Pesquisa mostra que a grande maioria da população está satisfeita em morar na cidade

No aniversário de 254 anos, uma São José satisfeita

Pesquisa feita pela ACI para o aniversário de São José revela que a grande maioria da população está satisfeita em morar na cidade; confira também o que não pode faltar na mesa do joseense, o que toca na playlist dele, qual seu lugar de lazer preferido e, claro, o time do coração

Uma boa notícia para a cidade que comemora 254 anos na próxima terça-feira: a grande maioria dos joseenses adora viver em São José dos Campos.

Isso é o que revela a nova rodada de pesquisas realizada pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, feita em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais), entre os dias 6 e 8 de julho, em locais de grande circulação na cidade: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7 e rua 15 de Novembro. Foram ouvidas 106 pessoas. O levantamento tem um intervalo de confiança de 95%.

Segundo a pesquisa, 98,11% das pessoas satisfeitas por morar em São José dos Campos. Isto é, de cada 100 moradores da cidade, 98 adoraram viver aqui.

E qual a razão desse contentamento? A resposta é simples: a qualidade de vida encontrada aqui. Essa foi a resposta dada por 64,15% dos entrevistados à pergunta sobre qual a principal vantagem de morar em São José dos Campos. Mas há outros motivos: 7,55% preferem viver em São José dos Campos pelas oportunidades de emprego; 6,60% destacaram a Educação como principal atrativo da cidade; 5,66% apontaram a Saúde Pública como maior vantagem; e 4,72% elogiam as praças e áreas verdes da cidade.

Mas a cidade só tem coisas boas?

Perguntados sobre eventuais desvantagens de São José dos Campos, 21,70% dos entrevistados apontaram o transporte público como principal problema, seguido de Segurança Pública (15,09%), Saúde Pública (14,15%) e falta de oportunidades de emprego (12,26%. 17,92% dos entrevistados na pesquisa ACI/Unitau não souberam apontar desvantagens ou não souberam responder.

E perguntados sobre que presente coletivo dariam à cidade no aniversário de 254 anos, as principais respostas foram: 26,42% melhorariam a área de Saúde Pública; 18,87% dariam mais oportunidades de emprego à população; 15,09% melhorariam o transporte público; e 12,26% melhorariam a Segurança e a área da Educação Pública. Prova que mesmo em uma cidade onde a grande maioria adora morar sempre têm coisas que podem ser melhoradas.

Confira os outros temas abordados na pesquisa:

Qual a sua comida preferida?

O que o joseense gosta de comer? A pesquisa ACI/Unitau revela que a disputa pelo paladar do morador de São José dos Campos é bem apertada: 7,58% elegeram o estrogonofe como seu prato preferido; 6,06% preferem churrasco;
6,06% gostam mais de lasanha; 5,30% preferem arroz, feijão, bife e batata frita, uma comida bem brasileira. Outros 5,30% gostam de massas, em geral, de macarrão a pizza.

Qual estilo de música você prefere ouvir?

Som na caixa, que o joseense é bem eclético. A essa pergunta, 23,58% dos entrevistados disseram preferir sertanejo; 16,04% gostam de rock; 14,15% disseram gostar da boa e sempre atual MPB; 12,26% gostam mesmo é de um bom forró; e 11,32% disseram preferir música gospel, com citações ainda ao pagode, funk e música erudita.

Que personalidade joseense é a “cara” de São José dos Campos?

Na “capital do avião”, o engenheiro Ozires Silva não poderia faltar na lista de personalidades mais citadas. Mas ele não está só: a lista dos mais citados inclui Zé Mira; o volante Casemiro, titular da seleção brasileira; a nadadora Fabíola Molina, eterna sereia das piscinas; os apresentadores Tiago Leiffert e Jonas Almeida; além do poeta Cassiano Ricardo e o ex-prefeito Emanuel Fernandes. Mas, vejam só, 62% dos entrevistados não citaram ninguém.

Qual o seu lugar de lazer preferido em São José dos Campos?

Isso é que é qualidade de vida: três dos quatro pontos de lazer preferidos do joseense são parques públicos. O Parque da Cidade lidera esse ranking, com 66,04% das citações, seguido do Vicentina Aranha (10,38%) e do parque Santos Dumont (5,66%). No meio de tantos parques, em terceiro lugar nas citações surgem os shoppings, pontos de lazer preferidos para 8,49% dos entrevistados.

Qual é o principal “cartão postal” de São José dos Campos?

Nesse ponto, uma surpresa: terá São José um novo “cartão postal”? Segundo a pesquisa ACI/Unitau, a resposta é sim: 45,28% dos entrevistados apontaram o Parque da Cidade como o principal “cartão postal” de São José, seguido pelo Banhado (31,13%). Empatados com 5,66% também foram citados o Arco da Inovação e os parques Santos Dumont e Vicentina Aranha.

Você pratica atividade física? Com que frequência?

O joseense é adepto do “mexa-se”, segundo a pesquisa ACI/Unitau: 58,48% dos entrevistados disseram praticar atividade física contra 38,68% que confessaram que não, não praticam e 2,83% que não quiseram responder. Sobre a frequência da atividade física, varia: 20,75% disseram praticar duas a três vezes por semana; 16,98% afirmaram ir à luta todos os dias; 12,26% responderam que praticam atividades físicas uma vez por semana; e 8,49% disseram praticar atividades físicas de quatro a seis vezes por semana.

Qual o seu time de futebol do coração?

E agora? Bem, essa questão sempre vai gerar polêmica, mas pesquisa é pesquisa. E a pesquisa ACI/Unitau mostra que o Corinthians é o time com maior torcida em São José dos Campos, com 28,30% dos entrevistados, seguido do São Paulo (18,81%), Santos (8,49%) e Palmeiras (6,60%). O São José aparece com 1,89% das citações e 4,72% disseram torcer para outros times. Com um adendo: 25,47% dos entrevistados disseram não gostar de futebol.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

Shoppings em ação no Vale do Paraíba

Colinas Shopping recebe exposição interativa sobre Olimpíadas

Com artes assinadas por Ana Baccaro, totens digitais do centro de compras vão mostrar curiosidades sobre os Jogos Olímpicos

No mês do maior evento esportivo do planeta, o Colinas Shopping traz o espírito olímpico para dentro do mall e apresenta um conteúdo especial aos clientes. Os totens do centro de compras vão expor imagens exclusivas criadas pela artista Ana Baccaro, com curiosidades sobre o evento e atletas.

Além das ilustrações, os clientes podem apontar a câmera do celular para os totens (via QRCode) e obter mais informações sobre os Jogos Olímpicos. Entre as curiosidades, estão temas educativos, como a história da chama olímpica, e informativos, como quem são os atletas da região que estarão em Tóquio. Os conteúdos também estarão no Instagram e Facebook do Colinas Shopping (@colinasshopping).

Além das curiosidades, o shopping divulgará dias e horários, principais resultados e medalhas ao longo da competição.

Ana Baccaro, a artista que assina o projeto para o Colinas Shopping, formou-se em Design de Produtos pela Belas Artes de São Paulo. Natural de Jacareí, ela mora atualmente em São José dos Campos e trabalha em seu atelier. Já desenvolveu trabalhos para a grife Reserva, Claro, Hospital viValle e GACC, entre outras marcas.

A exposição interativa começa no dia 20 de julho. Os totens estão espalhados pelo mall. Nas redes sociais, o conteúdo especial já está nos perfis do Colinas Shopping.

Fonte: Cabana Press

AD Shopping, Shopping Pátio Pinda e Taubaté Shopping promovem campanha Julho Black Brasil, com descontos de até 70%

De 22 a 25 de julho, os shopping centers de todo o Brasil do portfólio AD vão aderir à megapromoção, que traz descontos imperdíveis

A AD Shopping, maior administradora independente de shopping centers do País, o Shopping Pátio Pinda e o Taubaté Shopping darão início à quarta edição de sua liquidação Julho Black Brasil. Com produtos de diversas categorias e serviços com até 70% de desconto, a megapromoção será realizada de 22 a 25 de julho, nos empreendimentos administrados pelo grupo. Nas últimas edições, a AD teve um aumento médio de 11% no fluxo de visitantes e de 10% de vendas.

“O Julho Black Brasil é uma iniciativa da AD que passou a integrar o calendário de ações fixas da rede, e é uma das mais aguardadas datas do ano, tanto para os lojistas quanto para os consumidores. Com a reabertura do varejo e avanço da vacinação, nossa expectativa é de um aumento de 15% nas vendas dos shoppings – principalmente nos segmentos de vestuário e estética”, comenta Christian Magalhães – head de Marketing do Grupo AD.

A campanha de comunicação, desenvolvida pela agência Mega Marketing de Experiência, conta com o reforço do ator e comediante Marco Luque como garoto-propaganda. O roteiro destaca com bom humor que os consumidores estão com saudades dos descontos em lojas de shopping centers, que facilitam a compra de diferentes produtos, entre os quais, eletrônicos, vestuário, bolsas, calçados e brinquedos, e ganham força por estar em um único lugar.

Os consumidores encontrarão ofertas exclusivas em mais de 70 lojas do empreendimento nos setores de vestuário, serviços e alimentação com até 70% de desconto.

“O Julho Black é uma oportunidade a mais para o consumidor adquirir itens de desejo com preço promocional, vantagens de descontos e pagamentos facilitados. E este ano, com a expectativa de reaquecimento do varejo com o avanço da vacinação, esperamos aumentar em 10% o fluxo de visitantes”, comenta Bruna Silva, analista de marketing do Shopping Pátio Pinda.

Já Rebeca Lazarini, coordenadora de Marketing do Taubaté Shopping espera um aumento de 12% no fluxo de visitantes.

Os empreendimentos participantes da promoção podem ser consultados no site da AD Shopping.

Fonte: Communicare

A TV Thathi está chegando ao Vale do Paraíba

Entrevistamos o diretor da TV Thathi, afiliada SBT no Vale do Paraíba

O Grupo Thathi está assumindo o SBT Vale do Paraíba. Para saber um pouco mais sobre esta importante mudança no cenário regional de comunicação, marketing e propaganda, o Publicitando entrevistou Tanielson Campos, diretor executivo para o Vale do Paraíba.

Veja o que ele nos disse:

1 – Fale um pouco da TV Thathi. Em quantos mercados ela já está presente como afiliada do SBT?

Nascido em Ribeirão Preto, o Grupo Thathi é composto por três retransmissoras de televisão, nas regiões de Campinas (Record), Litoral (Band) e São José dos Campos (SBT), além da rede de rádios Nova Brasil, que está em presente em 11 cidades, de oito diferentes Estados, incluindo capitais como Rio de Janeiro, Salvador, Brasília e São Paulo, entre outras.

No Vale do Paraíba, a geração do sinal do SBT é feita para 32 cidades, podendo atingir, no médio prazo, 48 municípios, num total estimado em 3 milhões de pessoas.

Além desses veículos, o grupo tem duas rádios AM, em Campinas e Ribeirão Preto; uma rádio FM, a Difusora de Ribeirão, uma concessão de televisão em canal aberto, a TV Thathi, em Ribeirão, e um canal de televisão fechado, a Thathi In, também em Ribeirão, além de um portal de notícias, o www.thathi.com.br.

No total, a programação do Grupo alcança perto de 82 milhões de pessoas em todas as regiões.

2 – Inicialmente vocês estão trabalhando a partir de um coworking. Existem planos para uma sede e em caso afirmativo será apenas um escritório ou haverá estrutura de estúdios e produção de conteúdo?

Os planos ainda estão sendo elaborados, e não é possível, por detalhes estratégicos, relevar muito sobre os próximos passos, mas, como já disse o próprio Fernando Roxo, CEO do Grupo Thathi de Comunicação, o objetivo é investir em estrutura de estúdios e aquisição de equipamentos de alta tecnologia “para entregar o que há de mais moderno em conteúdo local para o Vale do Paraíba”.

3 – Deu tempo para analisar e entender o mercado do Vale do Paraíba? Qual é a expectativa?

Desde a negociação da parceria com o SBT, procuramos entender o mercado do Vale do Paraíba e adaptar nossa atuação para as especificidades locais. Houve estudos aprofundados sobre esse tema, mas evidentemente que esse é um processo que ainda está em construção, dada à complexidade e força econômica da região.

O que podemos dizer, sem sombra de dúvidas, é que existe espaço para o incremento de uma programação local, com conteúdo próprio e que a região tem essa demanda. Ainda estamos estruturando a melhor forma de atender essa necessidade e buscando parceiros para concretizar essa empreitada.

4 – Para finalizar fale um pouco de sua trajetória profissional.

Tenho passagens pela iniciativa pública e privada. Já fui secretário de Turismo, diretor do Instituto do Livro e Leitura e também superintendente do Departamento de Águas e Esgotos de Ribeirão Preto e atuo, desde 2018, no Grupo Thathi.

No setor público, fui um dos responsáveis por levar a seleção da França, durante a Copa do Mundo de 2014, para Ribeirão Preto, que serviu de sede para a equipe.

No setor privado, e na Thathi em específico, tenho passagens como diretor comercial do Grupo e também já fui diretor executivo das operações da Thathi no Litoral paulista, tendo recentemente sido escolhido para realizar a implantação das operações no Vale do Paraíba.

Lojistas consideram positivas vendas do Dia dos Namorados

Pesquisa ACI/Unitau revela que vendas para a data ficaram acima da expectativa inicial; tíquete-médio ficou na faixa de R$ 101 a R$ 200

O volume de vendas deste Dia dos Namorados foi considerado positivo pela maioria dos lojistas de São José dos Campos.

Isso é o que revela nova pesquisa sobre comportamento do mercado consumidor feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais). O levantamento foi feito entre os dias 15 e 18 de junho, ouvindo 200 lojistas em locais estratégicos do comércio da cidade: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e nos shoppings CenterVale, Centro e Vale Sul. O grau de confiabilidade da pesquisa é de 95%.

O levantamento mostra que o resultado das vendas do Dia dos Namorados foi aprovado por 84,5% dos lojistas entrevistados. As vendas foram consideradas positivas por 47,5% dos comerciantes e regulares para outros 37%. Só 15,5% dos entrevistados consideraram o movimento insatisfatório.

Os novos dados mostram uma reação do comércio na reta final do Dia dos Namorados. Pesquisa anterior, feita com os consumidores antes do Dia dos Namorados, apontava para um movimento mais fraco, com apenas 33% dos entrevistados afirmando que iria às compras nesta data. Segundo análise da ACI de São José dos Campos, as lojas abertas (ao contrário do ano anterior) e uma tendência, ainda que lenta, de retomada da economia contribuíram para um aquecimento nas vendas, apontada pela nova pesquisa.

Mais dados

A pesquisa ACI/Unitau apontou ainda que a maioria dos consumidores optou por comprar apenas um presente (49,5%) e que o tíquete-médio para a data oscilou entre R$ 101 e R$ 200 (28%). O levantamento revelou ainda que a grande maioria das vendas foi feita por cartão de crédito (70,5%) e que o consumidor pesquisou preços antes da compra (75,5%). Na contramão dos indicadores positivos, a pequisa ACI/Unitau apontou que o movimento de vendas do Dia dos Namorados não gerou contratação de temporários: apenas 7% dos lojistas abriram vagas temporárias para a data.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho