pelo cartão de débito.

No Via Vale Garden Shopping, em Taubaté, muitos lojistas confirmam essa tendência. Desde o início do mês, na Constance, considerada a maior rede de calçados femininos com conceito self shoes do Brasil, o número de consumidores que usa cartão de débito cresceu em comparação com aos clientes que optam pelo crédito. 52,88% utilizaram cartão de débito nas compras e 47,12 preferiram o crédito. O gerente da loja, Mairon Mesquita, conta que observou esse aumento na preferência pelo pagamento à vista a partir do final do semestre passado. “Inicialmente associamos esse aumento ao período de férias, em junho, devido o maior volume de dinheiro circulando, mas dois meses depois ainda notamos que o consumidor segue nessa direção”, diz.

Para o superintendente do Garden, Diogo Linhares, os consumidores e os lojistas ganham com essa mudança de comportamento no mercado. “Com o dinheiro em mãos o consumidor consegue negociar descontos nas compras e os lojistas ganham com capital de giro em caixa”, diz.

O setor de alimentação também surfa na onda do pagamento à vista, modalidade em alta entre os consumidores. O cartão de crédito é item raro na Doce Luxo, utilizado apenas por 15% dos clientes. 50% das compras são pagas com cartão de débito e 35% com dinheiro.

“Quando o consumidor compra à vista, ele consegue reduzir as despesas com juros e sempre é possível negociar um desconto com o vendedor”, explica o economista Edson Trajano.

Fonte: Assessoria de Imprensa Via Vale

Via Vale leva prêmio nacional

Via Vale vence prêmio de âmbito nacional e tem melhor ação de marketing, eventos e promoções do Brasil

Shopping venceu premiação da Abrasce nesta terça-feira

Concorrendo com uma nobre seleção de nove shoppings do Brasil inteiro, entre eles empreendidos em Salvador, Campinas e na capital paulista, o Via Vale Garden venceu nesta terça-feira, 14, o prêmio da Abrasce, a Associação Brasileira de Shopping Centers, na categoria “Marketing, Eventos e Promoções”. Os participantes foram avaliados por dez jurados, profissionais de reconhecidas instituições da área.

O prêmio, disputadíssimo, consagra a criatividade e o trabalho desenvolvido pelos vencedores para proporcionar aos clientes uma criativa experiência de compras.

Concorreram com o Via Vale nessa mesma categoria shoppings como o carioca Nova América Shopping, o Palladium Shopping Center, em Curitiba, e o Shopping Parque Dom Pedro, em Campinas.

Para o superintendente do Garden, Diogo Linhares, a premiação é o reconhecimento de um longo e planejado trabalho em busca da satisfação do cliente. “Queremos criar no Via Vale um ambiente que proporcione um encontro entre as famílias com atrações diferentes que valorizem a cultura taubateana, mostrem os talentos da cidade e fortaleçam ainda mais a relação do nosso empreendimento com a identidade daqui. Queremos ser um local que reúna as pessoas para um passeio, para assistir um filme, para comer nos mais diferentes restaurantes da nossa praça de alimentação e para comprar nas nossas lojas com marcas de qualidade e atendimento diferenciado”, diz.


Bruna Marcon – Head of Marketing na TENCO Shopping Centers

Bruna Marcon, gerente de marketing do shopping, disse que o prêmio valoriza a criatividade presente nas ações desenvolvidas no Garden e coloca o centro de compras entre os melhores do Brasil. “O que oferecemos aqui para os nossos clientes está à altura do que é visto nos shoppings das capitais. Essa premiação comprova isso. E vamos continuar superando nossa criatividade para surpreender ainda mais e mais os frequentadores do Garden”, promete.

Com mais de 400 associados, a Abrasce reconhece e incentiva projetos devolvidos por shopping centers que mobilizam a transformação da realidade social, ambiental e econômica das cidades onde estão inseridos.

O projeto visionário, alicerçado na sustentabilidade, uma questão ainda sem muita atenção nos empreendimentos construídos na época, arquitetava o pioneirismo do shopping. Inaugurado em 2012, o Via Vale Garden abriu as portas com a proposta de oferecer uma experiência de compras diferente para o consumidor taubateano.

Fonte: Assessoria de Imprensa Via Vale Garden Shopping

 

Ciclo de palestras marca aniversário

ACI comemora 83 anos em evento com ciclo de palestras

Em comemoração aos 83 anos, que se completam no dia 23 de agosto, quinta-feira, a Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos trará dois nomes importantes da comunicação para debater sobre temas pertinentes. O dia será marcado por um ciclo de palestras com o tema ‘O Brasil em Debate’.

Os convidados da comemoração são Gerson Camarotti, jornalista político da Globo News, formado pela Universidade Católica de Pernambuco, que irá apresentar a palestra ‘O Brasil que vai surgir nas Urnas’, e Fábio Borges, especialista em Marketing pela ESPM, que trará o tema ‘O desafio de vender em tempos difíceis’.

Para o presidente da Associação, Humberto Dutra, o evento comemora não só o aniversário da entidade, como uma fase em que a ACI está voltada para os interesses da sociedade. “Nós realizados diversos eventos ao longo deste ano que se preocupa em conscientizar a população da cidade de maneira política e apartidária”.

Aos 83 anos, a ACI SJC é uma das mais antigas entidades classistas da cidade, e tem como principal foco facilitar e trabalhar em função do comércio de da indústria. Atualmente, a ACI possui mais de 1400 empresas associadas, responsáveis pela geração de empregos e movimentação econômica da região.

Informações:

O evento acontecerá no auditório do Hotel Nacional Inn, às 10 horas no dia 23 de agosto.

Ingressos para associados R$ 30,00

Não associados R$ 100,00

Retirada deve ser feita na Sede da ACI (Rua Francisco Paes, 56).

Oficina ajuda empresas a conquistar mercado

ACIT traz 2ª edição da Oficina “Ganhe Mercado”

No próximo dia 16 de agosto, quinta-feira, a Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) realiza a oficina “Ganhe Mercado”, dentro do Projeto Empreende, desenvolvido em parceria com o SEBRAE.

Voltada para empresários e empreendedores, o curso tem como foco ensinar as empresas a vender mais e sensibilizar o participante para a utilização de alguns conceitos de marketing na gestão do negócio, visando o posicionamento correto da empresa no mercado e a adequação do produto, ponto, preço e promoção, de acordo o público.

O evento será oferecido gratuitamente e as vagas são limitadas. As inscrições podem ser realizadas diretamente na ACIT. Maiores informações podem ser obtidas pelo email cursos.acit@taubate.com.br ou pelos telefones (12) 2125-8210/8211 e whatsapp 99189-7964.

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté trabalha sempre com foco na consolidação do comércio local, prestação de serviços e indústria, buscando excelência em seus produtos para manter a cidade como referência na região e fazer com que a economia local seja fortalecida.

Projeto Empreende – Foi implementado em 2016 e surgiu da necessidade de desenvolver e capacitar os empresários de Taubaté, oferecendo cursos, oficinas e treinamentos de qualidade, voltados para cada setor especificamente. Para 2018, o Projeto mantém o mesmo formato e traz novidades nos temas das atividades, que acontecerão ao longo do ano, com realização da ACIT em parceria com o SEBRAE.

Fonte: Acontece Comunicação e Eventos

Marketing de conteúdo é a bola da vez

Com alta eficiência, marketing de conteúdo movimentou 16 bilhões de dólares na indústria global

Marketing de conteúdo atrai potenciais consumidores e é três vezes mais eficaz para a construção de marcas e geração de leads

O marketing de conteúdo é a bola da vez. Ele, que ingressou no mercado timidamente, como uma tendência em um futuro ainda distante, hoje já assume um papel essencial nos negócios. Segundo estudo da PQ Media, o marketing de conteúdo deu um grande salto em um período de tempo relativamente curto. No último ano, movimentou 16 bilhões de dólares na indústria global e, só nos Estados Unidos, foram mais de 7 bilhões de dólares gerados por ele.

Em termos de Brasil, o marketing de conteúdo também não fica para trás: 71% das empresas brasileiras já o adotaram como estratégia para atrair novos clientes. Os dados são da edição de 2017 da pesquisa Content Trends, que também revela que empresas que utilizam o marketing de conteúdo e produzem mais de 13 conteúdos mensais têm, em média, 4,2 vezes mais visitas em seus sites.

Segundo Luiz Biagiotti, Country Manager da Outbrain Brasil, a eficiência dessa estratégia está ligada à produção de conteúdo relevante, que gera maior engajamento entre marca e consumidor final. “O marketing de conteúdo é uma das estratégias mais eficazes dentro do marketing digital, uma vez que envolve uma criação de conteúdo personalizado, levando em conta o perfil da marca, afinidade com o consumidor, público-alvo e o tipo de produto que é oferecido”, afirma Biagiotti. “É por meio desse conteúdo de qualidade e diferenciado que a marca fortalece a interação com o usuário e, se o foco for a conversão – captar leads ou realizar vendas -, este público pode se transformar em potencial consumidor”, completa.

É na geração de leads que o marketing de conteúdo se destaca ainda mais, já que ele é a chave para impulsionar a atração de potenciais clientes, conta Biagiotti. “Captar leads é um dos principais objetivos das marcas brasileiras e elas, de fato, já estão atingindo melhores resultados com o marketing de conteúdo. De acordo com a pesquisa Content Trends, empresas que adotam o marketing de conteúdo estão gerando 3,2 vezes mais leads”, destaca o executivo.

Em contrapartida, ele aponta a dificuldade que as empresas têm para oferecer seus conteúdos ao público-alvo e ressalta o papel da Outbrain nesse quesito. Por meio do uso de tecnologia de dados dos algoritmos da Outbrain, a plataforma permite que a marca se relacione com o consumidor final por meio de conteúdo relevante e qualificado, traçando o perfil dos usuários e recomendando os materiais que mais se encaixam nos interesses de cada pessoa. “A marca pode trabalhar todas as etapas do funil de conversão através da Outbrain. Somos mais que uma plataforma de distribuição de conteúdo, somos uma plataforma que gera resultados de vendas para nossos clientes. Conseguimos ter uma performance excelente na geração de awareness – conhecimento da marca -, por meio de conteúdos mais institucionais, até na ponta, falando em conversão, para trabalhar em ações específicas, como promoções e geração de leads. Para cada etapa desse funil, conseguimos entregar resultados acima da média de outras soluções”.

Biagiotti ainda enfatiza: “há um meio campo que precisa ser intermediado de modo que o conteúdo produzido pela marca seja consumido pelo público certo para que a estratégia seja eficaz. A distribuição correta em um ambiente seguro e audiência qualificada, é fundamental para o sucesso de uma estratégia de marketing de conteúdo”, afirma. “É exatamente isso que fazemos. Aumentamos o engajamento do usuário nessa descoberta que funciona como uma via de mão dupla, na qual, ao mesmo tempo em que o consumidor conhece a marca, a marca conhece seu consumidor”, finaliza.

Fonte: CommunicaBrasil – Marcela Martinez

Dia dos Pais promete aquecer comércio de São José

Pesquisa ACI-Unitau revela que 63% dos consumidores da cidade vão comprar presentes neste Dia dos Pais

Uma boa notícia para o comércio de São José dos Campos: 63% dos consumidores da cidade Campos vão comprar presentes neste Dia dos Pais.

Este é o índice apontado em pesquisa realizada pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação), com a intenção de identificar o comportamento dos consumidores da cidade em relação à compra dos presentes do dia dos pais. O levantamento foi feito entre os dias 1 e 3 de agosto, entrevistando 355 pessoas em pontos estratégicos do comércio –Calçadão da Rua 7, Rua 15 e nos shoppings CenterVale e Vale Sul.

Pelos números, roupas são os presentes favoritos para a grande maioria, 50,7%, seguidos de calçados (13,6%) e perfumes e cosméticos (11,8%). Mais: 14,6% dos consumidores não definiram ainda que tipo de presente vão dar a seus pais.

“A pesquisa ACI-Unitau é um bom indicador do ânimo dos consumidores da cidade. E, pelos números, teremos um comércio movimentado neste início de agosto, ajudando a manter a economia aquecida em São José dos Campos” – disse o presidente da ACI, Humberto Dutra.

O levantamento ACI-Unitau mostra também que o tíquete-médio de compras neste período deve ficar entre R$ 101 e R$ 200. Esse é o patamar visado por 35,8% dos consumidores, contra 33% que planejam gastar de R$ 51 a R$ 100. Pelos números, a grande maioria dos consumidores planeja pagar suas compras à vista (74,1%), com a maioria optando por dinheiro (56,1%), cartão de crédito (23,1%) ou cartão de débito (17,5%).

Os números revelam também que está arraigado entre os consumidores o hábito salutar de pesquisar preços antes de fazer suas compras. Essa será a estratégia de comprar para 77,4% dos entrevistados.

Fonte: Matéria Consultoria&Mídia – Nathália Barcelos