Um resumo do evento

Sucesso do 20º Fórum de Debates APP 
 

A 20ª edição do Fórum de Debates APP, realizado no dia 27 de julho, no auditório do Grupo de Mídia “lotado”, com publico presente de 130 pessoas e transmissão ao vivo via banda larga para APP/Ribeirão Preto, APP/Taubaté, APP/Londrina, APP/Sorocaba, APP/Bauru, Instituto Metodista, Associação Riograndense de Propaganda e Grupo de Mídia do Rio Grande Sul, contando com público virtual de aproximadamente 400 pessoas, trouxe para discussão o tema “Midias Sociais: o começo ou o fim da mídia”.

A mesa contou com um time de altíssimo nível:  Jorge Dib, Diretor de Negócios do Google; Cris Rother, Diretora Executiva do Ibope Nielsen Online; Brenda Fucuta, Diretora do Núcleo de Comportamento Feminino da Editora Abril; Felipe Santos, Diretor de Mídia Digital da agência Africa e Membro da Divisão de Comunicação do Grupo de Mídia e o consultor Maurício Tortosa.

De acordo com os palestrantes as mídias sociais não vão trazer o fim da mídia tradicional, porém concordaram que já há mudanças significativas, principalmente na relação que agora é uma via de mão dupla.

Não há um formato como as marcas  devem estar nas redes sociais, porém é importante haver uma estrutura, dentro do perfil da rede, capaz de atender as expectativas dos seus membros.

Destacamos algumas afirmações dos debatedores convidados, postadas no www.twitter.com/appbrasil:

“53% das pessoas se sentem pressionadas com a quantidade de informações disponibilizadas na internet” – Cris Rotter
“81% das pessoas se importam mais com a qualidade da informação do que onde ela foi encontrada” – Cris Rotter
“O mais importante é o comportamento das pessoas com relação à internet e não à plataforma disposta” – Cris Rotter
“As redes sociais são como vitrines onde as marcas podem ser apedrejadas.” – Felipe Santos
“A classe C e D quer se conectar com a sua comunidade e não com o mundo como as classes A e B” – Felipe Santos
“O grande desafio é trazer a informação que está dispersa mas perto de você.” –  Felipe Santos
“A mídia com a internet deixou de ser uma via de mão única” – Jorge Dib
“As agências precisam identificar a relevância das mensagens utilizadas na rede social para os seus clientes” – Mauricio Tortosa
“As pessoas devem exercerem com responsabilidade o poder que elas tem na internet” – Jorge Dip
“Hoje em dia qualquer pessoa pode produzir conteúdo” – Jorge Dip
“se vc tem uma conta no Facebook, vc trabalha para o Facebook” – Mauricio Tortosa
“hoje as pessoas se irritam quando não encontram o que procuram no Google” – Maurício Tortosa
“75% do tráfico do Twitter provem dos celulares” – Maurício Tortosa
“As agências terão que ser mais proativas. Não gerou buzz nas redes sociais, muda a estratégia” – Maurício Tortosa
“Campanhas na internet é um processo contínuo. A conversa com o consumidor continua sempre” – Maurício Tortosa
“É o fim de um processo e o começo de um novo. Ações na rede social geram impacto sobre a marca” Tortosa

Texto original postado  no site da APPBrasil

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *