Coluna “Discutindo a relação…”

Sinta o movimento

Ando conversando um pouco em sala de aula sobre os novos rumos do mercado de comunicação e da profissão de publicitário. Muita gente anda temerosa achando que não vale mais a pena investir na carreira e coisa e tal.

Penso um pouco diferente. Acredito que o mercado está em ebulição, em forte ritmo de mudança. E isso deixa mesmo as coisas um tanto confusas. Creio, portanto, que o mercado oferece mais oportunidades do que nunca ofereceu.

Sei, você vai dizer: e a crise?

Sim, existe a crise. As empresas vão mal porque a economia vai mal. Fato!

Por outro lado fica claro após uma breve mas boa observação de tudo que está acontecendo que o mercado está se abrindo e se desdobrando, criando novas formas de sobreviver e continuar existindo. Há novas formas de atuação, há novas funções, há a busca por novas soluções e práticas de comunicação.

Há muito impacto de tecnologia e ao mesmo tempo muita necessidade de entender as pessoas.

O que tenho dito é que é preciso estar atento e forte! Temos que sacar os movimentos do mercado e encontrar oportunidades para nossa atuação profissional. Ao contrário dos últimos vários anos não haverá um modelo predominante no mercado publicitário – como ocorreu com as onipresentes e tradicionais agências de propaganda.

Há modelos híbridos em que se atua dentro do cliente, mas sendo contratado por uma agência, há modelos de atuação dentro dos clientes sendo contratado pelo cliente – houses, content houses, digital houses, hubs de criatividade e conteúdo, polos de inovação etc.

Há o B.I., os eventos, o VR, os apps, os bots, machine learning, varejo omni-channel etc etc etc

Fique sacando o mercado o tempo todo e perseguindo as oportunidades. Perceba as tendências e tente surfar uma determinada onda. Aquela que talvez melhor lhe convenha. Ache algo dentro deste emaranhado de novidades que lhe sirva. E vá fundo: pesquise, aprenda, encare!

Tá tudo aí para quem souber entender e conseguir apanhar.

1 pensou em “Coluna “Discutindo a relação…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *