Coluna propaganda&Arte

Marca sonora é subestimada (durma com esse barulho)

A primeira música que tirei no violão foi Californication do Red Hot Chili Peppers. O que isso tem a ver com propaganda? Na verdade, tudo. Pois o som pode nos fazer lembrar das coisas com emoção. É a marca sonora que reforça uma imagem ou ideia, uma memória saudosista, por exemplo, de uma marca ou produto. E a boa propaganda tem tudo a ver com lembrança (de marca, certo?). Só que parece que as empresas não entenderam a força de um bom som. E eu falo muito mais que um jingle ou efeitos sonoros modernos em um comercial. Escuta só!

That sounds good

Quando alguma coisa parece boa, falamos em inglês resumido “sounds good”, algo traduzido como “parece bom” ou “soa bem”. Um exemplo linguístico de como música e emoção sempre estiveram juntos no imaginário coletivo.
O jingle é o formato queridinho do publicitário raíz e poucas marcas estão usando as trilhas sonoras para criar um ambiente de lembrança de marca. Prova disso é que se buscarmos na memória algum jingle marcante, muita coisa antiga vai aparecer, como aquele que fala de “dois hambúrgueres” da rede de fast food vermelha e amarela. Você lembra de algum jingle novo marcante?

A marca sonora que diz mais

Eu já estudei bastante sobre marca sonora, já até criei para marcas de impacto nacional (que chique, né?). Mesmo assim, acho que somos muito limitados como criativos quando pensamos no som apenas como musiquinhas, sons para lembrar uma marca ou vozes metalizadas << Creative Technology >>. Estou querendo dizer que o som, a marca e a propaganda poderiam proporcionar uma experiência sensorial completa. Quer ver uma prova disso?

Fonte: Freepik

Você gosta de café de cápsula? Não importa se o que você tem em casa é o mais caro do mercado ou o mais barato, todos eles fazem um som característico, um estalo seco e um ruído tremido típico destas máquinas em funcionamento. Você lembra desse som?

Track-rrrr… (Use a imaginação aqui, por favor)

Esse som não é o som da marca oficial, mas é o som da experiência. Esse é o som que, quando eu ouço, lembro na hora do: “café quentinho”. Até minha boca começa a salivar. Juro!

Estes dias, escutei um som parecido, mas vindo de uma máquina industrial que nada tinha a ver com bebida e lembrei do café na hora. Meu cérebro foi condicionado como um ratinho em laboratório que responde a estímulos e faz relações, da mesma forma que ver uma bela foto de hambúrguer pode gerar fome. Foi aí que me veio o insight desse texto: o som de uma marca vai muito além de jingles e assinaturas sonoras. Pense comigo: quais são os sons que envolvem a sua experiência de consumo favorita? Qual marca aparece na sua mente?

Bling, tuk, pam!

Quando recebemos uma mensagem no celular. Quando chega um e-mail. Quando um programa é bloqueado. Quando um cartão de crédito é passado. Tudo é experiência sonora. Dependendo da configuração do seu celular ou computador, você terá sons pré-definidos que remetem a alguma ação, algum aplicativo ou a alguma facilidade. As marcas estão fazendo um bom uso disso?

Eu acho que ainda não. Não na sua plenitude. Quando falamos de UX (experiência do usuário), precisamos ir além, pensar nos sons, nos cheiros, nos toques etc. Tudo isso é a sua marca, mesmo que você não queira escutar.

E se a experiência não for boa? As pessoas vão falar, reclamar e fazer aquele buzz negativo que nenhuma marca quer ouvir. Em tempos de buscar diferencial competitivo, nada melhor do que escutar a experiência dos seus clientes. Eles dizem muito mais do que você pensa. Treine os seus ouvidos e… (track-rrrr…) vai um cafezinho?

Vaga para Coordenador de Núcleo Digital

Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida busca coordenador

O coordenador de mídias digitais é responsável por criar estratégias de marketing para as redes sociais e por gerar resultados que aumentem a comunidade digital ao redor da marca. Veja se você se identifica:

> Dominar a produção de conteúdo;
> Ter experiência em multiplataforma;
> Ter visão estratégica do negócio;
> Saber liderar e trabalhar em equipe;
> Possuir skill analítico de marketing digital;
> Definição de estratégias;
> Dominar as ferramentas gestão, monitoramento, análise de dados.

Requisitos:

* FORMAÇÃO SUPERIOR COMPLETA EM MARKETING/PUBLICIDADE E PROPAGANDA/COMUNICAÇÃO SOCIAL/GESTÃO EMPRESARIAL

* PÓS GRADUAÇÃO

Benefícios:

– Vale transporte;
– Cartão alimentação;
– Refeitório;
– Plano de Saúde

Candidate-se por aqui

Games e propaganda foi tema de live

Live da APP Vale tratou do universo gamer

Ontem, quarta feira, dia 19/10, a APP Vale do Paraíba realizou a quinta live deste ano. Desta vez o tema foi Games e Propaganda.

Para debater o assunto, bastante relevante e presente no cenário atual de propaganda, a associação contou com dois especialistas: Carolina Caravana, vice-presidente da ABRAGAMES; e Willian Pesenti, diretor do SBT Games.

A live discutiu temas como quais os pontos que uma marca e/ou agência deve ter em mente para buscar aderência do público e retorno de suas ações publicitárias associadas aos games.

Também foi discutido o fato de ser extremamente necessário criar campanhas e ações publicitárias não invasivas, que possam ser naturais e orgânicas, de modo a não atrapalhar o momento de entretenimento do público usuário de games. Neste tópico foram tratados temas como advergames e in game advertising.

A alta penetração e receptividade dos e-sports também foi tema da conversa. Carolina e Will apresentaram ideias para que as marcas trabalhem bem dentro deste contexto específico. Na sequência a dupla de convidados falou sobre storytelling, gamificação e games e sua profunda relação com a propaganda.

Por último, o mediador, Josué Brazil, pediu para que os convidados falassem sobre o futuro e ambos destacaram o metaverso eo VR como realidades já presentes e que devem afetar o universo gamer e a ação das marcas associadas a ele. Foram unânimes em apostar no crescimento da aplicação de verbas publicitárias no segmento e muito confiantes no crescimento do segmento no Brasil

A Associação de Profissionais de Propaganda regional Vale do Paraíba já prepara a live do próximo mês, buscando tema e profissionais que possam colaborar para a formação e o desenvolvimento do mercado valeparaibano de comunicação, propaganda e marketing.