Lojistas consideram positivas vendas do Dia dos Namorados

Pesquisa ACI/Unitau revela que vendas para a data ficaram acima da expectativa inicial; tíquete-médio ficou na faixa de R$ 101 a R$ 200

O volume de vendas deste Dia dos Namorados foi considerado positivo pela maioria dos lojistas de São José dos Campos.

Isso é o que revela nova pesquisa sobre comportamento do mercado consumidor feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais). O levantamento foi feito entre os dias 15 e 18 de junho, ouvindo 200 lojistas em locais estratégicos do comércio da cidade: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e nos shoppings CenterVale, Centro e Vale Sul. O grau de confiabilidade da pesquisa é de 95%.

O levantamento mostra que o resultado das vendas do Dia dos Namorados foi aprovado por 84,5% dos lojistas entrevistados. As vendas foram consideradas positivas por 47,5% dos comerciantes e regulares para outros 37%. Só 15,5% dos entrevistados consideraram o movimento insatisfatório.

Os novos dados mostram uma reação do comércio na reta final do Dia dos Namorados. Pesquisa anterior, feita com os consumidores antes do Dia dos Namorados, apontava para um movimento mais fraco, com apenas 33% dos entrevistados afirmando que iria às compras nesta data. Segundo análise da ACI de São José dos Campos, as lojas abertas (ao contrário do ano anterior) e uma tendência, ainda que lenta, de retomada da economia contribuíram para um aquecimento nas vendas, apontada pela nova pesquisa.

Mais dados

A pesquisa ACI/Unitau apontou ainda que a maioria dos consumidores optou por comprar apenas um presente (49,5%) e que o tíquete-médio para a data oscilou entre R$ 101 e R$ 200 (28%). O levantamento revelou ainda que a grande maioria das vendas foi feita por cartão de crédito (70,5%) e que o consumidor pesquisou preços antes da compra (75,5%). Na contramão dos indicadores positivos, a pequisa ACI/Unitau apontou que o movimento de vendas do Dia dos Namorados não gerou contratação de temporários: apenas 7% dos lojistas abriram vagas temporárias para a data.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

ACI e Unitau selam acordo para pesquisas de mercado

Serão 10 rodadas de pesquisas ao longo do ano, começando com a expectativa de compras do consumidor de S. José para o Dia das Mães

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos e a Universidade de Taubaté assinaram um acordo para a realização de uma série de pesquisas de opinião, com consumidores e empresários, tendo como foco as principais datas comemorativas do comércio. Os levantamentos serão realizados pelo Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais), da Unitau.

Imagem de Arek Socha do Pixabay

Serão 10 rodadas de pesquisa ao longo de 2021, a primeira com a expectativa de compra dos consumidores frente ao Dia das Mães. Também serão realizados levantamentos com foco no Dia dos Namorados, aniversário de São José dos Campos, Dia das Crianças e Natal. Os levantamentos serão realizados em áreas de grande circulação do comércio: Calçadão da Rua 7, eixo da Rua 15 e nos shoppings CenterVale, Centro, Colinas e Vale Sul.

Para a presidente da ACI, Eliane Maia, as pesquisas vão fornecer indicadores estratégicos e de qualidade, que irão auxiliar os lojistas a se programarem frente a cada data específica, além de servirem como um retrato fiel do comportamento dos consumidores e da economia ao longo do ano. “Estamos investindo nessas pesquisas porque acreditamos no resultado positivo que elas terão para a ACI, para os empresários e para a sociedade, no contexto geral. ”, disse.

A pró-reitora de Extensão da Unitau, Letícia Maria Costa, a quem o Nupes está ligado, considera a parceria entre a universidade e a ACI como estratégica. “As pesquisas desenvolvidas pelo Nupes são uma referência para toda a Região Metropolitana do Vale do Paraíba graças à sua credibilidade. Estender nossos serviços, por meio desta parceria com a ACI de São José dos Campos reflete nosso compromisso com o desenvolvimento regional.”

Os primeiros resultados da série de pesquisas ACI/Unitau serão divulgados na próxima semana, pouco antes do Dia das Mães.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

Vai ter ação para Páscoa Solidária em SJCampos

ACI organiza “Páscoa Solidária” em São José

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos dá início nesta segunda-feira, dia 29, ao projeto “Páscoa Solidária”

A ação consiste em incentivar a doação de um ovo de Páscoa para pessoas que precisam a cada ovo comprado na cidade, ou seja, ao comprar um ovo, doe um ovo a quem não pode comprar.

“A solidariedade é uma virtude. O projeto da Páscoa Solidária lançado pela ACI tem como objetivo dar oportunidade para que as pessoas possam contribuir com um ato de amor doando um ovo a alguém em situação de vulnerabilidade e também ajudar nosso comércio tão afetado com a situação de pandemia”, disse Eliane Maia, presidente da ACI.

A iniciativa “Páscoa Solidária”, além de incentivar a doação de ovos, também vai disponibilizar kits com prêmios para sorteios entre os participantes, por meio de seis rádios parceiras: SP-Rio+, Jovem Pan, Nativa, Rae Vale, Logus FM e Rádio & TV Imprensa. Cada parceiro organiza e define os critérios para premiação e entrega.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

ACI lança ACCredito

ACI lança linha de crédito rápida para seus associados

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos traz uma boa notícia para seu associados neste fim de ano: a implementação do ACCredito, que funcionará como uma linha de dinheiro rápida, segura e distante das burocracias e juros proibitivos dos bancos.

Image by Nattanan Kanchanaprat from Pixabay

O ACCredito tem como foco auxiliar o desenvolvimento de micro e pequenas empresas e também de microempreendedores individuais, oferecendo vantagens para associados como taxas de juros a partir de 1,62% ao mês, até 6 meses de carência, parcelamento em até 24 meses e atendimento 100% online. Tudo isso com a segurança garantida por uma Instituição regulada pelo Banco Central do Brasil.

“As micro e pequenas empresas têm historicamente enfrentado muitas dificuldades para obterem o crédito em condições mais adequadas junto ao sistema financeiro convencional. O surgimento das fintechs e mais recentemente das Sociedades de Crédito Direto tem descortinado novas opções para esses empreendedores, permitindo o acesso ao crédito de forma mais rápida, mais barata e mais simplificada”, disse Milton Luiz de Melo Santos, presidente da ACCredito. “O Banco Central tem tido um papel importantíssimo nesse processo, ao regulamentar esse novo tipo de instituição financeira totalmente digital, proporcionando uma maior concorrência no Sistema Financeiro do país.”

A ideia foi colocada em prática para ajudar na recuperação dos setores mais atingidos pela pandemia da Covid-19. Em primeiro momento o empréstimo tem como maior objetivo funcionar como capital de giro para a economia, mas existe a ideia de se realizar um planejamento de fluxo de renda fixo.

“A ACI busca a cada dia inovar mais com soluções que contribuam para o crescimento e desenvolvimento dos nossos associados, para continuar a preservar vidas, empregos e empresas”, disse Eliane Maia, presidente da ACI de São José dos Campos.

O requerimento pode ser feito através do site (https://accreditodigital.com.br/), e a liberação do crédito acontece em poucas horas após a confirmação da instituição financeira, ou no começo do dia seguinte dependendo do horário em que foi realizado o processo.

O associado da ACI de São José dos Campos pode conferir este e outros benefícios no nosso site (https://www.acisjc.com.br/).

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho