Para uma ideia acontecer!

Como tirar uma ideia do papel e colocá-la na rua. Confira oito dicas de um especialista no assunto

Algumas dicas valem ouro na hora de começar uma startup, mas onde encontrá-las, com quem falar, por onde começar? A IN3, software house nascida dentro de uma venture builder, desenvolve projetos desde sua concepção até o produto final e seu CEO Ale Porto tem alguns conselhos para quem quer começar uma startup.

Confira oito conselhos de quem ajuda diariamente startups a transformar ideias em realidade:

– Pesquisar o mercado e identificar quem são os concorrentes. É sempre importante reconhecer se existe espaço para mais um negócio ou, quando disruptivo, se questionar do porquê não foi feito ainda ou se existe algum caso sem sucesso;

– Saber com quem vai se associar, muitos negócios chegam ao fim por escolhas erradas de sócios;

– Ter um business plan do seu negócio muito bem detalhado. Muitas pessoas tem boas idéias, mas não sabem como monetizá-las;

– Não querer abraçar o mundo e fazer tudo sozinho. Se você não conhece bem alguma área, como por exemplo, jurídica ou financeira, é bom recorrer a especialistas para ajudar no seu crescimento do seu negócio;

– Testar! Essa é a melhor maneira de saber se o negócio realmente funciona. Colher feedbacks com o público e até mesmo com amigos e familiares;

– Contratar uma equipe correta é essencial para o sucesso da empresa, equipe e produtividade caminham juntas;

– Uma ideia não acontece sozinha, a prática é muito mais complicada do que parece:

– Acreditar no negócio e ter muita força de vontade fazem a diferença nos momentos mais complicados;

– Timing é a palavra de ordem, saber o momento certo de colocar o produto na rua pode mudar o curso de uma startup.

“Um bom aplicativo se vende sozinho, porém não meça esforços para investir em marketing”, completa Ale Porto.

Fonte: Incube Mobi – Thaina Protta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.