Agência de publicidade mais admirada do ano

Africa é a agência de publicidade mais admirada do ano, segundo pesquisa

Estudo As Empresas Mais Admiradas, da Officina Sophia, destacou as dez melhores empresas publicitárias em 2016

A Africa foi eleita a empresa mais admirada do Brasil no subsetor de Agência de Publicidade, da pesquisa As Empresas Mais Admiradas no Brasil de 2016, estudo realizado pela Officina Sophia, empresa de pesquisa de mercado especializada em estratégia de negócios, pertencente à holding HSR.

Terceira colocada no ano passado, a Ogilvy & Mather Brasil subiu uma posição nesse ano, seguida pelo Grupo Newcomm, que pulou do sexto lugar, de dois anos atrás, para o terceiro. Saindo da oitava posição em 2015, a Talent ficou na quarta colocação, diferentemente da DM9DDB, que caiu de segunda para a quinta.

Metodologia – Para chegar ao resultado final da pesquisa, 1.164 executivos foram entrevistados por telefone ou online, entre julho e setembro de 2016, com questionário estruturado para presidentes, vice-presidentes, superintendentes ou diretores das empresas mais importantes em cada segmento de negócio. O estudo identifica a importância dos fatores-chave de cada setor. Para isso são analisados 13 critérios preestabelecidos: Responsável com o Meio Ambiente e com a Comunidade, Produtos e Serviços de Qualidade, Ativa/Presente nas Redes Sociais, Qualidade de Gestão, Respeita seus Consumidores, Inovadora, Ética, Capacidade para Competir Globalmente, Comprometida com o Desenvolvimento Sustentável, Notoriedade, Compromisso com RH, Compromisso com o País e Solidez Financeira. Dados da pesquisa até 2008: InterScience; de 2009 a 2015: CartaCapital/Officina Sophia; e 2016: Officina Sophia.

Sobre a Officina Sophia:

Criada em 2008 por Paulo Secches, a Officina Sophia é uma agência de pesquisas de mercado orientada para gerar conhecimento aplicado à estratégia de negócios. A premissa adotada pela Officina Sophia é que o conhecimento aplicado aos negócios não nasce somente da integração de informações específicas sobre o business do cliente, mas nasce da absorção e integração de pensamentos, percepções, descobertas, ideias, paradoxos, pontos de vista e habilidades oriundas de diversas áreas – que em última instância, refletem a multiplicidade do ser humano e causam impacto direto na nossa forma de ver, usar e consumir marcas, produtos e serviços.
Fonte: Lucia Faria Comunicação – Diego Ramos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.