Shoppings em movimento em nossa região

Time de robótica formado por alunos de escolas públicas e particulares promove exposição no Taubaté Shopping

A premiada equipe Taubatexas lança campanha para arrecadar fundos para competição internacional

Até o dia 29 de janeiro, a equipe de robótica Taubatexas, formada por alunos de escolas públicas e particulares, exibirá o robô TX 02 desenvolvido pelo time e contará um pouco mais sobre as atividades do grupo em uma exposição no Taubaté Shopping. Pioneiros na cidade, contam com mais de 40 alunos e um time de 10 mentores, nas áreas de Marketing, Mecânica e Programação. “Para nós, essa visibilidade é muito importante. Muita gente não sabe que Taubaté tem uma equipe de robótica que já foi premiada internacionalmente”, comenta Rodrigo Chaves, idealizador e mentor do Taubatexas.

O time já participou de desafios e competições de robótica, nacionais e internacionais, e recebeu o Troféu Rookie All-Star Award 2019, como melhor equipe novata, em sua Regional disputada no Arkansas (EUA). Essa premiação, qualificou a equipe a disputar o campeonato mundial da First em Houston-Texas, em abril de 2019. A última premiação foi em 2022, com a conquista do prêmio de empreendedorismo, no torneio off-season da FIRST Robotics Competition (FRC), promovido pelo Serviço Social da Indústria (SESI). Essa premiação é concedida para a equipe que melhor desenvolveu um plano de negócios, com foco em definir e gerenciar os objetivos de forma contínua.

Embarque nessa jornada

Inscrita na edição 2022 da competição FIRST Robotics, na regional que será realizada em Orlando, na Flórida, o Taubatexas lança campanha para arrecadar fundos para custear a viagem do time para o torneio.

Nomeada ‘Embarque nessa jornada’, toda a estratégia foi idealizada pelos alunos de marketing. “Estamos trabalhando intensamente rumo à Orlando. Qualquer pessoa pode ajudar doando ou compartilhando nossa campanha com familiares e amigos”, comenta Mayra Salles, mentora do time de marketing. As doações podem ser feitas via PIX 37.124.329.0001/74.

Para a coordenadora de Marketing do Taubaté Shopping, Eva Santos, a iniciativa é uma oportunidade de aproximar o público desse universo tecnológico. “É muito gratificante fomentar ações que impulsionam a ciência, principalmente quando são desenvolvidas por jovens da nossa região”, reforça Eva.

Fonte: Communicare – Camila Dezze TSC

Shopping de Guaratinguetá tem ‘terças musicais’ com atrações do Vale do Paraíba

Programação com apresentações artísticas acontecerá todas as terças-feiras até o final de fevereiro

Café do Chico

Para quem deseja aproveitar a atmosfera alegre do verão e quebrar a rotina buscando descontração ao longo da semana, começa nesta terça-feira (25) o “Happy Hour na Praça”, a partir das 19h30, no Buriti Shopping Guará. A estreia da nova programação fica por conta do DJ Daniel Massa, que animará o público com um repertório musical eclético e atual.

O happy hour será realizado todas as terças-feiras na praça de alimentação até o final de fevereiro, sempre a partir das 19h30. As demais atrações serão o músico Matheus Gava (1º), a banda Café de Chico (8), o cantor Henrique Xavier (15) e o grupo Meu Amigo Gus (22).

Para acrescentar ainda mais conforto a esse momento de lazer, o evento tem a participação de restaurantes que oferecerão descontos especiais. São eles o Parmeggio, Santa Fome, Dani Gabi, Go Juice, Hashi e Patroni.

“Com esse clima quente que estamos enfrentando, tivemos a ideia de criar um happy hour com apresentações musicais no início da semana para oferecer mais uma opção de lazer agradável fora de casa e com segurança”, afirmou o coordenador de marketing do Buriti Shopping Guará, Eduardo Daltio.

Douglas – Banda Meu amigo Gus

Todas as medidas de segurança contra a Covid-19 estão sendo tomadas pela administração do Buriti Shopping Guará para seguir os protocolos de segurança do Estado de São Paulo, disponibilizando álcool em gel 70%, em todas portarias de acesso e demais áreas do shopping.

O Buriti Shopping Guará fica na avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira, nº 351, no Campo do Galvão.

PROGRAMAÇÃO
25/01 – DJ Daniel Massa
01/02 – Matheus Gava
08/02 – Café de Chico
15/02 – Henrique Xavier
22/02 – Meu Amigo Gus

Fonte: Pilares Relações Públicas – Rodrigo Machado

Vaga para executivo de contas

Decoli busca executivo de contas

A Decoli Mídia, empresa de mídia exterior/ooh está em busca de executivo de contas. Veja o descritivo completo da vaga e o contato para envio de CVs na arte abaixo.

Shopping Pátio Pinda recebe campeonato de Free Fire neste fim de semana

As vagas são limitadas e o torneio terá premiações de até R$ 1.000

O campeonato de um dos jogos eletrônicos mais populares entre os jovens chega ao Shopping Pátio Pinda neste fim de semana. O torneio, em equipe, de Free Fire acontece no sábado (29) e domingo (30), das 12h às 21h, próximo à loja Ri Happy. As vagas são limitadas e para participar é necessário realizar inscrição pelo WhatsApp: 12 98226-3439.

A idade mínima para integrar uma equipe é de 12 anos e menores de 16 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou responsáveis, portando os respectivos documentos. A taxa de inscrição para o evento é de R$ 25 por equipe, sendo que cada time poderá ter até cinco participantes. A competição terá premiações de até R$ 1.000, além de medalhas e brindes que serão distribuídos durante o evento.

O Free Fire é um jogo gratuito de fácil acesso, pois não exige tecnologia avançada para jogar e por isso pode ser executado em celulares mais simples. No dia do evento, cada integrante deverá portar o seu aparelho com internet móvel disponível para participar do campeonato. O evento está em sua segunda edição no Shopping Pátio Pinda e acontece em parceria com a Hitman Eventos.

Fonte: Communicare – Camila Dezze SPP

Web3: uma nova revolução vem aí

A web3 é a nova revolução na forma de interagir digitalmente. Entender porque esse tema se tornou tão usado nos últimos dias é o ponto de partida.

A web3 é basicamente (e exatamente) a terceira geração da internet. Tá, mas e o que isso tem a ver?

Vamos lá! De acordo com o pessoal do portal americano GizModo, para os profetas é uma revolução; para os céticos, é um castelo de cartas bem exagerado.

Foto: ViDIstudio/ Freepik

Em outras palavras, e para ser bem mais claro, web3 diz muito a respeito de informação descentralizada. Por isso pode ser associado a outros termos bastante em alta, como blockchain, criptomoedas e NFTs, ou tokens não-fungíveis/permutáveis.

Embora muitas das promessas da web3 ainda precisem ser implementadas ou mapeadas adequadamente, parte dessa revolução já faz parte do nosso dia a dia.

Voltamos na internet dos anos 2000? Muita calma nessa hora!

Web3: a revolução da internet

Se você está lendo este artigo, certamente passou pela era da internet discada com páginas estáticas, ou em outras palavras, a era da web1.

Os sites tinham muita informação e notícias. As imagens eram totalmente fora de padrão, ocupavam quase que a página inteira e os vídeos, pra não dizer que não existiam, eram totalmente fora de questão, pesados e sem qualidade.

Logo no início do século 21, chegou a então super moderna web2, onde o dinamismo e edição eram voltadas aos usuários. Foi mais ou menos como um adeus às páginas estáticas.

Vamos falar a verdade, quantos aqui neste grupo nos cadastramos no gmail apenas para ter acesso a todas as possibilidades oferecidas pelo Google? Isso sem contar na distribuição de conteúdos próprios na web.

Além disso, aquele probleminha das imagens e vídeos da era anterior foram superados.

O mundo atual, e talvez, ideal

A tecnologia evoluiu tão rapidamente neste quesito que agora falamos em lives, transmissões ao vivo, alta resolução, qualidade, áudio e vídeos prefeitos pela internet, e assim vai.

Mas há uma razão em especial para atualizar: a descentralização!

Isso já está bastante comum com as criptomoedas e as aplicações de blockchain, mas é sempre bom reforçar.

Nesta nova era, plataformas que acumulavam informações como Google, Meta, Apple, Microsoft, Amazon, por exemplo, tornar-se-ão mais democráticas e com conteúdo totalmente descentralizado.

A chave principal para essa revolução da descentralização é a tecnologia blockchain, que distribui a informação em registros publicamente visíveis e verificáveis (desde autorizados e de acordo com LGPD). Além disso, podem ser acessados ​​por qualquer pessoa, em qualquer lugar.

E como dica, associe sempre web3 à descentralização, dinamismo, blockchain e criptomoedas. Essa é a nova era da internet!

Espero que a sua passagem para esta nova era da web3 seja tranquila e segura tanto quanto a tecnologia que o blockchain nos oferece!

Nos vemos no próximo artigo.

Mauricio Conti é Engenheiro de Computação, founder do Simples ID, CPO wconnect, Conselheiro Administrativo, Profissional de tecnologia e Saúde Digital, influenciador digital nas áreas de Blockchain e NFT.