Destination São José dos Campos melhora a experiência de passageiros

Destination São José dos Campos eleva a experiência de 3.100 passageiros que usaram a rota São José-Rio no primeiro mês

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Desde a inauguração de sua sede física no SJK Airport, a Destination São José dos Campos (DSJC) tem desempenhado um papel crucial na experiência dos passageiros que utilizam o aeroporto. Com um “hospitality point” estabelecido no saguão, a DSJC tem sido uma fonte confiável de informações e suporte para os viajantes, contribuindo para uma transição suave e agradável durante sua passagem pela cidade.

No último mês, os números impressionantes da nova rota São José dos Campos-Rio de Janeiro refletem não apenas a crescente demanda por viagens aéreas, mas também a eficácia das iniciativas de hospitalidade e suporte implementadas pela DSJC. Com aproximadamente 3.100 passageiros transportados e uma média de ocupação de 70%, a rota demonstrou um alto nível de interesse e satisfação por parte dos viajantes.

“A Destination SJC tem desempenhado um papel fundamental em proporcionar uma experiência positiva aos passageiros que utilizam o SJK e passam por São José dos Campos. Estamos extremamente satisfeitos com os resultados alcançados neste primeiro mês de operação e continuaremos a trabalhar para garantir que os turistas se sintam cada vez mais bem-vindos a nossa cidade”, disse Mauricio Guisard, presidente da entidade.

Além disso, a pontualidade e regularidade dos voos na rota São José dos Campos-Rio de Janeiro, com 100% de regularidade e pontualidade, destacam o compromisso tanto da DSJC quanto da concessionária SJK Airport em oferecer um serviço de alta qualidade aos passageiros.

Os voos têm três frequências semanais diretas, de ida e volta, partindo de São José sempre às 6h20, às segundas, quintas e sábados, com chegada ao RIOgaleão às 7h25. Os voos provenientes do Rio de Janeiro decolam do RIOgaleão às 21h55, pousando em São José dos Campos às 23h, sempre às quartas, sextas e domingos. Os bilhetes para os voos podem ser adquiridos no site da companhia aérea e em agências de viagem.

Perfil

O “Hospitality Point“ da Destination São José dos Campos é um ponto fixo de hospitalidade à cidade e à região que está em funcionamento no balcão de acesso do aeroporto, com o objetivo de indicar hotéis, restaurantes, passeios e tudo de bom que a cadeia de serviços tem para oferecer aos passageiros que desembarcarem no SJK, sempre nos horários que os voos acontecem. A iniciativa pretende reforçar o compromisso da associação em fomentar o turismo na cidade e proporcionar uma experiência acolhedora aos visitantes.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabu Camacho

Saiba quais são os influenciadores mais procurados pelas marcas em 2024

Camila Coutinho, Jade Picon e Vanessa Rozan aparecem no topo. Dos 20 influenciadores mais procurados, 19 são mulheres

Os primeiros quatro meses de 2024 foram marcados pela procura de 10 mil influenciadores brasileiros na plataforma Influency.me, que reúne mais de 3 milhões de profissionais da influência digital.

Entre os 20 profissionais mais procurados para campanhas, 19 são mulheres. Destacam-se os diferentes tamanhos das contas, que vão desde influenciadores como a Maísa, com 48 milhões de seguidores, até aqueles com cerca de 100 mil seguidores, como Matheus Ferreira (Geek Publicitário) e Mônica Pinto.

“A busca por influenciadores de porte mediano (entre 10 mil e 100 mil seguidores) é uma tendência de mercado. Os grandes influenciadores, que muitas vezes também têm projeção como artistas ou cantores, são bastante procurados, mas as marcas estão cada vez mais apostando na capilaridade das ações e na construção de campanhas com um maior número de perfis”, explica o CEO da Influency.me, Rodrigo Azevedo.

Confira os 20 influenciadores mais procurados em 2024:

Os influenciadores mais procurados são os preferidos por 2 mil clientes da plataforma Influency.me. “Nesse levantamento, consideramos os influenciadores que foram mais inseridos em campanhas. Ou seja, são os que mais vezes foram cotados para contratação e estão entre os favoritos de 2024”, considera o CEO.

Até a contratação ser efetivada, outras questões podem ser determinantes, como disponibilidade de agenda do influenciador, budget de campanha e alinhamento do profissional à marca.

Tendência de campanhas com mais influenciadores

No último ano, 38% das campanhas tiveram entre seis e dez influenciadores contratados, enquanto 32% tiveram cinco influenciadores contratados. O dado representa um crescimento em relação a 2022, quando a maior parte das campanhas contavam com cerca de três influenciadores.

Segundo a pesquisa anual realizada pela Influency.me, até 66,7% das empresas devem aumentar os investimentos em marketing de influência em 2024, o que demonstra um amadurecimento do mercado e das relações entre marcas e diversos perfis de influenciadores.

“Chegar a diversos públicos requer a contratação de diferentes perfis de influenciadores. Ainda que sejam do mesmo nicho, cada influenciador se conecta melhor com um público. Os dados do 1º trimestre de 2024 refletem bem essa tendência de mercado e demonstram que campanhas mais robustas estão sendo desenvolvidas junto a influenciadores”, finaliza o CEO.

Fonte: Trama Comunicação – Flávia Salmázio

Discutindo negócios e ampliando o mercado

Por Josué Brazil

A Rede Vanguarda realizou ontem, dia 18 de abril, no Auditório do Hyde Park em São José dos Campos o evento Vanguarda Negócios. O evento atraiu um público bastante grande e representativo de diferentes setores do mercado valeparaibano: empresários, gestores públicos, publicitários e profissionais de marketing.

O jornalista Ademir Ribeiro faz a apresentação do Vanguarda Negócios

Com foco em estreitar relacionamento com os diferentes elos do mercado do Vale do Paraíba, o evento contou com uma grade de palestras/conversas com gestores de várias áreas da Vanguarda, cada um trazendo realizações e projetos de interesse para o mercado.

Após um café da manhã para receber os convidados o evento teve início com Silvana Gomes, Gestora Comercial da Vanguarda, e Diogo Boni,acionista, trazendo e contextualizando dados e informações bastante relevantes de nossa região. Dados que apontam para o enorme potencial de consumo da Região Metropolitana do Vale do Paraíba. Chamaram a atenção os dados sobre população flutuante em função do turismo, com destaque para o turismo de férias/feriados e o turismo religioso.

A área de jornalismo também apresentou projetos já realizados e trouxe informações sobre projetos especiais que estão por vir, como a comemoração dos 100 anos do Parque Vicentina Aranha em S.J. dos Campos e a Festa de Quiririm, em Taubaté. Maurício Setúbal, líder do jornalismo na emissora, acrescentou em sua fala que para além de novos projetos, há o compromisso por ouvir e conhecer boas histórias de nossa região para que possam ser levadas ao grande público.

Da esquerda para direita: Josué Brazil, do Publicitando e da APP Vale; Andresa Manckel dos Santos, Executiva de contas na Rede Vanguarda e Deborah Meister da Tríadaz Publicidade & Propaganda

Sandro Sereno, responsável pela área de engenharia trouxe uma fala muito elucidativa e didática sobre a TV 3.0. Destaco da fala do Sandro os aspectos relativos às novas possibilidades comerciais que surgirão com a TV 3.0. Para mim, um dos pontos altos do evento.

O encerramento não poderia ter sido melhor. Ricardo Reuters, Estrategista de Marketing, especialista em Varejo Físico e Globo Business Partner, falou sobre desenvolvimento de mercado e do papel fundamental do pensamento estratégico em comunicação. Foi uma fala muito rica.

Houve muita interação e relacinamento entre os convidados ao longo do evento. E até mesmo negócios foram fechados durante sua realização.

O mercado de propaganda, marketing e comunicação do Vale do Paraíba precisa de mais eventos assim. Precisa do envolvimento e participação das lideranças de seus principais players. Precisa que outros veículos e fornecedores proporcionem momentos e encontros como o que nos proporcionou ontem a Rede Vanguarda.

A APP (Associação de Profissionais de Propaganda) do Vale do Paraíba tem mantido também um calendário de encontros e palestras ao longo deste ano e dos anos anteriores desde 2021. E tem buscado ampliar a presença de profissionais do mercado em cada evento realizado.

Bora lá se movimentar, mercado de propaganda e comunicação. Bora fazer acontecer!

Páscoa 2024: ACI prevê crescimento de até 15% nas vendas

Número deve ser alavancado principalmente pelo consumo de bebidas e alimentos, como o bacalhau.

À medida que a Páscoa se aproxima, é natural que o pensamento dos brasileiros se volte para o tão sonhado ovo de chocolate e, logo depois, para o peixe que será preparado na Sexta-Feira Santa. São tradições que já fazem parte da cultura das famílias, que compõem um período repleto de simbologias e de afetividade.

A respeito disso, a Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos (ACI-SJC) aponta otimismo com as perspectivas comerciais deste ano, prevendo um crescimento de até 15% em artigos alimentícios relacionados à data. Um deles é o insubstituível chocolate. Mesmo com o aumento dos preços deste doce (3,8% em relação ao ano anterior), os consumidores pretendem manter a tradição e devem garantir que o feriado não passe sem ele.

Sidiney Godoy, Presidente da ACI, comenta sobre a importância do chocolate, em especial o que vem em formato de ovo, para as famílias ao redor do mundo:

“Do ponto de vista religioso, o ovo é considerado símbolo do nascimento e da vida, que marca o renascimento de Jesus. Para as crianças, que ainda não entendem completamente o significado religioso, é um momento cheio de alegria e de construção de boas memórias. É, de fato, uma data muito especial.”

Mas nem só de doces é feita a Páscoa. Na semana que a antecede, acontece a Semana Santa e, como parte da tradição, a sexta é reservada para o consumo de peixes.

Sobre o assunto, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) adianta que haverá um possível aumento no consumo desse tipo de alimento e também do de bebidas, colocando o peixe congelado (+13,9%) e o bacalhau (+12,9%) como duas das principais possibilidades para irem à mesa do brasileiro nesta sexta-feira. O azeite, item que ajuda a compor o prato e, por isso, bastante utilizado nesta ocasião, vem como o principal “causador” do aumento do ticket médio nesse almoço (24,7% ante o registrado no ano anterior).

Observando a trajetória recente, com o país experimentando melhorias nos indicadores de emprego e renda, a ACI-SJC volta a destacar perspectivas positivas de vendas para o comércio da cidade durante o feriado. Esses dados refletem não apenas o fortalecimento do mercado, mas também o papel essencial que as tradições desempenham na dinâmica econômica, impulsionando as vendas de produtos específicos em adequada sintonia com a cultura nacional.

Fonte: Mônica Lima