Estadão fecha parceria com Facebook

Jornal será um dos primeiros parceiros do recurso Instant Articles no Brasil

O Estadão será um dos parceiros do Facebook na nova tecnologia que a empresa lança no Brasil: o recurso Instant Articles (artigos instantâneos, em inglês). A nova tecnologia permite que usuários da rede social em dispositivos móveis acessem notícias com maior rapidez. Por enquanto, as notícias só poderão ser acessadas neste formato no iPhone e iPad; usuários de Android devem ter uma versão da tecnologia nas próximas semanas.

unnamed (3)

A rede social mais popular do mundo – com 1,6 bilhão de usuários ativos por mês – começou a testar o novo recurso em maio, mas só o tornou disponível no iOS no início de outubro. O objetivo do Instant Articles é evitar que o usuário tenha de esperar muito tempo para que o conteúdo de uma notícia compartilhada na rede social seja carregado.

Na prática, quem usa o Facebook identificará um conteúdo disponível no formato do Instant Articles ao ver o ícone de um raio em uma notícia compartilhada na rede social. Ao encontrar o símbolo, basta que o usuário toque sobre a matéria e ela será exibida de forma mais rápida e em um formato desenvolvido especificamente para dispositivos móveis, com recursos que incluem a alteração do tamanho da fonte e a reprodução automática de vídeos.

facebook_2015_logo_detail

“Agora é o momento de lançar o recurso no Brasil, pois nossos parceiros já concluíram a integração de suas plataformas de conteúdo com o Facebook”, diz o líder de parcerias de mídia do Facebook na América Latina, Luis Olivalves. “Estamos implementando o Instant Articles com parceiros estratégicos, que já possuem uma boa distribuição de conteúdo no Facebook. No ano que vem, vamos abrir o recurso para todos os interessados.”

Atualmente, mais de 200 veículos de comunicação, entre eles o jornal The New York Times e a revista National Geographic, oferecem parte de seu conteúdo no Facebook por meio do Instant Articles. No Brasil, o Facebook anunciou 12 parceiros de conteúdo, entre eles o Estado. No total, mais de 40 organizações de mídia poderão utilizar o recurso para publicar notícias a partir desta terça-feira em cinco países da América Latina.

Mídia – De acordo com o Facebook, os veículos de comunicação que aderem ao Instant Articles ficam com 100% do valor obtido com a exibição de publicidade. No futuro, os veículos também poderão optar por deixar que o Facebook insira um anúncio na página e receba metade dos ganhos. Esta opção, porém, ainda não tem data para estrear no Brasil.

Para usar o Instant Articles, os veículos precisam integrar suas plataformas de publicação de conteúdo na web à rede social por meio das interfaces de programação de aplicativos (APIs) do Facebook. Isso permite que os veículos tenham acesso, em tempo real, às métricas de audiência das notícias publicadas por meio do Instant Articles.

Força nas redes sociais – além dessa parceria com o Facebook, recentemente o Estadão se associou ao Twitter para ser fornecedor de conteúdo da plataforma Moments, que acaba de chegar ao Brasil. O serviço, anunciado pela empresa no início de outubro e já disponível nos Estados Unidos, destaca os principais assuntos do momento para os usuários da rede social. O Brasil é o segundo país a receber o serviço, que permite que os usuários acompanhem os assuntos mais comentados na rede sem precisar seguir ninguém.

O jornal também foi considerado o veículo com maior engajamento da internet brasileira. Dados compilados periodicamente pela Bites, representante da NewsWhip no Brasil, colocam o Estadão como líder nacional em curtidas, compartilhamentos e recomendações em relação ao conteúdo publicado pelo seu site. Além disso, o estudo aponta que, nos primeiros cinco meses deste ano (o estudo é de junho), a publicação ficou à frente de veículos como The New York Times, The Guardian e Washington Post.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.