Projeto da UNITAU vai a Fórum Nacional

Projeto da UNITAU representará o Estado de São Paulo no Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas

Projeto O Homem e o Rio abrange 27 municípios e 90 escolas da região e oferece material educativo sobre a Bacia do Rio Paraíba do Sul

            O projeto de extensão O Homem e o Rio, da Universidade de Taubaté (UNITAU), foi escolhido para representar o Estado de São Paulo no 12º Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (12º Encob), que reunirá projetos de reconhecida excelência no Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas que será realizado de 22 a 26 de novembro, em Fortaleza. A seleção foi realizada, neste mês, durante o Fórum Paulista da Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente (Fenasan).  

          
            O projeto da UNITAU concorreu com outros cinco projetos realizados em parceria com Comitês de Bacias Hidrográficas do Estado na área de comunicação e mobilização – dentre seus objetivos, O Homem e o Rio leva às escolas o debate sobre os aspectos geográficos, ambientais e culturais que envolvem a Bacia do Rio Paraíba do Sul.
            Pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias e coordenador do projeto da UNITAU, o Prof. Dr. José Felício Goussain Murade destaca o papel da Universidade na promoção de ações voltadas à educação ambiental. “As atividades do projeto reforçam a prática da UNITAU a favor do meio ambiente e o papel da comunidade no processo de educação, além de fortalecer a parceria da Universidade com o Comitê de Bacias Hidrográficas do Estado de São Paulo”, explica. ”Este é o 5º prêmio que recebemos, o que faz do projeto O Homem e o Rio o mais premiado da UNITAU”, ressalta o Pró-reitor.
       
O HOMEM E O RIO – O Projeto O Homem e o Rio foi idealizado a partir de um trabalho de assessoria de comunicação para o CBH-PS. Durante o desenvolvimento das ações, que envolveu alunos, professores e funcionários do Departamento de Comunicação, foi verificada a necessidade da criação de uma proposta pedagógica que levasse para as escolas da região aspectos geográficos, ambientais e culturais que envolvem a Bacia do Rio Paraíba do Sul.
            Para a implementação do projeto, foram desenvolvidas cartilhas para estudantes e professores do ensino fundamental, vídeos educativos e atividades preparatórias para o uso do material pedagógico. A distribuição do material abrangeu 90 escolas e 27 municípios da região. “Tivemos a oportunidade de desenvolver o primeiro trabalho de educação ambiental com base nas características regionais, o que fortalece o comprometimento dos cidadãos com o meio que os cerca. É conhecendo que se aprende a amar, respeitar e cuidar de nossos rios, tão importantes para a qualidade de vida do homem”, completa Murade.

Thiago Masson
ACOM/UNITAU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *