Prêmio nacional no currículo

Direto do www.csonlineunitau.com.br

Jornalista recém-formado pela Unitau recebe prêmio nacional

O jornalista formado pelo Departamento de Comunicação Social da Universidade de Taubaté, Ivan Martínez Vargas de Souza, foi o vencedor na categoria Produção em Jornalismo Interpretativo com seu livro-reportagem “Até o fundo do poço: entrando e sobrevivendo no mundo das drogas” da XVIII Expocom Nacional – Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação, evento do XXXIV Congresso Nacional da Intercom, promovido pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares de Comunicação, realizado entre os dias 2 e 6 de setembro, em Recife.

Para concorrer ao prêmio, Ivan Martínez conquistou o 1° lugar no Expocom Sudeste, etapa realizada em São Paulo em maio de 2011, em que projetos de comunicação são classificados para disputar o Expocom Nacional, concorrendo com trabalhos de todas as regiões brasileiras em suas respectivas categorias. Além do troféu e certificado, como vencedor da categoria, Ivan terá a oportunidade de ingressar com mais facilidade em um mestrado. “É um prêmio importante para quem está começando sua carreira. A minha intenção é continuar publicando minhas matérias e fazer outro livro sobre dependência química”, completa o ex-aluno.

O jornalista se formou em 2010 na Universidade de Taubaté, e no seu último ano da faculdade produziu, sob orientação da Profª. Dra. Eliane Freire de Oliveira, o livro-reportagem como trabalho de conclusão de curso, obra que traz relatos de dependentes químicos que usam drogas sem que seus familiares, amigos e colegas de trabalho desconfiem do vício. No mesmo ano, Martínez foi selecionado entre 1900 candidatos para ser um dos 30 participantes do Curso Intensivo de Jornalismo Aplicado do jornal O Estado de S. Paulo. Após o curso, ele fez parte do banco de focas do Estadão e já atuou em uma revista especializada em economia. Além disso, fez um free-lance para revista Superinteressante, da Editora Abril e atuou na produção do programa “E aí, Doutor?”  da Rede Record, em São Paulo.

O ex-aluno Ivan Martínez Vargas de Souza na premiação

O ex-aluno Ivan Martínez Vargas de Souza na premiação

A vitória do ex-aluno em um evento nacional destaca seu mérito como um profissional bem preparado para o mercado. “É uma competição que envolve os alunos de Comunicação de todo o Brasil, isso projeta o nome da universidade e coloca a Unitau entre as melhores do Brasil”, avalia o Prof. Ms. Maurílio Láua, do curso de Jornalismo da Unitau.

Por Bruna Guarany – 2º Jornalismo Noturno

Jornalista recém-formado pela Unitau recebe prêmio nacional
Sex, 09 de Setembro de 2011 10:34 ELIANE FREIRE DE OLIVEIRA
O jornalista formado pelo Departamento de Comunicação Social da Universidade de Taubaté, Ivan Martínez Vargas de Souza, foi o vencedor na categoria Produção em Jornalismo Interpretativo com seu livro-reportagem “Até o fundo do poço: entrando e sobrevivendo no mundo das drogas” da XVIII Expocom Nacional – Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação, evento do XXXIV Congresso Nacional da Intercom, promovido pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares de Comunicação, realizado entre os dias 2 e 6 de setembro, em Recife.
Para concorrer ao prêmio, Ivan Martínez conquistou o 1° lugar no Expocom Sudeste, etapa realizada em São Paulo em maio de 2011, em que projetos de comunicação são classificados para disputar o Expocom Nacional, concorrendo com trabalhos de todas as regiões brasileiras em suas respectivas categorias. Além do troféu e certificado, como vencedor da categoria, Ivan terá a oportunidade de ingressar com mais facilidade em um mestrado. “É um prêmio importante para quem está começando sua carreira. A minha intenção é continuar publicando minhas matérias e fazer outro livro sobre dependência química”, completa o ex-aluno.
O jornalista se formou em 2010 na Universidade de Taubaté, e no seu último ano da faculdade produziu, sob orientação da Profª. Dra. Eliane Freire de Oliveira, o livro-reportagem como trabalho de conclusão de curso, obra que traz relatos de dependentes químicos que usam drogas sem que seus familiares, amigos e colegas de trabalho desconfiem do vício. No mesmo ano, Martínez foi selecionado entre 1900 candidatos para ser um dos 30 participantes do Curso Intensivo de Jornalismo Aplicado do jornal O Estado de S. Paulo. Após o curso, ele fez parte do banco de focas do Estadão e já atuou em uma revista especializada em economia. Além disso, fez um free-lance para revista Superinteressante, da Editora Abril e atuou na produção do programa “E aí, Doutor?”  da Rede Record, em São Paulo.
A vitória do ex-aluno em um evento nacional destaca seu mérito como um profissional bem preparado para o mercado. “É uma competição que envolve os alunos de Comunicação de todo o Brasil, isso projeta o nome da universidade e coloca a Unitau entre as melhores do Brasil”, avalia o Prof. Ms. Maurílio Láua, do curso de Jornalismo da Unitau.

Por Bruna Guarany – 2º Jornalismo Noturno

Jornalista recém-formado pela Unitau recebe prêmio nacional

1 pensou em “Prêmio nacional no currículo

  1. Obrigado pela divulgação, professor Josué.

    O apoio e os ensinamentos que recebi durante os quatro anos da graduação foram determinantes para pudesse escrever o livro e ganhar o Expocom.

    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *