Coluna {De dentro pra fora}

Já que o Carnaval acabou, vamos falar dos ritos

Vitor 2016

Ritos? Segundo o Michaelis, uma das definições de rito é o “conjunto de cerimônias e fórmulas de uma religião e de tudo quanto se refere ao seu culto ou liturgia”. Se a gente pensar bem, as religiões têm seus ritos, as culturas têm seus ritos e as empresas também deveriam ter seus ritos. Não, não estamos falando de religião, ok? Que fique bem claro.

Mas, então, o que seriam os ritos dentro de uma empresa? De maneira bem simples, podemos pensar nos ritos como os diferentes eventos que marcam a cultura da empresa: integração de funcionários, tempo de casa, aniversariantes do mês, aniversário da empresa, feedback, aposentadorias. Os ritos têm diversos “segmentos”, como ritos de reconhecimentos e ritos de integração. Nos momentos mais desafiadores (como o cenário econômico atual), os ritos são importantes para manter a equipe focada, envolvida e comprometida com os resultados. Eles fazem parte do processo de comunicação de uma empresa, pois são muito importantes para fixar a cultura e ajudar os empregados a entenderem a identidade da empresa por meio de práticas. Os ritos também são oportunidades de transmitir os valores da empresa, inclusive os comportamentos esperados pela gestão.

network-1020332_640

Geralmente, as verbas dos ritos são as primeiras a serem cortadas. Ou mesmo os ritos vão ficando de lado, sendo desvalorizados. Porém, eu já peguei vários briefings de manejo de cultura, de empresas que foram compradas por outras e até resultados de pesquisas e vi muitos funcionários reclamando de ritos que foram deixados pra trás, simplesmente abandonados pela nova gestão/nova empresa. Portanto, aproveite esta semana pós-Carnaval e reflita sobre dois pontos, em diferentes cenários que você pode se encontrar:

– Quais ritos sua empresa tem? Quais traços culturais eles reforçam? Existe algum rito que você deveria implementar no processo de comunicação?

– Você precisar cortar um rito por falta de verba? Qual terá menos impacto? Qual traço cultural precisa ser mais reforçado? (Então, não corte um rito que tenha relação com ele, ok?). Não tem como simplificar esse rito ao invés de cortá-lo de vez?

Lembrem-se de que os ritos ajudam a conquistar o engajamento dos empregados, por isso devem ser tratados com muito carinho, estratégia e cuidado. Eles podem ajudá-lo muito ou causar grandes problemas. Pense bem no que você vai fazer. Só não deixe de fazer, pois eles são muito importantes no processo de comunicação interna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.