Elegância e bons aromas marcam o Dia dos Pais em São José

Nova pesquisa ACI/Unitau revela que roupas, acessórios e perfumes são os presentes preferidos para a data

Os pais de São José dos Campos estarão elegantes, bem vestidos e perfumados neste Dia dos Pais, revela pesquisa feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, em parceria com a Universidade de Taubaté.

O Dia dos Pais vai ser comemorado no próximo domingo, dia 14 de agosto e é considerado uma das principais datas do comércio.

Realizada para identificar o comportamento do consumidor em relação ao Dia dos Pais, a nova rodada de pesquisa foi feita nos dias 26 e 29 de julho e dia 03 de agosto, em locais de grande circulação da cidade como a Praça Afonso Pena, o Calçadão da Rua 7 e os shoppings CenterVale, Centro, Colinas e Vale Sul. Os técnicos do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais) da Unitau ouviram 126 pessoas.

Segundo o levantamento, a maioria (71,7%) pretende comprar presente para os pais este ano. Destes, 35,5% querem gastar até R$ 100, enquanto 42,1% dos entrevistados pretendem gastar até R$ 200 e 16,6% pretende gastar de R$200,01 até R$ 500,01 e acima.

Os presentes preferidos são roupas e acessórios (57,9%), seguido de perfumes (15,8%), calçados (11,8%) , eletrônicos (6,6%), óticas e produtos relacionados (5,3%) e eletrodomésticos (1,3%), aponta a pesquisa ACI/Unitau. A forma de pagamento preferida deve ser à vista (68,4%), por meio de cartão de débito (48,7%), cartão de crédito (31,6%) ou dinheiro e pix (19,7%). Não foi identificado uso de cheques ou de crediário de loja.

Local

O levantamento ACI/Unitau revela também que o centro da cidade deve ser o local preferido para as compras, citado por 47,4% dos entrevistados, contra 39,5% que prefere comprar nos shoppings. Apenas 3,6% pretende comprar pela internet enquanto 10,5% vai procurar o grande presente nas lojas de bairro.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia

Maioria pretende comprar presentes neste Dia dos Namorados

Nova pesquisa da ACI/Unitau mostra tendências positivas para o Dia dos Namorados em 2022

Os joseenses estão mais apaixonados este ano, revela pesquisa feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, em parceria com a Universidade de Taubaté.

Imagem de wichai bopatay do Pixabay

Considerada uma das principais datas do comércio, o Dia dos Namorados vai ser comemorado no domingo, dia 12 de junho.

Realizada para identificar o comportamento do consumidor em relação ao Dia dos Namorados, a pesquisa foi feita nos dias 18, 20, 25 e 27 de maio, em locais de grande concentração do comércio: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7 e shoppings Centro e CenterVale. Os técnicos do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais) da Unitau ouviram 187 pessoas.

Segundo o levantamento ACI/Unitau, 67,38% dos entrevistados pretendem presentear a pessoa amada na data. Os presentes preferidos para este ano são roupas e acessórios (39,68%), perfumes e acessórios (19,84%), calçados (11,11%), alimentação – jantares, almoços, bolos, etc (9,52%) e eletrônicos (6,35%).

O tíquete-médio de presentes para a data deve ficar entre R$ 100,01 e R$ 200 para a maioria dos entrevistados (45,24%), enquanto que para 21,43%, o presente será de no máximo R$ 100. A forma de pagamento preferida deve ser a vista (80,95%), por meio de cartão de débito (42,06%) ou dinheiro (23,81%). Outros 19,05% preferem parcelar as compras no cartão de crédito, enquanto 11,11% pretendem pagar a vista no cartão de crédito.

Local

A pesquisa ACI/Unitau revela também que o centro da cidade deve ser o local preferido pelos namorados para fazerem compras. As lojas do centro foram citadas por 36,51% dos entrevistados, enquanto 34,92% dizem preferir comprar nos shoppings da cidade.

Tendências em alta

O levantamento ACI/Unitau revelou um aumento expressivo no número de pessoas que pretendem presentear neste dia em relação a 2021. Enquanto a intenção de compra no ano passado foi de 33,61%, em 2022 vemos o número praticamente dobrar (67,38%).

Quando comparados a 2019, antes da pandemia, os números também são crescentes. Na época, a intenção de compra foi fixada em 58%. Em 2020, em razão da fase crítica da pandemia, não foi realizada pesquisa. Entre os que não pretendem fazer compras (32,62%), a principal razão é não estarem em um relacionamento (67,21%).

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

Mais uma edição do Café União

Unitau promove o 24° Café União

Na última semana de maio acontece o tradicional Café União no Departamento de Comunicação Social, o evento realizado pelo terceiro semestre do curso de relações públicas, chega a sua vigésima quarta edição e terá como tema “A Nova Comunicação”.

A programação do café contará com a participação de profissionais do mercado de comunicação, sorteio de brindes, música boa, um coquetel especial, além de uma homenagem ao Professor Raul Lages, falecido em 2021. O objetivo do evento é atrair o interesse do público para o curso, ao mesmo tempo que traz na prática a disciplina de Organização e Execução de Eventos.

Além disso, teremos o lançamento do Jornal Paradigma, que trata-se de uma atividade prática escrita pelos alunos. A edição trará foco para o próprio curso, por meio de entrevistas com profissionais e textos com temas como “O mercado de trabalho em RP” e “Como é ser aluno de Relações Públicas na Unitau?”.

O evento terá uma mesa redonda interativa com os profissionais convidados das áreas de relações públicas, jornalismo e publicidade e propaganda. A 24° edição acontecerá no dia 31 de maio (terça-feira), a partir das 19h, no Estúdio da TV Unitau, localizado na Av. Prof. Walter Thaumaturgo, 700. Mais informações e link para as inscrições gratuitas dos interessados estão disponíveis no Instagram @rpunitau.

Comércio de São José está em busca de vendedores

Novo levantamento da ACI/Unitau mostra resultados positivos do Dia das Mães para a economia, com reflexos na contratação de mão de obra

Você está procurando emprego? Aqui vai uma boa notícia: o comércio de São José dos Campos está atrás de vendedores, função cada vez mais valorizada no mercado da região.

Isso é o que revela a nova pesquisa feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais). O levantamento foi realizado nos dias 11 e 13 de maio, ouvindo 88 estabelecimentos comerciais em locais de grande concentração de consumidores: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7 e nos principais shoppings da cidade.

Segundo o levantamento ACI/Unitau, o mercado está valorizando cada vez mais a função de vendedor e a oferta de mão de obra especializada poderia ser maior para 38,64% dos empresários entrevistados. Em segundo lugar, especialistas em vendas on-line e e-commerce também estão ganhando notoriedade, de acordo com 18,18% dos entrevistados.

Nos índices, alguns chamam a atenção: 44,32% dos entrevistados consideram a disposição para trabalhar como fator mais importante na contratação, bem como a experiência (23,86%) e a iniciativa (18,18%) contra 6,82% que consideram a qualificação profissional.

Para quem busca emprego na cidade, vale a pena se atentar aos anúncios feitos pelas lojas no comércio e manter o networking em dia. 32,95% dos entrevistados contratam por anúncios na própria loja, enquanto 30,68% contrata por indicação de outros funcionários.

Dia das Mães

O resultado da pesquisa ACI/Unitau mostra que boa parte dos empreendedores da cidade contrataram funcionários temporários para o Dia das Mães (80,68%), data considerada como sucesso de vendas em anos anteriores, que não ficou para trás em 2022. 71,59% dos entrevistados consideraram as vendas deste ano como boas ou excelentes, com uma média de dois presentes por consumidor (54,55%) e um tíquete médio de R$ 100,01 a R$ 200 (38,64%).

Um resultado como esse também tem reflexos na contratação: 43,18% dos entrevistados já contrataram ou ainda planejam contratar e manter novos funcionários este ano, já que a rotatividade foi classificada como baixa pela maioria (71,59%).

E se o resultado rende reflexos no mercado, pode-se dizer que a economia volta a ficar aquecida após dois anos difíceis em razão dos efeitos da pandemia do novo coronavírus. 73,86% dos entrevistados consideraram as vendas melhores ou muito melhores que 2021, enquanto 42,05% consideraram as vendas melhores ou muito melhores que 2019, antes da pandemia.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho