Agência busca Atendimento

Vaga Atendimento Publicitário Exclusivo

A BZ Propaganda está com uma vaga aberta para Atendimento Publicitário exclusivo, com início previsto para 5 de janeiro de 2022.

Local: Presencial em São José dos Campos (SP)

Requisitos:
– Formação em Publicidade
– Disponibilidade para trabalhar presencialmente em São José dos Campos (SP)
– Experiência na área de atendimento publicitário ou tráfego em agência de publicidade

Se preferir, envie o currículo para curriculum@bz.ppg.br.
O trabalho será presencial, em São José dos Campos (SP), em horário a combinar.

6 tendências de comunicação e marketing para 2022

Por Talita Scotto*

Está mais do que claro que a pandemia mudou a forma de trabalho, acelerou a digitalização de empresas e consumidores, além de transformar a maneira como os eventos acontecem – tudo isso abriu mais espaço para a inovação das marcas-, acesso a talentos sem fronteiras e, claro, a internet se tornou território ainda mais constante de todos.

Diante disso, confira 6 tendências de comunicação e marketing que podem auxiliar as estratégias da sua empresa em 2022.

1) A volta dos eventos presenciais e o formato híbrido

Os eventos online foram muito bem-vindos durante a pandemia e houve um grande avanço neste quesito, mas o presencial pode ganhar força em 2022. Para o próximo ano, a expectativa é de 700 feiras e evento de negócios no Brasil, de acordo com a Ubrafe (União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios).

Feiras como a Couro Moda, uma das principais do setor de moda e calçados, já é uma das primeiras a abrir o ano com transmissão ao vivo das palestras presenciais, reforçando o sucesso de eventos no formato híbrido.

2) Publicidade Autêntica

Para 64% dos jovens entre 16 e 24 anos, a publicidade tradicional não impacta mais. Estes dados são do Think With Google e mostram que autenticidade é a melhor forma de engajar as marcas com a geração Z. Como destaque vemos o crescimento do TikTok e o interesse pela presença de marcas que, veem nos influenciadores e na capacidade do app, em levar sua comunicação para um público que quer algo cada vez mais próximo do real.

Ser espontâneo, ter bom-humor e uma boa CTA podem conduzir marcas ao sucesso.

3) Produção de conteúdo

Parece mais do mesmo, mas a criação de conteúdo se tornará ainda mais importante quando falamos de gerar interesse em meio a consumidores cada vez mais conectados. Se estamos mais grudados nas telas, reter atenção é mais desafiador.

Portanto, criar conteúdo multiplataforma é ainda mais necessário e isso não significa que eles devam ser iguais, mas sim, que possam engajar dentro do formato de cada plataforma. Isso também envolve co-criação com influenciadores.

4) Canal exclusivo de comunicação e captação de dados

Acessar o consumidor pode ser tornar ainda mais difícil no futuro, isso porque até 2023 o Google pode deixar de rastrear os Cookies, que são fundamentais para campanhas de marketing e remarketing. Desta forma, o mercado ainda aguarda um substituto aos cookies, mas também já pode se adiantar para criar estratégias de comunicação exclusivas com o seu cliente.

Pensar em canais exclusivos de relacionamento, como portais, blogs e landing pages próprios para relacionamento com o cliente e captação de dados (desde que adequados a LGPD) é uma saída. A partir daí, nutrir estes leads com qualidade é o próximo passo para ganhar autoridade criando uma comunicação eficiente nos canais digitais.

5) Influenciadores digitais

Para o Influencer Marketing, 82% das pessoas acreditam na opinião de influenciadores digitais e eles continuam como interlocutores importantes na comunicação, visibilidade e conexão entre marcas e consumidores. A Satiko, persona/influenciadora digital da apresentadora Sabrina Sato, é um exemplo recente das novas experiências que o marketing de influência pode proporcionar. Mais conteúdos e mais oportunidades de negócios.

6) Programa de assinaturas para “tudo”

Se você já foi impactado por diversos planos para assinar algo que gosta, prepare-se porque a tendência é que, cada vez mais, haja uma crescente nas assinaturas – principalmente em plataformas de stream.

Com mais público consumindo o que realmente gosta, a publicidade também tende a migrar da mídia tradicional para ambientes em que já conhece seu cliente e pode entregar uma comunicação mais customizada e assertiva.

*Talita Scotto é diretora da Agência Contatto, empresa de Digital PR com 12 anos de expertise no mercado de comunicação.

GP faz evento presencial

Cafezinho com planners

O evento será em local aberto;

Obrigatório uso de máscara;

Solicitamos comprovante de vacinação;

Evite ir ao evento se estiver com febre ou algum sintoma de gripe.

Não recomendamos contato físico.

Quando?
02/12/2021, das 9:30h às 12:40h

Quanto?
R$ 50,00 para associados
R$ 100,00 para não associados

Programação:

CREDENCIAMENTO E CAFÉ DA MANHÃ

ABERTURA E BRIEFING DESAFIO COM A GABI SOARES (TALENT E GP)

O JOB QUE DESANDOU COM: AMANDA AGOSTINI (GUT), GUSTAVO SANTOS (GREY), JOÃO GABRIEL (ALMAPBBDO) E RITA ALMEIDA (ALMAPBBDO)

NA MESA COM AS CABORÁVEIS COM: AGATHA KIM (BETC/HAVAS), GABRIELA RODRIGUES (SOKO), SUMARA OSORIO (VMLY&R) E MODERAÇÃO: RENATA D’AVILA (FCB)

TRABALHANDO NO CAFÉ COLABORANDO NUM DESAFIO REAL MODERAÇÃO COM NEWTON NAGUMO (HEADS E GP)

Como me aplicar para bolsa integral do evento?
Clicando aqui.

Cafezinho com Planners será um grande reencontro, para quem estava com saudade dos eventos presenciais. Hoje também estão liberadas as inscrições para bolsas, link aqui acima. E para se inscrever clique neste link.

Brasil vai bem no El Ojo

Brasil conquista 141 troféus, sendo 3 Gran Ojos, no El Ojo de Iberoamérica 2021

Principal evento criativo das Américas, o Festival Internacional El Ojo de Iberoamérica, que em 2021 completou 24 anos, termina com um saldo bastante positivo para a publicidade brasileira. Nos três dias do evento nosso país ganhou 3 Gran Ojo (ou Grand Prix): em Filme, Digital & Social e PR. O Brasil ganhou também 40 troféus de Ouro, 48 de Prata de 50 de Bronze, o que soma 141 prêmios para o país.

Somente na quinta-feira, 25, o Brasil conquistou 49 prêmios: 2 Gran Ojo, 12 troféus de Ouro, 20 de Prata e 15 de Bronze nas categorias Filme, Conteúdo, Design, Digital & Social, Sustentável, Inovação e Terceiro Ojo. Em Melhor Ideia Latina para o Mundo, o Brasil um troféu. Confira (mais abaixo) o rol com todos os premiados brasileiros neste último dia de festival.

EL OJO LOCAL – DESEMPENHO

Também foram revelados no último dia do festival os ganhadores do El Ojo Local – Desempenho. São as empresas e pessoas mais premiadas em 2021 no festival, por país. Na publicidade brasileira, os vencedores são:

Agência: Africa

Criativo: Sergio Gordilho (Africa)

Produtora: Saigon Filmes

Realizador (diretor de cena): Vellas

Anunciante: AmBev Brasil

OS MELHORES DE TODA A IBEROAMÉRICA

Pela quarta vez a Africa ganha o título de Agência do Ano no Festival Internacional El Ojo de Iberoamérica. Além deste ano, ela venceu em 2017, 2019 e em 2020. Essa é primeira vez nos 24 anos do festival em que há um vencedor como Agência do Ano em três edições consecutivas. Vale lembrar ainda que Sérgio Gordilho também é “tetracampeão” no El Ojo, pois em todos os anos em que a Africa foi a Agência do Ano, Gordilho foi o Criativo do Ano.

Veja abaixo todos os ganhadores como Melhores da Iberoamérica em 2021

Melhor Rede da Iberoamérica: DDB Latina

Melhor Agência: Africa

Melhor Agência Independente: We Believers

Melhor Criativo: Sérgio Gordilho (Africa)

Melhor Produtora: Oriental Filmes

Melhor Realizador: Alaska

Melhor Anunciante: Burger King

Nos 24 anos de El Ojo de Iberoamérica, uma agência brasileira saiu-se vencedora do título de Agência do Ano em 12 edições do festival. A DM9 em 1998; a AlmapBBDO em 2000, 2004, 2005, 2008, 2012, 2015 e 2016; e a Africa em 2017, 2019, 2020 e 2021.

Confira também a lista de vencedores brasileiros deste último dia do El Ojo, por categoria, além dos cases que ganharam Grand Prix (independentemente do país). Clique aqui para ver as listas com todos trabalhos vencedores, de todos os países, em todas as categorias, durante o 24º El Ojo de Iberoamérica.

Filme

A competição de Filme teve o Gran Ojo conferido ao Brasil. Ele foi conquistado pela agência Africa, com o trabalho “Let her run”, para Sportv, produzido pela Santeria, com direção de cena de Rafa Damy.

Os 10 prêmios brasileiros em Filme ficaram, então: 1 GP, 3 Ouro, 4 Prata e 2 Bronze. A Africa levou o GP e 2 Ouro, a GUT ganhou 1 Ouro, a W+K levou 2 Prata; a AlmapBBDO e a Wunderman Thompson levaram levou 1 Prata cada, enquanto Fields360 e Leo Burnett Tailor Made levaram 1 Bronze cada.

O júri de Film foi presidido pelo brasileiro Hugo Veiga (AKQA) e os jurados brasileiros foram Rafael Pitanguy (VMLY&R) e Mariana Sá (W/McCann).

Conteúdo

Nessa categoria, o Brasil ganhou oito troféus: 2 Ouro, 2 Prata e 4 Bronze. O Gran Ojo foi para o México, com o trabalho “El clássico de la historia”, da We Believers para AB InBev.

Os oito premios brasileiros foram para Africa (1 Ouro, 2 Prata e 2 Bronze), Betc Havas (1 Ouro), Sunset e Wunderman Thompson 1 Bronze cada.

O júri de Conteúdo foi presidido pela chilena Ingrid Lira Dellachiesa (Puerto) e os jurados brasileiros na competição foram Vinícius Malinoski (Netflix Brasil) e Nicolás Romanó (Wunderman Thompson).

Design

A criatividade brasileira ganhou 10 troféus em Design: 3 Ouro, 5 Prata e 2 Bronze. O GP foi para os Estados Unidos, com o case “Degree Inclusive” feito pela Wunderman Thompson para Unilever/Rexona.

Os prêmios brasileiros foram para Africa (2 Ouro, 3 Prata e 1 Bronze), Wunderman Thompson (1 Ouro), FCB Brasil e R/GA (1 Prata cada) e Try (1 Bronze).

Design teve Josefina Casellas, da R/GA Buenos Aires, como presidente de júri, e os brasileiros Luis Bartolomei (CBA B+G), Eduardo Basque (McCANN Health) e Ricardo Miller (Oliver / U-Studio) como jurados de nosso país.

Digital & Social

Nosso país levou 10 troféus em Digital & Social. O GP dessa competição é brasileiro. Foi para a Africa, com o case “Sala 2032”, criado para House of Lapland, com produção da Primo Content em conjunto com a Triatoma e direção de cena de Santi Dulce.

Os outros prêmios do Brasil foram, então: Africa (GP, 2 Ouro, 1 Prata e 2 Bronze),

Almap (1 bronze), FCB Brasil (2 Prata) e Grey Brasil (1 Prata).

A presidência do júri do El Ojo Digital & Social foi de Sebastián «Patán» Tarazaga (Wunderman Thompson Latam) e os jurados brasileiros nessa competição são Giacomo Groff (R/GA SP) e Sergio Mugnani (Sunset DDB).

Inovação

Apenas um troféu foi conferido ao Brasil nessa competição: 1 Prata, para MullenLowe).

O Gran Ojo foi para o case “Waterlight”, da Wunderman Thompson Colômbia, para Edina.

Sustentável

O Brasil levou oito troféus na categoria, sendo 2 Ouro, 2 Prata e 4 Bronze.

A Africa ganhou 1 Ouro e 1 Prata, a Betc Havas 1 Ouro, enquanto Sunset DDB e Wunderman Thompson ganharam 2 Bronze cada.

O júri foi presidido por Andrés Ordóñez, da FCB Chicago, e Adriana Cury (Nova S/B) foi a única brasileira no corpo de jurados da categoria.

El Terceiro Ojo

Apenas um prêmio brasileiro foi conferido nessa competição neste ano: 1 Prata, para Africa.

O GP foi para o case “It’s on us”, da LolaMullenLowe para Unilever Uk/Dove.

O júri foi presidido pelo brasileiro Alex Okada (MullenLowe Londres) e Luciana Haguiara (Media.Monks Brasil) foi a brasileira no corpo de jurados.

Melhor Ideia Latina Para o Mundo

O Brasil levou somente um troféu nessa competição. Ele é de Prata e foi conferido à Africa. O GP foi para o case “#SeguimosHablando”, da Publicis México, para Propuesta Cívica AC.

Os ganhadores nessa competição são definidos pelo conjunto de presidentes de júri de todas as categorias do El Ojo de Iberoamérica.

Erro na contagem de quarta-feira, 24

Por uma falha da organização do El Ojo, nas premiações do segundo dia do festival foram consideradas como Melhor Ideia Latina Para o Mundo os mesmos vencedores de Melhor Ideia Local. A organização pede desculpas pelo equívoco, corrigido neste último dia do evento. Co isso, foram subtraídos da contagem geral de prêmios os seis prêmios atribuídos a Melhor Ideia Latina Para o Mundo no segundo dia e incluído apenas o único troféu na competição.

Sobre o El Ojo de Iberoamérica

O El Ojo de Iberoamérica é o primeiro festival internacional com uma abordagem e uma visão latina da criatividade, da comunicação e do entretenimento. Em cada uma de suas edições e nos últimos 24 anos, o El Ojo reuniu o talento e o espírito latino, projetando-os e integrando-os ao mundo. As chaves do sucesso encontram-se nos pilares que deram origem ao festival: formação, inspiração, encontro, reconhecimento dos melhores trabalhos e dos profissionais e empresas que os criaram e, em última instância, o estímulo para que a indústria cresça todos os anos e se consolide como referência mundial em criatividade. Todos os anos, o El Ojo impulsiona os limites do talento, da criatividade e da comunicação latina, faz com que ela cresça e se fortaleça. O El Ojo vê mais além e se consolida como o lugar por excelência para se encontrar, estreitar e fortalecer laços, trocar experiências e projetar o talento latino além das nossas fronteiras regionais.

Fonte: Casa do Bom Conteúdo – Monique Lima