Celebridades voltam a crescer no Instagram depois de queda significativa em 2020

Os 100 primeiros perfis com mais interações ganharam em média 960 mil novos seguidores nos primeiros três meses do ano

O Núcleo de Inovação em Mídia Digital (NiMD) da Faculdade Armando Alvares Penteado (FAAP) acaba de finalizar mais um estudo #MS360FAAP, realizado desde 2014 em parceria com a Socialbakers. Relativa aos três primeiros meses de 2021, a pesquisa concluiu que as celebridades brasileiras estão voltando a conquistar mais seguidores, depois de uma queda significativa em 2020, desde o início da pandemia de Covid-19.

O novo estudo da FAAP mostra que os 100 primeiros perfis de celebridades brasileiras com mais interações no Instagram tiveram uma média de crescimento de 960 mil seguidores entre janeiro e março de 2021. Um aumento significativo, uma vez que a média de crescimento no último trimestre de 2020 foi de 390 mil. Hoje, esse grupo possui, em média, 13,8 milhões de seguidores.

Esse número surge como uma surpresa, depois de um 2020 de quedas sucessivas, explica o professor Adriano Cerullo, um dos pesquisadores do NiMD-FAAP. A professora Karina Bousso, também do grupo de especialistas que participa do estudo, acredita que havia antes um cansaço das pessoas em relação aos conteúdos gerados pelas figuras públicas. “Mas hoje o entendimento é de que esses materiais se adaptaram à continuidade da pandemia, voltando a ser relevantes”, completa a professora.

Mais conteúdo é igual a mais engajamento

Outra confirmação do estudo dá conta de que, no primeiro trimestre de 2021, as postagens do tipo “Carrossel” (quando há mais de uma imagem ou vídeo) são as que mais geram engajamento dos usuários do Instagram, tanto para o perfil de celebridades quanto de marcas.

As celebridades, por exemplo, quando compartilham conteúdo nesse formato, têm em média 260 mil interações (contando apenas curtidas e comentários). Em termos comparativos, posts com somente uma foto possuem média de 160 mil interações.

Já as marcas, quando postam em “Carrossel” geram, em média, 12 mil interações. O número cai para 5,7 mil quando se trata de imagem única.

Outros números

Em postagens de marcas no Instagram, os comentários representam somente 3% da interação.
Os 100 perfis com mais interações no Facebook demoram pouco mais de um dia (31 horas e 21 minutos) para dar resposta aos usuários.
Em média, somente 7% das postagens são impulsionadas no Facebook.

O relatório completo do estudo #MS360FAAP está disponível aqui 

Fonte: FAAP / OBOÉ COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *