Os Exportados

Terceira entrevista da série é com jovem diretora de arte

Chegamos a terceira entrevista da série que conversa com profissionais que iniciaram suas carreiras aqui no Vale do Paraíba e foram para o mercado de São Paulo. Desta vez nossa entrevistada é a jovem e competente diretora de arte Milena Balbi. Recentemente, Milena encerrou um projeto na W/McCann e agora atua como diretora de Criação/Arte no Graacc, onde desenvolverá as campanhas institucionais e internas da Ong. A partir desse ano a instituição aumentará a equipe de comunicação e Milena foi chamada para a frente do projeto.

Vamos ver o que ela tem a nos contar.

1 – Como você iniciou sua carreira aqui no Vale do Paraíba?

Desde o meu primeiro ano de faculdade eu já comecei a estagiar, fiquei uns meses em uma pequena agência, e foi la que descobri um pouco sobre a área de criação, bem pouco, mas foi na Publicarte que realmente eu trabalhei com isso pela primeira vez.

2 – Em que área atua atualmente e como chegou ao mercado de São Paulo?

Eu trabalhava como estagiária de criação na Triadaz, e a Professora Vânia, que me deu aula no Primeiro ano, sempre me incentivou a ir para o mercado de São Paulo, por um acaso, eu mandei meu currículo e minha pasta para algumas agência da Capital, uma agência de Eventos, chamada DZ Eventos, gostou e me chamou para uma entrevista, e em poucos dias já estava trabalhando em São Paulo.

943121_607425102622772_777428685_n

Milena Balbi, nossa terceira “exportada”.

3 – Quais as maiores dificuldades? E o que tem de melhor em relação ao mercado do Vale?

Na minha opinião, a maior dificuldade em relação a área de Criação, onde sempre trabalhei, é uma competitividade muito grande, existe muita gente boa, e muita gente que se faz de boa, então a maior dificuldade é conseguir mostra o nosso trabalho, a pressão por resultados é bem maior do que a pressão por um bom trabalho, muitas vezes não conseguimos mostrar nosso melhor, pois os clientes de São Paulo são maiores e exigem resultados. No Vale temos muito mais liberdade, e tempo para um trabalho ou um projeto, e isso acaba facilitando na hora de desenvolver um bom material.

4 – O mercado de São Paulo é mais exigente? Você tem que investir mais em você, em sua formação?

Percebo que aqui em São Paulo, o fato de ser formado em um cusro superior não significa muito, criação principalmente, eles buscam ideias, novidades, e em faculdades não aprendemos a ser criativos, nós aprendemos dentro das agência, mostrando maturidade, conhecimentos gerais, e que na minha opinião conquistamos muito mais durante a vida profissional do que acadêmica. Por isso acredito que estagiar durante a faculdade é muito importante, pois já saímos das salas de aula com um conhecimento que o mercado de trabalho necessita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *