Coluna “Discutindo a relação…”

Hora de mostrar jogo

Josué coluna correto

Em minhas aulas sempre abuso dos paralelos entre a comunicação e o esporte. Isso por acreditar muito na importância da educação esportiva para quase tudo na vida, inclusive o desempenho profissional. Uma das coisas que penso e por vezes digo é que o grande atleta, o grande jogador, aquele que decide aparece sempre nos momentos em que a coisa não tá facil. É nessa hora que o cara mostra que, além de craque, tem poder de decisão.

Fazendo o paralelo com o nosso momento no mercado regional de comunicação, momento em que a crise morde nossos calcanhares, acredito que seja a hora daqueles profissionais e empresas que são craques e têm personalidade e atitude pra encarar o jogo. Agora vamos ver quem se preparou, quem treinou com afinco, batalhou para diminuir as deficiências e limitações e quem tem a atitude para encarar a hora decisiva.

treinovasco_glo_60

Na minha última coluna falei sobre aquelas agências, veículos e fornecedores que fizeram a lição de casa. Lição de casa pra mim é isso. É tudo isso: atender bem seus clientes, entregar o que promete, entregar técnica e eficácia, entregar inovação, entregar resultado. Fazer a lição de casa é ter boa gestão. É ser ético e transparente em suas relações comerciais (e pessoais). É saber montar time escolhendo muito bem quem vem batalhar ao seu lado. Ter construído imagem sólida e positiva ao longo dos últimos anos.

Um jogador de basquete que põe a bola embaixo do braço e decide o jogo nos últimos segundos. O cara que puxa o time inteiro para um gás final pra garantir a vitória no finzinho do jogo. O corredor que resolve fazer a última volta na pista a sua melhor volta em toda sua vida… É hora disso tudo no mercado de comunicação!

basquete.nba_g_stoudemire01_576

Nosso jogo vai ser duro não só em 2015. Teremos temporadas difíceis nos próximos anos. Não creio numa recuperação rápida da economia. Levará algum tempo, infelizmente. Mas quem tem times eficientes, com muita atitude e personalidade, quem tem líderes éticos e pró ativos e ambientes de trabalho que facilitam e induzem à produtividade vai atravessar esse duro campeonato e ficar bem colocado na tabela final.

Ahhh.. só uma coisinha antes de acabar e que também aprendi com meus melhores técnicos quando pratiquei esportes: a gente nunca pode parar de treinar e de aperfeiçoar nossa técnica, nossos fundamentos e nossa habilidades e deficiências.

Sacou?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *